Homem Foi Autuado Por Sequestro e Porte Ilegal de Arma em Trizidela do Vale

IMG-20160502-WA0051
Raydeolon – Acusado de sequestro

O acusado é um homem conhecido como Raydeolon. Ele teria  imaginado que a namorada (de apenas 17 anos) queria terminar o namoro com ele. Desesperado fez uma abordagem a jovem que estava voltando para casa com o tio, em Trizidela do Vale. Ele teria apontado uma arma pro tio dela e mandou ele ir embora.

Segundo informações do tio da vítima, o casal teria tomado rumo ignorado. A Polícia Militar foi acionada, e soube que o sequestrador já estava no hospital. Ele teria passado mal assim que chegou na casa com a jovem, e ela o levou ao hospital com o irmão dele.

A delegada da mulher, Marília Vasconcelos, disse que  arma usada pelo sequestrador foi uma pistola calibre 765, municiada. Após ser ouvido pela delegada o acusado foi autuado por sequestro e porte de arma com numeração suprimida.

Encerra Quarta-Feira Prazo para Regularização do Título Eleitoral

1461956600-453506061
Foto: Biaman Prado

Termina na próxima quarta-feira, 4, o prazo para que o eleitor regularize pendências com a Justiça Eleitoral e possa votar nas eleições municipais em outubro. No Maranhão, até semana passada, existiam cerca de 300 mil eleitores com títulos cancelados. Em São Luís, 90 mil. Para atender a demanda, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) disponibilizou mais quatro postos de atendimento na capital.

O prazo também é o mesmo para quem precisa tirar o título pela primeira vez ou mudar de domicílio eleitoral. Depois dessa data, o eleitor não mais conseguirá fazer qualquer tipo de serviço relacionado ao título eleitoral, já que o sistema da Justiça Eleitoral somente volta a abrir o sistema após o término das eleições deste ano.

Os novos títulos e as trocas de domicílio eleitoral não são as maiores preocupações do TRE maranhense. Segundo dados do tribunal, os números relacionados a esses dois tipos de serviço estão dentro da média esperada. Até a sexta-feira, 29, já haviam sido feitos mais de 319 mil alistamentos (novos títulos) e mais de 190 mil transferências de domicílios.

Já o número de eleitores com títulos cancelados comparado com a quantidade que já regularizou é de assustar já que resta somente um dia para ajustar as pendências. Até semana passada, existiam ainda 330 mil eleitores em todo o Maranhão com o título cancelado. Desse total, 90 mil estão em São Luís.

Pelos dados do TRE, até sexta-feira, 29, ainda restava em todo o estado 309. 861 eleitores com pendências com a Justiça Eleitoral. Até a mesma data, contando todas as revisões eleitorais feita até então – inclui o recadastramento biométrico – foram feitas mais de 1 milhão de revisões. Só na biometria foram mais de 917 mil.

Para o presidente do TRE, desembargador Lourival Serejo, essa é uma situação corriqueira em ano eleitoral. Segundo ele, infelizmente, o brasileiro sempre deixa tudo para o último dia.

“Sabemos que todo ano eleitoral isso acontece: o eleitor só vai regularizar a situação próximo do fim do prazo e, por isso, formam-se filas e o atendimento se torna confuso e demorado. Mas nós do TRE nos planejamos para evitar esse tipo de problema disponibilizando quatro novos postos em São Luís”, afirmou.

Os novos quatro postos de atendimentos ficam no João Paulo, no Fórum Eleitoral (Madre Deus – 8h às 18h), CSU da Cohab (8h às 12h – 13h às 18h) e na unidade Viva do Shopping Jaracati (8h às 18h).

Após o cadastro eleitoral, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deverá anunciar o total de eleitores aptos a vota em outubro deste ano. De acordo com o calendário da Secretaria de Tecnologia da Informação do TSE, a divulgação do número oficial de somente ocorrerá no início do mês de julho.

Biometria – No Maranhão, a inclusão de eleitores no sistema biométrico é o maior responsável pela quantidade de títulos cancelados. Desde 2009 que o sistema vem sendo implantado no estado. Começaram por Raposa e Paço do Lumiar – municípios que precisavam de revisão eleitoral devido a indícios de fraudes – e para as eleições de 2016 eleitores de outros 42 municípios.

Até 2014, votaram com o sistema de identificação por meio da impressão digital eleitores de 15 municípios.

(Fonte: imirante.com.br)

Polícia Militar Apreende uma das Motos Usada no Assalto a uma Farmácia

IMG-20160502-WA0003
Uma das motos usada no assalto

A Polícia Civil continua com as investigações sobre o assalto a uma farmácia neste sábado (30/04), no centro de Pedreiras. Dois elementos usando revólver causaram terror, e levaram celular e dinheiro.

Já tem um suspeito preso, mas a polícia não liberou a foto para não atrapalhar as investigações.

Uma moto que teria sido usada no assalto foi apreendida pela Força Tática, que em parceira com a Polícia Civil, está realizando buscas para prender outros suspeitos.

A população está revoltada, mas a Polícia está trabalhando para tentar o mais breve possível prender todos os participantes do assalto, incluindo os condutores que levaram os dois assaltantes.

Acidente na MA-122. Uma Mulher Foi Transferida e Um Homem Quebrou a Perna

MA-122
MA-122 (Foto: internet “Pedras Verdes”)

Segundo um dos envolvidos, o acidente teria acontecido por irresponsabilidade de um motorista, que nas proximidades do Café Mamoré vinha com luz alta, ao passar por ele o condutor da moto viu que à frente tinha gente na pista, não pode se desviar e colidiu com outra moto que estava com o farol apagado.

Com o impacto um homem quebrou a perna e uma mulher desmaiou e teve que ser transferida para um hospital fora de Pedreiras.

No local do acidente o condutor disse que ficou sabendo que a moto sem farol era auxiliada por outro condutor, que vinha iluminando a pista. Segundo ele, ouviu que uma passageira tinha caído da moto e estava sendo atendida na pista, foi quando o motoqueiro colidiu contra eles, sem poder fazer nada para evitar a batida, já que estava sem visibilidade devido o farol alto jogado nos seus olhos. Ele sofreu apenas escoriações, mas disse está muito preocupado com a situação da vítima que foi transferida.

Manifestação no Dia do Trabalhador em Pedreiras

P_20160501_090317Um grupo de trabalhadores esteve reunido hoje (01/05) no mercado central de Pedreiras, e usando um carro de som chamaram à atenção de quem foi à feira. No dia do trabalhador os manifestantes falaram sobre impeachment, direito trabalhista, e principalmente sobre reajuste dos professores concedido pelo MEC, que o governador Flávio Dino, ainda não repassou à categoria.

José Barreto, do movimento Fóruns e Rede de Cidadania, usou o microfone e lembrou dos direitos dos professores da rede estadual.