Saiba o Que é Permitido e Proibido na Votação

O uso de broches e adesivos do candidato é permitido. Mas, a manifestação do eleitor dentro da seção eleitoral e nos seus arredores deve ser sempre individual e silenciosa. A lei proíbe a confecção de camisetas de candidatos, mas, caso o eleitor esteja usando a camiseta do partido, o presidente da seção eleitoral poderá pedir a troca de roupa.

No dia da eleição, não é permitido o uso de alto-falantes e amplificadores de som ou a promoção de comícios ou carreatas. A boca de urna também é proibida e punível com detenção de seis meses a um ano ou prestação alternativa de serviços à comunidade.

Este ano, o eleitor irá votar em candidatos para os cargos de vereador e prefeito. Durante a votação e depois de digitar o número do candidato, o eleitor deverá conferir o nome, o número e a foto do escolhido antes de confirmar o voto. Depois de ouvir o sinal sonoro, deve passar para a votação no próximo cargo. Ao final de toda a votação, aparecerá a tela escrito FIM.

A estimativa é que cada eleitor demore, em média, um minuto para concluir seu voto.

O eleitor poderá votar no domingo a partir das 8h. As seções estarão abertas até às 17h. Se o horário for encerrado e ainda houver filas, os eleitores receberão senhas para garantir o direito ao voto.

Fonte: imirante.com.br

Relação dos Locais de Votação em Pedreiras e Trizidela do Vale

Neste domingo (02), o eleitor vai escolher o prefeito, vice-prefeito e vereadores. O Blog, em parceria com a 9ª zona eleitoral, informa aos eleitores, os locais de votação nos municípios de Pedreiras e Trizidela do Vale.

Pedreiras – Total de eleitores aptos a votar: 29.845

Fique atento. 

pag-01

pag-02

pag-05

pag-04

pag-05

Trizidela do Vale – Total de eleitores aptos a votar: 15.171

pag-06

pag-07

pag-08

Vitorino Freire. Homem Foi Assassinado Com Uma Facada no Peito Esquerdo

img-20160930-wa0184
(Foto: PM)

O crime aconteceu ontem (30/09). Segundo informações, a vítima, estava sentada, e foi surpreendida por uma facada, que atingiu o lado esquerdo do peito, e morreu na hora.

Minutos depois do homicídio, a Polícia Militar prendeu um suspeito.

img-20160930-wa0183
PMs de Vitorino Freire e o suspeito de homicídio (Foto: PM)

Não foram informados os nomes dos envolvidos na confusão, nem o motivo da morte.

A população ficou assustada com tamanha violência.

Fonte: PM J. Morais

Novo Modelo de Acordo é Rejeitado e Bancários Mantêm Greve

grevehsbcdestaque29092016
(Foto: Sindicato dos Bancários do Maranhão)

O desrespeito da Fenaban com os bancários e a população parece não ter limites. Em duas rodadas de negociação, realizadas na terça e na quarta-feira (28/09), em São Paulo, os banqueiros se mostraram ainda mais intransigentes.

Sem avanços e com as negociações suspensas, a greve continua por tempo indeterminado na próxima semana em todo o país.

No encontro de quarta-feira (28/09), ao invés de uma proposta digna, a Fenaban ofereceu um novo modelo de acordo, retrógrado e perigoso, com validade de dois anos. Para este ano, a Fenaban insistiu no reajuste rebaixado de 7% para salários e benefícios mais abono de R$ 3,5 mil. Para 2017, os banqueiros prometem a recomposição da inflação do período mais 0,5% de aumento real.

Irredutível, o setor mais lucrativo da economia nacional, com lucro de R$ 29,7 bilhões no primeiro semestre, se recusou, mais uma vez, a oferecer um reajuste acima da inflação, registrada pelo INPC em 9,62%, de setembro de 2015 a agosto de 2016.

Diante disso, a representação dos bancários rejeitou a proposta ainda na mesa de negociação, cobrando, além de reajuste digno, reivindicações importantes para a categoria, como: a garantia do emprego, saúde, segurança, isonomia, contratações e o fim do assédio moral.

Apesar da rejeição da proposta, os bancários ressaltam que continuam abertos ao diálogo e reivindicam a retomada das negociações. Para o SEEB-MA, é preocupante o posicionamento da Fenaban, totalmente alinhado ao cenário político nacional de imposição de perdas aos trabalhadores.

Por isso, os bancários devem aumentar ainda mais adesão à greve, inclusive gerentes e comissionados, a fim de evitar que as propostas do Governo Temer, como a reforma trabalhista, previdenciária e a ampliação da terceirização sejam aprovadas, o que pode trazer prejuízos sem precedentes para a categoria e para os trabalhadores em geral.

Bancário, vamos todos fortalecer os piquetes! Participe das assembleias de avaliação, de segunda à sexta-feira, às 17h, na sede do SEEB-MA, na Rua do Sol, Centro de São Luís. Sua presença é fundamental.

Fonte: Sindicato dos Bancários do MA