Polícia recupera carga furtada na cidade de Maracaçumé

Carga furtada. (Foto: Divulgação)
Carga furtada. (Foto: Divulgação)

MARACAÇUMÉ – Carga furtada de um depósito, localizado no Centro do município de Maracaçumé, foi recuperada neste sábado, 29, pela Polícia Militar como também efetuou a prisão de Antônio Evangelista de Morais Silva, de 32 anos; e Francinaldo da Silva Menezes, idade não revelada. Ainda de acordo com as informações da polícia, esse produto é avaliado em torno de R$ 400 mil.

Suspeitos presos. (Foto: Divulgação)
Suspeitos presos. (Foto: Divulgação)

O comandante da 16º Companhia Independente da Polícia Militar, major Marco, disse que o empresário Itamar de Oliveira, de 41 anos, denunciou a guarnição militar de que os produtos furtados do seu depósito, no último dia 28, estariam sendo comercializados na loja pertencente a Antônio Evangelista, localizada nesse município.

Os militares de posse da informação se deslocaram até o local e ficaram de campana. Na manhã deste sábado, os policiais abordaram Antônio Evangelista transportando em uma motocicleta mercadoria furtada. Ele ainda chegou a falar aos militares que tinha comprando esse produto de uma empresa da localidade.

Os policiais também realizaram uma busca no depósito de Francinaldo Silva, que é irmão do outro envolvido, onde encontraram mais mercadoria furtada. Neste local, foram apreendido 50 volumes de pneus de bicicleta, 20 volumes de pneus de motocicletas, 20 caixas de óleo, 13 caixas de selas de bicicletas, 15 caixas de raio, 10 caixas de coroa, 50 quilos de liga elástica, 15 sacos grandes de câmara, mais 100 câmaras, 10 caixas de corrente, 8 caixas de monobloco, 5 caixas de descanso de bicicleta, 1 saco grande de maçaneta, 1 saco de cabo de freio, 1 saco de cubo e 2 sacos grandes de para-lama de bicicleta.

O major declarou ainda que essa mercadoria foi levada para a Delegacia de Polícia Civil de Maracaçumé e os dois detidos foram ouvidos como também vão responder pelo crime de receptação.

Fonte: imirante.com.br

Praça é alvo de vandalismo em Trizidela do Vale

Praça Joaquim Dino - Trizidela do Vale (Fotos: Tony Maranhão)
Praça Joaquim Dino – Trizidela do Vale (Fotos: Tony Maranhão)

A cada dia fica mais complicado deixar e manter uma cidade bem organizada. Prova disso é o que vem acontecendo com alguns patrimônios públicos de Trizidela do Vale,ou seja, obras que a prefeitura realiza para deixar a cidade mais bela, mas infelizmente os vândalos destroem por pura maldade.

Na praça Joaquim Dino, da Rua Santo Antônio dos Oliveiras, por exemplo, em pouco menos de um ano após passar por reformas, recebendo uma nova pintura, postes com nova iluminação,mesa para lazer com damas adaptadas para as pessoas amantes dessa prática aos fins de tarde, mas tudo foi quebrado. Uma prática triste e lamentável, pois isso chamamos atenção para que cada um possa contribuir denunciando esses atos que de certa forma causam prejuízos para o município.

Vale ressaltar que você é responsável pelas benfeitorias em seu município, afinal, todos somos contribuintes, e os nossos impostos são aplicados em obras e outros bens em prol de uma cidade.

Por Tony Maranhão

Encontro de líderes comunitários é realizado em Pedreiras

Encontro de líderes comunitários em Pedreiras (Foto: Padre José Geraldo)
Encontro de líderes comunitários em Pedreiras (Foto: Padre José Geraldo)

Durante três dias (28,29 e 30) o encontro de líderes Comunitários será realizado no Centro Comunitário Paulo VI. Participam diversas cidades do Maranhão.

Segundo o Padre José Geraldo, reitor do Santuário São Benedito, o encontro conta com a assessoria da Ir. Alessandra. O tema do encontro é: “Cristão Leigos na Igreja e na Sociedade”. É aguardada a presença do Bispo Dom Armando, da diocese de Bacabal.

(Foto: Padre José Geraldo)
(Foto: Padre José Geraldo)

Com a generosidade dos pedreirenses, os participantes, a maioria está hospedado em casas de famílias, em toda cidade.

(Fotos: Pe. José Geraldo)
(Fotos: Pe. José Geraldo)

Desde que o Padre José Geraldo assumiu a paróquia de Pedreiras, hoje santuário, vem multiplicando as dezenas de atividades realizadas com muito êxito e responsabilidade com suas ovelhas.

Conta de luz voltará a ter custo extra em novembro

- Adriano Machado / Bloomberg
– Adriano Machado / Bloomberg

BRASÍLIA. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) voltou a indicar condições mais restritas de geração de energia elétrica, adotando a bandeira amarela para as contas de luz em novembro. Desde abril a situação era de bandeira verde, sem custo adicional às tarifas. Com a volta ao sinal amarelo, retorna a cobrança de R$ 1,50 para cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumidos.

Segundo a Aneel, a cobrança voltou a ocorrer porque “a condição hidrológica está menos favorável o que determinou o acionamento de usina térmica com Custo Variável Unitário (CVU) acima de R$ 211,28. A bandeira amarela é acionada automaticamente quando esse custo supera o valor de R$ 211,28.

Se esse custo subir acima de R$ 422,56, a cobrança sobe porque passa a ser atingido o primeiro patamar da bandeira vermelha, com cobrança de R$ 3,00 a cada 100 kWh consumidos.

De acordo com a Aneel, as bandeiras tarifárias sinalizam aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. “Com as bandeiras, a conta de luz fica mais transparente e o consumidor tem a melhor informação para usar a energia elétrica de forma mais consciente”, informou a agência por meio de nota.

SEM PERSPECTIVA DE CHUVAS

Especialistas explicam que o custo máximo de geração de energia no país subiu principalmente por conta da situação dos reservatórios do Nordeste, que, pelas previsões oficiais, podem chegar ao fim de novembro com apenas 8,3% de sua capacidade total.

Outras mudanças relevantes para o aumento do custo foram o envio de mais energia para o Paraguai e a previsão de chuvas para o próximo mês, ainda mais baixa do que o previsto anteriormente.

Quanto à duração da cobrança diferenciada na conta de energia elétrica, três especialistas ouvidos pelo GLOBO têm visões distintas quanto ao período do verão. Para Cristopher Vlavianos, da Comerc, não há perspectiva clara sobre o período que se inicia.

— Está mais para “tudo pode acontecer”, porque estamos na entrada do período úmido, mas ele ainda é uma incógnita. Não é uma situação tão ruim quanto a de 2015, mas não é nada confortável — disse Vlavianos.

Para João Carlos Mello, da Thymos, provavelmente a cobrança diferenciada deverá permanecer ao longo do verão. Eles destaca que os últimos três anos foram os piores em chuvas para o Nordeste desde o início do histórico, da década de 1930.

— Não chove onde estão os reservatórios e a situação do Nordeste é tão ruim que acaba puxando os outros — disse Mello.

Para Alan Zelazo, da Focus Energia, a bandeira amarela talvez vá durar apenas novembro e não mais do que dois meses, porque a previsão de chuvas considerada na definição da bandeira do próximo mês foi muito ruim e tende a ser melhor.

— A expectativa é de que a bandeira amarela seja de curto prazo. A previsão de chuvas no Sudeste já está dentro da normalidade — disse Zelado.

Todos os especialistas destacam, porém, que as previsões estão sujeitas a chuvas e tempestades que poderiam melhorar rapidamente a condição dos reservatórios e aliviar a situação das hidrelétricas.

— Quem sabe pode ter um dilúvio, daqueles de Noé, e melhorar a situação, como aquele que evitou o racionamento em 2000 (que acabou ocorrendo no ano seguinte) — disse Mello.

Fonte: oglobo.com.br

Servidores públicos reconhecem ações de valorização do Governo do Maranhão

tabela-de-pagamento-2016-01-1024x632

Atrasos, parcelamento de pagamentos e congelamento de contratações atingem servidores de mais da metade dos estados brasileiros. A crise nacional obrigou governadores a criarem planos de demissão voluntária ou cancelar processos de contratação em áreas emergenciais do serviço público, a exemplo da saúde, segurança pública e educação.

No Maranhão, o governador Flávio Dino decidiu fazer o inverso e valorizar o servidor como dupla medida para qualificar os serviços públicos, e ao mesmo tempo alavancar a economia do Maranhão. O resultado do esforço melhorou a autoestima, as condições de trabalho e a produtividade dos servidores públicos estaduais, que tem recebido salários antecipadamente e colhido o fruto de reconhecimento profissional que aguardavam há décadas.

“Tenho um sobrinho que é servidor público no Rio de Janeiro e está vivendo numa situação muito complicada, ele recebe a só a cada três meses. Nós servidores públicos do Maranhão, temos como cobrir nossas obrigações e planejar porque temos o capital disponível antecipadamente”, comenta a servidora Anatalia Batalha.

Na Segurança Pública, o Governo convocou mais de 1.500 novos policiais, fortalecendo a corporação. Policiais que já atuam há mais tempo também foram reconhecidos, com a promoção de 1.442 oficiais da Polícia e Corpo de bombeiros no ano passado foram concedidos 2.300 oficiais das duas corporações.

Na área de saúde, seletivo para quase oito mil vagas, ofereceu salários até R$ 4,5 mil, garantindo novos profissionais e ampliando a interiorização da saúde. Na educação, o governo do Maranhão investiu em progressão salarial, retomou o diálogo sobre piso salarial com professores e promoveu concurso para 1400 vagas com salários de R$ 5 mil.

Pagamentos antecipados

Para o servidor André Lustosa o governo promove concursos e planos de carreiras que projetam a vida profissional do servidor. Foto: Handson Chagas/Secap

Para o servidor André Lustosa o governo promove concursos e planos de carreiras que projetam a vida profissional do servidor. Foto: Handson Chagas/Secap

“Reconhecemos o esforço do governador Flávio Dino ao antecipar nossos vencimentos porque o que vemos em outros lugares é muito triste, servidores com três, quatro meses em atraso, enquanto nós conseguimos programar melhor o pagamento de contas e ter tranquilidade”, conta a servidora, Maria de Nazaré Botão.

A antecipação salarial é uma das políticas de valorização dos servidores públicos que funciona ainda como importante mecanismo de aquecimento do comércio e serviços e equilibrando a economia do estado.

Para o economista André Lustosa, servidor do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos, as ações têm sido feitas mesmo com pouco tempo de gestão do atual Governo. “Vejo que o governador Flávio Dino se preocupa em valorizar o servidor com progressão de carreiras e a criação de um programa que não é apenas de governo, mas de Estado promovendo concursos e planos de carreiras que não melhoram apenas a vida do servidor no presente, mas projeta a vida profissional para o futuro,” avalia.

Novo Hospital do Servidor

Hospital do Servidor está com obras avançadas. Foto: Divulgação

Hospital do Servidor está com obras avançadas. Foto: Divulgação

Com área construída de mais de 12 mil metros quadrados, 120 leitos, mais 20 leitos de UTI, 40 consultórios e quatro centros cirúrgicos. Ainda mais amplo que o antigo Hospital Carlos Macieira (HCM), os servidores públicos estaduais receberão em 2017 o novo Hospital do Servidor.

“No governo passado, quando perdemos o hospital Carlos Macieira, muitos colegas servidores tiveram que recorrer a planos de saúde particulares. Com a estrutura que esse novo hospital terá, poderemos contar com atendimento digno e voltar a ter um hospital digno dedicado ao servidor”, diz a enfermeira, Anatalia Batalha, servidora da Secretaria de Saúde há 33 anos.

Descentralização da perícia médica

Com a descentralização do serviço de Perícia Médica servidores de todas as regiões do estado tiveram acesso a mais profissionais e locais para realização do atendimento. Com a contratação de mais 20 profissionais, pelo Governo do Maranhão. A Superintendência de Perícia Médica do Estado contratou 22 novos profissionais, passando a contar com quase 400 funcionários atendendo nas regiões de São Luís, Caxias, Bacabal, Balsas e imperatriz.

Valorização aos servidores públicos inativos

Servidora aposentada pela Secretaria de Estado da Sáude, Graça Maria Pereira Almeida, 64 anos, aprovou a realização do evento. Foto: Divulgação

Servidora aposentada pela Secretaria de Estado da Sáude, Graça Maria Pereira Almeida, 64 anos, é uma das beneficiadas pelas açoes do governo no PAI. Foto: Divulgação

Com 17 mil servidores participando de atividades permanentes e projetos especiais, o Programa de Atenção Integrada para o Aposentado (PAI), oferece espaços de convivência, programas de saúde preventiva, estímulo à produção de atividades artísticas, esportivas e culturais, apoio psicológico e amplo acolhimento aos servidores que desejarem compartilhar experiências e saberes na aposentadoria.

“O PAI é minha vida, graças ao apoio que tenho aqui, com meus 78 anos ainda tenho saúde e disposição para fazer atividades físicas, e oficina de exercícios. Este espaço é muito importante para minha vida e acho que os servidores estaduais que se aposentam hoje em dia, só ficam em casa se quiserem” conta Dona Maria do Socorro Bastos de Almeida, enquanto pratica uma etapa de exercício para controle postural.

Aposentada há dez anos e frequentadora do PAI há três, Dona Deuzuita Silva Santos frequenta o PAI de segunda a sexta-feira onde pratica exercícios de memória, faz hidroginástica e participa do projeto de artes plásticas. O PAI mantém o Espaço Arte Canto do Pai, no Centro Histórico de São Luís, uma galeria de arte que expõe e comercializa as obras produzidas pelos servidores públicos aposentados.

28 de Outubro – Corregedora da Justiça parabeniza servidores públicos

m_28102016_0821

Servidores,

Cada dia de trabalho é uma oportunidade de realizar novos projetos, de crescer e evoluir.

Hoje, homenageamos aqueles que exercem com dignidade uma das mais honrosas profissões. Aos servidores públicos do Judiciário maranhense, em especial os da Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão, os nossos parabéns!

No esforço diário de atender com presteza, e desenvolver o trabalho com afinco e dedicação, contribuímos para uma sociedade mais justa e igualitária.

Anildes de Jesus Bernardes Chaves Cruz

Corregedora-Geral da Justiça do Maranhão.

Fonte: TJMA

Acusado de aliciamento ameaça de morte o pai da vítima, pode?

Naldinho - Acusado (Foto: PM de Lima Campos)
Naldinho – Acusado (Foto: PM de Lima Campos)

Um elemento foi preso ontem (27) pela guarnição da Polícia Militar de Lima Campos, formada pelo 3º Sargento J. Morais, Guarda Municipal Anchieta e Guarda Municipal Wagner. Eles atenderam uma informação sobre Naldinho A. Dias, acusado de aliciar uma menor de 12 anos de idade, e estaria ameaçando de morte o pai da vítima, com uma faca de 12 polegadas.

Arma que estava em poder do acusado (Foto: PM de Lima Campos)
Arma que estava em poder do acusado (Foto: PM de Lima Campos)

Naldinho A. Dias é ex-presidiário, autor de um homicídio, mas foi absolvido pelo júri popular.

As vítimas e testemunhas serão ouvidas hoje (28).

Fonte: 3º Sargento J. Morais