Codó: Suspeitos de homicídios em Alto Alegre do Maranhão foram presos envolvidos em assaltos

Com colaboração do Repórter Sena Freitas (Codó)

Fotos: Polícia Civil de Codó

Três pessoas foram presas no Povoado São Domingos dos Farias, na BR – 316, a 70 Km de Codó, após denúncias de ameaças aos moradores, assaltos à mão armada e roubos de motos, que eram vendidas em outros Municípios. Para surpresa da Polícia Civil, dois dos suspeitos estavam com mandados de prisão em aberto, acusados de duplo homicídios em Alto Alegre do Maranhão.

Segundo o delegado Rômulo Vasconcelos, que contou com apoio da Guarnição da Força Tática, a casa onde os suspeitos estavam homiziados foi cercada, um elemento conhecido como Josenilton, envolvido nos crimes em Alto Alegre do Maranhão, conseguiu fugir.

Foto: Polícia Civil de Codó

Durante a ação policial, o proprietário da casa, José Luís da Silva, 56 anos, foi preso com uma arma de fogo e uma boa quantidade de uma substância semelhante a maconha, que estava pronta para comercialização dentro de 5 (cinco) sacos plásticos, sendo 25 trouxas em cada um.

Foto: Força Tática de Codó

Além dos crimes em Alto Alegre do Maranhão, Francisco Marcones da Silva, 20 anos de idade, e Antônio de Oliveira, 30 anos, vão responder por crime de tráfico de drogas, em Codó, segundo o delegado Rômulo Vasconcelos.

Brasil: Restos mortais de Garrincha desaparecem em cemitério no RJ

Arquivo-br.1962/Folhapress

Os restos mortais de Garrincha estão desaparecidos. Em contato com o UOL nesta quarta-feira (31), a filha do ex-jogador Rosângela Santos confirmou que na terça (30) a família foi informada que não se sabe ao certo onde está a ossada do ex-jogador, morto em 1983. A informação foi divulgada inicialmente pelo jornal “O Globo”.

Garrincha foi enterrado no cemitério municipal Raiz da Serra, em Magé (RJ). No local, existem duas sepulturas com o nome de ex-jogador. Segundo Rosângela, os restos mortais do bicampeão mundial teriam sido removidos há mais de cinco anos e transferidos para outro jazigo. O corpo de outro familiar teria sido colocado no local, mas a família não foi notificada sobre essa suposta mudança.

“Fomos informados de que o corpo do meu pai havia sido exumado, mas não sabemos quando isso aconteceu. Não temos nenhum documento. Não sabemos o que foi feito com ele. Estou tentando o contato [com os funcionários do cemitério], mas ninguém sabe responder”, disse Rosângela, que foi ao cemitério na manhã desta quarta-feira (31).

A reportagem entrou em contato com a Prefeitura de Magé, responsável pela administração do cemitério, mas ainda não teve retorno.

“É algo indecente. Pensar que alguém sumiu [com os restos mortais] e não avisou”.

IMPASSE

Em 2013, o cemitério em que Garrincha estava enterrado já apresentava condições precárias.

O ex-ponta da seleção estava em um jazigo coletivo com outras quatro pessoas, num túmulo sem pompas. Por mais de 25 anos, a família esperou pela conclusão de um mausoléu para o ex-jogador.

Em 1985 o então prefeito de Magé, Renato Cozzolino, começou a erguer um mausoléu para abrigar os restos do craque em um local de destaque no cemitério Raiz da Serra. No entanto, na oportunidade, a família do jogador proibiu a transferência do corpo. O impasse deixou túmulo e mausoléu em estados lamentáveis.

Anos depois, os familiares mudaram de ideia sobre a transferência do corpo, mas o impasse entre os herdeiros dificultou a resolução da burocracia para a reforma do mausoléu.

Manuel Francisco dos Santos, lendário camisa 7 do Botafogo, morreu aos 49 anos em 20 de janeiro de 1983, derrotado na luta contra complicações do alcoolismo. “Aqui descansa em paz aquele que foi a alegria do povo”, diz a mensagem na lápide simples de Garrincha no cemitério de Magé. À época do enterro, as despesas foram custeadas pelo cantor Agnaldo Timóteo.

Fonte: Folha de São Paulo

Pedreiras: Caravana Passeios pela História e Cultura do Maranhão chega a Pedreiras e conclui a primeira etapa

Foto: Caravana em Imperatriz e Acailândia

A Caravana – Passeios pela História e Cultura do Maranhão chega a Pedreiras nesta quinta-feira, dia 1º, fechando a primeira etapa do projeto que vai percorrer 10 cidades maranhenses até o mês de agosto. A largada aconteceu no último dia 18 de maio nas cidades de Açailândia e Imperatriz. Depois seguiu para Timon, Caxias, Pinheiro,  Viana e Santa Inês. Em agosto visita São José de Ribamar, dia 2, Paço do Lumiar, dia 14, e fechando a programação, chega a São Luís em 23 de agosto.

Em todas as cidades os lançamentos são feitos em escolas públicas ou espaços culturais. Haverá bate-papo com crianças e adolescentes, distribuição de kits (cada um com seis livros), que reúnem as aventuras do personagem Touché, criado por Wilson Marques, além de apresentação do grupo Xama Teatro com peças inspiradas nos textos dos livros.

Escritor Wilson Marques/Foto: Divulgação

As obras contam com ilustrações inéditas de Kirlley Velôso e são inspiradas nas tradições e cultura do Maranhão, tendo como pano de fundo festas populares, lendas e momentos históricos, a exemplo da fundação de São Luís, Revolta de Beckman e Balaiada. A tiragem é de 3 mil caixas personalizadas. O projeto foi pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura e tem patrocínio da Cemar.

O evento acontecerá na Unidade Escola Carlos Martins, no Bairro Mutirão, às 10h

Pedreiras: Juiz determina reintegração de posse de terreno em favor da OAB de Pedreiras

Marco Adriano Ramos Fonseca – Juiz titular da 1ª Vara da Comarca de Pedreiras/Foto: Sandro Vagner

Em sentença assinada nessa terça-feira, 30, em face de Ação de Reintegração de Posse com Pedido Liminar interposta pela OAB – Subseção de Pedreiras em desfavor de M.C.O.S, e Município de Pedreiras, o juiz Marco Adriano Ramos Fonsêca, titular da 1ª vara da comarca (Pedreiras), determinou a expedição de mandado de reintegração de posse em favor da OAB, bem como o prazo de 30 (trinta) dias para que os requeridos sejam retirados do imóvel pertencente à parte autora. Na decisão, o magistrado impõe ainda aos requeridos que “se abstenham de praticar novos atos de esbulho ou turbação, devendo ser retirada ainda toda e qualquer pessoa que ali se encontre sem autorização do requerente”.

Em 30 dias, deve a requerida M.C.O.S. proceder à demolição das edificações por ela construídas no interior do imóvel da OAB, providenciando a remoção de entulho e escombros, “arcando com os custos do cumprimento da diligência”. Finda a demolição, M. deve providenciar a construção de muros limitadores (alvenaria ou tapume) do imóvel, consta da decisão.

“A presente sentença já serve de mandado de reintegração de posse/notificação e intimação”, adverte o magistrado no documento, alertando ainda que desde já fica autorizado “o uso da força policial para o cumprimento da medida”.

Muro – Conforme a ação interposta em desfavor dos réus, a OAB – Subseção de Pedreiras afirma que desde 2007 é proprietária de terreno medindo 7,5m (sete metros e meio) de frente por 40 (quarenta) de fundo, situado na Avenida Rio Branco, 85, Centro, Pedreiras. Segundo a OAB, o terreno foi doado à Ordem pelo Município de Pedreiras.

Ainda segundo a autora da ação, em 2007 mesmo a OAB passou a ocupar o terreno, providenciando, após autorização judicial, a demolição de ruínas de antigo prédio situado no lugar de modo a construir a sede da subseção de Pedreiras, o que não teria sido possível devido à construção de um muro em parte do terreno, por parte de M.C.O.S.

Relata a OAB que a requerida teria obtido junto ao Município Termo de Concessão de Direito de Superfície, o qual, porém, “não confere à requerida o direito de propriedade ou qualquer outro direito real, porque nulo de pleno direito, não podendo o Município de Pedreiras ter doado/concedido qualquer direito de superfície de área que não mais lhe pertencia”.

Laudo pericial – Em suas fundamentações, o juiz ressalta laudo pericial realizado após inspeção judicial acompanhada das partes e de perito nomeado e onde se lê que “a fração de terreno em que M.C.O.S. edificou um muro de proteção com base em Termo de Concessão de Direitos de Superfície são pertencentes à Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção de Pedreiras”.

Citando provas anexadas aos autos, o magistrado destaca ainda que está evidenciado que a fração de terreno onde a requerida construiu o muro está encravada no imóvel doado pelo Município à OAB de Pedreiras, por intermédio de Lei Municipal. “Ou seja, não poderia ter sido expedido o Termo de Concessão de Direito de Superfície nº 791/2015, já que tal fração do imóvel já não pertencia ao patrimônio do Município de Pedreiras, o que foi inclusive reconhecido pelo próprio município requerido em sede de contestação”, frisa o juiz.

“Importante registrar que vislumbro a necessidade da concessão da presente tutela, tendo em vista que caso não seja deferida o (a) autor (a) continuará impedido de praticar qualquer exercício dos direitos inerentes à posse”, conclui o magistrado.

Fonte: Assessoria de Comunicação
Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão

Pedreiras: Escuta Territorial discute Orçamento Participativo do Governo do Estado

Foto: Sandro Vagner

O Orçamento Participativo do governo do Estado do Maranhão está sendo discutido em vários Municípios, através das Escutas Territoriais. O objetivo dos participante é opinar sobre as obras mais importantes a serem realizadas a cada ano em seu Município. A sociedade é convocada pelo Governo do Maranhão a discutir, debater e elaborar as prioridades da cada território.

Em Pedreiras, a Escuta Territorial foi realizada na Câmara de Vereadores. O público jovem, principalmente estudantes, teve participação ativa nas discussões durante o evento que contou com as presenças do Secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, Cleuzamar de Pinho, Secretária Adjunta de Direitos Humanos; Mávio Rocha, Superintendente de Articulação Política do Governo do Estado na Região de Pedreiras; Cláudio Braga, Supervisor de Monitoramento e Avaliação da SEPLAN; Marta Lima, Presidente do Sindicato do Servidor Público de Lima Campos; Nazeldo Cruz, (representante da URE – Pedreiras); Vereador Elcinho Gírio (PRP) e o Vereador Filemon Neto (DEM – líder de Governo na Câmara de Pedreiras).

Fotos: Sandro Vagner

Secretários e Assessores do Governo Antônio França participaram da Escuta Territorial, assim também, como representantes da Secretaria de Indústria e Comércio e Energia do Maranhão (SEINC).

Foto: Sandro Vagner

Secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, ressaltou a importância da Escuta em Pedreiras.

Foto: Sandro Vagner

Mávio Rocha, Superintendente de Articulação Política do Governo do Estado na Região de Pedreiras, destacou o evento como importante para todos.

Foto: Sandro Vagner

As Escutas Territoriais continuarão sexta- feira (02/06) em Bacabal, no auditório da UFMA, de acordo com o calendário do evento.

Maranhão: Suspeitos da morte de policiais foram presos por determinação da justiça

Foto: Reprodução

Foram presos, ontem (30), os possíveis assassinos do cabo Júlio César da Luz Pereira e do soldado Carlos Alberto Constantino Sousa, policiais militares desaparecidos desde o dia 17 de novembro, no município de Buriticupu (distante 420 km de São Luís).

Um tenente e um major da Polícia Militar são os suspeitos de matar os colegas de farda.

A Justiça Militar atendeu o pedido da delegada Nilmar da Gama Rocha e os acusados já estão presos.

Hoje (31) a cúpula da Polícia Civil deve anunciar os nomes dos suspeitos, que serão apresentados à imprensa.

Brasil: Jovem desenterra irmão e anda de bicicleta pelas ruas de Prata com caixão

Jovem foi flagrado por testemunhas passeando com o caixão pela cidade de Prata, no Triângulo Mineiro (Foto: Reprodução )

Um jovem de 29 anos foi preso em Prata (MG) na noite deste domingo (28) depois de ir ao Cemitério Municipal desenterrar o irmão que morreu há quase um ano e andar com o caixão sobre uma bicicleta pelas vias da cidade.

Um dos responsáveis pela administração do Cemitério Municipal, Bruno Gonçalves, informou que o local é fechado por volta das 18h e o vigilante vai embora, deixando as luzes acesas. “Ele pulou o muro e sozinho conseguiu retirar a tampa do túmulo. Há muitas casas nas proximidades e moradores têm o costume de sentar na calçada, mas ninguém o viu saindo. É algo que a gente nunca imagina que aconteceria aqui, que é uma cidade muito tranquila”, disse.

Um morador que viu o rapaz empurrando a bicicleta fez imagens e o vídeo foi compartilhado pelas redes sociais. A Polícia Militar (PM) foi acionada e fez a abordagem no Bairro Jardim Brasil por volta das 19h.

Aos militares, ele disse que sonhou com o irmão pedindo para andar de bicicleta e esperou o cemitério fechar para invadir o local e abrir o túmulo. Depois de retirar o caixão do jazigo, ele iniciou o passeio. Apesar do longo período desde o sepultamento, o caixão aparentava estar intacto. Foram constatados que os restos mortais do homem estavam dentro do caixão.

Foto: Reprodução da Internet

Ainda de acordo com as informações da PM, o jovem parecia estar bastante transtornado e chegou a ser algemado por desacatar as ordens dos militares. Ele disse que só cometeu o ato porque sentia muitas saudades do irmão, sem nenhuma intenção de profaná-lo. Testemunhas relataram que desde a morte ele vinha apresentando distúrbios psíquicos.

O homem foi preso em flagrante por vilipêndio de cadáver – considerado crime de desrespeito aos mortos e previsto no Código Penal Brasileiro. Se condenado, pode pegar de um a três anos de detenção, além do pagamento de multa. O jovem assinou um termo para comparecer à Delegacia de Polícia Civil para prestar esclarecimentos e em seguida foi liberado.

Segundo Gonçalves, após o fato a funerária foi acionada e na mesma noite o caixão foi devolvido ao túmulo. Ele explicou que a equipe passou a ser encarregada pelo cemitério recentemente e que jamais imaginaria que algo dessa natureza aconteceria em Prata. Diante dos fatos, já estão sendo providenciadas novas medidas para reforço da segurança no local.

Fonte: g1.minas.com.br

Brasil: Após perder amistosos da seleção, Globo demite diretor de esporte

Jogadores celebram vitória contra a Colômbia no jogo em que CBF testou modelo de transmissão

Em comunicado interno aos funcionários, a Rede Globo anunciou a saída de Renato Ribeiro do cargo de diretor da Central Globo de Esportes. A função será ocupada interinamente por Roberto Marinho Neto, diretor-geral de esportes do Grupo Globo até que “nova estrutura seja definida”.

A decisão acontece no mesmo dia em que reportagem da Folha revelou que a emissora não transmitirá os amistosos da seleção brasileira contra Argentina e Austrália, em 9 e 13 de junho, respectivamente. A CBF comprou horários na TV Brasil para exibir os jogos.

Até o ano passado, a Globo transmitia com exclusividade todos os jogos da seleção. Não houve renovação de contrato.

A emissora tem os direitos de transmissão para as partidas das eliminatórias para a Copa da Rússia, em 2018. Também exibirá o Mundial do próximo ano, assim como o de 2022, no Qatar. Mas, para as próximas eliminatórias, não há nenhum contrato assinado e a CBF estuda usar seu próprio projeto de transmissão.

Para os dois amistosos na Austrália, a Confederação tenta fechar acordo com o Facebook para mostrar as partidas pela internet, com cotas publicitárias de R$ 2,3 milhões cada.

Em nota divulgada à imprensa, a Globo disse não concordar com o modelo escolhido pela CBF e que buscou um acordo, sem sucesso.

“A CBF tinha planos de negociar os direitos dos amistosos e das Eliminatórias da Copa 2022 na forma de bid (leilão fechado). Recentemente decidiu vender os dois jogos amistosos de forma avulsa e, embora não acreditemos que esta seja a melhor solução para todas as partes, tentamos negociar, mas não chegamos a nenhum acordo”, diz o texto divulgado pela assessoria da emissora.

A assessoria de imprensa da Globo informou em nota ser “incorreta a ilação feita pela Folha entre a saída de Renato Ribeiro da direção de conteúdo do Esporte da Globo e as negociações dos amistosos da seleção”.

De acordo com a empresa a responsabilidade de Renato “associada aos conteúdos esportivos da Globo, do SporTV e do globoesporte.com, sem relação com as negociações de direitos”.

“A saída de Renato foi natural, consensual e planejada e faz parte da evolução da reestruturação do Esporte da Globo, que vem ocorrendo desde outubro do ano passado, quando foi anunciada a criação da nova unidade de Esporte, sob o comando de Roberto Marinho Neto”, diz a nota. “Qualquer ilação diferente disso é enganosa”.

Veja a nota na íntegra:

“É incorreta a ilação feita pela Folha entre a saída de Renato Ribeiro da direção de conteúdo do Esporte da Globo e as negociações dos amistosos da Seleção.

Quem cobre o assunto sabe perfeitamente que a responsabilidade de Renato está associada aos conteúdos esportivos da Globo, do Sportv e do globoesporte.com, sem relação com as negociações de direitos.

A saída de Renato foi natural, consensual e planejada e faz parte da evolução da reestruturação do Esporte da Globo, que vem ocorrendo desde outubro do ano passado, quando foi anunciada a criação da nova unidade de Esporte, sob o comando de Roberto Marinho Neto.

Conforme planejado, Renato Ribeiro ajudou no processo de redesenho da área e deu uma importante contribuição para a sua consolidação, tendo estado à frente da cobertura de eventos importantes como a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.

Na Globo há 31 anos, Renato encerra seu ciclo de sucesso na empresa no final de junho. Roberto Marinho Neto acumulará interinamente as suas funções até que a estrutura definitiva do Esporte seja definida.

Qualquer ilação diferente disso é enganosa.”

Fonte: Folha de São Paulo

Pedreiras: TG realizou a Operação Boina Verde. Sucesso total

Foto: Assessoria de Comunicação do TG

Nos dias 26 e 27 de maio, o Tiro de Guerra (TG) 08/008, de Pereiras (MA), realizou a Operação Boina Verde para os 50 atiradores da Turma de 2017. O estágio teve por finalidade ensinar técnicas, táticas e procedimentos inerentes ao combatente de Selva e aprimorar os atributos da área afetiva necessários à profissão militar.

O êxito da Operação Boina Verde, segundo o Subtenente Lobato, não seria alcançado se não tivesse os parceiros que contribuíram de forma direta e indireta. Um a um, ele fez questão de agradecer pela participação:

Obrigado à minha esposa Márcia Helena pelo apoio e por estar sempre ao meu lado me incentivando, aos meus filhos Mônica e Márcio Augusto os quais vibram com tudo o que faço e aos netinhos Ava e Noam minhas inspirações.

A Escola de Ensino Profissionalizante Bumerange em nome dos meus amigos Eduardo, Proprietário e sua gerente Érica que sempre atendem minhas solicitações e enviaram a Competente Enfermeira Sra. Francisca que permaneceu por mais de 36 horas de olho nos estagiários e também a Técnica de Enfermagem Delquia que ministrou a instrução de primeiros socorros e as alunas do curso dessa renomada instituição. Obrigado ao meu amigo Ten Machado Cmt da 2ª Companhia do Corpo de Bombeiros, pela excelente instrução ministrada de nós e amarrações e também por ter nos apoiado com sua ambulância e equipe de socorristas Sgt Aroldo e Sd F. Silva os quais permaneceram durante todo o campo da Boina.

Ao Sgt Walman e Cb Vieira ambos da reserva do Exército e agora contratados pela defesa civil do Município de Lago da Pedra, na ocasião fizerem a escolta da tropa durante o deslocamento de ida e volta bem como prestando apoio por ocasião do ressuprimento de alimentação e água para a tropa.

Foto: Assessoria de Comunicação do TG

Agradeço também ao TC Everaldo Cmt 19. Btl PM que enviou a equipe de Batedores da Polícia Militar que fizeram a escolta da Tropa tudo com muita segurança.

Não posso deixar de externar minha Gratidão a Dona Socorro Leite e Dr Claudeci que pelo segundo ano consecutivo me cederam o espaço da Fazenda do Saudoso Sr Waldeci Silva, que em vida nunca se furtou em ajudar nosso TG e era um apaixonado por esta Instituição.

Agora meu relato vai para Equipe TG Francisco, Juvinha, Dona Jaci e Socorro e ainda minha vizinha Luciana por todo apoio antes, durante e após o campo em toda a logística bem como a confecção do alimento delicioso da Tropa.

Ao Prefeito Antônio França Diretor do TG, que apoiou com todo o suprimento. Parabenizo e agradeço ao Norton da Prefeitura de Pedreiras, que não mede esforços para viabilizar nossas demandas.

Continue lendo

Brasil: Fachin autoriza e Temer será interrogado pela PF

Arte: 247

O ministro relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, Luiz Edson Fachin, autorizou nesta terça-feira 30 que Michel Temer seja interrogado pela Polícia Federal no inquérito em que ele é investigado com base nas delações premiadas dos donos da empresa JBS.

A defesa de Temer queria adiar o interrogatório e só falar com a PF após a perícia oficial no áudio gravado pelo empresário Joesley Batista no Palácio do Jaburu em março, mas Fachin deu prosseguimento ao caso.

O interrogatório poderá ser feito por escrito e deverá ser respondido por Temer em um prazo de 24 horas após a entrega das perguntas pelos investigadores. Temer é investigado por corrupção, organização criminosa e obstrução da Justiça.

Fachin também decidiu nesta terça dividir a investigação contra Temer e o deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) do inquérito que também investiga o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG). Fachin atendeu pedido da defesa de Temer.

Fonte: brasil247.com