Bacabal: Duas pessoas morreram durante explosão de uma caldeira de vulcanizadora de pneus

Foto: Reprodução WhatsApp

Segundo informações, a vulcanizadora de pneus, que fica localizada próxima ao Distrito Industrial de Bacabal, na rodovia BR-316, KM-361, nas proximidade do Posto “Paizão”, teve uma de suas caldeiras que explodiu causando a morte de dois funcionários. Um teria ficado com partes do corpo espalhados à  distância do local da explosão.

Até agora, nada oficial foi divulgado sobre o que teria ocasionado a tragédia, que aconteceu no início da tarde desta segunda-feira (31)

A cena de horror só não foi maior, segundo informações via WhatsApp, por que um grupo de funcionários não tinha retornado do horário de almoço.

Foto: Reprodução WhatsApp

Em respeito às vítimas e aos familiares, a quem nos solidarizamos, não exibiremos as fotos com um dos corpos despedaçado que já circulam nas redes sociais.

Pedreiras: Farmácia Popular do Brasil “Rede Própria” fecha as portas a partir de hoje

Farmácia Popular do Brasil “rede própria” – Pedreiras/Foto: Sandro Vagner

A partir de hoje (31), assim que fechar as portas da Farmácia Popular do Brasil “Rede Própria”, às 18h, em Pedreiras, remédios como: ALENDRONATO DE SÓDIO (osteoporose) –  Nifedipina (ANTIANGINOSO E BLOQUEADOR DO CANAL DE CÁLCIO E ANTI-HIPERTENSIVO (SISTEMA CARDIOVASCULAR) – Furosemida (SISTEMA CARDIOVASCULAR) – DIURÉTICO E ANTI-HIPERTENSIVO (SISTEMA URINÁRIO) – Metildopa (BLOQUEADOR ADRENÉRGICO (ANTI-HIPERTENSIVO) medicamentos para hipertensão e diabetes, que não são encontrados nas farmácias conveniadas, segundo a coordenação da FPB (Pedreiras) que eram vendidos com até 90% de desconto, deixarão de chegar a quem precisa.

Remédios psicotrópicos, como por exemplo: o Fenobarbital (gardenal) ANTICONVULSIVANTE / ANTIEPILÉTICO / SEDATIVOHIPNÓTICO (SISTEMA NERVOSO CENTRAL) o paciente pagava apenas R$ 5,50 (cinco reais e cinquenta centavos) por três caixas com 30 (trinta) comprimidos. Nas farmácias conveniadas, ele será encontrado com preço de tabela, no máximo, quem o comprar terá um desconto de 10%. O Diazepam (ANSIOLÍTICO / ANTICONVULSIVANTE / MIORRELAXANTE) que era vendido três caixas por R$ 6,40 (seis reais e quarenta centavos) e a Fluoxetina para (TRANSTORNO DEPRESSIVO/ TRANSTORNO OBSESSIVO COMPULSIVO) (TOC), que os pacientes reclamavam do preço da caixa, em outras farmácias, chegando a ser vendida por R$ 90,00 (noventa reais) nas farmácias conveniadas, na Farmácia Popular do Brasil (rede própria) de Pedreiras, o mesmo remédio era encontrado ao preço de R$ 5, 00 (cinco reais) três caixas.

Segundo informações, os medicamentos que ficarão nas prateleiras, serão doados ao Município, para a Farmácia Básica, isso, até durar o estoque. Ninguém soube informar se o Município irá realizar um convênio para continuar atendendo os pacientes de Pedreiras e região.

Por dia, a Farmácia Popular do Brasil (rede própria) de Pedreiras, atendia cerca de 200 (duzentos) conveniados. Com o fechamento, essas pessoas que tinham essa facilidade em adquirir os remédios por preços populares, terão que desembolsar até 500%, se quiserem continuar com o tratamento.

Sobre a situação dos funcionários, que são contratados pelo Município de Pedreiras, ninguém soube informar como ficará a situação de cada um.

Como foi criado o programa

O Programa Farmácia Popular, foi criado em 2004, no primeiro governo do ex-presidente Lula, o fechamento das farmácias, incluindo a de Pedreiras, é um retrocesso inigualável na saúde pública e irá atingir principalmente quem mais precisa, ou seja, a população de baixa renda, que até então recebia gratuitamente remédios para controle de doenças como: hipertensão, diabetes, asma, doenças nefróticas, distúrbios de natureza psiquiátrica, e outras patologias. E, agora?

Isso, além de ser um absurdo. É uma vergonha! Coisa que esse governo federal nunca teve.

Brasil: Estados e prefeituras podem parcelar dívidas com a Previdência até hoje

Foto: Agência Brasil

As unidades da Federação e as prefeituras têm até hoje (31) para parcelarem as dívidas com a Previdência Social e os regimes próprios de Previdência com desconto nas multas e nos juros. O programa permite a inclusão de débitos vencidos até 30 de abril deste ano e deve reforçar a arrecadação federal em R$ 6,91 bilhões este ano.

Criado por meio da Medida Provisória 778, o Programa de Regularização de Débitos Previdenciários dos Estados e dos Municípios permite o parcelamento em até 200 meses (16 anos e 8 meses) das contribuições previdenciárias de responsabilidade dos governos locais, com desconto de 80% dos juros e 25% das multas.

Obrigações acessórias e contribuições incidentes sobre o 13º salário também podem ser renegociadas. Os estados e as prefeituras podem parcelar ainda dívidas suspensas pela Justiça, desde que desistam de questionar a cobrança nos tribunais.

A adesão ao programa deve ser formalizada em uma unidade da Receita Federal do domicílio tributário da prefeitura ou do estado.

Débitos parcelados em outros programas de refinanciamento poderão ser incluídos na nova renegociação. Em todos os casos, os governos locais terão o desconto nos juros e nas multas, exceto para as seis primeiras parcelas, que deverão equivaler a 2,4% do total da dívida consolidada e serem pagas em espécie, sem reduções.

As 194 prestações restantes serão retidas nas transferências da União aos Fundos de Participação dos Estados e dos Municípios. O valor equivale à prestação estabelecida ou a 1% da receita corrente líquida, prevalecendo o menor montante. Caso a parcela seja maior que os repasses retidos, o governo local deverá pagar a diferença todos os meses.

Exclusão

O estado ou a prefeitura pode ser excluído do programa nas seguintes situações: falta de recolhimento da diferença não retida nos fundos de participação por três meses consecutivos ou alternados; falta de pagamento de uma parcela, estando pagas todas as demais; falta de apresentação das informações relativas ao demonstrativo de apuração da receita corrente líquida; ou não quitação integral do pagamento em espécie em 2017.

A medida provisória que criou o Programa de Regularização de Débitos Previdenciários dos Estados e dos Municípios foi assinada em maio, durante a abertura da 20ª Marcha Nacional dos Prefeitos, em Brasília. Uma portaria editada dias depois ampliou a renegociação para os estados.

Atualmente, 2.077 prefeituras têm regimes próprios de Previdência para os servidores municipais. Sem condições de montarem uma Previdência especial para os funcionários, 3.491 prefeituras de menor porte contribuem para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Em relação às unidades da Federação, os 26 estados e o Distrito Federal têm regimes próprios de Previdência.

Fonte: agenciaebc.com.br

Peritoró: Polícias Civil e Militar cumpriram mandado de prisão contra acusado de assalto

Foto: Polícia Civil de Peritoró – MA

As Polícias Civil e Militar de Peritoró-MA cumpriram, nesta manhã (31), mandado de prisão, expedido pela Vara Única da Comarca de Santo Antônio dos Lopes-MA, contra Antônio dos Santos, vulgo “Remi”, o qual estava escondido no Povoado Bamburral, zona rural de Peritoró-MA. Ele, estava foragido desde que participou do assalto ao Armazém Paraíba de Capinzal do Norte-MA, no ano de 2010. Primeiramente, o foragido se escondeu na zona rural de Bacabal-MA, mas de lá também fugiu depois de ter sido acusado de estupro contra a sua própria cunhada, vindo a se esconder definitivamente na zona rural de Peritoró-MA em área de difícil acesso, o que sempre lhe favoreceu a escapar da ação da justiça.

Após informações de instituição parceira de Bacabal-MA, chegamos à localização do indivíduo, que se encontrava em casa no momento da chegada da equipe policial, na posse de uma espingarda, mas não esboçando nenhuma reação“. Disse o delegado de Peritoró, Dr. Fábio Cordeiro.

Antônio dos Santos “Remi”/Foto: Polícia Civil de Peritoró – MA

O preso será encaminhado para a Delegacia Regional de Presidente Dutra-MA para que seja posteriormente encaminhado ao estabelecimento prisional indicado no mandado de prisão, onde ficará à disposição da justiça.

Fonte: Polícia Civil de Peritoró – MA

Pedreiras: Leishmaniose volta à discussão com representantes de vários Municípios

Reunião no auditório da ACIAP/Pedreiras/Foto: Sandro Vagner

É grande a preocupação com os casos de leishmaniose que aumentaram em nossa região. Os registros de incidência chamaram à atenção do estado, que segundo informações da gestora da Unidade Regional de Pedreiras, Valdete Cruz, dos 13 (treze) Municípios que compõem a Regional, 8 (oito), deles já registraram casos de leishmaniose, que para muitos, isso não é mais novidade. O calazar já tem uma longa história de anos atrás, agora, com uma grande elevação. Valdete Cruz, disse que em algumas reservas indígenas da região existem cerca de 300 (trezentos) casos, devido essa aproximação, inclusive com casos comprovados no Município de Pedreiras, o Estado todo está em alerta, por se tratar de uma doença grave que pode levar a óbito, como já aconteceu na regional.

Dr. Jackson Maurício – Fiocruz/Foto: Sandro Vagner

Esteve reunida com os representantes dos 13 (treze) Municípios, uma equipe de saúde do estado, composta pela Drª Munique Maia, coordenadora do programa, e o Dr. Jackson, que é um grande conhecedor e colaborador do Ministério da Saúde, autor de mais de cem publicações sobre leishmaniose. Os representantes estaduais se reuniram com médicos do hospital de Pedreiras, e outros Municípios.

No auditório da ACIAP, as informações sobre as leishmanioses foram repassadas a enfermeiros, e médicos responsáveis por controle vetorial dos Municípios, que participaram de uma reunião técnica.

Foto: Sandro Vagner

Estamos todos juntos, Municípios, Regional, Estado e Ministério da Saúde, tentando minimizar essa problemática“. Concluiu Valdete Cruz, gestora da Unidade Regional de Pedreiras.

Pedreiras: Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Mearim realizou audiência pública

Foto: Sandro Vagner

Foi na quinta-feira (27), a V audiência pública realizada pelo comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Mearim, que aconteceu no plenário da Câmara de Vereadores Vicente Benigno. Cidades como, Bacabal, Vitória do Mearim e   Açailândia já receberam a caravana do comitê. O objetivo principal, segundo o presidente do Comitê de Pedreiras, Ivo Gonçalves, é divulgar o edital que regulamenta o processo eleitoral para a nova composição do órgão. Os participantes tiveram a oportunidade de aprender mais sobre o preenchimento dos formulários, não perder a data exata, declarações e relação de documentos necessários, para que todas as entidades possam garantir sem problema, suas inscrições.

Ivo Gonçalves – Presidente do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Mearim/Foto: Sandro Vagner

Na eleição passada, muitas entidades não acertaram preencher os formulários, por ser online. Às vezes preenchiam tudo certinho, mas esqueciam de encaminhar os documentos, que fazem parte e são exigidos para cada seguimento. Além disso, esse encontro serviu para rever esses companheiros que estão na mesma luta, que terminam nos oxigenando nesse sacerdócio que é a luta pela sustentabilidade dos recursos hídricos“, disse Ivo Gonçalves.

Foto: Sandro Vagner

Fizeram parte da mesa: o presidente do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Mearim, Ivo Gonçalves; prefeito de Pedreiras, Antônio França; Lidiane Estrela, da secretaria de meio ambiente do estado do Maranhão; Adenílson, prefeito de Poção de Pedras; vereador Robson Rios, representando a Câmara de Pedreiras; Simão Cirineu, secretário de meio ambiente de Pedreiras, e Francisca Aires, de Tufilândia.

Rio: Morre bebê baleado na barriga da mãe no Rio

Bala atravessou seu tórax, perfurou os dois pulmões e atingiu coluna de Arthur

bebê baleado dentro do útero da mãe no fim do mês passado em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, não resistiu aos ferimentos e morreu na tarde deste domingo (30).

O menino Arthur completou neste domingo um mês de nascido, período em que ficou internado no CTI do hospital municipal Adão Pereira Nunes, no mesmo município.

A mãe de Arthur, Claudineia dos Santos Melo, estava grávida de 39 semanas quando foi baleada. Ela seguia para um mercado quado foi surpreendida por um tiroteio entre a polícia e criminosos, e teve de ser submetida a um parto de emergência. Até o momento, as investigações não apontaram os responsáveis pelo disparo que a atingiu.

A criança teve de ser retirada as pressas porque a bala atravessou seu tórax, perfurou os dois pulmões e atingiu também sua coluna. Havia a possibilidade de o menino, caso resistisse, ficasse paraplégico. O bebê passou um mês entubado no hospital.

O menino morreu às 14h deste domingo. Por volta das 5h30 da manhã, a criança teve uma hemorragia digestiva e não resistiu aos ferimentos. “Todos os procedimentos para reverter o quadro foram adotados, porém não houve resposta clínica do paciente”, informa nota da Secretaria de Saúde do Estado, que confirma a morte.

Ainda não há informações sobre quando a criança será enterrada. A Folha ainda não conseguiu contato com familiares de Arthur.

A criança morre no mesmo dia em que o presidente Michel Temer fez uma visita ao Rio para sobrevoar áreas que estão sob patrulhamento de tropas federais, enviadas ao Estado para tentar conter a onda de violência no Estado.

Fonte: oglobo.com

Rio: Filho de Abel Braga caiu do apartamento enquanto tomava banho

João Pedro era o filho caçula de Abel Braga: na foto, posa ao lado do pai – Reprodução / Redes Sociais

O futebol está de luto. Morreu neste sábado (29), às 12h20, o filho mais novo do técnico Abel Braga, João Pedro Braga, de 18 anos, ao cair da janela panorâmica do banheiro. O menino estava tomando banho e há a possibilidade de que tenha sofrido uma crise convulsiva antes da queda – o jovem não tinha diagnóstico confirmado de epilepsia, mas vinha sendo medicado. Ao contrário do publicado originalmente, João não caiu da varanda do apartamento de Abel, localizado na Rua General Artigas, no Leblon, Zona Sul do Rio, mas sim do banheiro.

O corpo de João Pedro caiu no estacionamento do prédio, e foi retirado após ser realizada perícia no local. João Pedro Braga será enterrado neste domingo, no Memorial do Carmo, em horário a ser confirmado. O velório pode ocorrer na sede do Fluminense, nas Laranjeiras – ainda não há confirmação.

O corpo de João Pedro caiu no estacionamento do prédio, e foi retirado após ser realizada perícia no local. João Pedro Braga será enterrado neste domingo, no Memorial do Carmo, em horário a ser confirmado. O velório pode ocorrer na sede do Fluminense, nas Laranjeiras – ainda não há confirmação.

LEIA AINDA: Amigos deixam mensagens de despedida para João Pedro nas redes sociais

Em nota, a Polícia Civil informou que foi instaurado inquérito para apurar as circunstâncias da morte de João Pedro. O caso é conduzido pela 14ª DP (Leblon).

Abel dirigia um treinamento do Fluminense, no CT da Barra da Tijuca, quando foi informado do fato, e não viajou para Campinas, onde a equipe enfrentaria a Ponte Preta, neste domingo. Instantes depois, a diretoria de competições da CBF transferiu a partida para o dia 9 de agosto (quarta-feira).

Clubes e torcedores de vários clubes prestaram solidariedade a Abel Braga em redes sociais. Na partida entre Botafogo e São Paulo neste sábado, o minuto de silêncio que seria respeitado em homenagem póstuma ao ex-lateral alvinegro Perivaldo também foi dedicado a João Pedro Braga. Em nota enviada via WhatsApp, Abel agradeceu pelas demonstrações de solidariedade:

“Neste momento de muito pesar, gostaria de agradecer a todos pelas palavras de apoio e solidariedade. Lamento não poder escrever mais, pela dor profunda que eu e minha família estamos passando. Obrigado”, escreveu Abel.

FLUMINENSE DETERMINA LUTO

A diretoria do Fluminense publicou uma nota oficial em solidariedade ao treinador e determinou luto oficial de três dias. Confira abaixo a nota publicada.

“O Fluminense Football Club, seu presidente, vice-presidentes, diretores e funcionários prestam suas condolências e manifestam sua solidariedade ao técnico Abel Braga e sua família neste momento de tristeza pela morte de seu filho João Pedro”, diz a nota oficial.

Segundo o clube, a CBF dará mais informações sobre o adiamento da partida contra a Ponte Preta na segunda-feira. O Fluminense tem jogo marcado contra o Atlético-GO no Rio em 7 de agosto, uma segunda-feira, dois dias antes da nova data prevista para a partida contra a Ponte.

Devido à tragédia, o Fluminense decidiu cancelar também o baile de aniversário de 115 anos do clube, que seria realizado na noite deste sábado no Salão Nobre das Laranjeiras, e também o jogo de futebol americano entre o Fluminense Guerreiros e Cane Cutters, pela Liga Nacional da modalidade, que seria disputado no domingo em Saltinho-SP.

 

Loteria: Mega-Sena, concurso 1.953: aposta única acerta todas as dezenas

Apostas da Mega-Sena (Foto: Heloise Hamada/G1)

A Caixa realizou neste sábado (29) o concurso 1.953 da Mega-Sena. Os números sorteados foram: 09 – 26 – 29 – 42 – 43 – 45.

Uma única aposta, feita no Rio de Janeiro, acertou todas as dezenas e irá levar R$ 107.956.102,12. A quina teve 237 apostas ganhadoras e cada uma irá levar R$ 37.495,41. A quadra irá pagar R$ 747,28 para 16.988 apostadores.

O sorteio foi às 20h (horário de Brasília) em Rio Branco (AC).

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Fonte: g1.com

Para resultados de outras loterias, acesse www.ganheinaloto.com.br

Pedreiras: Novo acidente fatal com vítima na MA – 381. Três envolvidos

MA – 381 (Rodovia João do Vale – Pedreiras a Joselândia) Foto: Arquivo do Blog

Mais um fim de semana com registro de acidente na MA – 381, rodovia João do Vale, que liga Pedreiras a Joselândia. Desta vez, o acidente aconteceu no Povoado Sapucaia, nas proximidades do Walter Gato. As primeiras informações que chegaram à nossa redação, são que, três pessoas estariam envolvidas.

Hospital Geral de Pedreiras

O movimento no Hospital Geral de Pedreiras, foi grande. Uma equipe médica que está de plantão prestou os primeiros socorros. Os envolvidos no acidente são: Romário Cruz Silva, 24 anos, Osmar Rodrigues de Medeiros Júnior, 22 anos, e João Luís dos Santos, 73 anos de idade.

O senhor João, infelizmente não resistiu aos ferimentos e morreu ainda na unidade hospital de Pedreiras. Romário, continua em observação, e Osmar foi transferido para o Hospital de Emergência em Presidente Dutra, em estado grave, (traumatismo craniano), segundo a direção do hospital de Pedreiras.

Osmar Rodrigues de Medeiros Júnior – (Uma das vítimas do acidente em Sapucaia)/Foto: WhatsApp

Os veículos, como sempre, são motocicletas. Não temos informações como teria acontecido o acidente.

Novamente, volto a alertar as autoridades competentes desse Município. É preciso medidas urgentes para evitar mais mortes nessa e outras estradas de Pedreiras. Buscar responsável nesse momento é o de menos. Sabemos que muitos pais entregam motos a menores, contribuindo, assim, para esse tipo de violência no trânsito, principalmente aos finais de semanas, que já viraram rotina, muda-se apenas a relação dos envolvidos.