São João do Sóter: Três pessoas foram assassinadas durante festejo junino

Pedreiras: Na Procissão de São Pedro teve até manifestação em prol da Pedra Grande

Imagem de São Pedro/Foto: Sandro Vagner

Pedreiras e Trizidela do Vale, cidades separadas apenas pela ponte sobre o rio Mearim, sempre tiveram unidas em diversas manifestações. Na religião não é diferente. Tanto é, que a imagem de São Pedro ganha sua ornamentação do andor dentro da igreja de outro padroeiro, Santo Antônio de Pádua. Já deu pra notar que os dois Municípios jamais ficaram separados, nem mesmo a emancipação foi capaz de desatar esse laço, afinal, “Trezidela”, hoje Trizidela do Vale, foi simplesmente um bairro de Pedreiras. 

Procissão em Trizidela do Vale/Foto: Sandro Vagner

Assim como os Municípios, os devotos de São Pedro também se unem aos de São Benedito, São Francisco, e Santo Antônio de Pádua para acompanharem todo o trajeto da procissão do padroeiro dos pescadores.  O momento único, que acontece de ano em ano, sempre vem com algo para chamar à atenção, desta vez, quem não teve a curiosidade, ficará sabendo que ao lado da imagem de São Pedro, tinha um monte que artesanalmente lembrava a Pedra Grande, àquela mesma, que deu origem ao Município de Pedreiras, que apesar de está em território de Trizidela do Vale, geograficamente é genuinamente pedreirense. E essa foi a maneira que os organizadores dessa festa religiosa encontraram para alertar as autoridades quanto aos cuidados que a Pedra Grande Merece, por isso, o barco de São Pedro ficou mais pesado, ainda.

Banda Regionais os Iguais, de Coroatá/Foto: Sandro Vagner

Quanto à procissão, essa mais uma vez marcou a data. Saindo da Igreja de Santo Antônio de Pádua, o cortejo com as alas carregando uma cruz, e o Livro Sagrado, trilhou poucos metros das ruas de Trizidela do Vale, e foi acompanhada pela Banda Regional os Iguais, da cidade de Coroatá, que todos os anos abrilhanta o evento.

No Parque Maratá, local onde o povo já aguardava a chegada dos fieis para seguir em procissão fluvial no Rio Mearim, que assim como a Pedra Grande, também merece à atenção das autoridades e de toda população, famílias buscam as embarcações.

Embarcações que participam da procissão fluvial/Foto: Sandro Vagner

As águas barrentas ganharam coloridos das canoas e barcos com suas ornamentações, outra tradição dos pescadores, que seguem a imagem de São Pedro. 

Chegada do procissão em Pedreiras/Foto: Sandro Vagner

Este ano a procissão fluvial saiu um pouco mais tarde, e por isso teve que enfrentar o início da escuridão, mas as chamas das velas e os flashes dos celulares se encarregaram de proporcionar um brilho a mais ao espetáculo, tanto de quem participava nos barcos, ou de quem ficou nas margens do rio Mearim.

Fieis durante a Missa/Foto: Sandro Vagner

Após a chegada à rampa, local onde se encerra a procissão, uma imensa multidão acompanhou a celebração da Missa de encerramento do festejo do padroeiro dos pescadores, que foi promovido pela Colônia Z – 28, e pelo Santuário de São Benedito. Padre José Geraldo teve a participação do Padre Raílson e demais celebrantes que levaram ao conhecimento de todos a importância do Santo que foi escolhido por Jesus para ser pescadores de homens, tornado-se o primeiro Papa da Igreja. E do Próprio Jesus ouviu a seguinte frase: “tu és pedra, e sobre essa pedra edificarei a minha igreja

Padre José Geraldo – Reitor do Santuário de São Benedito/Foto: Sandro Vagner

A cada encerramento do festejo ficam as esperanças de um ano melhor, com mais dignidade entre os homens, e sabedoria para saber amar o próximo como a si mesmo.

Veja mais fotos do evento religioso.

Continue lendo

Pedreiras: São Pedro será homenageado com procissão fluvial

Procissão fluvial de São Pedro/Foto: (Sandro Vagner/aquivo do blog 29.06.2017

Todos os anos, nesta data (29), os devotos de São Pedro se preparam para o encerramento do festejo do padroeiro dos pescadores. A Colônia Z-28, com apoio do Santuário de São Benedito, vai realizar a grande procissão fluvial, que sai do Parque Maratá, descendo o rio Mearim, indo até a rampa, onde é celebrada a Missa de encerramento, que conta com milhares de fieis que vem de toda a região venerar esse momento religioso.

Os pescadores enfeitam sua canoas de acordo com as coincidências, este ano deverão levar muitas bandeiras do Brasil, devido a realização da Copa do Mundo. No ano passado, muitos pescadores aproveitaram o momento para protestarem sobre a falta de cuidado com o Rio Mearim, inclusive, fazendo apelo para que todos preservem o rio, devido o desaparecimento de muitas espécies de peixes, inclusive o Surubim, que está escasso.

Foto: (Sandro Vagner0/aquivo do blog 29.06.2017

Antes da saída da procissão fluvial, os devotos vão acompanhar o andor com a imagem do padroeiro, que sai da Igreja de Santo Antônio de Pádua, em Trizidela do Vale.  

A procissão está marcada para sair da praia do Parque Maratá, às 16h.

Brasil: Prazo para saque do abono salarial do PIS/Pasep termina hoje

O pagamento do abono começou em 27 de julho de 2017. (Foto: Reprodução)

O prazo para sacar o abono salarial do PIS/Pasep – ano base 2016 – termina nesta sexta-feira (29) em todo o país. Segundo o Ministério do Trabalho, no balanço mais recente, pelo menos 2,2 milhões de trabalhadores que têm direito ainda não retiraram o benefício. Esse número representa 10% do total. O estoque de recursos disponíveis para retirada está estimado em cerca de R$ 1,6 bilhão e o prazo não será prorrogado, informou o ministério.

Os empregados da iniciativa privada, vinculados ao Programa de Integração Social (PIS), sacam o dinheiro nas agências da Caixa Econômica Federal.

Para os funcionários públicos vinculados ao Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), a referência é o Banco do Brasil.

O pagamento do abono começou em 27 de julho de 2017. O valor que cada um tem a receber depende de quanto tempo ele trabalhou formalmente em 2016, na iniciativa privada ou no serviço público.

Quem trabalhou o ano todo recebe o valor cheio, que equivale a um salário mínimo (RS 954). Quem trabalhou apenas 30 dias terá o valor mínimo, que é R$ 80. “Se a pessoa trabalhou um mês, recebe um doze avos do valor, se trabalhou dois meses, dois doze avos, e assim sucessivamente”, explica o chefe da Divisão do Abono Salarial do Ministério do Trabalho, Márcio Ubiratan.

Entenda como é o benefício

O abono salarial do PIS/Pasep é um benefício pago anualmente a trabalhadores que se enquadram nos critérios da lei. Para ter direito a receber o dinheiro é necessário ter trabalhado formalmente por pelo menos um mês durante o ano-base (nesse caso, 2016), com remuneração média de até dois salários mínimos.

Além disso, o trabalhador precisa estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O recurso é proveniente do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), formado por depósitos feitos pelos empregadores do país. Além do Abono Salarial, o FAT custeia o programa de Seguro-Desemprego e financia programas de desenvolvimento econômico.

Por isso, os recursos do abono que não são sacados pelos trabalhadores no calendário estabelecido todos os anos retornam para o FAT, para serem usados nos demais programas.

Para saber se tem algo a receber, o trabalhador do setor privado pode consultar diretamente na internet ou procurar uma agência da Caixa Econômica Federal. Há ainda a opção de consulta telefônica, pelo número 0800 726 0207.

Para os servidores públicos que têm direito ao abono, além da internet, há a opção de verificar no site ou em qualquer agência do Banco do Brasil, que também fornece informações pessoalmente. Para consultar por telefone, o número é 0800 729 0001.

Fonte: agenciabrasil.com.br

Pedreiras: Projeto a Copa e a Escola (Professor Marcus Krause)

Fotos: Marcus Krause

É possível adquirir conhecimentos com a Copa do Mundo?

Fotos: Marcus Krause

Conhecer a geografia dos países da copa, aprender os nomes dos países em inglês e seus adjetivos pátrios, aprender matemática calculando tabelas da copa e dados estatísticos, aprender ciências sabendo mais informações sobre alimentações saudáveis aos atletas, aprender religião e respeitar as diferenças culturais e religiosas de cada pais, aprender história conhecendo fatos que contribuíram no desenvolvimento de cada um dos 32 países, aprender artes através dos desenhos, danças e materiais produzidos para ornamentação durante a copa, aprender português com elaboração e interpretações textuais e aprender educação física através das técnicas de preparo físico para evitar lesões e doenças.

Realização: Corpo docente discente, gestor e administrativo da Escola Janoca Maciel
Idealização: professor Marcus Krause

Trizidela do Vale: Polícia Militar prendeu um suspeito de praticar assalto

Ronilson de Araújo Rodrigues “baleado”-Suspeito/Foto: Polícia Militar

O Pelotão da Polícia Militar de Trizidela do Vale, foi informado sobre um roubo na Rua Coronel Manoel Inácio, n°422, Aeroporto, Trizidela do Vale-MA., que aconteceu ontem (27), onde na ocasião o indivíduo Ronilson de Araújo Rodrigues, vulgo “baleado”, juntamente com um comparsa ainda não capturado, teriam tomado de assalto 02 aparelhos celulares, chegando a agredir as jovens vítimas com tapas.

Os assaltantes foram reconhecidos pelas vítimas, e a partir dessas informações as guarnições realizaram incursões no intuito de capturar os mesmos. E hoje (28), por volta das 12:30h, os PMs receberam informações de que um dos indivíduos estaria na Vila Luís Carroceiro em atitude suspeita ameaçando populares. O suspeito foi preso em flagrante, e esboçou muita reação e foi usada a força proporcional necessária para conter sua injusta agressão.

O indivíduo já havia sido preso anteriormente e cumpriu pena por participar do assalto ao comércio do Dinarte. Ele foi conduzido à Delegacia Regional de Pedreiras sem lesões corporais para providências cabíveis.” Disse o Tenente Neris.

Fonte: PELOTÃO DE TRIZIDELA DO VALE – MA

Trizidela do Vale: Começa hoje a 29ª Vaquejada do Parque Maratá

Parque Maratá – Trizidela do Vale/Foto: Sandro Vagner

Serão quatro dias de muita festa. A Vaquejada do Parque Maratá já é uma tradição no Município de Trizidela do Vale. Hoje (28), será a noite cultural, mais outra opção que a direção do evento proporciona ao público de Pedreiras, Trizidela do Vale e toda região, contará com quadrilhas juninas, bumba-boi e música ao vivo.

Todo ano a grande preocupação do organizador, Paulo Maratá, é com o setor de segurança. Na manhã desta quinta-feira (28), durante uma coletiva de imprensa, ao lado do Major Ricardo (comandante do 19º BPM de Pedreiras) e do Tenente Neris (comandante do DPM de Trizidela do Vale), Paulo ressaltou a importância da parceria da Polícia Militar e Polícia Civil, que atuam durante as quatros noites de vaquejada, trazendo mais segurança para todos. Paulo Maratá ressaltou ainda, que seguranças particulares foram contratados, reforçando o trabalho das polícias.

Paulo Maratá, Major Ricardo e Tenente Neris/Foto: Sandro Vagner

Major Ricardo e o Tenente Neris, garantiram um trabalho à altura. Quem for para se divertir terá toda cobertura, que inclui o sistema de segurança com videomonitoramento, que este ano vai funcionar no trailer da Polícia Militar.

Trailer da Polícia Militar/Foto: Sandro Vagner

Faça sua parte. Quem for para atrapalhar a festa, é melhor ficar em casa assistindo pelas redes sociais, que estarão transmitindo a Vaquejada para o mundo inteiro.

Foto: Sandro Vagner

Segundo Paulo Maratá, a programação está bastante diversificada.

Paulo Maratá – Proprietário do Parque Maratá/Foto: Sandro Vagner

 

 

Participe desta grande festa da vaqueirama!

São Paulo: Moro determina que Lula deixe sede da PF para ser interrogado

Sítio em Atibaia/SP/Foto: Jorge Araújo – FolhaPress

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve deixar a sede da PF (Polícia Federal) em Curitiba pela primeira vez no dia 11 de setembro, quando será interrogado pelo juiz federal Sergio Moro no processo sobre o sítio de Atibaia.

Nesta quarta-feira (27), o magistrado expediu um ofício para que a PF tome as “providências necessárias para a realização de escolta” de Lula para a sede da Justiça Federal na capital paranaense, onde será realizada a audiência.

Caso não haja uma decisão judicial para conceder a liberdade a Lula o que pode acontecer no STF (Supremo Tribunal Federal), essa será a primeira ocasião, depois de cinco meses, em que o petista sairá do 4º andar da sede da PF, onde está custodiado.

Lula está preso desde 7 de abril para cumprir sua pena de 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, investigados pela Operação Lava Jato.

Além de Lula, também serão escoltados outros dois réus do processo do sítio que também estão custodiados na sede da PF: Léo Pinheiro, ex-presidente da empreiteira OAS, e Agenor Franklin de Magalhães Medeiros, ex-diretor da mesma empresa.

Consultada pelo UOL, a defesa de Lula ainda não avaliou se irá pedir para que a audiência seja realizada por meio de videoconferência, como seria feito no processo da Operação Zelotes, que tramita na Justiça Federal no Distrito Federal.

Em função da situação de Lula, o juiz Vallisney de Souza Oliveira aceitou o pedido da defesa e do próprio ex-presidente para que os argumentos do petista fossem ouvidos à distância e da sede da PF, e não da Justiça Federal em Curitiba, que seria o comum. O trajeto entre os dois prédios é de cerca de cinco quilômetros. O interrogatório para Brasília foi adiado para dia indeterminado.

Desde que foi preso, Lula só teve uma aparição pública, em 5 de junho, em depoimento como testemunha de defesa do ex-governador Sérgio Cabral. O encontro foi marcado por piadas.

No processo do sítio, é investigado se Lula recebeu cerca de R$ 1 milhão das empresas Odebrecht, OAS e Schahin por meio de obras feitas na propriedade, que era frequentada por ele e sua família.

O MPF (Ministério Público Federal) diz que o sítio, registrado em nome de outras pessoas, pertence, na verdade, ao ex-presidente. A defesa de Lula nega.

Esse será o terceiro encontro entre Lula e Moro. Em maio do ano passado, o petista foi ouvido no processo do tríplex, pelo qual já foi condenado. Em setembro de 2017, Lula foi ouvido em um processo que envolve um terreno para o Instituto Lula. Essa ação ainda está em andamento.

Fonte: Folhadesaopaulo.com.br

Mundo: Joe Jackson, pai de Michael Jackson, morre aos 89 anos

O empresário Joseph Jackson, o Joe Jackson, morreu nesta quarta-feira (27), aos 89 anos.

O ex-empresário tinha a saúde debilitada desde que sofrera um derrame cerebral, em 2015, e vivia afastado de boa parte de seus filhos e da esposa, Katherine.

Joe foi o patriarca da família musical Jackson, responsável por lançar o conjunto ​The Jackson 5 nos anos 1960.

Ele depois alcançaria ainda mais notoriedade como pai e empresário de Michael Jackson (1958-2009) nos primeiros anos da carreira do artista, que viria a ser conhecido pelo epíteto de “rei do pop”.

Joe também gerenciou os primeiros anos da carreira da filha Janet Jackson.

A informação sobre sua morte foi adiantada pelo site TMZ e confirmada pela CNN, que cita uma fonte não identificada na família dele.

Joe, que vivia há décadas em Las Vegas, estava internado em um hospital desde a semana passada, em tratamento de um câncer no pâncreas.

VISIONÁRIO SEVERO

Ex-lutador de boxe e operador de máquinas, chegou a formar uma banda com seu irmão, Luther, nos anos 1950.

O grupo The Falcons durou apenas um ano, mas Joe desenvolveu a ideia de fazer de seus filhos um conjunto musical.

A iniciativa foi extremamente bem-sucedida, com os Jackson 5 tornando-se um fenômeno do pop, com sonoridade alicerçada no melhor do soul, danças afiadas e visual divertido.

No auge de sua popularidade, o grupo vendeu milhões de discos e chegou a ter seu próprio programa de televisão.

O sucesso, contudo, não veio de graça: o patriarca também foi acusado em diversas ocasiões por ter sido rigoroso, severo e por vezes violento, tanto verbal quanto fisicamente, com seus filhos.

Michael, que morreu em 2009, aos 50 anos, após uma overdose acidental de um remédio anestésico, afirmou em entrevista à apresentadora Oprah Winfrey que o pai obrigava ele e os irmãos a ensaiarem durante horas seguidas, segurando um cinto para ameaçar e punir quem errasse.

Na ocasião, Michael afirmou que tinha tanto medo do pai que às vezes vomitava quando o via.

Em entrevista à CNN, em 2013, Janet Jackson confirmou as acusações do irmão e afirmou ainda que as crianças não eram autorizadas a chamar o pai de “pai”, mas pelo seu nome.

Joe chegou a admitir que usou de castigos físicos para disciplinar os filhos, mas disse que não se arrependia disso.

“Sou grato por ter sido duro, pois olhe só o que consegui: um grupo de crianças que o mundo todo amava.”

Fonte: folhadesaopaulo.com.br