Coroatá: Polícia Militar prende suspeito e apreende um revólver

Com a colaboração do repórter Sena Freitas (Codó)

Foto: Força Tática de Coroatá

Hoje (05), Por volta das 12:30h,  na cidade de Coroatá, ao se deslocar para o bairro Trezidela a Guarnição da Polícia Militar (Força Tática) avistou duas pessoas em atitude suspeita numa moto pop vermelha, ao ser feita a revista foi encontrado com João Rodrigues dos Santos, um revolver calibre .32 com 06 munições intactas. Foram encontrados com os suspeitos a quantia de R$ 30,00 (trinta reais), uma carteira porta cédula, e um RG. 

Foto: Força Tática de Coroatá

O suspeito que estava com a arma foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil sem lesões, para procedimentos.

Pedreiras: Major Ricardo se pronunciou sobre o caso de Igarapé Grande

Major Ricardo – Comandante do 19º BPM-Pedreiras – MA/Foto: Sandro Vagner

Na manhã desta quinta-feira (05), o comandante do 19º Batalhão de Polícia Militar de Pedreiras, Major Ricardo, se pronunciou à imprensa sobre os crimes que aconteceram ontem (04), na vizinha cidade de Igarapé Grande, onde o Sargento Carlos foi atingido por três disparos efetuados por uma mulher, após uma abordagem, e em seguida, quando a PM tentou prendê-la e recuperar a arma do policial, houve troca de tiros, e Sebastiana Alves de Almeida, 26 anos, morreu no local.

Ouça o que disse o comandante, Major Ricardo, aos repórteres Ribinha da FM e Ricardo Farias.

Igarapé Grande: Mulher saca arma de um sargento, o atinge e é morta por PMs

Sargento Carlos/Foto: Sandro Vagner

Ontem (04), por volta das 21h, a Polícia militar de Igarapé Grande foi chamada para atender uma ocorrência de uma briga envolvendo uma mulher e um idoso, na Rua João Soares, no centro da cidade. Ao chegar ao local, o comandante da PM de Igarapé Grande, Sargento Carlos, tentou imobilizar a mulher, conhecida como Sebastiana, a mesma pegou a arma do PM, uma pistola .40, e efetuou dois disparos contra ele, que estava sem colete à prova de balas, sendo atingindo no peito e no abdômen. Ele foi encaminhado para o Hospital de Bernardo do Mearim, em seguida, levado às pressas para o Hospital de Peritoró, onde deu entrada consciente e passou por uma cirurgia.

Segundo Dr. Bruno Curvina, um dos tiros atingiu a região cervical, e outro no abdômen, mas não penetrou a região. 

A suspeita foi morta pela PM

Após socorrerem o sargento Carlos, segundo informou o Delegado que responde atualmente pelo Município de Igarapé Grande, Dr. Márcio Mendes, os militares retornaram à casa onde estava a suspeita, na tentativa de recuperar a arma do crime e prendê-la, quando foram surpreendidos com tiros e tiveram que reagir, e Sebastiana foi atingida por alguns disparos morrendo no local. O corpo foi levado para o Hospital de Bernardo do Mearim, para perícia.

Todos os envolvidos no caso foram ouvidos pelos Delegados Márcio Mendes e  Dr. Diego Maciel. O caso ficará a cargo da 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Pedreiras.

Major Ricardo, comandante do 19º Batalhão de Polícia Militar de Pedreiras, até o fechamento da matéria, não tinha se manifestado sobre os crimes.

Lago da Pedra: Com votação apertada presidente da Câmara foi reeleito para o biênio 2019/2020

Ananias Bezerra – Reeleito presidente da Câmara de Lago da Pedra/Foto: Sérgio Morais

Ontem (03), foi realizada a eleição da nova mesa diretora da Câmara Municipal de Lago da Pedra. O atual presidente, Ananias Bezerra (PSDB), foi reeleito para o biênio 2019/2020. Ele concorreu contra o vereador Sales Sanfoneiro (PRB).

Vereador Sales Sanfoneiro durante discurso na Tribuna da Câmara/Foto: Sérgio Morais

Foi uma disputa bastante acirrada, mas, porém, tranquila, e com a  diferença de apenas um voto, Ananias venceu por 07 votos contra 06 do seu opositor.

Foram quatro horas de sessão, começando às 08h, encerrando-se às 12h. O Presidente reeleito, Ananias Bezerra, destacou sua vitória como um grande marco para o Município.

Vereadores que conduziram Ananias, à vitória/Foto: Reprodução

Agradecer, primeiro a Deus e aos companheiros que acreditaram em mim. Foi uma vitória apertada, de muitas perseguições, de muitas tentações do poder executivo municipal, que não fez nada por Lago da Pedra, até aqui, mas usou toda máquina, toda estrutura para tentar mudar o “voto” dos meus companheiros da Câmara Municipal, pra tentar desmoralizar o Poder Legislativo, mas graças a Deus, que os sete companheiros que são os verdadeiros opositores da gestão perversa, que votaram em mim, eu quero agradecer de coração a esses sete vereadores, esses homens merecem todo o nosso respeito“, concluiu o presidente reeleito, Ananias Bezerra.

Vereadores que apoiaram Sales Sanfoneiro/Foto: Reprodução

A maioria das Câmaras está antecipando às eleições, como aconteceu aqui em Pedreiras, onde o atual presidente, vereador Bruno Curvina, foi reeleito para o biênio 2019/2020.

Trizidela do Vale: Prefeito assina termo de adesão para chegada do programa do leite no Município

Prefeito Fred Maia, durante a assinatura do Program do Leite/Foto: AscomTV

Visando buscar melhorias para sua população o prefeito Fred Maia após receber técnicas do Programa do leite do Governo do Estado, esteve nesta terça-feira (03),em São Luis, acompanhado do vereador Nanô do povo, assinando o termo de adesão do programa do leite que será implantado no município onde beneficiará cerca de 400 famílias de baixa renda cadastradas junto a secretaria municipal de assistência social.

A assinatura desse documento firma o compromisso do município em executar, juntamente com o Governo do Estado, o citado programa que vai beneficiar milhares de famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social e alimentar.” Disse o Prefeito Fred Maia

Fonte: ASCONTV

Miranda do Norte: Três homens foram presos com quase 300 quilos de maconha

Com a colaboração do repórter Sena Freitas (Codó)

Foto: Senarc

Em continuidade às ações de repressão ao narcotráfico no interior do estado, a SENARC realizou na madrugada do dia (02), uma apreensão de aproximadamente 300 kg (trezentos quilos) de MACONHA, nas proximidades da cidade de Miranda do Norte/MA, às margens da Rodovia BR 135. Na oportunidade, os investigadores flagraram a transação do entorpecente entre os suspeitos RAIMUNDO NONATO MARQUES, HAMILTON DA CRUZ ALMEIDA e IRANILDO DIAS PEREIRA.

As investigações dão conta que o suspeito HAMILTON, juntamente com IRANILDO estavam transportando a droga da cidade de Buriticupu para ser comercializado com o suspeito RAIMUNDO NONATO, residente na cidade de Itapecuru-Mirim.

Foto: Senarc

Destaque-se ainda que, RAIMUNDO NONATO MARQUES e IRANILDO DIAS PEREIRA já possuem condenações pelos crimes de tráfico de drogas.

Todos os conduzidos foram autuados pelo crime de tráfico de drogas e associação ao tráfico, previstos nos artigos 33, caput e 35, caput, ambos da Lei 11.343/06, em seguida, foram encaminhados ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas onde ficarão à disposição da Justiça.

Fonte: SENARC.

Saúde: Estudo indica aspirina contra o Alzheimer

Segundo os autores, um dos principais mecanismos responsáveis pela progressão da doença é uma perda de capacidade do organismo para remover as placas formadas no cérebro – especialmente no hipocampo – pela proteína tóxica beta amiloide. A partir da avaliação de um grande conjunto de estudos que demonstravam a ligação entre a aspirina e o risco reduzido de prevalência de Alzheimer, os cientistas mostraram que o medicamento reduziu as placas de beta amiloide em camundongos, ao estimular a ação dos lisossomos – um componente das células de animais que ajuda limpar os detritos celulares.

A pesquisa, realizada por cientistas da Universidade Rush, em Chicago (EUA), foi publicada nesta segunda-feira, 2, na revista científica The Journal of Neuroscience. “Nosso estudo identificou um possível novo papel para um dos medicamentos mais amplamente utilizados no mundo”, disse o autor principal do estudo, Kalipada Pahan.

Até agora, a FDA – a agência reguladora americana para alimentos e medicamentos – tem poucas drogas aprovadas para o tratamento da doença de Alzheimer – que afeta a memória e é considerada o tipo de demência mais comum no mundo – e os fármacos disponíveis fornecem só alívio limitado dos sintomas.

No novo estudo, durante um mês, os pesquisadores deram baixas doses de aspirina, por via oral, a camundongos que haviam sido geneticamente modificados para desenvolverem a doença de Alzheimer. Depois, a equipe avaliou a quantidade de placas de proteína beta amiloide nas partes do cérebro mais afetadas pela doença. “A aspirina estimulou os lisossomos e reduziu o acúmulo de placas nos cérebros dos animais”.

Fonte: agenciabrasil.com.br

Pedreiras: Seminário das Águas em Formosa da Serra Negra virou documentário

Conhecida como a Caixa d’água no Maranhão, Formosa da Serra Negra foi sede do Seminário das Águas, que contou com a participação do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Mearim, que tem à frente o presidente José Filho.

O Sebrae, órgão parceiro do projeto, deu total apoio para a realização do Seminário. O encontro foi tão proveitoso que a equipe do Maranhão Rural produziu um documentário que mostra os pontos mais críticos, mas também a beleza das cachoeiras.

José Filho – Presidente do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Mearim

Segundo o presidente de Bacia Hidrográfica do Rio Mearim, José Filho, esse foi um passo muito importante para que todos tomem consciência da preservação da nascente do Rio Mearim, e outras medidas sejam realizadas para evitar a morte do nosso principal patrimônio. 

Brasil: Câmara pode votar nesta quarta projeto da Escola sem Partido

O deputado Flavinho, relator da proposta que cria o Programa Escola sem Partido (Valter Campanato/Agência Brasil)

A Câmara dos Deputados pode votar nesta quarta-feira (4) a proposta que cria o programa Escola sem Partido. O projeto altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) para afastar a possibilidade de oferta de disciplinas com conteúdo de “gênero” ou “orientação sexual” em escolas de todo o país.

Pelo texto do relator, deputado Flavinho (PSC-SP), cada sala de aula terá um cartaz com seis deveres do professor, entre os quais está a proibição de usar sua posição para cooptar alunos para qualquer corrente política, ideológica ou partidária. Além disso, o professor não poderá incitar os alunos a participar de manifestações e deverá indicar as principais teorias sobre questões políticas, socioculturais e econômicas.

Segundo o relator, o problema da doutrinação política e sexual no ambiente escolar é “latente, crônico e traumático” e tem sido negligenciado ao longo dos anos no Brasil. “Há muitos anos, tem sido jogado para debaixo do tapete e acobertado sob o manto da liberdade de expressão e da liberdade de cátedra dos doutrinadores travestidos de docentes. Não podemos mais permitir que os alunos, parte mais vulnerável do processo, e suas famílias sejam constantemente atacados em seus direitos e vilipendiados em suas convicções pessoais”, afirmou o deputado à Agência Brasil.

O projeto está pautado para ser votado na comissão especial criada para discutir o assunto e tramita em caráter conclusivo. Caso aprovado, pode ser encaminhado diretamente para apreciação do Senado. Como se trata de um tema polêmico, deputados podem recorrer para que a matéria também seja analisada pelo plenário da Câmara. 

As diretrizes estabelecidas no projeto também devem repercutir sobre os livros paradidáticos e didáticos, as avaliações para o ingresso no ensino superior, as provas para o ingresso na carreira docente e as instituições de ensino superior. 

O projeto inclui na LDB a ideia de que os valores de ordem familiar têm precedência sobre a educação escolar nos aspectos relacionados à educação moral, sexual e religiosa. Pelo texto de Flavinho, a lei entraria em vigor dois anos após aprovada.

Críticas

Crítico do Escola sem Partido, o deputado Bacelar (Pode-BA) já apresentou formalmente um voto contrário ao parecer de Flavinho. Segundo o parlamentar baiano, o projeto tem trechos inconstitucionais, e o texto apresentado pelo relator “não sana tais problemas, ao contrário, torna-os extremamente evidentes”.

“Não é razoável pensar na relação entre as liberdades de ensinar e de aprender sem considerar prioritariamente a base de toda a pedagogia, que é a relação ensino-aprendizagem. Para nós, não faz sentido a indagação do parecer ‘Até onde vai o direito de ensinar [do professor], de modo a não colidir com o direito de aprender [do aluno]?’ Na verdade, a liberdade de ensinar não existe sem a de aprender, e ambas não se concretizam se não houver relação ensino-aprendizagem efetiva”, afirmou Bacelar.

De acordo com o deputado, é um equívoco a matéria colocar a liberdade de aprender e de ensinar como aspectos contraditórios. “Além de colocar as liberdades de aprender e de ensinar como se fossem direitos antagônicos, e não interrelacionados em uma dinâmica sempre complexa, o relator afirma que a ‘liberdade de expressão’ do professor só pode ser exercida em contextos alheios ao exercício da sua função, o que é um absurdo.”

Bacelar afirmou ainda que a retirada do conteúdo de “gênero” ou “orientação sexual” é preconceituosa e fere a Constituição Federal. “Tal expressão traz consigo uma extrema distorção do que seriam estudos de gênero e não é sequer definida ou utilizada no meio acadêmico. É utilizada apenas por aqueles que, eles, sim, carregam uma ideologia muito clara: uma ideologia machista, autoritária, heteronormativa e avessa a direitos humanos”, argumentou Bacelar.

Para o relator da proposta, a medida não limita o plano curricular, “nem fere a liberdade de expressão do cidadão, que deve ser usada na sua esfera pessoal, e não no ambiente escolar”. Segundo Flavinho, a Constituição Federal não trata de “questões de gênero”, mas do devido respeito a todos, independentemente de raça, sexo, cor ou religião. 

Cartaz

Pela proposta, deverá ser afixado em todas as escolas públicas e privadas do país um cartaz com o seguinte conteúdo, que seriam os deveres do professor :

1. Não se aproveitará da audiência cativa dos alunos, com o objetivo de cooptá-los para nenhuma corrente política, ideológica ou partidária;

2. Não favorecerá, nem prejudicará os alunos em razão de suas convicções políticas, ideológicas, morais ou religiosas;

3. Não fará propaganda político-partidária em sala de aula, nem incitará os alunos a participar de manifestações, atos públicos e passeatas;

4. Ao tratar de questões políticas, socioculturais e econômicas, apresentará aos alunos, de forma justa, as principais versões, teorias, opiniões e perspectivas concorrentes a respeito;

5. Respeitará o direito dos pais a que seus filhos recebam a educação moral que esteja de acordo com suas próprias convicções;

6. Não permitirá que os direitos assegurados nos itens anteriores sejam violados pela ação de terceiros, dentro da sala de aula.

Fonte: agenciabrasil.com.br

Pedreiras: Exclusivo! Delegada de São João do Sóter fala ao Blog sobre a tragédia que deixou 5 mortos

Marília Vasconcelos – Delegada de São João do Sóter – MA/Foto: Sandro Vagner (arquivo do Blog)

A Delegada de São João do Sóter, Município que foi marcado por uma tragédia neste fim de semana, onde cinco pessoas foram assassinadas, falou com exclusividade ao Blog, sobre o que de fato aconteceu na madrugada de sábado (30/06) e início de domingo (01/07).

Durante uma entrevista concedida ao Programa Portal da Cidade, que vai ao ar nesta segunda-feira (02), a Drª Marília Vasconcelos disse que terá muito trabalho pela frente e que todos os envolvidos no homicídio e tentativa de homicídio, que já foram identificados pela câmeras de segurança, serão indiciados e responderão processo judicialmente.

Drª Marília iniciou a entrevista contando à nossa reportagem como aconteceram as mortes dos cinco envolvidos.

O secretário de cultura e o organizador do evento, Cícero Rocha, ele insistiu pra Polícia Militar não encerrar o evento no horário que determina a licença, que era as três horas da manhã, e a festa continuou até as três e cinquenta. Nesse momento, dois grupos iniciaram uma discussão, e o José Walison, mostrou um revólver, Cícero Rocha que tentou desarmar José Walison, acabou levando um tiro na cabeça, que foi efetuado pelo Marlon, que pegou a arma do José Walison, eles estavam juntos, e, em seguida, o vereador conhecido como Totonho, tentou desarmar o Marlon, e também foi atingido com um disparo e faleceu imediatamente no local onde acontecia a festa. Os criminosos Marlon e José Walison tentaram fugir, e o José Walison foi contido por populares que o lincharam. O Marlon foi perseguido por algumas pessoas e efetuou mais alguns disparos, atingindo uma vítima conhecida como Júnior da Nasa. O José Walison foi socorrido e continua internado, até o momento, em estado grave, mas o Marlon fugiu e se escondeu no matagal, logo após efetuar todos esses disparos. No dia 01 (domingo), por volta de uma hora da manhã, o sobrinho da vítima, Cicero Rocha, o Tárcio Rocha, ele foi informado pelos moradores de São João, que o Marlon estaria escondido em uma residência abandonada na cidade. E ao invés de acionar a Polícia, o Tácio, ele se deslocou a essa casa, onde supostamente o Marlon estaria escondido, e acabou travando uma luta corporal com ele, mesmo sabendo que o Marlon estaria armado, e tendo matado três pessoas, inclusive o tio dele, e, nessa luta corporal que eles travaram, Tácio acabou sendo atingido na cabeça, e também faleceu no local. Os populares que acompanharam toda essa cena, invadiram a casa e eles lincharam até à morte, o Marlon. Então,Sandro, em 24 horas aconteceram cinco mortes.”

A Delegada Marília Vasconcelos, disse ao Blog sobre as providências que a polícia irá tomar.

No sábado (30/06) pela manhã, eu me desloquei pra São João do Sóter, juntamente com o Dr. Veloso, que é o Delegado titular da Delegacia de homicídio de Caxias, e lá, chegando, o Dr. Jair Paiva, que é o delegado regional de Caxias, já se encontrava no local, e ele já havia inquerido algumas testemunhas. Nós permanecemos na Delegacia inquerindo outras testemunhas, até o sábado à noite, e nós protocolamos o pedido de prisão preventiva do Marlon, que até àquele momento se encontrava em local incerto, e também pedimos a preventiva do José Walison que está, até o presente momento, internado no hospital. Além disso nós estamos, também, identificando os autores dos dois linchamentos, através dos vídeos e dos áudios que estão sendo divulgados nas redes sociais, acho que até vocês devem ter recebido fotos, áudios e vídeos. Nós já estamos identificando essas pessoas, que serão inqueridas, posteriormente, e as vítimas foram encaminhadas para o IML de Timon. A arma será periciada, pois o Marlon, ele também é suspeito de praticar outros homicídios, inclusive um na cidade de Colinas, que ele já foi até reconhecido, mas pra poder comprovar a participação dele nesses outros crimes, nós precisamos do exame de confrontação balística.” 

Drª Marília se manifestou sobre os linchamentos.

Sandro, eu lamento muitíssimo que as pessoas que se consideram (entre aspas) cidadãos de bem, elas se igualam aos criminosos pra tentar fazer um justiçamento. A Polícia está trabalhando, e trabalhando de forma incansável pra elucidar todos esses crimes que aconteceram em São João do Sóter, nos últimos dias. Nós não podemos criar as nossas próprias leis pra punir da forma como a gente acha adequada, a gente tem que confiar nas instituições; tem que confiar na Polícia, tem que confiar no Ministério Público e tem que confiar no Poder Judiciário, e o nosso trabalho está sendo feito de forma muito célere, o juiz plantonista já estava ciente da situação, já estava com os pedidos em mãos para apreciar. E, o correto, naquela situação, deveria ser acionar a Polícia, ele ser preso e encaminhado pra Justiça, pra responder pelos atos dele.” 

Hoje (02) pela manhã a Delegada Marília Vasconcelos, confirmou a participação de Marlon no assassinato do irmão da Prefeita Consuelo Lima, da cidade de Jatobá – MA. O empresário Antônio Alves de Morais, conhecido por Dêjá, foi morto por dois elementos no dia 28 de junho, na Pousada de propriedade dele, na cidade de Colinas-MA. Ele exercia o cargo de secretário-adjunto de Fazenda e Planejamento.

O Blog agradece a disponibilidade da delegada Marília Vasconcelos, que sempre se colocou à inteira disposição da imprensa de Pedreiras, desde quando foi titular da Delegacia da Mulher, na 14ª Delegacia Regional de Policia Civil, durante quatro anos e meio, quando realizou um grande trabalho em defesa das mulheres.