Ceará: Menina de 11 anos é estuprada por detento ao visitar pai dentro de presídio no Ceará

Crime ocorreu dentro do complexo prisional no Ceará — Foto: Reprodução/DN

Uma criança de 11 anos foi estuprada por um preso durante o horário de visitas, neste sábado (13), dentro da Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL V), no complexo prisional de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza. De acordo com o Conselho Penitenciário do Estado do Ceará (Copen), a vítima é filha de um preso e foi violentada por um outro detento da unidade.

(CORREÇÃO: ao publicar esta reportagem, o G1 errou ao informar que a menina estava visitando o irmão. A informação havia sido dada pelo Conselho Penitenciário do Estado do Ceará (Copen), mas depois foi retificada pelo órgão e pela Secretaria de Justiça do Ceará (Sejus). Na verdade, a menina estava visitando o pai. O texto foi corrigido às 15h38 de 15/10/2018.)

De acordo com o presidente do Copen, Cláudio Justa, a criança estava com a mãe para ajudar a entregar produtos pessoais para o pai, que está recolhido na unidade prisional. Durante a visita, porém, um dentento estuprou a criança em um compartimento da unidade.

Sumiço

A mãe da criança notou o sumiço dela e acionou a segurança da unidade. Agentes penitenciários realizaram buscas, encontraram a criança e capturaram o suspeito em flagrante. Conforme a polícia, ele já estava preso por estupro de vulnerável.

Após o crime, a garota foi socorrida e levada para uma unidade hospitalar. A menina passou por exames médicos e periciais que comprovaram o abuso.

Já o presidiário foi encaminhado para uma área de isolamento para evitar que os outros detentos o agredissem em represália ao ocorrido. Ele ainda deve ser transferido neste domingo (14) para evitar conflitos com outros detentos. O local, porém, não foi informado ao G1 para evitar represálias contra o presidiário.

Insegurança na unidade

Cláudio Justa afirmou que o crime demonstra a insegurança no interior da unidade prisional, que sofre com a superlotação. O presidente do Copen comentou que não é comum esse tipo de ações contra familiares, já que os presos têm a visita como “sagrada”.

“O que é preocupante é que hoje, em razão da superlotação, estamos presenciando problemas de acesso de agentes dentro de onde os presos ficam. Só conseguem ter o pleno acesso à segurança com o Batalhão de Choque. Mas nos dias de visitas, os próprios presos colaboram. É uma violência que viola as regras deles mesmos. Não é adotado um plano especial de segurança, já que é um horário sagrado pra eles. Fugiu da expectativa total”, afirmou.

fonte: g1.globo.com

Pedreiras: Filha procura pela mãe que a deixou quando tinha apenas 8 meses no interior do Piauí

Gildeni Maria de Araújo/Foto: Arquivo pessoal

Gildeni Maria de Araújo, 28 anos de idade, moradora do Município de Fronteiras do Piauí, quer encontrar a mãe, Maria do Socorro Santos, que segundo informações, mora ou morou em Pedreiras. Quando dona Socorro saiu de Fronteiras, isso há 28 anos, ela estava grávida de três meses de um menino, que recebeu o mesmo nome do pai, Gilberto Antônio de Araújo Filho.

Gildeni e o pai/Foto: Arquivo pessoal

Segundo Gildeni, os pais se separam, e dona Socorro veio morar em Pedreiras, mas disse que iria voltar para vê-la, só que isso nunca aconteceu.

O pai, o senhor Gilberto, teria conhecido a mãe dela em um garimpo. Ele também está sem falar com a filha há oito anos.

Gilberto Antônio de Araújo – Pai de Gildeni/Foto: Arquivo pessoal

Gildeni foi criada pelos avós paternos que colocaram outro nome nela. Antes, sua mãe queria que o nome dela fosse Géssica.

Qualquer informação sobre o paradeiro de dona Maria do Socorro Santos, entrar em contato pelos telefones:

(89) 99913 – 2587 falar com Gildeni

(89) 99940 – 3901 falar com o esposo de Gildeni (Emanuel)

Brasil: Apenas 3,3% dos estudantes brasileiros querem ser professores

Tânia Rêgo/Agência Brasil/Agência Brasil

“Meu sonho mesmo é dar aula para o ensino médio, pode ser em escola estadual,  municipal ou particular”, diz Lucas dos Anjos Castro, 16 anos, estudante do 2º ano do ensino médio da Escola Estadual Professor Botelho Reis, em Leopoldina, Minas Gerais. “Eu me vejo como professor, igual aos meus, na correria, rodando para lá e para cá, entrando em uma sala e outra. É o que eu gosto”.

O sonho com a carreira docente, como o de Castro, é cada vez mais raro. De acordo com levantamento feito pelo Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional (Iede), com base nos dados do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa) de 2015, apenas 3,3% dos estudantes brasileiros de 15 anos querem ser professores. Quando se trata daqueles que querem ser professores em escolas, na educação básica, esse percentual cai para 2,4%.

Hoje (15), no Dia do Professor, a Agência Brasil, mostra as ideias de quem quer seguir a carreira docente e de professores que não abrem mão da profissão.

“Quando eu contei para a minha mãe, ela me disse: ‘você pode ganhar mal, como será o seu futuro?’ Eu falei que queria e que se eu não trabalhar no que quero, não vou ser feliz”, diz Castro.

Um dos professores que influenciou a decisão do estudante foi João Paulo de Araújo que, além de lecionar história na Escola Estadual Professor Botelho Reis, trabalha também na Escola Estadual Doutor Pompilio Guimarães e no Colégio Equipe, que é particular. “Acho que no primeiro momento, os alunos não escolhem porque a própria família recrimina, a sociedade julga muito. Eu tenho buscado ser um professor melhor, que inspire, que mostre que a profissão é tão boa quanto qualquer outra, que tem desafio como qualquer outra”.

Araújo foi um dos vencedores do prêmio Educador Nota 10, em 2013. “É a forma que posso retribuir tudo que educação fez por mim. Venho de família humilde. Meu pai é ex-presidiário e minha mãe era doméstica. A oportunidade que eu tive foi graças à educação”.

Estudantes que pretendem ser professores tiveram desempenho abaixo da média no Pisa – Arquivo/Agência Brasil

O estudo elaborado pelo Iede mostra que a carreira docente não atrai os alunos que têm um melhor desempenho no Pisa. A avaliação internacional da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) é aplicada a estudantes de 15 anos que fazem provas de leitura, matemática e ciências. Entre os 70 países e regiões avaliados, o Brasil ficou na 63ª posição em ciências, 59ª em leitura e 65ª em matemática. Os estudantes que disseram que pretendem ser professores obtiveram 18,6 pontos a menos da média do país em matemática, 20,1 pontos a menos em ciências e 18,5 a menos em leitura.

Dentre os países participantes do Pisa, a Alemanha é o que apresenta a maior diferença entre a nota dos alunos que esperam ser professores e a média geral do país. Aqueles que querem seguir a carreira docente obtiveram 42,9 pontos a mais em matemática, 52,5 em ciências e 59,1 em leitura.

Os países com os maiores percentuais de estudantes que querem ser professores são Argélia, onde 21,7% dos estudantes querem ser professores, e Kosovo, onde esse percentual chega a 18,3%. Nesses países, no entanto, o desempenho desses alunos não é bom, “mas é muito similar ao desempenho geral dos estudantes do país, que é baixo”, diz o estudo. Coreia e a Irlanda estão também entre os países com os maiores percentuais, respectivamente 13,8 e 12,6%. Ao contrário da Argélia e Kosovo, o desempenho dos alunos é bom, chegando, na Coreia, a ser superior à média nacional.

“O que o dado brasileiro revela é o fato que a ocupação de professor está com problemas de atratividade. As pessoas que têm notas mais altas escolhem outras profissões”, diz o professor de economia da Universidade Federal Fluminense (UFF) Fábio Waltenberg, um dos autores do estudo Ser ou não ser professor da Educação Básica? Salário esperado e outros fatores na escolha ocupacional de concluintes de licenciaturas. Segundo Waltenberg, o salário é um dos  entraves para a escolha da profissão.

Até 2020, o salário dos professores deve ser equivalente ao de outros profissionais com a mesma formação – Sumaia Vilela / Agência Brasil

Continue lendo

São Mateus do MA: Servidores da Mearim Motos Honda sofreram acidente na BR – 135

Com a colaboração do escrivão de Polícia Civil (Braúna)

Foto: Reprodução de WhatsApp

Segundo informações de um dos servidores que trabalha na Mearim Motos Honda de Pedreiras, Lincoln, que gravou um vídeo, os cincos ocupantes do veículo estão bem.

O carro capotou na BR – 135, nas proximidades de São Mateus, hoje (14), quando eles estavam indo sentido a São Luís, a trabalho.

Mesmo sem nada de mais grave, todos foram levados para observação no Hospital de São Mateus.

Lincoln, tranquilizou os familiares durante a gravação de um vídeo.

Não foi informado a causa do acidente.

Codó: Carro capota na MA – 026 e ocupantes sofreram apenas escoriações leves

Com a colaboração do repórter Sena Freitas (Codó)

Foto: Polícia Militar de Codó – MA

Policiais militares de Timbiras, Codó e a Unidade 192, registram na manhã deste domingo (14), um capotamento na MA – 026, nas proximidades do povoado Amorim, município de Codó. Dentro do veículo, um Cobalt prata, estavam, segundo a Polícia Militar, duas mulheres identificadas como Tatilha Mileide da Silva, 21 anos e Orlivanha Barbosa Araújo, 35 anos; e um homem identificado como Davi Thalison Araújo de Assis, 22 anos de idade. Segundo informações, todos são da cidade de Coroatá e informaram aos policiais que estariam indo destino a Codó, visitar parentes.

Os três envolvidos no acidente foram trazidos pelos Anjos de Resgate 192, para o Hospital Geral de Codó (HGM), foram medicados e depois liberados. Sofreram apenas leves escoriações.

A PM informou ao repórter Sena Freitas (Codó), que o carro estava acima da velocidade permitida no trecho que aconteceu o acidente. O veículo era conduzido por uma das mulheres.

Brasil: Boletos vencidos a partir de R$ 100 podem ser pagos em qualquer banco

CEF e Banco do Brasil de Pedreiras/Foto: Sandro Vagner

A partir deste sábado (13), os boletos com valor a partir de R$ 100, mesmo vencidos, poderão ser pagos em qualquer banco. A medida faz parte da nova plataforma de cobrança da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) que começou a ser implementada em julho do ano passado.

Para serem aceitos pela rede bancária, em qualquer canal de atendimento, os dados do boleto precisam estar registrados na plataforma. Segundo a Febraban, os clientes que tiverem boletos não registrados na Nova Plataforma, rejeitados pelos bancos, devem procurar o beneficiário, que é o emissor do boleto, para quitar o débito.

O novo sistema permite o pagamento em qualquer banco, independentemente do canal de atendimento usado pelo consumidor, inclusive após o vencimento, sem risco de erros nos cálculos de multas e encargos. Além disso, segundo a Febraban, o sistema traz mais segurança para a compensação de boletos, identificando tentativas de fraude, e evita o pagamento, por engano, de algum boleto já pago.

As mudanças estão sendo feitas de forma escalonada, tendo sido iniciada com a permissão para quitação de boletos acima de R$ 50 mil. Entretanto, em junho deste ano, após dificuldades de clientes para pagar boletos, a Febraban alterou o cronograma.

A previsão inicial era que a partir de 21 de julho deste ano fossem incluídos os boletos com valores a partir de R$ 0,01. A expectativa era de que em 22 de setembro o processo tivesse sido concluído, com a inclusão dos boletos de cartão de crédito e de doações, entre outros. Pelo novo cronograma, os boletos a partir de R$ 0,01 serão incluídos a partir do próximo dia 27 e os boletos de cartões de crédito, doações, entre outros, no dia 10 de novembro de 2018.

Segundo a Febraban, apesar de o sistema passar a processar documentos de menor valor, com volume maior, os bancos não preveem dificuldade na realização dos pagamentos, com base nos testes feitos nas fases anteriores. Com a inclusão e processamento desses boletos no sistema, a Nova Plataforma terá incorporado cerca de 3 bilhões de documentos – aproximadamente 75% do total emitido anualmente no país. Nas próximas fases, serão incorporados 1 bilhão de boletos de pagamento.

A Febraban lembra que a nova plataforma é resultado de uma exigência do Banco Central, com incorporação de dados obrigatórios, como CPF ou CNPJ do emissor, data de vencimento, valor, além do nome e número do CPF ou CNPJ do pagador.

fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

Pedreiras: Polícia Militar cumpre mandado de prisão contra suspeito de assalto

Felipe Werbet Leite/Suspeito/Foto: 19º BPM de Pedreiras – MA

Na manhã deste sábado (13), por volta das 10:20h, a Polícia Militar do Maranhão, através do 19º BPM de Pedreiras, cumpriu mandado de prisão em desfavor de Felipe Werbet Leite de Medeiros. Ele é acusado de assalto à mão armada.

Ao dar voz de prisão, o mesmo empreendeu fuga pelo Igarapé e matagal. Depois de intenso acompanhamento dos policiais militares o suspeito foi capturado e imobilizado.

O indivíduo já é conhecido pela prática de assaltos na região. Logo, foi conduzido e apresentado na 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Pedreiras sem lesões corporais para que fossem tomadas as medidas cabíveis.

MATERIAL APREENDIDO
– 01 faça.

Foto: 19º BPM de Pedreiras – MA

PELOTÃO DE TRIZIDELA
Tenete PM Neris e Soldado PM Wallysson

APOIO: Viatura de Pedreiras
Subtenente PM Josafá, Sargento PM Eduardo e Soldado Viana

Pedreiras: Comarca de Pedreiras terá 4ª Vara judicial

Fórum Desembargador Araújo Neto, em Pedreiras, receberá a 4ª Vara Judicial/Foto: Sandro Vagner

A comarca de Pedreiras contará com uma quarta vara judicial, criada pela Lei Complementar nº 198/2017. A instalação da unidade, prevista para o dia 18 de outubro, está sendo preparada pela Corregedoria Geral da Justiça, que disciplinou a redistribuição dos processos em andamento na comarca de acordo com as competências da nova unidade judicial.

De acordo com o Provimento nº 34/2018, assinado pelo corregedor-geral da Justiça, desembargador Marcelo Carvalho Silva, os processos da 1ª Vara relativos a cível e comércio serão remetidos para a 4ª Vara. Já os processos relativos ao crime; processamento e julgamento dos crimes de competência do juiz; do Tribunal do Júri; entorpecentes e habeas corpus deverão ser encaminhados para a 2ª Vara.

Os processos da 2ª Vara, relacionados a cível e comércio; registros públicos; fundações; tutela; curatela e ausência deverão ser redistribuídos para a 4ª Vara.

Os processos da 3ª Vara relativos ao processamento e julgamento dos crimes de competência do juiz; do Tribunal do Júri e do seu presidente; bem como os referentes aos atos infracionais da infância e juventude, serão redistribuídos para a 2ª Vara.

RECURSOS – Os processos criminais que estejam em grau de recurso deverão ser redistribuídos para a 2ª Vara, imediatamente após o retorno dos autos à primeira instância. Já os de natureza cível em grau de recurso serão imediatamente redistribuídos para a 4ª Vara.

Não serão atingidos pela redistribuição os processos que já se encontram arquivados e pendentes apenas de movimentação de baixa nos sistemas Themis PG e Processo Judicial Eletrônico (PJe).

fonte: tjma.jus.br

Pedreiras: Fiéis participam da Procissão e Missa de encerramento do festejo em Honra a Nossa Senhora de Aparecida

Procissão com a imagem de Nossa Senhora de Aparecida no Bairro Nova Pedreiras/Foto: Sandro Vagner

Católicos que fazem parte da comunidade do bairro Nova Pedreiras, participaram do encerramento do festejo em honra a Nossa Senhora de Aparecida, padroeira do Brasil. Durante nove dias de festejo, a programação foi bastante diversificada. Na manhã desta sexta-feira (12), por exemplo, foi celebrada uma Missa Solene na Igreja da Padroeira, que contou a participação do Padre Auricélio, filho do Município de Trizidela do Vale.

Foto: Sandro Vagner

Não diferente de anos anteriores, os fiéis participaram da procissão, que teve um percurso pequeno devido a alta temperatura, mas o suficiente parta levar a palavra de Deus aos lares. Por onde passou, a procissão foi bastante aplaudida.

Foto: Sandro Vagner

Em frente algumas casas, como de costume, moradores montaram seus pequenos altares com imagens de santos, uma forma de agradecimento por mais um festejo realizado com sucesso no bairro que tem como protetora a Mãe de Jesus.

Foto: Sandro Vagner

A Missa de encerramento foi marcada com a presença de centenas de pessoas. Pagadores de promessa, crianças vestidas como anjos e um público fiel, que acompanhou um grande sermão do Padre José Geraldo. Ele pediu a união da Igreja no que for preciso, principalmente pela paz no Brasil. Quanto a Maria, lembrou de uma passagem bíblica, quando ela pediu a Jesus que ajudasse no casamento, após o vinho ter terminado e, ela disse: “Fazeis tudo o que Ele vos disser” (João 2, 1-12). Finalizou pedindo uma salva de palmas à comunidade por ter realizado uma bonita festa em honra a Nossa Senhora Aparecida.

Padre José Geraldo – Reitor do Santuário de São Benedito/Foto: Sandro Vagner

Vamos pedir à padroeira do Brasil que nos livre de todos os perigos. Que nos livre de tudo aquilo que contraria a família e a dignidade do ser humano. Para nós, Maria é a Mãe de Jesus, para nós é a padroeira do Brasil; para nós o referencial de nossa fé; para nós, acima de tudo, a Mãe de nossa Pátria.” Disse o reitor do Santuário de São Benedito, Padre José Geraldo.

Fotos: Sandro Vagner

Após o encerramento de mais um festejo, os fiéis foram convidados para participar de uma quermesse com bastante comida, onde a renda será revertida em prol da paróquia.

Fotos: Sandro Vagner

Lago do Junco: Homem foi preso após agredir um jumento com golpes de faca

Momento da prisão do suspeito/Foto: Polícia Militar de Lago do Junco – MA

Segundo o Boletim de Ocorrência da Polícia Militar, através do 19º Batalhão de Pedreiras, Elisanto de Paiva Silva é acusado de golpear um jumento usando uma faca e após cometer o crime, teria adentrado à casa do senhor Raimundo Barba, quando tentou agredir sua esposa, mas o casal saiu correndo fugindo do suspeito.

A Polícia Militar foi acionada e prendeu em flagrante o suspeito, que irá responder por crime de maus tratos a animais e tentativa de agressão.

Foto: Polícia Militar de Lago do Junco – MA

O fato aconteceu no Povoado Pau Santo, Município de Lago do Junco.

As informações foram repassadas pelo Sargento da PM Lamarck.

Fique por dentro da Lei

O artigo 32 da Lei 9.605/98 determina detenção de três meses a 1 ano e multa a quem praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos ou realizar experiência dolorosa ou cruel em animal vivo e a punição é aumentada de um sexto a um terço se ocorrer morte do animal. Já a Lei Estadual 16.308/16 prevê proibição da guarda do animal e de outros para aquele que maltratar animais domésticos, e só após 5 anos, a contar da data da violência, o agressor terá o direito à guarda novamente. O prazo é reiniciado se o indivíduo for reincidente.