Logo

Pedreiras: Presos dois suspeitos de praticarem assaltos

Suspeitos de Assaltos em Pedreiras e Trizidela do Vale/Fotos: 19º BPM de Pedreiras – MA

A Polícia Militar do Maranhão, através do 19º BPM de Pedreiras, conseguiu prender dois elementos suspeitos de assaltos. Os envolvidos teriam levado o celular da vítima. O crime aconteceu na Travessa Santo Antônio, em Trizidela do Vale.

Os suspeitos, segundo características repassadas pela vítima, estariam atuando na região, ficando mais fácil para a Guarnição conseguir fazer a prisão, como de fato aconteceu.

Um dos suspeitos foi preso ontem (26), em sua residência na Rua Tancredo Neves, Nova Pedreiras; e o outro, na Travessa Boa Vista, Centro de Trizidela do Vale. Ambos foram reconhecidos pela vítima e conduzidos à 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Pedreiras, sem lesões corporais, para que fossem tomadas as medidas cabíveis.

Mais uma vez, o 19º Batalhão de Policia Militar, ao comando do Major Ricardo, deu resposta à altura para a população que estava assustada com os assaltos em sequência, durante dois dias. 

Quero tranquilizar a população. Todos os envolvidos em assaltos durante dois dias já estão presos. Foi uma operação que contou, ainda, com a participação do Delegado Regional de Pedreiras, Dr. Diego Maciel. Quero dizer, que, a população continue confiando em sua Polícia, pois, estamos à disposição. Queremos pedir, ainda, que as vítimas se dirijam à Delegacia, façam o reconhecimento dos meliantes, para que eles não possam sair impune.” Finalizou o Comandante, Major Ricardo.

Quem for fazer os reconhecimentos dos envolvidos, terá sua identidade mantida em sigilo absoluto. O reconhecimento é feito através de fotos.

Ontem (26), Major Ricardo concedeu entrevista ao programa Portal da Cidade, na Rádio Cidade FM, e falou sobre todas as prisões de todos os envolvidos nos assaltos em Pedreiras e Trizidela do Vale.

 

Os conduzidos são: Kelvy Henrique de Paiva Cunha e Francenilton Costa Pereira.

O Pelotão da PM de Trizidela do Vale que atuou na operação foi formado pelo Tenente Neris, Tenente Dorneles e Soldado Wallysson.

São Luís: Justiça condena assassino de professor universitário

Foto: Arquivo pessoal

A Justiça condenou a 27 anos e oito meses de reclusão, em regime fechado, além de 23 dias – multa (no valor de 1/30 do salário-mínimo, cada dia de multa), Sávio Gomes Fonseca, acusado pelo latrocínio que vitimou o servidor do Ministério Público do Maranhão e professor universitário André Arouche Fontoura.

A pena deverá ser cumprida no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Atuaram no caso os promotores de justiça Douglas Assunção Nojosa, Geraulides Mendonça Castro e Maria de Jesus Rodrigues Araújo Heilmann. Assinou a sentença a juíza da 4ª Vara Criminal, Patrícia Marques Barbosa.

Além do latrocínio contra André Arouche Fontoura, a pena também é relativa a um assalto praticado momentos antes, a uma loja no bairro da Cohab. Nesse local foi roubada a motocicleta em que Sávio Fonseca e um menor de 18 anos estavam no momento do crime. A Justiça também o condenou por corrupção de menores.

André Arouche foi vítima de latrocínio na manhã de 29 de dezembro de 2017, na Avenida Jerônimo de Albuquerque, nas proximidades do Roque Santeiro, enquanto estava parado em um semáforo e foi abalroado pelos criminosos. Houve uma luta corporal e, ao se afastar do local, a vítima foi alvejada na cabeça.

O objetivo dos assaltantes era trocar o veículo de fuga pela moto de André Arouche, mais potente e ainda sem placas.

fonte: imirante.com.br

(Zeca Soares)

Eleições 2018: Lei seca começa no primeiro minuto de domingo e vai até às 22h do mesmo dia

Portaria divulgada pela Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, através do Secretário Jefferson Miller Portela da Silva, resolve que, a partir do primeiro minuto de domingo (28), fica proibida a venda, o fornecimento e o consumo de qualquer tipo bebida alcoólica ou substância de efeitos semelhantes, em locais públicos ou de acesso público, nos Municípios do Estado, com exceção da cidade de Bacabal, que, a proibição será a partir do dia 27 (sábado), indo até às 22h de domingo.

Veja a portaria.

Eleições 2018: Em meio à preocupação com Fake News, Raquel Dodge se reúne com OEA

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge – Marcelo Camargo/Arquivo Agência Brasil

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, reúne-se hoje (26) à tarde com integrantes da Missão de Observação Eleitoral da Organização dos Estados Americanos (OEA). O encontro ocorre a dois dias do segundo turno e logo depois de a chefe da missão, Laura Chinchilla, chamar de fenômeno “sem precedentes” a disseminação de notícias falsas na internet e aplicativos.

A difusão de fake news se tornou assunto recorrente no país desde o primeiro turno das eleições. A procuradora e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) se manifestaram sobre o tema. A Polícia Federal também está atenta às denúncias e faz investigações.

Ontem (25), em São Paulo, a ex-presidente da Costa Rica Laura Chinchilla disse que o fato preocupa o grupo de especialistas, que deu o alerta já no primeiro turno das eleições.

“Outro fator que tem nos preocupado, e isso alertamos desde o primeiro turno, e que se intensificou neste segundo, foi o uso de notícias falsas para mobilizar a vontade dos cidadãos. O fenômeno que estamos vendo no Brasil talvez não tenha precedentes, fundamentalmente porque é diferente de outras campanhas eleitorais em outros países do mundo.”

O grupo de observadores reúne 48 especialistas de 38 nacionalidades. Eles vão se dividir entre o Distrito Federal e 11 estados para o acompanhamento do segundo turno das eleições. Ao final, será elaborado um relatório que vai ser encaminhado à Organização dos Estados Americanos.

fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

Eleições 2018: Pesquisa Datafolha mostra queda de 6 pontos entre Haddad e Bolsonaro

Fotomontagem mostra Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) – Miguel SCHINCARIOL and Daniel RAMALHO/AFP

A distância entre os candidatos a presidente Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) caiu de 18 para 12 pontos em uma semana, aponta pesquisa do Datafolha.

A três dias do segundo turno, o deputado tem 56% dos votos válidos, contra 44% do ex-prefeito de São Paulo.

No levantamento passado, apurado em 17 e 18 de outubro, a diferença era de 59% a 41%.

Tanto a queda de Bolsonaro quanto a subida de Haddad se deram acima da margem de erro, que é de dois pontos percentuais para mais ou menos.

O Datafolha entrevistou 9.173 eleitores em 341 cidades no levantamento, encomendado pela Folha e pela TV Globo e realizado na quarta (24) e na quinta (25).

O resultado é a mais expressiva mudança na curva das intenções de voto no segundo turno até aqui, e reflete um período de exposição negativa para o deputado do PSL.

No período, emergiu o caso do WhatsApp, revelado em reportagem da Folha que mostrou como empresários compraram pacotes de impulsionamento de mensagens contra o PT pelo aplicativo. A Justiça Eleitoral e a Polícia Federal abriram investigações.

No domingo (21), viralizou o vídeo da palestra de um de seus filhos, o deputado reeleito Eduardo (PSL-SP), em que ele sugere que basta “um soldado e um cabo” para fechar o Supremo Tribunal Federal em caso de contestação de uma vitória de seu pai.

A fala foi amplamente condenada, inclusive por integrantes do Supremo, obrigando Bolsonaro a se desculpar com a corte. No mesmo domingo, o candidato fez um discurso via internet para apoiadores em São Paulo cheio de elementos polêmicos: sugeriu, por exemplo, que os “vermelhos” poderiam ser presos ou exilados, e disse que Haddad deveria ir para a cadeia.

Em votos totais, Bolsonaro tem 48%, ante 38% de Haddad e 6% de indecisos. Há 8% de eleitores que declaram que irão votar branco ou nulo. Desses, 22% afirmam que podem mudar de ideia até o dia da eleição.

O deputado perdeu apoio em todas as regiões do país, embora mantenha sua liderança uniforme, exceto no Nordeste, onde Haddad tem 56% dos votos totais e Bolsonaro, 30%.

A maior subida de Haddad ocorreu na região Norte, onde ganhou sete pontos, seguido da Sul, onde ganhou quatro. Já Bolsonaro mantém uma sólida vantagem na área mais populosa do país, o Sudeste: 53% a 31%. O Centro-Oeste e o Sul seguem como sua maior fortaleza eleitoral, com quase 60% dos votos totais nas regiões.

Entre os mais jovens (16 a 24 anos), Haddad viu sua intenção de voto subir de 39% para 45%, empatando tecnicamente com Bolsonaro, que caiu de 48% para 42%. Em todas as faixas etárias superiores, contudo, o deputado mantém sua vantagem sobre o ex-prefeito.

O segmento em que o petista mais subiu foi entre os mais ricos, aqueles que ganham mais de 10 salários mínimos. Ali, cresceu oito pontos, mas segue perdendo de forma elástica para Bolsonaro: 61% a 32% dos votos totais. Haddad lidera na outra ponta do estrato, entre os mais pobres (até 2 salários mínimos), com 47% contra 37% do deputado.

Entre o eleitorado masculino, Bolsonaro mantém ampla vantagem, embora tenha caído três pontos —mesma medida da subida do petista. Tem 55% a 35%, distância que é reduzida a um empate técnico por 42% a 41% entre as mulheres.

A rejeição a ambos os candidatos, uma marca desta eleição, permanece alta. Haddad viu a sua oscilar negativamente de 54% para 52%, enquanto Bolsonaro teve a sua subindo três pontos, para 44%. A certeza do voto dos eleitores declarados de ambos é alta: 94% dos bolsonaristas e 91% dos pró-Haddad se dizem convictos.

fonte: folha.uol.com.br

Pedreiras: Vice-prefeito desabafa sobre situação “catastrófica” no Município

Éverson Dantas Farias – Vice-prefeito de Pedreiras (PDT)/Foto: Facebook

Aos olhos do vice-prefeito de Pedreiras, Éverson Dantas Farias, o Município de Pedreiras chegou a uma situação, classificada por ele, como “catastrófica“.

O desabafo foi postado na sua rede social (Facebook), com inúmeros acessos e alguns compartilhamentos.

Veja na íntegra o que disse o vice-prefeito de Pedreiras, sobre a real situação.

“Analisando toda a conjuntura politica da nossa querida cidade, com imparcialidade e impessoalidade, podemos observar fatidicamente que estamos caminhando, ou já estamos, em uma gestão catastrófica, a Princesa do Mearim há tempos anseia por uma gestão pública mais eficiente, com estrita observância aos preceitos legais, morais e éticos.

Eu e muita gente de bem, ajudamos a eleger uma promessa de “dias melhores”, uma Pedreiras boa para se viver, tudo isso ficou lá atrás no Plano de Governo que ajudamos a construir.

Planejar, organizar, dirigir, e controlar são simples funções administrativas que não vemos na execução dos projetos e obras que foram iniciadas e ainda não finalizadas, reflexão pura da falta de competência técnica, liderança e habilidade de toda a administração pública. Gestão prospectiva de fato, se faz pensando no futuro, precisamos claramente plantar bons frutos e assim colhê-los, mas para isso é preciso inovar, assumir riscos, buscar oportunidades, tudo isso no presente, precisamos de fato assumir que não estamos no caminho certo e que é preciso um reengenharia urgente dos atuais processos.

Até quando vamos ficar nessa mesma conversa?”

Pedreiras: Por quê a ponte do bairro matadouro continua interditada?

Ponte no bairro Matadouro (Pedreiras)/Foto: Vereador Sérgio Profiro (PEN)

Sinceramente, não dá mais para esperar por alguma solução de braços cruzados, quanto as inúmeras situações que o Município de Pedreiras vem enfrentando nos últimos dois anos, principalmente, na parte que tange a infraestrutura. Se pararmos para um retrospecto, poderíamos classificá-lo, como: falta de compromisso, desrespeito com todos, conhecimento pífio; gestão sem planejamento; omissão, e, outros adjetivos que caem como uma luva.

Como dizem, “Para um bom entendedor, meia palavra basta”.

Aproveito para lembrar do dito popular; “Pimenta nos olhos dos outros é refresco“. Citamos a real frase quando achamos que, “Se pra mim está tudo bem, os outros que se virem”! É dessa forma que vemos, e com bons olhos e bem abertos, a omissão quanto a real situação que todos vivem, e, não é nenhum segredo pra ninguém, muito menos invisível a olho nu!

As interrogações serão infinitas, quando procuramos saber o que, de fato, está acontecendo, para que a atual gestão de Pedreiras continue sem deslanchar. Passado, não muito distante, as Eleições de 2016, quando nesse pleito achava-se que a solução viria a trem bala, ficou inoportuno, e pelo visto, um “jabuti” está mais rápido que a própria alcunha ao candidato vencedor, que se comprometeu em resolver todos os problemas, como se fosse em passe de mágica. Talvez, o propósito, tenha sido substituído, pelo, sem nenhuma noção de como era ser um gestor municipal, a ponto de deixar o barco à deriva, na certeza de encontrar um socorro, sabe-se lá de quem! 

Vamos colocar os pingos nos “Is”! Essa seria a maneira correta de rever o contexto e, quem sabe, encontrar solução a longo prazo. Seria esse o plano que deixou todos em estado de expectativa e não fomos avisados? Como ninguém tem bola de cristal, a maneira correta e sensata é aguardar.

Resta-nos esperar os resultados da circunstância, que seja positiva, já chega de disfarce.

Voltando ao título dessa matéria, não é de hoje que os moradores do Bairro Matadouro e dos povoados adjacentes esperam por uma boa ação administrativa, para que, assim, como qualquer um, possa ter o direito de ir e vir.

Se gestões passadas deram um pouco da contribuição para amenizar a situação dessa gente, substituindo a velha ponte de madeira por uma de concreto, por que a atual gestão municipal não buscou logo uma solução definitiva para acabar de vez com tamanho problema?

Falta o que?

Segundo o secretário de infraestrutura de Pedreiras, Francisco Sérgio, tudo está dependendo da construtora responsável pela obra. Assim que terminar as reformas em algumas escolas do Município, a ponte do Matadouro será a próxima ação da gestão.

Não só a ponte do Matadouro, mas vamos começar pela ponte no povoado Sítio Novo, e na segunda ou terça-feira (29-30), se tudo der certo, iniciaremos a reforma na ponte do Matadouro“. Disse o Secretário de Infraestrutura, Francisco Sérgio.

Vamos aguardar!

Trizidela do Vale: Polícia Militar conduz homem suspeito de tráfico de drogas

Fernando dos Santos – Suspeito/Foto: 19º BPM de Pedreiras – MA

A Polícia Militar do Maranhão, através do 19º BPM de Pedreiras, conduziu, ontem (24), um homem que estaria comercializando drogas nas proximidades do “Bar do Bonitinho” na Rua São Joaquim, em Trizidela do Vale. A denúncia sobre o suspeito foi feita por populares.

Fernando dos Santos Silva, que estava com um braço em uma tipoia, foi conduzido e com ele foram encontradas 23 (vinte e três) pedras de uma substância semelhante ao crack.

Segundo a PM, Fernando já teve passagem pela Delegacia, pela mesma prática de crime.

O conduzido foi apresentado à 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Pedreiras, sem lesões corporais, para que fossem tomadas as providências cabíveis.

MATERIAL APREENDIDO
23 pedras de substância semelhante ao crack.

23 pedras de substância semelhante ao Crack/Foto: 19º BPM de Pedreiras

PELOTÃO DE TRIZIDELA: Tenente Neris e Soldado Wallysson

VTR DE TRIZIDELA (APOIO): Cabo Frazão e Soldado Vasconcelos

Eleições 2018: TSE desmente que urnas estão programadas para horário de verão

Agência Brasil/Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desmentiu ontem (24) notícia que circula nas redes sociais que diz que as urnas eletrônicas estão equivocadamente programadas de acordo com o horário de verão que, neste ano, foi adiado para novembro, em vez de iniciar em outubro.

Segundo a postagem, as urnas não computariam os votos de antes das 9h nem os coletados após as 16h. A mensagem pede aos eleitores para atentarem a essa programação equivocada das urnas, de forma a terem seu voto considerado.

Por meio de sua conta no Twitter e em sua página oficial na internet, o (TSE desmentiu o boato. “Atenção, eleitor! O horário de verão só começa em novembro. É FALSA a afirmação de que as urnas eletrônicas estão programadas para funcionar em horário diferente neste domingo (28) de eleição”, esclarece a Justiça Eleitoral.

O horário de votação neste domingo é das 8 às 17h.

fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

Eleições 2018: Eleitor que não votou no primeiro turno deve ir às urnas no domingo

1º turno. Votação em Trizidela do Vale – MA/Foto: Sandro Vagner

Para a Justiça Eleitoral, cada turno de votação é considerado uma nova eleição e, por isso, o eleitor que não votou no primeiro turno deverá votar no segundo turno, no próximo domingo (28), desde que esteja em situação regular com a Justiça Eleitoral. Mesmo não tendo justificado sua ausência no primeiro turno, ele não está impedido de votar no segundo, porque têm até 60 dias para fazê-lo.

Além da escolha do próximo presidente da República, no dia 28, os eleitores vão definir o nome de governadores de 13 estados e do Distrito Federal e prefeitos de 19 cidades. Neste último caso, são as chamadas eleições suplementares, previstas no Código Eleitoral em casos específicos, geralmente quando há condenação eleitoral ou criminal, abuso de poder político, compra de votos, cassação de mandato, entre outros casos, por parte dos políticos.

Assim como no primeiro turno, quem não comparecer para votar neste domingo é obrigado a  justificar sua ausência.

Onde justificar? 

Eleitores em trânsito poderão justificar a ausência nas urnas em aeroportos. A lista poderá ser alterada com menos ou mais postos, de acordo com decisão dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) de cada estado. Para justificar o voto o cidadão deve levar um documento oficial com foto, o título de eleitor ou o número do documento.

O formulário de justificativa eleitoral preenchido deve ser entregue no local destinado ao recebimento das justificativas na zona eleitoral. Caso não tenha o formulário em mãos, o eleitor pode retirar e preencher no local.

A justificativa também pode ser feita por meio de um Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE), que deve ser entregue pessoalmente em qualquer cartório eleitoral ou ser enviado, por via postal, ao juiz da zona eleitoral onde o eleitor está inscrito. Os endereços dos cartórios eleitorais podem ser obtidos no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O prazo para envio é de 60 dias após cada turno da votação. A RJE deve ser acompanhada de documentação comprobatória da impossibilidade de comparecimento ao pleito.

A ausência também pode ser justificada por meio do Sistema Justifica. A ferramenta permite a apresentação do RJE, pela internet, após a eleição. Ao acessar o sistema, o eleitor deve informar os dados pessoais, declarar o motivo da ausência às urnas e anexar documentação comprobatória digitalizada. O requerimento será encaminhado para zona eleitoral do eleitor, gerando um código de protocolo para acompanhamento do processo.

fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

  • siga-nos no facebook

  • Mensagem do vereador Robson Rios e Família

  • Clínica Leão XIII – Fone: (99) 3642-7578/98190-5654

  • Mensagem do vereador Bruno Curvina e Família

  • Não Percam!

  • Mensagem do Prefeito Fred Maia e Família

  • IESN /Matrículas abertas: Cursos técnicos, profissionalizantes e de aperfeiçoamento

  • Mensagem do vereador Adonias Quineiro e Família

  • Gráfica e Editora Mearim – (99) 3642-8006/98189-0190 – Pedreiars – MA

  • Mensagem Chico da TV

  • Clique no flyer e acesse o site da FAESF

  • Mensagem do vereador Sérgio Profírio e Família

  • MX.com – Av. Rio Branco/99 3642-5844/ Fale com Marcílio Ximenes

  • Mensagem do Vereador Jotinha e Família

  • Para pessoas que buscam tranquilidade, conforto, bons serviços e clima agradável

  • Mensagem da vereadora Ceiça Feitosa e Família

  • CONNECT PEDREIRAS

  • Óticas Diniz

  • LOJA DOIS PAPELARIA – Avenida Rio Branco – Centro – Pedreiras

  • Uninter – Polo Pedreiras CE Franciscano Av. Dr. João Alberto, nº 5 Bairro Maria Rita Pedreiras-MA Fone: (99) 3642-1709 / (99) 981167237 – Mais informações clique no banner

  • Acesse nossa página no Facebook clicando no banner

  • Prefeitura de Trizidela do Vale. Clique no banner e acesse o site do Município

  • Especialista em aplicativos, cartões digitais interativos e redes sociais. Clique no Banner e tenha mais informações

  • Publicidade

  • Loteamento Monte Carlo – Pedreiras – MA, venha morar aqui!

  • Mídia

  • Telefones Úteis

    WhatsApp da PM (99) 8156-5426 Tenente do Dia (99) 98174-3547 Sargento do Dia (99) 98140-4154