Brasil: 20 de Novembro, Dia da Consciência Negra

Foto: Internet

Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado, no Brasil, em 20 de novembro. Foi criado em 2003 como efeméride incluída no calendário escolar — até ser oficialmente instituído em âmbito nacional mediante a lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011, sendo feriado em cerca de mil cidades em todo o país e nos estados de Alagoas, Amazonas, Amapá, Mato Grosso e Rio de Janeiro através de decretos estaduais. Em estados que não aderiram à lei a responsabilidade é de cada câmara de vereadores, que decide se haverá o feriado no município. (wikipédia)

Foto: Internet

A ocasião é dedicada à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira.A data foi escolhida por coincidir com o dia atribuído à morte de Zumbi dos Palmares, em 1695. (wikipédia)

Minas Gerais: Cômico – Deputado zomba de projeto de lei e descobre que ele é o autor

Felipe José Fonseca Attie (PTB-MG)/Foto: Internet

O deputado estadual Felipe Attiê (PTB-MG) virou assunto após ter zombado de um projeto de lei que ele mesmo havia proposto, mas do qual não lembrava.

Em uma sessão da Comissão de Constituição e Justiça, na quarta-feira (8), Attiê debochou da proposta de criação do Dia do Coach (profissionais que treinam seus clientes para atingir seus objetivos na carreira).

Do coach… Esses deputados, é brincadeira, disse, rindo, antes de ouvir seu nome como sendo o do autor do projeto na Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

Após a gafe, o deputado chegou a emitir um comunicado em seu site, no qual afirmou ter apurado os fatos sobre o vídeo e admitido que houve uma falha na tramitação do projeto.

Segundo a nota, o deputado havia pedido o engavetamento do projeto de lei em 2016, mas por um erro dele e de sua assessoria, a proposta continuou em trâmite. O projeto foi engavetado.

É tão grande à atenção dos parlamentares durante a leitura dos projetos, que deu nisso ai.

Fonte: f5.folha.uol.com.br

Loteria: Mega-Sena, concurso 1.989: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 50 milhões

Apostador preenche apostas da Mega-Sena em lotérica na região do Brooklin, na Zona Sul de São Paulo (Foto: Fábio Tito/G1)

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 1.989 da Mega-Sena, que ocorreu na noite deste sábado (18) em Amparo (SP). O prêmio acumulou.

Veja as dezenas sorteadas: 15 – 22 – 30 – 32 – 40 – 58

A quina teve 47 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 56.106,95. Outras 3.280 apostas faturaram a quadra; cada uma ganhará R$ 1.148,53.

O próximo concurso (1.990) será na quarta-feira (22). O prêmio previsto é de R$ 50 milhões.

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Fonte: g1.com.br

Pedreiras: Encontro de motociclistas na AABB. Muita descontração durante três dias

Foto: Sandro Vagner

Essa é segunda vez que a terra de João do Vale se transforma na cidade dos motociclistas. O “Pedreirasmotofest” reúne diversos participantes de vários pontos do estado do Maranhão, Piauí, Pará e outros Municípios. São três dias de encontro:17, 18 e 19/11, marcados por festas, distribuição de prêmios e muita descontração.

Fotos: Sandro Vagner

Anfitrião, o grupo Falcões do Asfalto, contou com apoio de várias parcerias, como a Mearim Motos Honda, que na manhã deste sábado ofereceu um café da manhã, e em seguida os motociclistas saíram pelas ruas, até chegar ao destino do encontro, a AABB de Pedreiras, no bairro do Diogo.

Cícero Queiroz (D)/Fotos: Sandro Vagner

“Nós fazemos um resumo, em uma só palavra: satisfação! O motociclismo está crescendo muito, em nível de mundo, Brasil e em nossa região. O Grupo “Falcões do Asfalto”, que começou em 2002, com uma brincadeira de passeio, hoje, é um grupo com seu CNPJ, temos nossa obrigação social a cumprir, emfim, como você viu, a presença de muitos irmãos da várias partes do Pará, Piauí e Maranhão. Essa congregação estar se tornando muito forte em todo o Brasil. O motociclismo de irmandade, hoje, é comparado a organização da Maçonaria, nós nos reconhecemos como irmãos, nos ajudamos, colaboramos e vivemos juntos de verdade, sempre um colaborando com o outro, e não esquecendo a classe social”. Disse Cícero Queiroz, membro do Grupo Falcões do Asfalto.

Fotos: Sandro Vagner

A Mearim Motos Honda instalou um stand de vendas de motocicletas e outros produtos que estão em promoção, inclusive o lançamento da nova Biz.

Fotos: Sandro Vagner

Os participantes do encontro, a maioria se acomoda como pode nos arredores do clube. Várias barracas foram armadas no campo de futebol, em baixo das árvores e outros locais. As máquinas , cada uma chamando mais à atenção do que a outra, roubam à cena dos visitantes que não saem sem uma lembrança desse encontro de irmãos.

Fotos: Sandro Vagner

Várias atrações musicais se apresentam e fazem a animação dos motociclistas. Forró, com o grupo “Pé no Chinelo”, e a Banda de rock “Barbas de Noé”, foram as atrações deste sábado (18).  

Fotos: Sandro Vagner

 

Fotos: Sandro Vagner

Santa Inês: Polícia Civil prende dois e apreende 60 kg de pasta base de cocaína no Maranhão

Droga foi apreendida em rodovia federal, na cidade de Santa Inês (Foto: Divulgação / Senarc)

A Superintendência Estadual de Repreensão ao Narcotráfico (Senarc) da Polícia Civil do Maranhão apreendeu aproximadamente de 60 kg de pasta base de cocaína, na madrugada deste sábado (18), em Santa Inês, distante 174 km de São Luís.

Dois homens foram presos pelos policiais como responsáveis pela droga encontrada. Deueldete Rodrigues da Cruz, de 53 anos, e José Roberto da Silva Mateus, de 47 anos, foram apresentados na manhã de sábado no prédio da própria Senarc, em São Luís.

Eles estavam transportando a droga em um veículo de placa NKB-0413, e foram abordados quando trafegavam pelo trecho da BR-222, que fica em Santa Inês.

Fonte: g1.maranhao.com.br

São Luís: Região metropolitana registra cinco assassinatos em 24 horas

Imagem ilustrativa

Um dia de violência! Assim podemos dizer sobre o que aconteceu entre as 7h35 da última quinta-feira (16) e as 6h de ontem, quando cinco pessoas foram assassinadas a tiros e facadas. As vítimas tinham idade entre 15 e 62 anos.

Entre os crimes, foram registrados dois feminicídios, sendo um na Vila dos Nobres, região do bairro do Coroadinho, e outro no Conjunto Alexandra Tavares. O da Vila dos Nobres foi a morte que abriu o dia violento. A vítima foi identificada como Domingas Ladiele Sousa Maciel, de 33 anos, morta a facadas dentro da casa onde morava.

O principal suspeito do crime é o ex-companheiro, com quem teria tido um relacionamento por 16 anos. Eles estariam separados há três meses e o homem não aceitava o fim, matando a vítima a facadas na manhã de quinta. O suspeito fugiu após o crime e, até o fechamento desta edição, ainda não tinha sido preso. O segundo assassinato foi na Vila Samara. Um adolescente de 15 anos foi baleado por volta das 14h. O rapaz ainda chegou a ser socorrido e encaminhado para uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos. Cerca de 24 minutos após a morte do garoto de 15 anos, mais uma mulher foi assassinada. Maria do Nascimento Góes Freitas, de 49 anos, morreu após ser atingida a facadas. Por volta das 20h30, Edmilson Nunes Pereira, de 32 anos, foi morto a tiros na Vila São Sebastião, também região do Coroadinho. O crime foi o quarto homicídio do dia.

Já nas primeiras horas da manhã de ontem, um homem de 62 anos foi assassinado a tiros na Vila Embratel, região Itaqui-Bacanga. Joselino dos Passos morreu após ser baleado, às 6h. Com esses casos, somam-se 28 homicídios nos primeiros 17 dias de novembro, além de uma lesão corporal seguida de morte e dois latrocínios, totalizando 31 mortes violentas na região metropolitana de São Luís, neste curto espaço de tempo.

Fonte: oimparcial.com.br

Pedreiras: Mais um veículo foi recuperado pela Polícia Civil

Foto: Polícia Civil de Pedreiras – MA

A Polícia Civil de Pedreiras (14ª DRPC – Delegacia Regional de Polícia Civil), com apoio da Delegacia Regional de Santa Inês, recuperou ontem (17), por volta das 17h, na cidade de Trizidela do Vale/MA o veículo Fiat/Siena, cor preta, produto de crime ocorrido no dia 30 de outubro, por volta das 18:30h, no Centro da cidade de Pindaré-Mirim/MA.

Segundo o Delegado Regional de Pedreiras, Dr. Lucas Smith, o legítimo proprietário do veículo já foi informado sobre a apreensão e deve comparecer à Delegacia de Pedreiras nas próximas horas para receber o veículo. 

Esperantinópolis: Dr. Diego foi removido e assumirá delegacia de Peritoró

Dr. Diego Maciel – Delegado de Polícia Civil/Foto: Reprodução

Agora é oficial, Dr. Diego Maciel não é mais Delegado de Polícia Civil de Esperantinópolis. Ontem (17), saiu uma remoção, de ofício, ou seja sem pedido algum por parte do Delegado, sobre transferência para outra delegacia. Segundo o ofício, Dr. Diego Maciel deverá assumir a delegacia de Polícia Civil da cidade de Peritoró.

Os moradores do Município de Esperantinópolis estão revoltados com decisão arbitrária, de acordo com a remoção do Delegado, que atendia ainda, São Roberto e São Raimundo do Doca Bezerra, onde vinha fazendo um excelente trabalho.

Todos estão se questionando sobre essa transferência relâmpago, para Peritoró. Será que, atualmente o homem da Lei, pegou no calo de algum político, ou os incomodou com um trabalho exemplar, que levou à prisão vários culpados pelos seus crimes?

Nem mesmo a interferência da promotora de Esperantinópolis, através de um ofício ao Delegado-geral de Polícia Civil do Maranhão, conseguiu a permanência do Delegado no Município.

Pedreiras: Bênção dos veículos foi realizada após carreata de São Benedito

Concentração da carreata/Foto: Sandro Vagner

A concentração foi na Praça de Nossa Senhora de Boa Viagem (Santinha), na entrada de Pedreiras. Organizadas, as motocicletas acompanharam os batedores da Polícia Militar, nas águias. Carros de som se distribuíram ao longo de outros veículos que participam desse evento tradicional durante o festejo do Padroeiro São Benedito.

Fotos: Sandro Vagner

Da Avenida João do Vale, a carreata seguiu pelas principais Ruas e Avenidas de Pedreiras e Trizidela do Vale. No retorno ao Santuário, o Padre José Geraldo concedeu a bênção aos veículos e seus condutores.

Fotos: Sandro Vagner

Como em anos anteriores, após a manifestação pelas ruas, foi celebrada a Missa no Santuário de São Benedito.

Com a Palavra: A Reforma Trabalhista retira direitos dos trabalhadores!

Por Ricardo Costa Gonçalves

Ricardo Gonçalves – Professor/Foto: Facebook

Os brasileiros, a partir de sábado (11/11), passaram a contar com uma nova legislação trabalhista. Essa nova legislação, patrocinada pelo presidente golpista Michel Temer (PMDB) e aprovada pela Câmara e Pelo Senado, ataca diretamente os direitos dos trabalhadores. Também enfraquece o acesso à justiça do trabalho e a representação sindical.

A reforma mexe em cem pontos da CLT, modificando as regras em questões como jornada de trabalho, férias, e planos de carreira, além de regulamentar novas modalidades de trabalho, como o home office (trabalho remoto) e o trabalho intermitente. Veja alguns pontos mais graves desta reforma:

Contrato intermitente

Passam a ser permitidos os contratos em que o trabalho não é continuo. A Convocação do empregado deve ocorrer com três dias de antecedência. A remuneração é por hora de trabalho e não poderá ser inferior ao valor da hora aplicada no salário mínimo. Este tipo de contrato permite que o empregador contrate o empregado sob demanda. O empregado, porém, fica à disposição do seu contratante, mas não tem a garantia da remuneração global. O trabalhador perde o direito a uma jornada pré-definida de trabalho, e fica à mercê da demanda do empregador. Caso confirme presença e não compareça, o trabalhador paga uma multa de 50% ao empregador. Anteriormente a CLT não previa esse tipo de vinculo.

Assim, ao invés de se submeter à exploração empresarial apenas durante a jornada de trabalho, os trabalhadores passam a ter toda a sua vida vinculada aos desígnios empresarias, sem que possam planejar sua vida pessoal e profissional, ficando sempre à espera do chamado do empregador.

Pejotização

A nova legislação legaliza uma prática que prejudica os empregados. Os trabalhadores passaram a ser contratados como pessoa jurídica, Micro-Empreendedor Individual (MEI) e cooperativas. Esses arranjos rompem os vínculos trabalhistas, deixando o contratado à mercê de seu empregador e das instabilidades do mercado. A lei também permite que qualquer trabalhador seja contratado como autônomo, não importando a assiduidade e dedicação do trabalhador. “Os pilares que estruturam o reconhecimento de vínculo empregatício são assim eliminados, o que torna cabível a pergunta: para quê registrar um trabalhador se é legal contratá-lo como autônomo?”, questiona o estudo.

Continue lendo