Logo

Brasil: Moradores estudam ação de danos morais contra casal que agrediu menino

Uma reunião de moradores, na manhã desta sexta-feira (14/12), no condomínio da Octogonal em que um menino de 6 anos foi agredido por um casal teve o comparecimento de subsíndicos dos prédios, prefeitos e representantes dos moradores. Eles organizaram uma pauta para pedir a suspensão temporária da entrada do casal agressor, até que haja uma decisão judicial e um pedido de ação de danos morais.

As demandas serão discutidas em uma próxima assembleia, na quarta-feira, convocada para as 20h. “O pedido de ação moral é em razão do reflexo desse fato para todos os moradores, inclusive para as crianças do condomínio”, explicou Guilherme Arruda de Oliveira, advogado do conjunto habitacional.

Tia da criança agredida, Jucinea das Mercês Nascimento, considerou a reunião importante. “É essencial não só para a minha família, mas para a família do condomínio da Octogonal 4, porque abalou a todos. A qualidade de morar aqui é muito boa e isso é muito importante, porque as crianças podem brincar com segurança”, ressaltou.

Segundo ela, a violência ainda choca as crianças. “Eles conversam sobre isso todos os dias. Não sei o que vai acontecer, mas sugeri que a assistência psicológica do meu sobrinho seja feita na Bahia, porque ele retorna para casa na segunda-feira”, informou.

Pai de agressora se diz envergonhado

Ela ainda destacou que o avô materno do menino que tropeçou e caiu sozinho pediu desculpas antes da repercussão do caso na imprensa. “Ele disse que viu as imagens, que está bastante envergonhado e pediu desculpas”, esclareceu.
Ela também contou que durante a semana não tem mais descido com as crianças para brincar. “Não consigo mais descer para brincar com eles, porque não há mais tranquilidade. Como moradora fico tranquila, porque imagino que não vai acontecer mais. Por um lado eu estou sem poder exercer meu direito de lazer, mas isso vai trazer uma melhora de convivência aqui”, destacou.
Segundo o advogado Guilherme Arruda de Oliveira, o fato gerou um reflexo nas crianças e adolescentes. “Foi um fato que assombro a todos. A uma coletividade. A Constituição garante proteção integral a crianças e adolescentes. Vamos mitigar o direito constitucional em benefício delas”, reforçou.
Ele frisou que as crianças estão com medo de descer para brincar . ” Eles estão inseguros, receosos e comentam em casa com os pais que alguém pode descer e bater neles. Por essa razão avaliamos uma possível ação de danos morais pelos abalos psicológicos”, disse.

Goiás: Defesa diz que vai entrar com habeas corpus em favor de João de Deus

João de Deus – Suspeito de crimes sexuais

Após a Justiça de Goiás determinar, nesta sexta-feira (14), a prisão do médium João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus, denunciado por abuso sexual, o advogado dele, Alberto Toron, disse que vai entrar com pedido de habeas corpus contra a decisão, que considerou “ilegal e injusta”. “A impetração do habeas corpusnão exclui a apresentação do senhor João de Deus”, afirmou Toron.

 

O advogado acrescentou que ainda não definiu quando o médium deve se apresentar às autoridades. “Só agora tive acesso à decisão do juiz que impôs a prisão preventiva contra o sr. João de Deus. Observo que apenas alguns depoimentos, de poucas vítimas, acompanham o pedido de prisão preventiva, ainda assim, sem os seus nomes.”

 

O advogado Thales José Jayme, que cuida da defesa do acusado, confirmou que João Teixeira de Faria vai se apresentar às autoridades, mas disse que isso não deve ocorrer nesta sexta-feira. “Ele vai se apresentar, ele precisa se apresentar, não há outro caminho que não seja esse, e eu falei com alguns familiares que estão em Anápolis {Goiás] para ver a possibilidade de ele se apresentar, mas não seria hoje – isso eu posso te adiantar com toda a certeza.”

 

Um terceiro advogado envolvido no caso, Hélio Braga Junior, disse que ainda não teve acesso aos autos do processo e informou que a defesa deve alegar problemas de saúde e idade avançada para evitar a prisão de João de Deus.

 

Nenhum dos três advogados informou onde o médium está neste momento.

 

As denúncias contra João de Deus começaram a vir a público na última sexta-feira (7) quando o programa Conversa com Bial, da TV Globo, divulgou as primeiras denúncias de abuso sexual. A partir daí, outras mulheres que afirmam ser vítimas do médium começaram a procurar as autoridades e a imprensa.

 

fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

Brasil: Saiba quais cidades brasileiras têm o maior PIB por habitante

Theatro municipal e polo cinematográfico de Paulínia Foto: Pedro Kirilos / O GLOBO

RIO – Dados divulgados pelo IBGE nesta sexta-feira mostram que, os municípios com os maiores PIBsper capita, ao longo da série estudada (2002-2016), têm em comum a baixa densidade demográfica. Em 2016, as dez maiores cidades neste quesito somavam 1,2% do PIB brasileiro e apenas 0,1% da população.

 

O PIB per capita de um município é a divisão da riqueza total da cidade pela sua quantidade de habitantes. Ele mede quanto, do total produzido, “cabe” a cada morador do município se todos tivessem partes iguais. É um indicador de bem-estar. Cidades e países com o PIB per capita maior tendem a ter qualidade de vida mais alta e mais acesso aos serviços públicos.

 

– Há uma concentração dos maiores PIBs per capita no Sul e Sudeste, indicando a necessidade de o país melhorar a distribuição da geração renda. O Norte e Nordeste, onde estão os menores Pibs per capita , ainda têm economias muito dependentes do setor público, apesar de terem diminuído um pouco a distância da média brasileira. – explica Frederico Cunha, gerente da coordenação de Contas Nacionais do IBGE.

 

Paulínia (SP) é onde o PIB per capita é maior: R$ 314. 637,69 em 2016. O município possui relevância nacional na indústria de refino de petróleo. Esse valor é mais de dez vezes maior que o PIB per capita geral para o brasileiro naquele ano, que ficou em R$ 30.407, segundo o IBGE.

 

Na segunda posição está Selvíria (MS), com R$ 306.138,63 por morador, graças à geração de energia hidrelétrica. Na sequência vêm São Francisco do Conde (BA), com R$ 296.459,35, também influenciado pelo refino de petróleo, e Triunfo (RS), com PIB per capita de R$ 289.932,05, em razão de sua indústria petroquímica.

PIB PER CAPITA NO BRASIL
Municípios de São Paulo lideram o kanking de participação no Produto Interno Bruno (PIB)
Os 10 municípios com o mais baixo PIB per capita

Entre as 10 primeiras posições estão ainda mais quatro municípios paulistas: Brejo Alegre (R$ 274.572,12); Sebastianópolis do Sul (R$ 253.147,24); Louveira (R$ 250.827,01) e Meridiano (R$ 184.602,58). Enquanto em Louveira, o principal segmento foi o comércio atacadista, nos outros três municípios a indústria de biocombustíveis foi o destaque.

 

Na oitava posição está Campos de Júlio (MT), com R$ 202.309,42 por habitante, em razão da agropecuária (soja em grão e algodão herbáceo). Extrema (MG) ocupava a 10ª posição, em 2016 (R$ 183.218,05), tendo na indústria de transformação sua principal atividade econômica.

 

Entre as capitais brasileiras, Brasília (DF), com R$ 79.099,77, ocupou a primeira posição em relação ao PIB per capita, em 2016, enquanto Macapá (AP) foi a capital que ocupou a última posição (R$ 19.935,32). No Rio, o PIB per capita é de R$ 50.690,82.

fonte: oglobo.globo.com

São Paulo: Moro diz que Lula ‘fez coisas boas’ e lamenta ter condenado o ex-presidente

Sérgio Moro – Futuro Ministro da Justiça/Foto: Pedro Ladeira-FolhaPress

O ex-juiz e futuro ministro da Justiça, Sergio Moro, disse lamentar o fato de ter sido o autor da sentença que condenou o ex-presidente Lula.

“Da minha parte nada tenho contra o ex-presidente. Acho até lamentável que eu, infelizmente, tenha sido o autor da decisão que condenou uma figura pública que tem a sua popularidade e que fez até coisas boas durante sua gestão, mas também erradas”, afirmou durante entrevista ao apresentador José Luiz Datena no programa Brasil Urgente, da TV Bandeirantes.

“Isso no fundo não é um bônus para mim, é um ônus. Mas o fiz cumprindo o meu dever.”, completou o ex-juiz.

Lula foi condenado por Moro, em julho de 2017, a 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex de Guarujá (SP).

Em janeiro deste ano, o TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) aumentou a pena para 12 anos e um mês de detenção. Depois de negados os recursos da defesa, Moro determinou a prisão do petista. Lula se entregou à Polícia Federal em 7 de abril e continua preso na Superintendência da PF, em Curitiba.

A defesa de Lula já entrou com vários de liberdade junto ao STF (Supremo Tribunal Federal) e STJ (Superior Tribunal de Justiça) alegando atuação política de Moro no julgamento do ex-presidente. Um dos recursos teve análise suspensa pela Segunda Turma do Supremo, no último dia 4, e não tem data para ser retomado

O ex-juiz negou perseguição a um determinado grupo político e afirmou que a Lava Jato atingiu representantes de diferentes partidos.

“Essa alegação de que a Justiça foi parcial nesses casos ignora que por desdobramento da Lava Jato vários outros personagens políticos da oposição também respondem a investigações e acusações sérias perante outros fóruns”.

Moro diz que aceitou o convite do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), para assumir a pasta da Justiça com o objetivo de realizar um bom trabalho no combate à corrupção e à violência. E que tal atividade, mesmo com elementos políticos, é diferente da política ligada aos partidos.

“Não me vejo ingressando na política partidária, sem nenhum demérito aos que ingressaram. Na minha visão ainda sou um técnico que está indo para uma posição que tem um encargo político, mas para fazer um trabalho específico”, afirmou Moro.

A entrevista teve tom de conversa entre amigos, com vários elogios de Datena ao futuro ministro. O apresentou se referiu a Moro como um homem “corajoso” e que “não vive um personagem”

fonte: folha.uol.com.br

Maranhão: Justiça determina o bloqueio de bens do prefeito de Barra do Corda, Eric Costa

Eric Costa é prefeito de Barra do Corda — Foto: Reprodução/TV Mirante

O juiz Antonio Elias de Queiroga Filho, titular da 1ª Vara da Comarca de Barra do Corda, decretou o bloqueio dos bens do prefeito Eric Costa (PCdoB) de Barra do Corda, outras cinco pessoas, além da R.L Cruz Gráfica.

A sentença aponta que foi instaurado inquérito para apurar irregularidades nas licitações e contratações com a R.L. Cruz Gráfica para a prestação de serviços gráficos no valor de R$ 2.417.518,00. A denúncia partiu dos vereadores Marinilda Lopes Barbalho, Francisco Tomás Oliveira, Doracy Nogueira Silva e Maria das Graças Lima Sousa.

O Ministério Público aponta que o prefeito de Barra do Corda delegou poderes para o ordenador de receita e despesa, Oilson de Araújo Lima; o pregoeiro Wilson Antônio Nunes Mouzinho; e para a comissão de apoio ao pregoeiro integrada por João Caitano de Sousa, Francisco de Assis Fonseca Filho e José Arnaldo Leão Neto.

A empresa R.L Cruz Gráfica também teria responsabilidade sobre as irregularidades por ser a beneficiária ao receber os valores. O órgão ministerial também assegura que o Município encaminhou documentos da licitação e do contrato, nos quais foram verificados irregularidades, como:

  • Ausência de autorização para a realização da licitação emitida pela autoridade competente
  • Falta de saldo da dotação orçamentária
  • Ausência de responsável pela elaboração e aprovação do termo de referência
  • Inexistência de aviso contendo o resumo do edital publicado em jornal de grande circulação regional e nacional
  • Falta de pesquisa de preços de mercado
  • Apresentação da publicação de contrato na imprensa oficial

O Ministério Público do Maranhão solicitou à Justiça a indisponibilidade dos bens dos envolvidos, que foi atendido pelo juiz Queiroga Filho. O magistrado disse que há indícios suficientes, classificou como graves as acusações e determinou o bloqueio dos bens no limite do valor do contrato, de R$ 2.417.518,00.

O G1 não conseguiu contato com a R.L.Cruz Gráfica, mas pediu o posicionamento da Prefeitura de Barra do Corda sobre o bloqueio de bens e aguarda retorno.

fonte: g1.globo.com/ma

Maranhão: FAKE NEWS | Justiça não determinou soltura de suspeito da morte de idosa de 106 anos

Ilustração

A Justiça do Maranhão não determinou a soltura de Alypio Noleto da Silva, suspeito de ter assassinado uma idosa de 106 anos no município maranhense de Feira Nova do Maranhão, como afirmam relatos divulgados em sites e redes sociais. Segundo informações da comarca de Riachão, de onde Feira Nova do Maranhão é termo judiciário, a Justiça não recebeu e nem deferiu qualquer pedido em relação ao caso, que se encontra ainda na fase de Inquérito Policial. O suspeito está preso na unidade prisional de Balsas.

Segundo notícia divulgada pelo site G1 Maranhão nesta quarta-feira (12), o delegado Regional Fagno Vieira, responsável pelo caso, informou que a Polícia tem até o dia 22 de dezembro para concluir o inquérito, data em que expira o mandado de prisão contra o suspeito.

O delegado informou ainda que a Polícia deve solicitar ao Judiciário a decretação da prisão preventiva de Alypio Noleto da Silva.

fonte: tjma.jus.br

Maranhão: Policia Federal deflagra Operação “Hermes e o Gado II” em várias agências dos Correios

A Superintendência dos Correios promoveu hoje, conjuntamente com a Polícia Federal, a fiscalização das agências dos Correios em Pedreiras, Conceição do Lago Açu e Lago da Pedra

A Polícia Federal no Maranhão, com apoio da Superintendência dos Correios no Maranhão, deflagrou, na manhã desta quinta-feira, dia 13 de dezembro de 2018, nas cidades de São Luís/MA, Itapecuru/MA, Imperatriz/MA, Redenção/PA, Bacabal/MA, Santa Inês/MA e Santa Luzia/MA, a Operação HERMES E O GADO II, com a finalidade de reprimir, dentre outros, crimes de subtração de valores do Banco Postal cometidos por Funcionários dos Correios.

As investigações identificaram uma série de irregularidades ocorridas em várias unidades dos Correios no Estado. Dentre as unidades investigadas estão as dos Municípios de Pio XII, São Luís Gonzaga, Matões do Norte, Urbano Santos, São Benedito do Rio Preto, Monção e Miranda do Norte.

Foi identificado, notadamente no município de Pio XII/MA, o envolvimento de pessoas ligadas a uma organização criminosa – ORCRIM que se intitula Bonde dos 40. Os desfalques à agência dos Correios da cidade foram utilizados como forma de capitalizar a organização criminosa.

O “modus operandi” estabelecido pela quadrilha é o seguinte: o gerente da agência dos Correios tem acesso tanto ao cofre do Banco Postal quanto ao sistema dos Correios interligado ao Banco do Brasil. Aproveitando-se desse poder de gerência, ele subtrai ou facilita a subtração de numerário do cofre do Banco Postal, deixando em caixa apenas quantidade suficiente para manutenção das atividades regulares da agência, informando, artificialmente, no sistema bancário que o cofre está “cheio”, como se o dinheiro subtraído ainda ali estivesse.

Como a subtração de dinheiro do cofre não é registrada no sistema do Banco Postal, torna-se necessária a criação de uma justificativa para a sua falta. Para isso, a ORCRIM simula assaltos – alguns foram filmados pelas câmeras de CFTV das agências – o que permite afirmar que o dinheiro foi todo levado naquele crime, ou seja, além de subtrair o dinheiro que restava no caixa, com o falso assalto a ORCRIM abona o valor que fora antes subtraído, vez que, contabilmente, para os Correios e para os órgãos responsáveis pela apuração, todo o dinheiro que deveria estar no cofre (inclusive os valores oriundos de depósitos fictícios) acaba contabilizado como roubado.

Para aumentar o proveito da atividade criminosa, foram simulados depósitos no Banco Postal, cujos valores logo depois eram sacados e divididos entre os membros da ORCRIM, muitos dos quais são ligados tráfico de entorpecentes. Assim, entraram em cena os “laranjas” possuidores de contas no Banco do Brasil, que repassavam aqueles depósitos à ORCRIM, dando uma aparência legal ao dinheiro que alimentava o tráfico de drogas.

Praticavam, ainda, a subtração de aparelhos celulares de valor elevado, os quais eram distribuídos aos membros da ORCRIM, aparelhos estes que acabavam sendo utilizados para a realização de tráfico de entorpecentes.

Outra vertente utilizada pela quadrilha foi a ativação de cartões de bolsa família e de benefícios previdenciários. O gerente possuía acesso aos sistemas corporativos, habilitava os cartões de benefício, até para pessoas mortas, o que possibilitava a obtenção de empréstimos bancários com os documentos “esquentados”.
O modus operandi da ORCRIM pode ser representado pelo gráfico a seguir:

A previsão do total de valores subtraídos nos sete municípios chega a quase um milhão de reais, podendo aumentar até o final das investigações.

A Polícia Federal cumpriu 04 Mandados de Prisão Preventiva, 01 Mandado de Prisão Temporária e 11 Mandados de Busca e Apreensão, além do afastamento de 08

Empregados Públicos Federais (CORREIOS) em conjunto com outras medidas cautelares diversa de prisão. Há ainda um foragido sendo procurado pela polícia. As ordens judiciais emanaram tanto da Justiça Federal de Bacabal quanto de São Luís.

A Superintendência dos Correios promoveu hoje, conjuntamente com a Polícia Federal, a fiscalização das agências dos Correios em Pedreiras, Conceição do Lago Açu e Lago da Pedra.

Participaram do desencadeamento mais de 60 (sessenta) Policiais Federais dos estados do MA, PA, PI e CE; 02 (duas) equipes do Batalhão de Choque da Polícia Militar com a utilização de cães farejadores para a busca de drogas, que acabaram sendo encontradas em poder dos investigados, além de 6 mil reais apreendidos na residência de um deles. O trabalho ainda contou com o apoio da logística do Fórum da Justiça Estadual em Santa Inês.

A Operação foi denominada HERMES E O GADO II em alusão ao conto mitológico de mesmo nome, que traz como tema a utilização de subterfúgios com a finalidade de encobrir os crimes cometidos pelo mensageiro de Zeus.

fonte: Comunicação Social da Polícia Federal no Maranhão

Pedreiras: Polícia Militar apreende menor infrator, um revólver e uma motocicleta

Fotos: Polícia Militar de Pedreiras – MA

Na tarde desta quarta-feira (12), a senhora Maria de Fátima C. Veloso foi vítima de assaltantes no bairro do Diogo, em Pedreiras. Os elementos só não contavam com a presença da Polícia Militar, que foi abordada pela vítima, repassando as características dos envolvidos no assalto e, segundo ela, teriam usado um revólver, para subtrair um celular.

A patrulha saiu a procura dos autores, conseguindo interceptá-los em uma motocicleta preta, que, na tentativa de fuga colidiram com a motocicleta do Esquadrão Águia, o menor P. H., que estava na garupa, caiu. O outro indivíduo que pilotava a moto, abandonou o veículo  e adentrou num matagal fechado e brejado.

Após uma revista ao apreendido, foi encontrado na cintura do menor infrator, um revólver calibre 32 e o celular da vítima. O mesmo foi encaminhado ao Hospital Municipal de Pedreiras, com uma lesão no membro inferior esquerdo e depois apresentado na Delegacia de Polícia Civil.

Fotos: Polícia Militar de Pedreiras – MA

MATERIAL APRESENTADO
01 motocicleta Honda preta placa NWS 6780
01 celular preto modelo XTI1626
01 revólver cal. 32 N° 282619 c/ uma munição Intacta

Os policiais militares do Esquadrão Águia, Cabo Deivid, Soldado Lorran, Soldado Túlio, Soldado Santos e Soldado Couras, foram aplaudidos pela população, pelo trabalho rápido e eficiente, tirando de circulação mais um elemento e um revólver.

Pedreiras: Lama invade residências no bairro Matadouro. Morador se revolta com a situação

Foto: Vereador Elcinho Gírio

As fortes chuvas que caíram ontem (11) à noite em Pedreiras, deixaram alguns rastros de revolta por parte de alguns moradores do bairro Matadouro, local onde está sendo realizado um aterro, que chegou a assolar boa parte do Igarapé São Francisco, por consequência da reforma da ponte no próprio bairro, feita pela secretaria de infraestrutura de Pedreiras. Fato esse, que já chegou ao conhecimento do Ministério Público.

O vereador Elcinho Gírio (PRP) esteve visitando algumas residências e registrou o momento de revolta de um morador que teve a casa invadida por lama, com um odor insuportável.

Fotos: Vereador Elcinho Gírio

Segundo o parlamentar, tem morador querendo fazer mudança para fugir do pior, devido a situação que pode ficar pior, se as chuvas continuarem na mesma proporção.

Veja o vídeo.

Devidos os comentários que o caso foi isolado, o parlamentar procurou outras ruas e conversou com mais uma moradora, que afirmou, que o caso está acontecendo devido o aterro feito pelo Município, diga-se de passagem, sem licença ambiental, confirmado pelo próprio secretário de Meio Ambiente de Pedreiras, Simão Reis, durante entrevista ao vivo no programa Tribuna 101, na rádio Cidade FM de Pedreiras.

Tentamos falar com o secretário de infraestrutura para saber o que será feito para acabar com esse transtorno, mas não tivemos retorno até o fechamento da matéria.

São Gotardo: Pedreirense foi assassinado a golpes de canivete em Minas Gerais

Silvano da Silva Moreno, Morou no bairro Nova Pedreiras, a família dele mora em Pedreiras

Silvano da Silva Moreno – Vítima/Foto: Reprodução

Silvano da Silva Moreno, 35 anos, natural de Pedreiras/MA, morreu durante uma discussão. Ele foi assassinado por uma mulher, de 34 anos, presa na noite desta segunda-feira (10), com golpes de canivete no Município de São Gotardo/MG. O crime aconteceu no bairro Boa Esperança.

Ao chegar ao  local do crime, a Polícia se deparou com uma testemunha aos prantos e com a vítima, Silvano da Silva Moreno, 35 anos, natural de Pedreiras/MA, deitado no chão da cozinha, mas já sem vida, tudo comprovado pelo trabalho da equipe de peritos.

Motivo do crime

Sobre a motivação do crime, Maria disse que Silvano havia agredido a esposa e jogado um prato de comida fora. Ao adverti-lo, ele a agrediu e ela pegou o canivete e desferiu os golpes.

Uma testemunha relatou que Maria Domingas Pereira de Sousa, 34, natural de Santa Luzia/MA, que morava com ela e o marido, iniciou uma discussão com Silvano, apoderou-se de um canivete e desferiu diversos golpes contra a vítima.

Em decorrência das diligências, foram levantadas informações de que a suspeita encontrava-se em uma residência situada na Avenida Rui Barbosa, Bairro Nossa Senhora de Fátima.

A PM  foi até o local e a suspeita foi localizada e presa em flagrante delito, confessando o crime.

Maria Domingas foi conduzida até o Quartel Policial, juntamente com a arma branca apreendida, sendo posteriormente encaminhada à Delegacia de Polícia Civil.

fonte: patrocinioonline.com.br

  • siga-nos no facebook

  • Mensagem do vereador Bruno Curvina e Família

  • Não Percam!

  • Mensagem do Prefeito Fred Maia e Família

  • IESN /Matrículas abertas: Cursos técnicos, profissionalizantes e de aperfeiçoamento

  • Clínica Leão XIII – Fone: (99) 3642-7578/98190-5654

  • Gráfica e Editora Mearim – (99) 3642-8006/98189-0190 – Pedreiars – MA

  • Clique no flyer e acesse o site da FAESF

  • MX.com – Av. Rio Branco/99 3642-5844/ Fale com Marcílio Ximenes

  • Para pessoas que buscam tranquilidade, conforto, bons serviços e clima agradável

  • Recicle Informática INFORMA!

  • CONNECT PEDREIRAS

  • Óticas Diniz

  • LOJA DOIS PAPELARIA – Avenida Rio Branco – Centro – Pedreiras

  • Uninter – Polo Pedreiras CE Franciscano Av. Dr. João Alberto, nº 5 Bairro Maria Rita Pedreiras-MA Fone: (99) 3642-1709 / (99) 981167237 – Mais informações clique no banner

  • Acesse nossa página no Facebook clicando no banner

  • Prefeitura de Trizidela do Vale. Clique no banner e acesse o site do Município

  • Especialista em aplicativos, cartões digitais interativos e redes sociais. Clique no Banner e tenha mais informações

  • Publicidade

  • Loteamento Monte Carlo – Pedreiras – MA, venha morar aqui!

  • Mídia

  • Telefones Úteis

    WhatsApp da PM (99) 8156-5426 Tenente do Dia (99) 98174-3547 Sargento do Dia (99) 98140-4154
  • Mensagem do vereador Adonias Quineiro e Família

  • Mensagem Chico da TV

  • Mensagem do vereador Sérgio Profírio e Família

  • Mensagem do Vereador Jotinha e Família

  • Mensagem do vereador Robson Rios e Família

  • Mensagem da vereadora Ceiça Feitosa e Família