Pedreiras: APAC foi contemplada com doação de livros pelo presidente do TJMA

Dr. Arthur Azevedo (Juizado Especial e 4ª Vara); Desembargador Joaquim Figueiredo (Presidente do TJMA); Enoque Barreto (Presidente da APAC -Pedreiras) e a Juíza Ana Gabriela (2ª Vara e Execuções Penais)/Foto: Assessoria da APAC – Pedreiras – MA

Na manhã de ontem (07), o Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão, Desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, beneficiou a APAC de Pedreiras com livros para a montagem de uma biblioteca. Os livros foram doados por servidores e magistrados durante uma campanha realizada por ele no Tribunal e entregue ao Diretor Presidente da instituição, Enoque Barreto, em cerimônia na Presidência do Tribunal. Enoque agradeceu o olhar carinhoso do magistrado à instituição e a gentileza do desembargador em se colocar a disposição.

Como forma de agradecimento pelo grande gesto, a presidência da APAC de Pedreiras ofereceu uma pequena lembrança artesanal que foi produzida pelos recuperandos da instituição.

Momento em que o Desembargador Joaquim Figueiredo foi contemplado com a lembrança dos recuperandos da APAC de Pedreiras – MA/Foto: Assessoria da APAC

Enoque Barreto destacou a importância da doação e agradeceu: “Agradecemos, também, aos juízes da Comarca de Pedreiras – Dra. Ana Gabriela Costa Éverton (Titular da Segunda Vara/Execução Penal) e Dr. Artur Azevedo do Nascimento (Juizado Especial e Quarta Vara) pela parceria e apoio de sempre e por terem estado junto conosco nesse momento tão importante. Estamos juntos“.

A APAC de Pedreiras continua com as portas abertas para receber doações. Outras parcerias serão bem-vindas sempre.

“A leitura engrandece o homem!” (Voltaire)

Pedreiras: Bandidos fogem da Polícia Militar, mas deixam droga e arma para trás

Foto: Polícia Militar de Pedreiras

Segundo informações do Major Ricardo, comandante do 19º Batalhão de Polícia Militar de Pedreiras, durante rondas realizadas por uma guarnição do Esquadrão Águia, na Vila das Palmeiras, em Pedreiras, dois indivíduos em atitude suspeita, ao perceberem a aproximação dos PM’s, fugiram e invadiram uma casa, saindo pelo quintal e ganharam o mato, mas durante a fuga eles deixaram para trás 22 (vinte e duas) pedras de uma substância semelhante ao Crack e um facão, arma comum usada para a prática de assalto.

As rondas realizadas pela Polícia Militar e as abordagens estão surtindo efeito positivo. É compromisso da PM, segundo o Major Ricardo, prender os culpados por alguns assaltos que aconteceram nos últimos dias, vale ressaltar que, menores foram apreendidos, e um grupo responsável por assalto violento, que deixou o proprietário de uma motocicleta com algumas fraturas em uma das pernas, já foram identificados e em breve serão presos.

A guarnição que conseguiu, hoje (07), apreender a droga e uma arma branca, foi composta pelos PM´s: Soldado Hilderlan, Soldado Josephan, Soldado Túlio e Soldado Rafael.

Peritoró: Polícia Civil prendeu estelionatário que enganava idosos no Município

Luís Carlos Pinto Meireles – Suspeito/Foto: Polícia Civil de Peritoró – MA

A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Delegacia de Polícia de Peritoró-MA, prendeu na tarde de ontem (06), na cidade de São Mateus-MA, LUÍS CARLOS PINTO MEIRELES, dono da empresa FACILITA CRÉDITO RÁPIDO, empresa de empréstimo consignado com 7 (sete) filiais no Estado do Maranhão, em cumprimento a mandado de prisão da Primeira Vara da Comarca de Coroatá-MA.

A prisão de LUÍS CARLOS faz parte da “Operação Descrédito”, conjunto de 10 (dez) inquéritos policiais instaurados na Delegacia de Peritoró pelos crimes de estelionato qualificado contra idosos e furto qualificado mediante fraude. Após investigação de 4 (quatro) meses, que contou com a troca de informações com o Banco Bradesco e o Centro de Inteligência da Segurança Pública, foram realizadas várias diligências nas cidades de Santo Antônio dos Lopes-MA, Capinzal do Norte-MA, Pedreiras-MA, Imperatriz-MA, São Luís-MA e Coroatá-MA, tendo sido o investigado encontrado na cidade de São Mateus-MA, a partir da troca de informações com o Delegado Daniel Moura. Apenas uma das vítimas, que recebe benefício previdenciário de 1 (um) salário mínimo, sofreu um prejuízo de mais de 60 mil reais em apenas 3 (três) meses.

Os próximos passos da investigação serão no sentido de identificar os demais beneficiários deste esquema criminoso e o volume total dos golpes aplicados.

fonte: Polícia Civil de Peritoró – MA

Maranhão: Polícia prende caminhoneiro que estava desaparecido após assalto a banco em Bacabal

Caminhoneiro Obadias Pereira era considerado desaparecido desde o dia do assalto ao Banco do Brasil em Bacabal — Foto: Arquivo Pessoal

O Secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, informou nesta quinta-feira (6) que caminhoneiro pernambucano Obadias Pereira da Silva, de 44 anos, foi preso na cidade de Araguanã, a 159 km de São Luís, por suspeita de participar da quadrilha que assaltou um centro de distribuição do Banco do Brasil de Bacabal, no dia 25 de novembro.

Obadias era considerado desaparecido há mais de uma semana após seu caminhão ter sido incendiado e deixado a 60 km do local do crime. Desde o dia do assalto, a família faz uma campanha nas redes sociais para encontrá-lo. (g1 maranhão)

Mochila que pertencia ao caminhoneiro foi encontrada com mais de 47 mil reais

Foto: Reprodução

Segundo informações, policiais militares encontraram uma mochila com mais de 47 mil reais, que estaria enterrada na zona rural de Nova Olinda do Maranhão. Policiais de Santa Luzia do Paruá juntamente com outras guarnições foram averiguar os locais por onde este havia sido avistado e se depararam com a mochila devidamente enterrada e escondida. (blog cidadeverde.com.br).

Pedreiras: Grande carreata, ato ecumênico e show marcam o Dia Nacional do Laço Branco

Motoristas, Motociclistas e Ciclistas participaram da manifestação/Foto: Marcus Krause

No dia Nacional do Laço Branco, hoje (06), quando homens de todo o Brasil se unem pelo fim da violência contra a Mulher, Pedreiras e Trizidela do Vale receberam em suas ruas e avenidas uma grande carreata, que saiu da Praça do Rotary, levando informações a todos sobre a importância dessa mobilização, que tem como propósito conscientizar o público masculino sobre a importância da mulher na vida de cada um, onde, todas devem ser tratadas com amor e carinho.

Após fazer o percurso, segundo a organização, que teve à frente o Juiz Marco Adriano Ramos Fonseca e dezenas de parceiros, o movimento foi encerrado na Praça do Jardim, em Pedreiras, onde os convidados, em especial, as autoridades, se pronunciaram sobre o grande dia, contestando sempre pelo fim da violência contra a Mulher.

Foto: Jonathan Almeida

Prefeitos dos Municípios de Pedreiras (Antônio França); Trizidela do Vale (Fred Maia) e de Lima Campos (Jaílson Fausto), acompanharam a manifestação, assim, também, como as secretárias da mulher, Major Ricardo, artistas, religiosos e outros convidados foram contemplados com uma rosa, cada um, como forma de agradecimento pela participação ao evento.

Antônio França – Prefeito de Pedreiras/Foto: Sandro Vagner

“Nós temos um trabalho voltado para isso, temos a secretaria da Mulher, que manifesta a conscientização e um trabalho de apoio, principalmente às mulheres, sendo orientadas como devem agir e sair dessa violência. Que os homens busquem valorizar a mulher, principalmente com respeito. Aos poucos vamos conseguindo mudar esse conceito, em achar que a mulher tem que ser submissa, ser menor que o homem, e, na verdade, mulher é igual a todos nós.” Disse o prefeito de Pedreiras, Antônio França.

Durante seu discurso, o prefeito de Trizidela do Vale, Fred Maia, fez questão de citar o pequeno número de pessoas que participaram da manifestação. 

Foto: Sandro Vagner

“Eu fico feliz em ter participando, dando nossa contribuição, e, dizer que, chega de violência contra a mulher, pois, por mais que se fale, está acontecendo coisas grotescas, mas temos que nos manter firmes, em defesa de tudo isso, para que não aconteçam mais casos de feminicídio em nossa cidade. Muitos homens não compareceram, servidores não compareceram, homens também não apareceram, mas o importante foi a mensagem que passamos durante nossa passagem pelas cidades.” Concluiu o gestor trizidelense.

“Fizemos uma grande mobilização pelas ruas das cidades de Pedreiras e de Trizidela do Vale, para dizer “NÃO” à violência contra a mulher. Que cada gestor de sua cidade possa mobilizar todos os homens de suas cidades, eu faço na minha, pra que a gente possa ter uma sociedade mais justa. Homens respeitando suas mulheres, por que, mulher é pra ser respeitada e pra ser amada e não pra ser violentada, nem pra ser maltratada.” Destacou o prefeito de Lima Campos, Jaílson Fausto.

Ao final do evento, o apóstolo Neto, da Igreja Nova fez uma oração e ressaltou a importância do ato, nesse dia que ficou marcado em Pedreiras e Trizidela do Vale.

Apóstolo Neto (camisa verde) – Igreja Nova/Foto: Sandro Vagner

Nós precisamos nos unir ainda mais em prol dessa conscientização, dessa mobilização, contra essa violência pela mulher, em se tratando da mulher, mas de qualquer natureza, a gente é contra qualquer tipo de violência. Falo como associação de pastores, estamos unidos em prol de uma sociedade melhor.” Disse o Apóstolo Neto.

Fotos: Sandro Vagner

Como parte da programação, artistas de Pedreiras e Trizidela do Vale dividiram o palco e ao som da boa música se manifestaram nesse dia e noite que ficarão na memoria de cada participante.

Fotos: Sandro Vagner e Marcus Krause

O Juiz Marco Adriano enviou uma carta que foi lida durante o evento.

Clique Aqui

Como surgiu o movimento “Laço Branco”.

Clique Aqui

Pedreiras: Denúncias de irregularidades contra a gestão municipal gera Ação Civil de Improbidade Administrativa pelo Ministério Público

Foto: Sandro Vagner

Uma enxurrada de denúncias a cada sessão na câmara de vereadores, vem deixando em maus lençóis a gestão municipal. É uma denúncia atrás da outra. O que mais se ouve nos bastidores do legislativo pedreirense, é que a administração do prefeito de Pedreiras, Antônio França, está de mal a pior. Segundo os parlamentares de oposição, num total de cinco, que a todo custo tentam levar ao conhecimento da população, segundo eles, os desmandos, já encurta a carreira do gestor, que tanto falou em ficar à frente do executivo, pelos menos oito anos, quando se considerava um bom prefeito, ao ponto de conseguir à reeleição, na maior tranquilidade em 2020. 

As críticas ao executivo não partem apenas dos opositores, mas vez em quando, até mesmo os considerados de situação, alfinetam o prefeito, quando efetuam inúmeras cobranças, que vão desde uma simples recuperação de uma estrada vicinal, até à vagareza que tomou conta das duas, consideradas pelo gestor, como grandes obras (calçadão da Travessa Zeca Bayma, e a revitalização do Bosque Seringal), que estão tão lentas ao ponto de serem consideradas “obras tartarugas”. Para os parlamentares, é pouco demais para o longo período que o prefeito está à frente do Município (há quase dois anos de administração). 

Os vereadores de oposição Robson Rios (PSC); Elcinho Gírio (PRP) e Sérgio Profírio (PEN), que apesar da informação chegar ao conhecimento de todos, no plenário da câmara, quanto às inúmeras denúncias contra a administração municipal, e achando que estavam falando sozinhos, decidiram protocolar algumas denúncias ao Ministério Público, e, pelo visto, o efeito foi positivo, tanto é, que ontem (05), a titular da 1ª Promotoria, Promotora de Justiça Drª. Marina Carneiro Lima de Oliveira, adiantou ao blog, que, possivelmente, até o fim dessa semana, estará ajuizando uma Ação Civil de Improbidade Administrativa, em um dos fatos que foram protocolados pelos vereadores, em desfavor da gestão do prefeito de Pedreiras, Antônio França. A Promotora de Justiça não adiantou mais detalhes do processo, ficando o suspense no ar, onde todos os vereadores estão esperando com grande ansiedade essa resposta à altura, por parte do Ministério Público, quando disseram que eles não estão lutando à toa, e o resultado virá à tona.

Como se não bastasse, o vereador Jotinha (PTB), nas últimas sessões do legislativo pedreirense, apresentou outras denúncias aos parlamentares, que podem complicar ainda mais a situação do gestor municipal. Segundo o vereador, a denúncia é séria, e considerada grave, segundo ele, por se tratar da contratação irregular de veículos, através de uma empresa, e o parlamentar, diz ter toda documentação em mãos, que comprovam as denúncias.

Feita a denúncia em plenário, o vereador Jotinha (PTB), disse que vai aguardar o proprietário da empresa se pronunciar, já que o mesmo foi convocado oficialmente, para depois, levar mais esse fato ao conhecimento do Ministério Público, quando irá aumentar a fila de denúncias contra a gestão do prefeito de Pedreiras, Antônio França.

Com o divulgação da notícia, acreditamos que a assessoria jurídica do Município, assim, como toda população, deverá esperar até o fim de semana, data anunciada pela promotora de Justiça Marina Carneiro, quando irá ajuizar a Ação Civil de Improbidade Administrativa em desfavor do poder executivo pedreirense, para começar formular a defesa do Município. 

Sem tomar partido, neutro, e, cumprindo nossa posição de forma imparcial, tentamos saber do Líder do Governo Municipal na câmara, vereador Filemon Neto (DEN), sobre o fato que hora toma conta dos quatro cantos da cidade, mas o mesmo não retornou nossas mensagens. Acreditamos que o mesmo, também, aguardará a tão esperada Ação de Improbidade Administrativa, anunciada com antecedência, e exclusivo, por nós, para se pronunciar sobre a situação.

O que é Improbidade Administrativa?

Improbidade administrativa é o ato ilegal ou contrário aos princípios básicos da Administração Pública no Brasil, cometido por agente público, durante o exercício de função pública ou decorrente desta.

Com certeza, nos próximos dias as coisas irão esquentar nos bastidores políticos de Pedreiras.

Brasil: Bolsonaro diz que pode usar caneta Bic se houver denúncia robusta contra Onyx

O futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, deixa o CCBB, em Brasília, sede do governo de transição – Pedro Ladeira/Folhapress

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, sugeriu que poderá demitir o futuro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, se houver denúncia robusta contra ele.

“Olha só, havendo qualquer comprovação obviamente ou uma denúncia robusta contra quem quer que seja do meu governo que esteja ao alcance da minha caneta bic, ela será usada”, afirmou.

A declaração é uma resposta a questionamento feito sobre uma fala de seu vice, general Hamilton Mourão. Em Belo Horizonte, Mourão disse que Onyx teria de deixar o governo se for provado que ele cometeu ato ilícito.

O futuro chefe da Casa Civil se tornou alvo de uma investigação aberta no STF (Supremo Tribunal Federal) a pedido da Procuradoria-Geral da República, na terça-feira (4) por suspeita de caixa dois.

Ele foi apontado em acordos de delação da JBS como beneficiário de dois repasses não declarados como doações de campanha. Um deles de R$ 100 mil em 2014, e outro de R$ 100 mil em 2012.
Onyx já admitiu em entrevista ter recebido R$ 100 mil da JBS em 2014 e pediu desculpas. Ele, contudo, nega a segunda acusação, revelada pela Folha em novembro.

Na reta final da formação de sua equipe de governo, Bolsonaro afirmou nesta quarta que ainda não escolheu o futuro ministro de Direitos Humanos. Ele diz que Damares Alves, advogada e assessora do senador Magno Malta (PR-ES), é apenas um nome, mas que não há definição. 

O presidente eleito negou que haja qualquer animosidade com o fato de Malta não ter sido escolhido para ocupar nenhum de seus ministérios. Logo depois do segundo turno, o senador se apresentava como nome que seria escalado para compor o primeiro escalão do próximo governo.

“As portas estão abertas para ele. A questão de possível ministério, não achamos adequado no momento. Ele pode estar ao meu lado e as portas nunca foram fechadas para ele.  Se para todos amigos de campanha eu fosse dar ministério seria difícil da minha parte. Eu ofereci ser meu vice e ele achou melhor concorrer ao Senado e não se elegeu. Eu sou grato a ele. As portas da transição estão abertas para ele”, afirmou. 

fonte: folha.uol.com.br

 

Pedreiras: Solenidade simples marcou o encerramento da turma de 2018 no TG 08 008

Foto: Adriana Darleny

Ao comando do instrutor Subtenente Sérgio, a única turma de atiradores do ano de 2018, participou da solenidade de encerramento das atividades no TG 08 – 008, em Pedreiras, dia 30 de novembro. Estiveram presentes familiares, convidados e autoridades, dentre elas as presenças do Coronel PM Pereira e o capitão Machado, comandante do Corpo de Bombeiros de Trizidela do Vale.

Foto: Francisco ( TG)

Durante a solenidade, foi prestada uma justa homenagem ao atirador Douglas, que morreu vítima de acidente. A família esteve presente e se emocionou com a lembrança dos amigos e do chefe de instrução do TG, Subtenente Sérgio.

Atirador Cardoso e o Coronel Pereira/Foto: Adriana Darleny

O Coronel PM Pereira, veio à solenidade, a convite da família do atirador Cardoso, que teve o prazer de tê-lo como seu padrinho de formatura.

Subtenente Sérgio – Instrutor do TG 08 – 008 – Pedreiras – MA/Foto Francisco (TG)

Durante seu pronunciamento, o Subtenente Sérgio desejou sucesso na vida de cada um que ali estava trilhando um novo desafio. Incentivou a todos quanto à carreira militar e agradeceu pelos meses que juntos conviveram na instituição.

Coronel PM Pereira/Foto: Francisco (TG)

Coronel Pereira, como forma de incentivo aos jovens, destacou um pouco de sua trajetória, disse a todos que ficou sete anos no exército, sendo um ano de formação em Recife, e seis anos como tenente, em Marabá, no 52º BIS (Batalhão de Infantaria de Selva), chegando até ao posto de 1º tenente temporário.

Ao final, como forma de descontração, e o último grito de “fora de forma”, atiradores, instrutor, Coronel Pereira e o Capitão Machado, desafiaram os atiradores para alguns exercícios de apoio.

Foto: Francisco (TG)

Parabéns a todos, que a partir dos ensinamentos adquiridos durante o ano, no Tiro de Guerra, sigam o exemplo, sempre de um bom combatente e homens responsáveis com sua pátria.

Veja mais fotos do evento cívico.

Continue lendo

Brasil: Caminhoneiros começam a marcar nova greve em grupos de WhatsApp

Caminhoneiros estão convocando nova greve para 22 de janeiro (Leonardo Benassatto/Reuters)

Caminhoneiros autônomos começam a organizar por meio de grupos de WhatsApp uma nova paralisação da categoria contra o descumprimento do piso mínimo do frete. A greve está prevista para 22 de janeiro, dois dias depois de reunião que deve ocorrer na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para discutir o reajuste da tabela.

Para encerrar a greve dos caminhoneiros em maio, o governo Michel Temer aceitou uma série de exigências, como a criação da tabela com preços mínimos do frete e a redução do preço do diesel. O problema, segundo lideranças da categoria, é que a maioria das empresas descumpre o tabelamento e não sofre nenhuma punição, pois falta fiscalização da ANTT. “Pouquíssimas empresas pagam o piso mínimo, talvez uns 2%. O restante continua igual, paga o que quer”, afirma Ivar Luiz Schmidt, porta-voz do Comando Nacional do Transporte.

fonte: veja.abril.com.br

Maranhão: Polícia divulga fotos dos bandidos que foram presos ontem em Santa Luzia do Paruá

Foto: Polícia Militar do MA

Já estão circulando em vários grupos de WhatsApp, algumas fotos dos bandidos que foram presos, ontem (03), durante uma ação da Polícia Militar, através do COSAR e Força Tática, na cidade de Santa Luzia do Paruá, após interceptar uma carreta, que transportava os bandidos, diversas armas, munições e uma grande quantidade em dinheiro.

Fotos: Polícia Militar do MA

Treze foram presos, três feridos e três foram abatidos durante o confronto com a Polícia. Os presos foram encaminhados para a Delegacia Regional de Zé Doca, a 302 km de São Luís, e serão transferidos na manhã desta terça-feira (04), para o presídio de Pedrinhas.

A população de Santa Luzia do Paruá aplaudiu a brilhante ação da Polícia Militar.