Pedreiras: Durante agradecimento pela votação deputado reeleito, Vinícius Louro, desafia prefeito de Pedreiras

Vinícius Louro (PR) – Deputado Estadual/Foto: Assembleia Legislativa do Maranhão

O deputado estadual Vinícius Louro (PR), reeleito com 39.873 (trinta e nove mil, oitocentos e setenta e três) votos, esteve hoje (09) no programa Tribuna 101, na Rádio Cidade FM, apresentado pelo radialista Klayrton Sousa, com a participação de Ribinha da FM e do comentarista Klebinho Branco, agradecendo a votação em todo o Estado do Maranhão, principalmente sua cidade natal, Pedreiras. Durante sua entrevista, ressaltou a importância do deputado estadual, destacou algumas emendas que foram destinadas ao município pedreirense e disse que vai continuar contribuindo com Pedreiras, no que for preciso, em prol da população.

Logo no início da entrevista, que foi feita pelo comentarista Klebinho Branco, o deputado expressou sua indignação com o prefeito de Pedreiras, Antônio França, inclusive desafiando o administrador a “soltar” um vídeo que, supostamente, ele teria uma gravação com a fala do parlamentar, afirmando que ele seria o responsável pela retirada das máquinas da cidade, que estão trabalhando na pavimentação asfáltica. Indignado com tal comentário, Vinícius Louro disse o seguinte sobre tal fato:

Eu quero é que ele jogue essa gravação, por que é a mesma que ele tem dos vereadores, que não deixaram doar o terreno, lá dos sem terra. Ele tem dos vereadores, das coisas obscuras, dos vereadores do lado dele, pra votar o que ele quer na Câmara Municipal. Então, do jeito que ele jogue minhas gravações, que ele jogue de forma que ele tá manipulando à Câmara, com dinheiro, com recurso público, pra segurar os vereadores da base dele, pra não votar, realmente, a favor da população. Então, eu estou esperando que ele jogue essa gravação.”

Perguntado sobre o repasse dos Royalties do petróleo ao Município de Pedreiras, como estaria sendo aplicado, o deputado Vinícius Louro foi taxativo em afirmar, que uma comissão municipalista deverá vir ao Município, para saber, realmente, o que está acontecendo com a aplicação dos recursos públicos, para definitivamente saber o que está sendo pago com os recursos.

Por um momento, durante a entrevista, o parlamentar chegou a dizer que soube que o prefeito teria comprado uma ou duas casas, mas não tinha prova se era com recursos do Município, por isso, estava agilizando a vinda da Comissão Municipalista, para fazer um apanhado dos gastos e com que, para depois tudo ser levado ao Ministério Público.

Outros assuntos foram debatidos e discutidos durante a entrevista. Ao final, o deputado voltou a agradecer a votação e colocou-se mais uma vez para ajudar no que for preciso para o bom andamento de Pedreiras.

Antônio França – Prefeito de Pedreiras/Foto: Sandro Vagner

O Blog procurou o Prefeito de Pedreiras, Antônio França, que rebateu às críticas contra ele, e disse que não tem nenhuma gravação e em momento algum teria dito que o parlamentar teria tirado as máquinas que estão trabalhando no programa “Mais Asfalto”.

Nós não temos nenhuma gravação onde ele fala da retirada de máquinas, de forma alguma, até por que ele não tem esse poder de tirar nenhuma máquina de Pedreiras. A máquina saiu daqui por que bateu o motor. Inclusive, eu que ajudei a levar essa máquina para que fosse refeito o motor e voltar pra cá novamente. Tá tudo tranquilo, quero dizer à população que não existe essa história de Raimundo Louro ou Vinícius Louro que vão trazer essa máquina de volta, quem vai trazer é o empresário dono das máquinas, que tem um compromisso com Pedreiras, e, também, tem uma licitação ganha em nível de Estado, para colocar esse asfalto.”

Quanto à fala do deputado sobre o administrador ter comprado casas, mas que não tem provas se foi com recurso público, o prefeito Antônio França rebateu com a seguinte colocação.

Graças a Deus tenho trabalhado com muita tranquilidade pra não manchar meu nome. Eu tenho um história em Pedreiras. Estamos passando por dificuldades, mas jamais irei tirar aquilo que é do público pra comprar uma casa pra mim, realmente fiz um negócio em uma casa e estou pagando com meu salário. Graças a Deus, meu salário me dar direito a isso. Estou com um ano e dez meses de mandato e tenho me preocupado muito pra fazer as coisas de acordo com as minhas possibilidades. Ele está insinuando, mas disse logo que não tem prova, então pra que está querendo manchar o nome da gente?”

O prefeito Antônio França aproveitou e agradeceu a votação direcionada aos candidatos que ele apoiou e disse que as obras paralisadas serão retomadas o mais breve possível.

A população está carente de benefícios que possam contribuir para o bom andamento do Município, isso é real. Que oposição e situação pensem apenas no bem de Pedreiras, assim, todos saem ganhando.

Pedreiras: Juizado Especial Cível e Criminal de Pedreiras lança edital para projetos sociais

Artur Gustavo do Nascimento – Juiz /Foto: Sandro Vagner (arquivo do Blog)

O Juizado Especial Cível e Criminal de Pedreiras lançou Edital convocando as entidades públicas ou privadas, com comprovada finalidade social, sediadas nas cidades de Pedreiras, Trizidela do Vale e Lima Campos, a participarem do processo de seleção de projetos para obtenção de recursos financeiros arrecadados com as transações penais, prestações pecuniárias e suspensão condicional do processo ou da pena. As inscrições para a seleção seguem até 31 de outubro.

Conforme o documento, assinado pelo juiz titular Artur Gustavo do Nascimento, os valores depositados, quando não destinados à vítima ou aos seus dependentes, serão, preferencialmente, destinados à entidade pública ou privada com finalidade social, previamente conveniada, ou para atividades de caráter essencial à segurança pública, educação, cultura e saúde, desde que estas atendam às áreas vitais de relevante cunho social, a critério da unidade gestora. Para participar, deverá a entidade ser pública ou privada com comprovada finalidade social, estar sediada no Município de Pedreiras, Trizidela do Vale ou Lima Campos, e estar regularmente constituída há pelo menos 01 (um) ano.

Deverá a instituição candidata ser dirigida por pessoas que não tenham sido condenadas pela prática de atos de improbidade administrativa ou de crimes praticados contra a administração pública. O Edital destaca que será priorizado repasse aos beneficiários que atuem diretamente na execução penal, assistência à ressocialização de apenados, assistência às vítimas de crimes e prevenção da criminalidade, e apresentem projetos com maior viabilidade de implementação, bem como apresentem serviços de maior relevância social.

Não podem participar pessoas jurídicas e/ou projetos que possuam fins lucrativos ou políticos partidários, que não esteja localizada ou não realize suas atividades nos municípios de Pedreiras, Trizidela do Vale e Lima Campos, que estejam com pendências com a Administração Pública Direta e Indireta relativamente à prestação de contas de outros recursos anteriormente recebidos ou, quando apresentadas as respectivas contas, não tenham sido aprovadas. “Está vedada a participação de entidades ou projetos que componham o Poder Judiciário e que busquem promoção pessoal de Magistrados ou integrantes das entidades beneficiadas e, no caso destas, para pagamento de qualquer espécie de remuneração aos seus membros”, diz o Edital.

DOCUMENTAÇÃO – Os interessados em participar do certame deverão apresentar documentos constitutivos da entidade, bem como da pessoa habilitada para representá-la, nos termos do seu ato constitutivo, além de cópia do projeto a ser desenvolvido no âmbito da cidade Pedreiras, Trizidela do Vale e Lima Campos, com atividades de caráter educativo (escolar ou esportivo) de crianças, adolescentes ou idosos, cultural e saúde ou segurança pública.

Caso a entidade tenha sido beneficiada com recursos públicos anteriormente, deverá apresentar documentação que comprove não estar em mora com a Administração Pública Direta e Indireta relativamente à prestação de contas ou que não tenha tido suas contas reprovadas. As inscrições poderão ser efetuas das 8:00 às 18:00, de segunda a sexta-feira no Juizado Especial Cível e Criminal de Pedreiras localizado na Rua das Laranjeiras, s/nº, Bairro Goiabal, em Pedreiras, podendo ser prorrogável por mais 30 dias a critério do juiz titular. O resultado da escolha dos projetos selecionados será divulgado até o dia 20 de Novembro de 2018.

Legislação -Sobre a aplicação de recursos adquiridos com transações penais, o provimento editado pela Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão ressalta a necessidade de dar maior efetividade à pena de prestação pecuniária e zelar pela publicidade e transparência na destinação dos valores arbitrados. A CGJ também leva em consideração as Resoluções 101/2009 e 154/2012 do Conselho Nacional de Justiça, que tratam da regulamentação da destinação das prestações pecuniárias.

A Resolução N° 154 do Conselho Nacional de Justiça destaca que é vedada a escolha arbitrária e aleatória dos beneficiários, bem como fica vedada a destinação de recursos ao custeio do Poder Judiciário e para a promoção pessoal de magistrados ou integrantes das entidades beneficiadas e, no caso destas, para pagamento de quaisquer espécies de remuneração aos seus membros.

Clique no link e veja o edital

Clique Aqui

Eleições 2018: Eleitor que não votou tem 60 dias para justificar ausência

Votação em Pedreiras – MA/Foto: Sandro Vagner

O eleitor que não pôde votar no primeiro turno das eleições e não conseguiu justificar a ausência ainda pode preencher o formulário de justificativa eleitoral pela internet ou entregá-lo pessoalmente em qualquer cartório eleitoral.

Há também a possibilidade de enviar o formulário pelo correio para o juiz eleitoral da zona eleitoral. O prazo para justificar é de até 60 dias após cada turno da votação.

Além do formulário, o eleitor deve anexar documentos que comprovem o motivo que o impediu de comparecer no dia do pleito.

Pela internet, o eleitor pode justificar a ausência utilizando o “Sistema Justifica” nas páginas do TSE ou dos tribunais regionais. No formulário online, o eleitor deve informar seus dados pessoais, declarar o motivo da ausência e anexar comprovante do impedimento para votar.

O requerimento de justificativa gerará um código de protocolo que permite ao eleitor acompanhar o processo até a decisão do juiz eleitoral. A justificativa aceita será registrada no histórico do eleitor junto ao Cadastro Eleitoral.

Segundo turno

Quem não votou no primeiro turno e nem justificou não fica impedido de votar no segundo turno, dia 28 de outubro.

Multa

Para regularizar sua situação eleitoral, o cidadão terá de pagar uma multa R$ 3,61 por votação não comparecida. 

O Tribunal Superior Eleitoral explica que a não regularização da situação com a Justiça Eleitoral pode resultar em sanções, como impedimento para obter passaporte ou carteira de identidade para receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público.

A não justificativa também pode impedir que o eleitor participe de concorrência ou administrativa da União, dos estados, Distrito Federal e municípios, além de ficar impedido de se inscrever em concurso público ou tomar posse em cargo e função pública.

Eleitores no exterior

No caso dos brasileiros que estavam no exterior no dia da votação, eles também deverão encaminhar o formulário de justificativa pós-eleição e a documentação comprobatória até 60 dias após o turno ou em 30 dias contados a partir da data de retorno ao Brasil.

Se estiver inscrito em zona eleitoral do exterior, o eleitor deverá encaminhar o requerimento diretamente ao juiz competente ou ainda entregar nas missões diplomáticas e repartições consulares localizadas no país ou enviar pelo sistema justifica.

fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

Eleições 2018: Assembleia Legislativa do Maranhão é renovada em mais de 50%

Datinha (PR) foi a candidata mais votada no Estado. (Foto: divulgação)

Após 100% dos votos apurados para o cargo de deputado estadual, a renovação na Assembleia Legislativa do Maranhão é de 57%. Dos cinco primeiros candidatos mais votados, apenas um estava disputando a reeleição.

Detinha (PR) foi a candidata a deputada estadual mais votada no pleito. Ela é esposa de Josimar de Maranhãozinho, que cedeu a vaga, para poder se candidatar a deputado federal (confira aqui a relação de deputados federais eleitos e reeleitos). Josimar conseguiu a vaga na Câmara dos Deputados.

Candidatos reeleitos:

1. Othelino Neto

2. Professor Marco Aurélio

3. Neto Evangelista

4. Carlinhos Florêncio

5. Ana do Gás

6. Adriano Sarney

7. Edson Araújo

8. Rafael Leitoa

9. Vinícius Louro

10. Antônio Pereira

11. Rigo Teles

12. Glalbert Cutrim

13. Roberto Costa

14. Fábio Macedo

15. Zé Inácio

16. César Pires

17. Wellington do Curso

18. Paulo Neto

19. Ricardo Rios

Novos deputados:

1. Detinha

2. Duarte Júnior

3. Márcio Honaiser

4. Cleide Coutinho

5. Andreia Rezende

6. Marcelo Tavares

7. Dra. Thaiza

8. Fernando Pessoa

9. Zé Gentil

10. Dr. Yglesio

11. Adelmo Soares

12. Hélio Soares

13. Daniella Tema

14. Ciro Neto

15. Rildo Amaral

16. Arnaldo Melo

17. Helena Dualibe

18. Pará Figueiredo

19. Pastor Cavalcante

20. Mical Damasceno

21. Leonardo Sá

22. Felipe dos Pneus

23. Wendell Lages

fonte: imirante.com.br

Eleições 2018: Definidos os 18 deputados federais da bancada maranhense; confira a lista

Foto: Reprodução

SÃO LUÍS – Os eleitores maranhenses definiram, neste domingo (7), os 18 deputados federais para a composição da bancada do Estado na Câmara durante o quadriênio 2019/2022. Cinco coligações elegeram pelo menos um candidato, e quatro partidos elegeram dois deputados cada: MDB, PR, PMN e PCdoB.

Em 2018, dez candidatos ultrapassaram a casa dos 100 mil votos, com destaque para Josimar de Maranhãozinho (PR) e Eduardo Braide (PMN), que foram deputados estaduais nos últimos quatro anos e foram os primeiros candidatos a ultrapassar os 185 mil votos em uma eleição para a bancada maranhense na Câmara dos Deputados. Até essa eleição, o recorde em uma votação para deputado federal pertencia a Roberto Rocha, eleito com 139.294 votos em 2016.

A renovação da bancada maranhense na Câmara, por sua vez, foi de 55,6%. Oito dos 18 deputados eleitos em 2014 garantiram mais um mandato para os próximos quatro anos: Aluísio Mendes, André Fufuca, Cleber Verde, Hildo Rocha, João Marcelo, Juscelino Filho, Rubens Junior e Zé Carlos.

Clique aqui e confira a votação completa para deputado federal no Maranhão.

Confira a lista de candidatos eleitos por coligação:

PCdoB / PRB / PPS / SOLIDARIEDADE / PROS / PTC / PTB / PSB / DEM / AVANTE / PPL

Márcio Jerry (PCdoB), Pedro Lucas Fernandes (PTB), Rubens Junior (PCdoB), Cleber Verde (PRB), Bira do Pindaré (PSB) e Juscelino Filho (DEM)

PDT / PP / PR / PATRI

Josimar de Maranhãozinho (PR), Junior Lourenço (PR), André Fufuca (PP), Junior Marreca Filho (Patriota) e Gil Cutrim (PDT)

MDB / PV / PSD / PSC / PMB / PRP

Edilazio (PSD), Hildo Rocha (MDB) e João Marcelo (MDB)

PMN / PHS

Eduardo Braide (PMN) e Pastor Gildenemyr (PMN)

PSDB / REDE / PODE / DC

Aluísio Mendes (Podemos)

fonte: imirante.com.br

Eleições 2018: Votação segue tranquila em Pedreiras e Trizidela do Vale

Corrêa de Araújo (Pedreiras) e Salão Paroquial Santo Antônio de Pádua (Trizidela do Vale)/Fotos: Sandro Vagner

Tranquilidade! Essa foi a resposta de vários eleitores que votaram na manhã desta domingo (07), em Pedreiras e Trizidela do Vale. 

Sessão 42ª/Manoel Trindade – Pedreiras – MA/Foto: Sandro Vagner
Fotos: Sandro Vagner

Em algumas Sessões foram registradas pelo Blog a tranquilidade dos mesários, que confirmaram um trabalho sem qualquer alteração. Poucas filas, e, em outras Sessões, fila de jeito nenhum. Para alguns fiscais, isso pode refletir em um grande número de abstenção nestas eleições em Pedreiras.

Segurança no Corrêa de Araújo/Foto: Sandro Vagner

O trabalho de segurança realizado pela Policia Militar não teve nenhum registro de baderna, compra de votos ou outro tipo de expediente durante a manhã.

No Colégio Corrêa de Araújo, onde se concentra um grande número de eleitores, 3.139, o movimento também é considerado normal, podendo ser alterado a partir das 16h. 

Mesárias (Corrêa de Araújo)/Foto: Sandro Vagner

Pedreiras dispõe de 27 locais de votação

133 Sessões

Aptos a votar: 29.627 eleitores

2.124 títulos foram cancelados

Suspensos: 248

Veja seu local de votação

Clique Aqui

Trizidela do Vale

No maior colégio eleitoral, Newton Belo, com 2.520 eleitores, que está funcionando na Casa Paraquial de Santo Antônio de Pádua, as filas se formaram em quase todas as Sessões.

Votação em Trizidela do Vale/Foto: Sandro Vagner

Alguns eleitores estavam reclamando da demora na hora de votar e do calor no local.

Segurança em Trizidela do Vale/Foto: Sandro Vagner

A Polícia Militar, que mantém a ordem, até o fechamento da matéria, disse que não foi registrada nenhuma ocorrência.  

Trizidela do Vale dispõem de 15 locais de votação

57 Sessões

Aptos a votar: 15.309 eleitores

904 títulos eleitorais foram cancelados

Suspensos: 122 títulos

Veja seu local de votação

Clique Aqui

O Blog agradece a colaboração dos servidores do Cartório Eleitoral de Pedreiras.

Eleições 2018: Utilidade pública: proibição de manuais de fiscais e delegados com foto de candidato na capa ou contracapa

Itaércio Paulino da Silva – Juiz Plantonista

Atenção senhores e senhoras fiscais que irão trabalhar nas eleições desse domingo. O Juiz plantonista Itaércio Paulino da Silva, do Estado do Maranhão, defere parcialmente pedido de liminar para retirada da foto, número e nomes, da capa e contracapa dos manuais de fiscalizações.

Leia  na íntegra o deferimento

 

Eleições 2018: Bolsonaro tem 42,6%; Haddad 27,8%; e Ciro 11,5% dos votos válidos, aponta pesquisa CNT/MDA

Pesquisa CNT/MDA, divulgada neste sábado (6) pela CNT (Confederação Nacional do Transporte), confirma a tendência de crescimento de Jair Bolsonaro (PSL) e de um segundo turno entre o capitão reformado e Fernando Haddad (PT).

Bolsonaro apareceu com 42,6% das intenções de votos válidos na pesquisa estimulada e Haddad, com 27,8%.

Ciro Gomes (PDT) registrou 11,5% e Geraldo Alckmin (PDT) 6,7%.

Na sequência, vêm João Amoêdo (NOVO) com 2,7%, Marina Silva (Rede) com 2,6%, Alvaro Dias (Podemos) com 2%, Henrique Meirelles (MDB) com 1,9%, Cabo Daciolo (Patriota), 1,5%.

Os demais candidatos não chegaram a 1%. Brancos e nulos são 7,8% e os indecisos, 6%.

A pesquisa foi realizada entre quinta (4) e sexta-feira (5), com 2.002 entrevistados em 137 municípios de 25 estados. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos. A sondagem está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), sob o número BR-04819/2018.

Bolsonaro cresceu 7,3 pontos, considerando os votos válidos, em relação à pesquisa anterior do instituto, de feita entre 27 e 28 de setembro. Haddad perdeu 3,7 pontos, em comparação com a sondagem anterior.

Em simulação de segundo turno, Jair Bolsonaro venceria Fernando Haddad por 45,2% a 38,7%.

O capitão reformado também derrotaria Alckmin, por 43,3% a 33,5%, mas aparece em situação de empate técnico num confronto com Ciro Gomes: 41,9% para Bolsonaro e 41,2% para o ex-governador cearense.

Segundo a pesquisa CNT/MDA, a rejeição de Haddad ultrapassou a de Bolsonaro. O petista não teria o boto de 53,2% dos eleitores e Bolsonaro, de 50,2%.

fonte: folha.uol.com.br

Mundo: Aos 85 anos, morre a soprano espanhola Montserrat Caballé

Montserrat Caballé era considerada a melhor soprano do século 20 – Alejandro García/Reuters/Direitos Reservados

Aos 85 anos,  morreu hoje (6), em Barcelona, a soprano espanhola Montserrat Caballé. Ela estava internada, no Hospital Sant Pau, desde o mês passado em decorrência de uma doença crônica, não revelada.

O corpo da cantora será velado amanhã (7) e enterrada segunda-feira (8), em Barcelona.

Considerada por muitos críticos como a melhor soprano do século 20,  Montserrat Caballé apresentou-se em diversos palcos mundo interpretando obras como La Serva Padrona, de Pergolesi; Così Fan Tutte, de Mozart; Norma I Puritani, de Bellini.

Em seu repertório também se destacaram Il TrovatoreLa TraviataUm Ballo in Maschera e Aida, todas de Giuseppe Verdi. 

A artista também interpretou as heroínas Isolda e Sieglinde, de Wagner, assim como as de quatro obras de Giacomo Puccini: ToscaLa BohèmeMadame Butterfly e Turandot.

Montserrat Caballé conquistou um prêmio Grammy e foi agracia com o Príncipe de Astúrias das Artes em 1991, a mais alta distinção concedida na Espanha.

*Com informações da Agência EFE

fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

Eleições 2018: TSE libera eleitor para votar com camiseta de candidato

Por unanimidade, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu hoje (5) orientar a Justiça Eleitoral a liberar o uso de camisetas de candidatos pelos eleitores nos locais de votação neste domingo (7), primeiro turno das eleições.

Conforme a decisão, o eleitor poderá usar camiseta com nome de seu candidato preferido, mas como forma de manifestação individual, sem fazer propaganda eleitoral a favor dele.

De acordo com a lei eleitoral, está proibida a aglomeração de pessoas com vestuário padronizado, além de manifestações coletivas e ruidosas e qualquer tipo de abordagem, aliciamento ou persuasão de eleitores. A camiseta não pode ser distribuída pelo candidato.

A questão foi decidida a partir de um questionamento do Ministério Público Eleitoral (MPE) diante de divergências criadas na atuação de promotores eleitorais em todo país, responsáveis pela fiscalização de propaganda eleitoral irregular.

Em todo o país, ambulantes aproveitaram o engajamento dos eleitores no pleito para comercializar camisetas de candidatos.

De acordo com o MPE, a lei eleitoral proíbe a distribuição de material de campanha no dia da eleição, como adesivos, broches, adesivos, mas a norma é omissa sobre o vestuário do eleitor.

Neste domingo (7), os eleitores votam, em primeiro turno, para presidente da República, governador, senador, deputado federal e deputado estadual. O segundo turno será no dia 28 deste mês.

fonte: agenciabrasil.ebc.com.br