Lima Campos: Inauguradas as novas instalações do Palácio Municipal

Palácio Municipal “Vani Amorim” – Lima Campos/Foto: Sandro Vagner

Há um ano a Administração Municipal de Lima Campos vinha trabalhando para modernizar o Palácio Municipal, prédio onde funciona o gabinete do Prefeito Jaílson Fausto, e algumas secretarias. Centralizado, ao lado de uma Praça, o Palácio Municipal já é considerado pelos limacampenses, sendo mais um cartão postal da cidade, dentre outros que chamam à atenção, principalmente quem passa pela MA – 122, que dá acesso a outros Municípios. Denominado Vani Amorim, a homenagem é justa a um dos filhos adotivos da Terra, que construiu no local, um supermercado, para àquele tempo, foi considerado o primeiro shopping center do interior do Maranhão, com várias lojas. Fato que foi citado pela filha do homenageado, Dalvani Amorim, durante um breve histórico de seu pai.

Hoje (15), quando o Município completa 56 anos de emancipação política, o Prefeito Jaílson Fausto, ao lado do vice-prefeito, Estevinho, e várias autoridades, fez a entrega do Palácio Municipal. Antes da inauguração, convidados saíram em caminhada, da casa do Prefeito até o local do ato político, onde centenas de pessoas já aguardavam por mais esse momento que ficará na história de Lima Campos. História, diga-se de passagem, que foi contada detalhadamente pelo ex-prefeito, Edson Sá, desde os primeiros responsáveis pelo início do progresso, se referindo aos escravos, até os dias de hoje, onde classificou a gestão atual como um grande exemplo para todo o Estado do Maranhão.

Edson Sá – Ex-prefeito de Lima Campos (D)/Foto: Sandro Vagner

Inúmeras obras já foram concretizadas e outras ainda em andamento, mas o Prefeito Jaílson Fausto escolheu a entrega do Palácio Municipal, para representar as demais, que ele, em seu discurso, fez questão em dizer que ainda irá a todos os povoados, principalmente, onde tem a marca de seu governo, e que ao lado de seu Vice-prefeito, Estevinho, o trabalho continuará, onde citou por exemplo, a construção de um centro de saúde voltado especialmente às mulheres de Lima Campos.

Momentos da benção e descerramento da fita inaugural/Fotos: Sandro Vagner

O ato solene de inauguração do Palácio Municipal foi marcado pela bênção do Padre Luís, e em seguida teve o descerramento da fita inaugural. Autoridades e convidados visitaram as dependências do prédio, e se encantaram com tamanha estrutura e conforto oferecido a todos os servidores que trabalham no local.

Jaílson Fausto – Prefeito de Lima Campos/Foto: Sandro Vagner

“Estou muito gratificado, muito feliz em estar inaugurando, hoje, o nosso prédio, representando todas as obras. A população veio em peso prestigiar. Nós vamos continuar nesse mesmo caminho, para que a gente possa ter uma Lima Campos cada vez melhor; uma Lima Campos com justiça social, que é meu grande propósito em ajudar o povo da cidade em trabalhar lado a lado do nosso agricultor, para que a gente possa ter uma zona rural cada vez mais forte, mais eficiente, e renda para as famílias.” Destacou o Prefeito, Jaílson Fausto.

Sérgio Sombra (ao lado do Prefeito Jaílson) – Representando o governador Flávio Dino/ Foto: Sandro Vagner

O governo do Estado foi representado pelo Dirigente da JUCEMA, Sérgio Silva Sombra, que avaliou como exemplo, que Lima Campos estar dando, não só ao Maranhão, mas até pra o Brasil, se referindo as notícias negativas nos noticiários, sobre diversas prefeituras que estão passando em dificuldade para honrar salários. Sergio Sombra, destacou ainda a vantagem da prefeitura, que além de pagamento em dia, continua fazendo uma série de investimentos, e um deles, segundo o representante do Governador Flávio Dino, é o prédio da Prefeitura, onde foi classificado por ele como uma vitrine para o Médio Mearim.

Foto: Sandro Vagner

A festa continua logo mais à noite com dois grande shows, Zequinha Ribeiro e Banda, e o cantor Jonas Esticado, que vão se apresentar na Praça de Eventos.

Fotos: Sandro Vagner

Parabéns, Lima Campos! Pelos seus 56 anos de emancipação política!

Pedreiras: Após abordagens dois homens foram conduzidos por porte de arma ilegal

Fotos: 19º BPM – Pedreiras – MA

Hoje (14), por volta das 17h, a Polícia Militar, através da Força Tática, durante uma abordagem de rotina no Povoado São Raimundo, Município de Pedreiras, mais precisamente no Bar do Raimundo, os policiais fizeram a condução de dois homens, que segundo o boletim informativo, estavam de posse de duas armas de fogo. Edivan Ramos Leal e José de Ribamar Vieira da Cruz foram conduzidos para a delegacia de polícia onde foram apresentados sem lesões corporais.

Art. 14. Portar, deter, adquirir, fornecer, receber, ter em depósito, transportar, ceder, ainda que gratuitamente, emprestar, remeter, empregar, manter sob guarda ou ocultar arma de fogo, acessório ou munição, de uso permitido, sem autorização e em desacordo com determinação legal ou regulamentar:

Pena reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa.

Parágrafo único. O crime previsto neste artigo é inafiançável, salvo quando a arma de fogo estiver registrada em nome do agente. (Vide Adin 3.112-1)

Material encontrado:
01 revólver calibre 38 marca Rossi N° J001929 com 04 munições não deflagradas.

01 revólver calibre 38 marca Taurus N° 1915655 com 06 munições não deflagradas.

R$1.605, 00 (Mil e seiscentos e cinco  reais)

Formaram a Guarnição da  FT Volante: Cabo PM Ricardo, Soldado PM Brasileiro e Soldado PM Falcão.

Brasil: Idosos são desrespeitados todos os domingos durante programa na Globo

Foto: Internet
Estatuto do Idoso
 
Art. 3º – É obrigação da família, da comunidade, da sociedade e do Poder Público assegurar ao idoso, com absoluta prioridade, a efetivação do direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária.
 
Todos os domingos durante o quadro “Vídeo Cassetadas”, do programa “Domingão do Faustão”, na Rede Globo de Televisão, o apresentador Fausto Silva, desrespeita a Lei. Sempre que aparece um IDOSO, ele com a maior gozação diz o seguinte: “Olha lá a velha. Veja o que fez o bebum, olha o velho”.
 
Foto: Internet
E o respeito, que está no conteúdo do Art. 3º da Lei LEI No 10.741, DE 1º DE OUTUBRO DE 2003, como fica?
 
Será se as autoridades ou até mesmo a direção da emissora, que se diz tão conservadora, ainda não se atentou para tamanho absurdo desse cidadão?

Brasil: Regulamentação do fumo no país poderá ter mudanças

A proibição do fumo em lugares públicos é uma das medidas que tem dado bons resultados. (Foto: Divulgação)

BRASÍLIA – A forma de exposição e venda de cigarros e outros produtos derivados do tabaco poderá ser regulamentada este ano pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A questão já passou por consulta pública e será analisada na primeira reunião da diretoria colegiada da agência, marcada para a próxima terça-feira (16), em Brasília.

Entidades que defendem as políticas de controle do tabagismo argumentam que a exposição nos locais de venda é usada pela indústria como propaganda, proibida atualmente no Brasil pela Lei Antifumo. A tendência é que haja restrição na forma como os comerciantes deixam os maços ou carteiras de cigarro e outros produtos fumígenos expostos em vitrines ou locais que atraiam os consumidores.

Cigarros com aditivos no STF

A discussão sobre outras medidas de controle do uso do tabaco também deve se destacar na agenda do Judiciário e do Legislativo em 2018. Logo após o recesso, em fevereiro, o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) deve analisar a proibição dos aditivos de cigarro. O assunto foi colocado em pauta no ano passado pelo menos nove vezes, mas o julgamento foi adiado para o dia 1° de fevereiro.

“O Brasil foi um dos primeiros países que promulgaram uma legislação proibindo os aditivos no cigarro. A gente sabe que esses aditivos, como baunilha, chocolate, menta, são colocados nos produtos pra atrair crianças e adolescentes para iniciação [do fumo]. É um assunto bem importante pra saúde pública”, destacou a consultora no Brasil da União Internacional contra a Tuberculose e Doenças Pulmonares (The Union), Cristiane Vianna.

Aumento da tributação

Na Câmara dos Deputados, os ativistas pelo fim do tabagismo trabalham pela aprovação de projetos de lei que aumentam impostos sobre a produção de cigarros e outros produtos derivados do tabaco. Entre as propostas em análise pelos parlamentares, há medidas que visam criar tributos sobre o tabaco para estimular a redução do consumo do produto e direcionar os recursos arrecadados para ações de prevenção e tratamento de doenças causados pelo fumo.

Um dos projetos em debate (PLP 4/2015) estabelece a criação da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) sobre a fabricação e importação do tabaco e seus derivados. A arrecadação da chamada Cide Tabaco deve ser destinada, segundo o projeto, ao financiamento do tratamento de doenças causadas pelo fumo em hospitais da rede pública. O valor destinado às vítimas seria calculado com base na alíquota de 2% sobre o lucro dos fabricantes ou importadores de tabaco.

Um dos objetivos é fazer com que o fumo se torne inviável economicamente para boa parte das pessoas, principalmente entre os adolescentes, fase na qual se inicia o consumo de cigarro em 90% dos casos, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Dois em cada dez estudantes do ensino fundamental já experimentaram cigarro, segundo a última Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (Pense), de 2015.

Um quarto dos estudantes compra o cigarro em loja ou botequim e quase 40% dos jovens compram escondidos ou pedem para alguém comprar. Mais da metade dos estudantes que participaram da pesquisa já presenciou pessoas que faziam uso do cigarro e quase 30% deles tem pais ou responsáveis fumantes.

“Tributação sobre tabaco é fundamental para reduzir o consumo em dois grupos populacionais que são os mais vulneráveis para o tabagismo: é evitar que os jovens comecem a fumar e reduzir o tabagismo entre pessoas de baixa renda, que são os mais expostos, os que mais fumam. A ideia não é penalizar essas pessoas, é tentar evitar que elas sofram, porque são as que mais adoecem, mais morrem por problemas relacionados ao tabagismo”, afirmou a pesquisadora e coordenadora do Centro de Estudos sobre Tabaco e Saúde da Fiocruz. Valeska Carvalho Figueiredo.

Continue lendo

Loteria: Três apostas dividem prêmio de R$ 12 milhões da Mega-Sena

O próximo sorteio da Mega-Sena ocorre na quarta-feira (17). (Foto: Reprodução)

SÃO PAULO – Três apostas acertaram as seis dezenas sorteadas pela Mega-Sena na noite desse sábado (13) e cada uma levará R$ 4.095.573,45. Os números foram 01-05-14-23-35-45. O sorteio foi realizado em Pomerode (SC).

Os ganhadores são das cidades de Curitiba, Júlio de Castilhos (RS) e Santa Rita do Passa Quatro (SP).

Além dos acertadores das seis dezenas, também houve 79 apostas vencedoras da Quina, com prêmio de R$ 28.198,54; e 6.444 acertadores da Quadra, que receberão R$ 493,85 cada.

O próximo sorteio da Mega-Sena ocorre na quarta-feira (17) e o prêmio é estimado em R$ 12 milhões, de acordo com a Caixa Econômica Federal.

Fonte: agenciabrasil.com.br

Mundo: Avião derrapa na pista e cai em barranco na Turquia

O aeroporto chegou a ser fechado brevemente, mas reabriu neste domingo de manhã
(foto: STRINGER / IHLAS NEWS AGENCY / AFP)

Um avião que aterrissava no sábado à noite no aeroporto de Trabzon, no norte da Turquia, saiu da pista e quase caiu na água, mas finalmente não houve feridos entre passageiros e tripulantes.

Os 162 passageiros e os seis tripulantes do avião da companhia Pegasus Airlines, procedente de Ancara, foram evacuados em segurança da aeronave e ninguém ficou ferido, segundo a empresa.

As imagens da rede CNN Turquia mostram o avião parado perigosamente no limite de um precipício nas margens do Mar Negro.

Em outras imagens publicadas pela agência Dogan, fumaça preta era vista saindo do dispositivo.

No momento, as causas do incidente são desconhecidas, segundo o governado da região.

Uma das passageiras, Fatma Gordu, explicou à agência Anadolu o pânico que os passageiros viveram. “Começamos a inclinar-nos para o lado e depois para frente, houve uma onda de pânico, as pessoas gritavam”.

O aeroporto chegou a ser fechado brevemente, mas reabriu neste domingo de manhã.

Fonte: em.com.br

Minas Gerais: Grave acidente entre cinco veículos deixa ao menos sete mortos em Minas

A batida foi perto de Bocaina, no município de Grão Mogol e ocorreu por volta das 5h
Um acidente envolvendo cinco veículos na BR-251, no Norte de Minas, causou ao menos sete mortes. A batida foi perto de Bocaina, no município de Grão Mogol e ocorreu por volta das 5h deste sábado, segundo informações iniciais da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O acidente aconteceu no km 400, num trecho considerado perigoso. Além de sinalização foram colocados redutores de velocidade no local.

 
De acordo com o Corpo de Bombeiros, o acidente foi entre um automóvel, uma carreta, duas vans e um micro-ônibus. Equipes do Corpo de Bombeiros, Samu e Polícia Rodoviária Federal estão no local. Ao todo, foram 46 vítimas. Além dos sete mortos, uma pessoa foi socorrida em estado gravíssimo, 11 em estado grave e 27 com ferimentos leves.
 
O atendimento às vítimas envolveu três viaturas dos Bombeiros, 23 do Samu e quatro da Polícia do Militar, incluindo uma aeronave. Todas as vítimas já foram transportadas para atendimento médico. Duas vítimas foram levadas um hospital em Montes Claros, e as demais encaminhadas para Salinas e Francisco Sá. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a pista está totalmente interditada, sem previsão para liberação.

Pedreiras: Colégio e Faculdade São Francisco dispõem de vagas de empregos

O Grupo Educacional São Francisco, ligado a FAESF – Faculdade de Educação São Francisco, e ao Colégio São Francisco, está precisando de profissionais nas seguintes áreas:

Serviços Gerais (Porteiro e Zelador) e Agente de marketing. Os interessados deverão entregar currículo até quarta-feira 17/01, na recepção da FAESF, das 16h as 21h,  sendo que, o candidato deve colocar no currículo a vaga que pretende almejar.

Para mais informações procure a direção da instituição, no próprio prédio.   

Boa sorte!

Pedreiras: A expectativa da prestação de contas da gestão municipal

Não foi uma mera coincidência escrever esse editorial em pleno 13 de janeiro, pra muitos, essa data significa sorte, mas para outros o décimo terceiro numeral é pleno de azar. Para mim, que não tenho e nem acredito em superstições, é um dia comum para expressar minha ideia, minha liberdade de escrever e tentar, de certa forma, avaliar, não subestimar, as atitudes que incluem erros e acertos durante os 377 (trezentos e setenta e sete dias) da gestão Municipal, que tem à frente o ex-vereador, servidor municipal e atual prefeito de Pedreiras, Antônio França, que nos últimos dias vem vivendo intensos e tenebrosos momentos negativos, que apesar dos comentários desfavoráveis quanto ao atraso no pagamento dos servidores, mostra-se tranquilo, sereno e confiante em reverter essa situação, que já é um ponto positivo do gestor.

Antes de irmos ao ponto específico desse relato, que é a prestação de contas de seu primeiro ano de governo, não seremos ingratos em apontar uma certa vantagem que já pontua diante à população que o elegeu, que apesar dos pesares, o governo Honra e Trabalho, acertou, sim, em alguns pontos, mas não o suficiente para respaldar-se de elogios que venham colocar um ponto final aos atos que, pelo próprio, talvez, pela força de acertar e, por ser marinheiro de primeira viagem, tenha deixado escapar o controle da máquina que puxa o trem, que ainda luta para colocá-lo nos trilhos. Mas como a linha é de ferro e os dormentes são madeira de lei, ainda há tempo de chegar a próxima estação e desembarcar com tranquilidade, desde que o maquinista tenha pulso forte para controlar os vagões que tendem a desencarrilhar.

É notório e real que não existe nenhuma obra que tenha chamado à atenção da gestão municipal nesse primeiro ano de administração do Prefeito Antônio França. Boa vontade até existiu e, podemos até enumerar, como por exemplo, a construção da obra no calçadão que não passou de um local rodeado de tapume, e a história todos já sabem o final; a vitalização do bosque seringal, que por sua vez, já fora iniciada, mas do nada, parou; foi retomada, voltou e parou novamente, e, por último, já foi anunciada que poderá recomeçar mais uma vez. As duas obras, se concluídas, acho que essa é a intenção do governo, fará com que a pontuação drástica da gestão, dará, com certeza, um passo importante para mudar a opinião pública.

Apesar da distância, e pelo visto pouca gente tem conhecimento, até pela falta de informações com mais precisão e mais garra, por parte da assessoria de comunicação, informo que, uma das grandes questões que afetaram negativamente a gestão passada, a ponte do Povoado Santa Edwiges, está sendo construída, e já está praticamente concluída, fato que foi repassado à nossa redação por um dos parlamentares de sustentação do governo, o vereador Jossival Saturnino. Todos são sabedores que a referida ponte foi uma nuvem negra que pairou sobre a administração passada, onde material chegou a ser desperdiçado, e a verba para tal, que cogitava-se em 100 mil reais, teria tomado sumiço. Então, eu classificaria como a única e de grande utilidade nessa administração, uma obra que vai beneficiar os moradores de Pedreiras e Santo Antônio do Lopes, já que a mesma está no extremo geográfico que une os dois Municípios; mas parece que foi só!

Existiram até outras ações, mas de minúsculos porte que podem até ter contribuído como ponto positivo da gestão Honra e Trabalho, mas ainda é preciso muito, mas muito mesmo para atingir o ego da população que anseia por dias melhores. Os atos do governo como por exemplo, o social, é importante para uma comunidade, mas o povo quer mais, e quando se trata de gestão Municipal, àquilo que está à vista parece ser mais importante, para quem acreditou em dias melhores, baseado nas promessas de campanha com a tão anunciada mudança e soluções para isso ou para àquilo.

No ano passado, o Município de Pedreiras foi contemplado pela transferência de recursos, que rendeu a bagatela de R$ 59.849.856,95 (cinquenta e nove milhões, oitocentos e quarenta e nove mil, oitocentos e cinquenta e seis reais e noventa e cinco centavos). Todo esse montante foi com certeza aplicado no Município, através da gestão Honra e Trabalho. Aí, é que vem a grande questão do início desse editorial; se o governo Municipal já anunciou que no próximo dia 17 de janeiro, irá realizar uma prestação de contas, segundo o texto da redação, das principais ações da gestão referente ao ano passado (2017), resta saber se existe essa possibilidade das contas baterem com tamanho valor em cifra, e como isso será possível! Claro, que tudo vem sendo acompanhado por assessores especiais, e até mesmo pela contabilidade do Município. Não tenho dúvida e sei que o gestor já deve ter tomado conhecimento de tudo que foi realizado em sua gestão durante seu primeiro ano de governo, isso, graças a uma prestação de contas preliminar que foi realizada por seu secretariado e diretores de departamentos, e teve o acompanhamento de dois consultores; mas, mesmo assim, o jogo de cintura terá que ser bem convincente, afinal, tecnicamente, paralelo, governo e assessores devem ter uma conduta firme muito especial para convencer e tirar dúvidas reais de muita gente, por exemplo, ter deixando atrasar pagamento de servidor, fato que tem sido um grande e doloroso calo no pé da administração.

Como quem tem boca, fala o que quer. Quem tem ouvido, ouve o que não quer. Nada será mais justo que acompanhar essa audiência pública e tirar de vez todas as dúvidas sobre uma administração Municipal, que só ela saberá explicar o rumo desse trem que ainda tem uma longa estrada pela frente.

Um homem é o produto de seus pensamentos. O que ele pensa, ele se torna. (Mahatma Gandhi)

Então, vamos continuar acreditando!

Sandro Vagner

Brasil: MPF pede que Moro reconheça que recibos de Lula são falsos

Prédio onde fica apartamento de Lula em São Bernardo do Campo (Marcelo Gonçalves/Sigmapress/Folhapress)

Em alegações finais ao juiz Sergio Moro, a força-tarefa da Operação Lava Jato pediu que sejam reconhecidos como “ideologicamente falsos” os recibos entregues pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para comprovar aluguel do imóvel vizinho à sua residência em São Bernardo do Campo (SP).

Lula é réu em ação penal que investiga duas supostas formas de pagamento de vantagens indevidas da empreiteira Odebrecht: a primeira é um terreno onde seria a sede do Instituto Lula, em São Paulo, no valor de 12 milhões de reais; a segunda é o aluguel de apartamento avaliado em 504.000 reais, vizinho à residência de Lula no ABC. A Lava Jato sustenta que o ex-presidente nunca pagou pelos imóveis até 2015 e abriu investigação sobre os comprovantes de aluguel entregues pelo petista.

Segundo o MPF, Lula criou os documentos para dar “falso amparo” ao argumento de que o apartamento vizinho ao seu era alugado. “Documentos ideologicamente falsos não fazem prova de pagamento ou quitação. Ao contrário, a falsidade do recibo concorre francamente para confirmar os matizes criminosos dos atos que tentam, em vão, lastrear” conclui o órgão nas alegações finais.

O engenheiro Glaucos da Costamarques, primo do pecuarista José Carlos Bumlai, amigo de Lula, é apontado como laranja do ex-presidente na aquisição do terreno e do apartamento. Lula apresentou os recibos de pagamento assinados por Costamarques em setembro deste ano. Parte do material tem os mesmos erros gramaticais e há datas nos documentos que não existem no calendário, como “31 de novembro”.

Fonte: veja.com.br