Apresentação do Projeto do Instituto Conexão Viver aos Vereadores Gerou Bate-boca e Desconfiança

 
 
Os vereadores de oposição pareciam estar adivinhando, que não seria nada fácil bater de frente com os representantes do Instituto Conexão Viver, que foram ontem (18) à Câmara explicar os atos jurídicos e técnicos do projeto, que pretende firmar parceria (terceirizar) o Hospital Municipal e Maternidade de Pedreiras.
 
 
Durante sua explanação, a advogada, senhora Paulina, tentou, pelo menos explicar aos vereadores presentes, secretário de saúde Paulo Rogério e aos conselheiros de saúde, o que seria o Instituto Conexão Viver, que segundo ela já atua em alguns municípios do Piauí e Maranhão, citando com exemplo: Caxias e Picos. Paulina disse que há seis meses estão fazendo uma avaliação na cidade, mas quando questionda pelos vereadores e o presidente do COMUS, Francisco Magno “Pelezinho”, foi cobrado por ele, que o Conselho Municipal de Saúde não foi procurado em nenhum momento pelos representantes do instituto. Questinou ainda, como ficaria o conselho caso o projeto seja aprovado. A advogada pediu desculpas e disse que essa parceria será indispensável.
 
Paulina (Advogada do Instituto)
 
Os vereadores Marcos Louro, Elias Bento, Antônio de França, Otacílio Fernandes e Everson Veloso, fizeram várias perguntas, mas quando foi perguntada a advogada, que citasse o desenvolvimento, atuação do Conexão Viver nos outros municípios, a senhora Paulinha disse que seria falta de ética informar as ações do instituto. Então, gerou um bate-boca bastante acirrado entre ela e os vereadores Elias Bento, Everson Veloso, Antônio de França e Otacílio Fernandes, que a interrogaram da seguinte forma: “Como seria possível a população tomar conhecimento do trabalho do Instituto, se a representante disse que era falta de ética informar o que todos queriam saber? Como, eles, vereadores iriam dizer que a saúde de Pedreiras iria melhorar, se os representantes se negavam  a informar essas e outras questões nos municípios que, segundo a advogada, o Instituto está dando certo?”
 
 
Preparados, os vereadores de oposição Antônio de França, Otacílio Fernandes e Everson Veloso, munidos de documentos através da Receita Federal, tiveram a curiosidade de fazer uma pesquisa sobre o endereço, telefone e CNPJ do Instituto, de acordo com a identificação que foi repassada aos vereadores, e nada bateu com o que está no projeto. Mais uma vez, outra grande polêmica, mas logo a advogada tratou de consertar, e pediu a Presidente do Instituto, senhora Patrícia Gomes Baptista, que repassasse um anexo, que estaria todas as informações corretas, pois, segundo a advogada, estão acontecendo mudanças, transições, por isso apareceram outras empresas, outros endereços e outro CNPJ. Inclusive, disse que, o Instituto “Estrada Real“, que apareceu na pesquisa que fica em Goiás, e sobre o telefone, que caiu em outra empresa “Base Construtora“, são parceiras do Instituto Conexão Viver.
 
COMUS e convidados
 
Tudo isso deixou os vereadores de oposição de orelha em pé. Nem mesmo os aliados do Prefeito Totonho Chicote sabiam dessa informação, pois, quando o vereador Otacílio fez a pergunta sobre endereços e outros ítens desencontrados, o vereador Marcos Louro disse que tudo estava na identicação do projeto, somente após as explicações da Dra Paulina, foi que todos descobriram que estavam com endereços, CNPJ e telefones de outras empresas em mãos.
 
 
A aprovação ou não do projeto deverá acontecer na próxima segunda-feira (21).
 
 
 

Se depender da oposição, não passa não, mas como o governo tem a moioria dos vereadores, então eu acredito que, se o Prefeito quiser que seja votado e aprovado, com certeza será, pois a maioria é do governo. Fazendo uma análise desse projeto, observei que é um passe de mágica. Como é que o município só dispõe de R$ 410.000,00 (quatrocentos e dez mil reais) para média-complexidade, e está orçando o projeto em R$ 1.557.000,00 (um milhão, quinhentos e cinquenta e sete mil reais), de onde é que vem esse recurso? A Dra. Paulina que fez a apresentação do projeto, disse que em Brasília tem como conseguir esse recurso para implantar em Pedreiras! Eu vejo uma dificuldade muito grande dos gestores da saúde de Pedreiras, buscar recurso; e ela vem apresentar com uma facilidade que não tem tamanho. Questionei qual era a mágica que ia aplicar pra traser esse recurso pra Pedreiras, e, ela disse que se eu fosse pros sites, eu iria ver que Pedreiras tem esses direitos nesses recursos. Se tem direito, por que o gestor atual não vai atrás? É preciso contratar uma empresa, um instituto de fora, que ninguém sabe de onde é, pra vim administrar esse recurso em nossa cidade?“. Palavras do vereador Otacílio Fernandes.
 
Patrícia Baptista (Presidenta do Instituto) –
Paulo Rogério (Secretário de saúde de Pedreiras)
 
Ninguém na Câmara se atentou para outra preocupação. E os funcionários, serão contratados por esse instituto, ou será que não vem todo mundo de fora? Por que o projeto é um manjá dos deuses. Tem de tudo de bom e do melhor.
 
Mais um alerta. Como o Hospital e a Matenidade não funcionam em prédio próprio, como ficará a situação da locação junto à proprietária?
 
Senhores vereadores, dignos representantes dessa população, sejam sensatos, para depois não terem pesadelos mais à frente.

 

Policiais civis do Maranhão entram em greve por tempo indeterminado

Greve anterior da categoria começou dia 3 de agosto e terminou no dia 10 do mesmo mêsGreve anterior da categoria começou dia 3 de agosto e terminou no dia 10 do mesmo mês

Em assembleia realizada na tarde desta sexta-feira no auditório do Sindicato dos Bancários , em São Luís, os policiais civis do Maranhão decidiram entrar em greve por tempo indeterminado. Dia 10 de agosto, a categoria encerrou o movimento paredista que já durava uma semana para aguardar uma contraposta do Governo do Estado para suas reivindicações.
 
A greve anterior da categoria começou dia 3 de agosto e terminou no dia 10 do mesmo mês. Após essa data, os policiais iniciaram o chamado estado de greve, ou seja, a qualquer momento eles poderiam iniciar um novo movimento paredista.
 
Os policiais civis querem a recomposição salarial tendo como base os vencimentos dos delegados. Atualmente, segundo o Sindicato dos Policiais Civis do Maranhão (Sinpol), os policiais civis recebem aproximadamente R$ 3.900,00, valor que seria equivalente a somente 20% dos salários dos delegados.
 
Eles reivindicam também melhoria nas condições de trabalho, reestruturação do subsídio com base nas tabelas apresentadas pelo governo, além de aumento do efetivo e investimento nas áreas de tecnologia e inteligência.
 
Na ocasião, cerca de 1.800 policiais, segundo o Sinpol, aderiram ao movimento, que suspendeu o atendimento em delegacias e impediu que os cidadãos efetuassem procedimentos comuns, como registros de ocorrência, por exemplo.

fonte: oestadodomaranhao

Mandado Culmina Com a Prisão de Rambo

 
Rambo Cross
foto: Facebook
 
As informações sobre a prisão do conhecido “Soldado Rambo”, segundo a Delegada Marília Vasconcelos, foi em cumprimento a um mandado de prisão, sobre a condenação de um crime ocorrido no ano de 2003, atentado violento ao pudor com violência presumida, mas a delegada não soube informar, se Rambo recorreu da sentença.
 
O crime pelo qual “Rambo” foi sentenciado, não existe mais, havia apenas na época do cometimento. Segundo a Delegada, antes da alteração legislativa havia atentado violento ao pudor e estupro. Hoje as duas modalidades estão abrangidas no crime de estupro.
 
No caso do crime de violência presumida, seria em virtude da idade da vítima. “O atentado ao pudor era um ato libidinoso diverso da conjunção carnal (relação sexual normal), antes havia crime de estupro (conjunção carnal), agora tudo é considerado estupro” disse a Delegada.
 
Rambo é muito popular na cidade, e por sua presteza, foi condecorado pelo Major Maurício então comandante do 19º BPM de Pedreiras, com uma placa, pelos relevantes trabalhos prestados ao Batalhão.

TCE do Maranhão Ainda Não Atualizou Nome do Presidente da Câmara de Trizidela do Vale?

                             Francisco Freire                                             Francisco Martins                                      
 
Uma grande polêmica foi gerada em torno da prestação de contas do município de Trizidela do Vale, que teria desaparecido da Câmara de Vereadores, referente ao exercício de 2013. Mas após grandes bons e maus entendidos, as contas apareceram. Mas a confusão mesmo se formou sobre a assinatua do então presidente vereador Francisco Martins Pereira “Corró”, que teria assinado no lugar do atual presidente, que por ironia tem o mesmo primeiro nome, Francisco. Corró alegara que por não ter lido o nome acima do ofício, teria assinado no lugar de Francisco Freire Araújo Veras “Chicutinha”.
 
Parace que o caso foi esclarecido e tudo aparentemente está indo muito bem.
 
Mas, ontem (17), para nossa surpresa, o Blog recebeu uma cópia de um ofício encaminhado à Câmara, em nome do então presidente Francisco Martins Pereira, datado em 09 de julho de 2015, informando sobre a prestação de contas do poder executivo referente ao exercício de 2010.

Fica a seguinte interrogação: Ou não comunicaram ao TCE, que a Câmara já tem um novo presidente, que também é “Francisco”, ou o prórpio Tribunal de Contas do Estado precisa atualizar seus dados.
 
Aguardando resposta de ambas as partes. 
 
 
Tô certo, ou tô errado? (fala do personagem Sinhozinho Malta – Roque Santeiro. Interpretado por Lima Duarte)

Realizada a Semana do Recuperando Apaqueano em Pedreiras

 
 
Foi uma semana recheada de diversas atividades, que incluiu esporte, missa, literatura, exposição de arte de autoria do artista plástico Balbino Pacheco e várias palestras aos recuperandos da APAC de Pedreiras.
 
A pomotora de justiça Sandra Soares de Pontes participou das atividades, realizando uma palestra a respeito da poesia e seus derivados.
 
 
 
Na programação desta sexta-feira, familiares puderam se confraternizar com os recuperandos, participando de um almoço.
 
Essas ações da APAC tem um só objetivo: Reconstruir o Homem.
 
Os nossos parabéns a toda diretoria e aos apaqueanos!

fotos: Ministério Público

Procissão Marcou o Encerramento do Festejo das Chagas de São Francisco em Pedreiras

 
 
Todo ano os moradores da Avenida Duque de Caxias e adjacentes comemoram as Chagas de São Francisco. Missas, quermesse e muita animação. Sempre na última noite acontece a procissão com a imagem de São Francisco das Chagas, que percorre algumas ruas do bairro Seringal.
 
Uma missa em frente a Capela, que foi celebrada pelo padre José Geraldo, levou muitos fieis a refletirem sobre a importância da comemoração e o objetivo principal, que é fazer o bem sem olhar a quem.

Padre José Geraldo e Maria Onilde
(uma das fundadoras do festejo)
 
A Avenida Duque de Caxias ficou lotada de fieis, e muitos aproveitram para colocar outras imagens em frente as casas, por onde passou a procissão. 
 
 
 
 
 
fotos: Bete Costa

Reunião Extraordinária na Câmara de Vereadores de Pedreiras Pode Terceirizar a Saúde do Município

 
 
Os vereadores de Pedreiras foram convocados para  logo mais ás 19h (dezenove horas), de uma sessão extraordinária, para discutirem o Projeto de Implantação de Serviços Médicos e de Apoio Técnico Ambulatorial e Hospitalar e Operação de Serviço de Saúde, no hospital Municipal e Maternidade de Pedreiras.
 
Sabem o que isso significa? Que poderemos ter o Hospital e Maternidade terceirizados. 
 
 
 
A convocação pegou a maioria dos vereadores de surpresa. Será que vai ter número suficiente, já que estamos em plena sexta-feira?
 
Vamos aguardar!

Partido Solidariedade começa a discutir proposta de desenvolvimento para Pedreiras.

 
                                              

                                 

      
Ontem (17), em ampla reunião com filiados e simpatizantes do município de Pedreiras, com presença também de vários partidos políticos aliados na cidade o Solidariedade apresentou importante proposta de trabalho visando a construção da proposta de desenvolvimento para a cidade.
Áreas como saúde, educação, assistência social, habitação, mobilidade urbana, cultura, turismo, indústria e comércio, esporte e lazer, juventude, aposentados, mulher e outras são objeto de uma profunda discussão que será travada entre os militantes do partido, partidos aliados e sociedade civil organizada.
A definição de um local para o planejamento e organização destas informações e propostas foi aprovada na reunião de hoje que contou também com as presenças dos partidos aliados PPS, PC do B, PSDB e PP.
 

 
 
“Com este importante instrumento queremos dar importância maior ao projeto para a cidade que a simples discussão de nomes para a sucessão municipal.  A sociedade precisa e vai ter documentado uma proposta que será amplamente debatida e com participação da população na definição do que se pretende de fato para o desenvolvimento de Pedreiras, proposta que vai nos devolver a auto estima e a pujança econômica e social que já vivemos, o devido lugar de vanguarda e produtividade que já nos fez ser uma das dez melhores cidades do Maranhão”, disse o Presidente Estadual do Solidariedade e Secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo.
Marcilio Ximenes, Presidente Municipal de Pedreiras disse não enxergar outra forma de retomar o crescimento da cidade que não seja pelo planejamento e articulações com a sociedade civil organizada.
Já o dirigente partidário Klebinho Branco falou sobre o crescimento do Solidariedade no Maranhão e sobre a importância da construção desta proposta de desenvolvimento nos moldes das propostas que estão sendo construídas pela sigla em todas as cidades do estado, “daqui a alguns dias iniciaremos também o debate sobre a proposta da cidade de Trizidela do Vale com  Gustavo Castro Brandao Filho e nossos companheiros de partidos lá”

Coronel Sá é exonerado do cargo de subcomandante da Polícia Militar

INTERNET

O coronel Raimundo Nonato Santos Sá foi exonerado do cargo de Subcomandante da Polícia Militar do Maranhão, nesta quinta-feira (17). A divulgação foi espalhada pelas redes sociais.
 
Raimundo Sá confirmou a nossa reportagem que foi exonerado e, afirmou que o coronel Ismael ficará em seu cargo.
 
No lugar assume o coronel Ismael de Sousa Fonseca, atual comandante do GTA – Grupo Tático Aéreo. 
 
Sá já foi Subcomandante Geral da Polícia Militar do Maranhão, já passou pelo Comando de Policiamento de Área Metropolitana 2 ( CPAM2), 8º Batalhão e o Batalhão de Choque. Raimundo Sá foi o primeiro coronel da primeira turma do curso de Formação da PM do Maranhão.
 
Nossa reportagem entrou em contato com o Governo do Estado, mas ainda não tivemos respostas do real motivo da exoneração. 
 
fonte: oimparcial.com.br

Advogado do SINDSERP diz que a lei está sendo cumprinda sobre o rateio do FUNDEB


Sempre enfático em seus pronunciamentos contra o Prefeito de Pedreiras, sobre o rateio do FUNDEB, o advogado do SINDSERP – Sindicato dos Servidores Municipais de Pedreiras, Almino Lima, surpreendeu, e muito, com a divulgação de um vídeo em sua rede social (facebook), onde frizou, que o repasse do rateio ao servidor, por parte do Prefeito Totonho Chicote, está de acordo com a lei.
 
Ferrênho em sua tese, quando falava sobre a “briga” do Sindicato contra o município, Dr. Almino Lima, categoricamente, aprofundou seu esclarecimento sobre o envolvimento do Sindicato com a política. Chegando a citar o Partido Solidariedade que tem como base o “Sindicato”.
 
Veja o vídeo.