Logo

Mandado Culmina Com a Prisão de Rambo

 
Rambo Cross
foto: Facebook
 
As informações sobre a prisão do conhecido “Soldado Rambo”, segundo a Delegada Marília Vasconcelos, foi em cumprimento a um mandado de prisão, sobre a condenação de um crime ocorrido no ano de 2003, atentado violento ao pudor com violência presumida, mas a delegada não soube informar, se Rambo recorreu da sentença.
 
O crime pelo qual “Rambo” foi sentenciado, não existe mais, havia apenas na época do cometimento. Segundo a Delegada, antes da alteração legislativa havia atentado violento ao pudor e estupro. Hoje as duas modalidades estão abrangidas no crime de estupro.
 
No caso do crime de violência presumida, seria em virtude da idade da vítima. “O atentado ao pudor era um ato libidinoso diverso da conjunção carnal (relação sexual normal), antes havia crime de estupro (conjunção carnal), agora tudo é considerado estupro” disse a Delegada.
 
Rambo é muito popular na cidade, e por sua presteza, foi condecorado pelo Major Maurício então comandante do 19º BPM de Pedreiras, com uma placa, pelos relevantes trabalhos prestados ao Batalhão.

TCE do Maranhão Ainda Não Atualizou Nome do Presidente da Câmara de Trizidela do Vale?

                             Francisco Freire                                             Francisco Martins                                      
 
Uma grande polêmica foi gerada em torno da prestação de contas do município de Trizidela do Vale, que teria desaparecido da Câmara de Vereadores, referente ao exercício de 2013. Mas após grandes bons e maus entendidos, as contas apareceram. Mas a confusão mesmo se formou sobre a assinatua do então presidente vereador Francisco Martins Pereira “Corró”, que teria assinado no lugar do atual presidente, que por ironia tem o mesmo primeiro nome, Francisco. Corró alegara que por não ter lido o nome acima do ofício, teria assinado no lugar de Francisco Freire Araújo Veras “Chicutinha”.
 
Parace que o caso foi esclarecido e tudo aparentemente está indo muito bem.
 
Mas, ontem (17), para nossa surpresa, o Blog recebeu uma cópia de um ofício encaminhado à Câmara, em nome do então presidente Francisco Martins Pereira, datado em 09 de julho de 2015, informando sobre a prestação de contas do poder executivo referente ao exercício de 2010.

Fica a seguinte interrogação: Ou não comunicaram ao TCE, que a Câmara já tem um novo presidente, que também é “Francisco”, ou o prórpio Tribunal de Contas do Estado precisa atualizar seus dados.
 
Aguardando resposta de ambas as partes. 
 
 
Tô certo, ou tô errado? (fala do personagem Sinhozinho Malta – Roque Santeiro. Interpretado por Lima Duarte)

Realizada a Semana do Recuperando Apaqueano em Pedreiras

 
 
Foi uma semana recheada de diversas atividades, que incluiu esporte, missa, literatura, exposição de arte de autoria do artista plástico Balbino Pacheco e várias palestras aos recuperandos da APAC de Pedreiras.
 
A pomotora de justiça Sandra Soares de Pontes participou das atividades, realizando uma palestra a respeito da poesia e seus derivados.
 
 
 
Na programação desta sexta-feira, familiares puderam se confraternizar com os recuperandos, participando de um almoço.
 
Essas ações da APAC tem um só objetivo: Reconstruir o Homem.
 
Os nossos parabéns a toda diretoria e aos apaqueanos!

fotos: Ministério Público

Procissão Marcou o Encerramento do Festejo das Chagas de São Francisco em Pedreiras

 
 
Todo ano os moradores da Avenida Duque de Caxias e adjacentes comemoram as Chagas de São Francisco. Missas, quermesse e muita animação. Sempre na última noite acontece a procissão com a imagem de São Francisco das Chagas, que percorre algumas ruas do bairro Seringal.
 
Uma missa em frente a Capela, que foi celebrada pelo padre José Geraldo, levou muitos fieis a refletirem sobre a importância da comemoração e o objetivo principal, que é fazer o bem sem olhar a quem.

Padre José Geraldo e Maria Onilde
(uma das fundadoras do festejo)
 
A Avenida Duque de Caxias ficou lotada de fieis, e muitos aproveitram para colocar outras imagens em frente as casas, por onde passou a procissão. 
 
 
 
 
 
fotos: Bete Costa

Reunião Extraordinária na Câmara de Vereadores de Pedreiras Pode Terceirizar a Saúde do Município

 
 
Os vereadores de Pedreiras foram convocados para  logo mais ás 19h (dezenove horas), de uma sessão extraordinária, para discutirem o Projeto de Implantação de Serviços Médicos e de Apoio Técnico Ambulatorial e Hospitalar e Operação de Serviço de Saúde, no hospital Municipal e Maternidade de Pedreiras.
 
Sabem o que isso significa? Que poderemos ter o Hospital e Maternidade terceirizados. 
 
 
 
A convocação pegou a maioria dos vereadores de surpresa. Será que vai ter número suficiente, já que estamos em plena sexta-feira?
 
Vamos aguardar!

Partido Solidariedade começa a discutir proposta de desenvolvimento para Pedreiras.

 
                                              

                                 

      
Ontem (17), em ampla reunião com filiados e simpatizantes do município de Pedreiras, com presença também de vários partidos políticos aliados na cidade o Solidariedade apresentou importante proposta de trabalho visando a construção da proposta de desenvolvimento para a cidade.
Áreas como saúde, educação, assistência social, habitação, mobilidade urbana, cultura, turismo, indústria e comércio, esporte e lazer, juventude, aposentados, mulher e outras são objeto de uma profunda discussão que será travada entre os militantes do partido, partidos aliados e sociedade civil organizada.
A definição de um local para o planejamento e organização destas informações e propostas foi aprovada na reunião de hoje que contou também com as presenças dos partidos aliados PPS, PC do B, PSDB e PP.
 

 
 
“Com este importante instrumento queremos dar importância maior ao projeto para a cidade que a simples discussão de nomes para a sucessão municipal.  A sociedade precisa e vai ter documentado uma proposta que será amplamente debatida e com participação da população na definição do que se pretende de fato para o desenvolvimento de Pedreiras, proposta que vai nos devolver a auto estima e a pujança econômica e social que já vivemos, o devido lugar de vanguarda e produtividade que já nos fez ser uma das dez melhores cidades do Maranhão”, disse o Presidente Estadual do Solidariedade e Secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo.
Marcilio Ximenes, Presidente Municipal de Pedreiras disse não enxergar outra forma de retomar o crescimento da cidade que não seja pelo planejamento e articulações com a sociedade civil organizada.
Já o dirigente partidário Klebinho Branco falou sobre o crescimento do Solidariedade no Maranhão e sobre a importância da construção desta proposta de desenvolvimento nos moldes das propostas que estão sendo construídas pela sigla em todas as cidades do estado, “daqui a alguns dias iniciaremos também o debate sobre a proposta da cidade de Trizidela do Vale com  Gustavo Castro Brandao Filho e nossos companheiros de partidos lá”

Coronel Sá é exonerado do cargo de subcomandante da Polícia Militar

INTERNET

O coronel Raimundo Nonato Santos Sá foi exonerado do cargo de Subcomandante da Polícia Militar do Maranhão, nesta quinta-feira (17). A divulgação foi espalhada pelas redes sociais.
 
Raimundo Sá confirmou a nossa reportagem que foi exonerado e, afirmou que o coronel Ismael ficará em seu cargo.
 
No lugar assume o coronel Ismael de Sousa Fonseca, atual comandante do GTA – Grupo Tático Aéreo. 
 
Sá já foi Subcomandante Geral da Polícia Militar do Maranhão, já passou pelo Comando de Policiamento de Área Metropolitana 2 ( CPAM2), 8º Batalhão e o Batalhão de Choque. Raimundo Sá foi o primeiro coronel da primeira turma do curso de Formação da PM do Maranhão.
 
Nossa reportagem entrou em contato com o Governo do Estado, mas ainda não tivemos respostas do real motivo da exoneração. 
 
fonte: oimparcial.com.br

Advogado do SINDSERP diz que a lei está sendo cumprinda sobre o rateio do FUNDEB


Sempre enfático em seus pronunciamentos contra o Prefeito de Pedreiras, sobre o rateio do FUNDEB, o advogado do SINDSERP – Sindicato dos Servidores Municipais de Pedreiras, Almino Lima, surpreendeu, e muito, com a divulgação de um vídeo em sua rede social (facebook), onde frizou, que o repasse do rateio ao servidor, por parte do Prefeito Totonho Chicote, está de acordo com a lei.
 
Ferrênho em sua tese, quando falava sobre a “briga” do Sindicato contra o município, Dr. Almino Lima, categoricamente, aprofundou seu esclarecimento sobre o envolvimento do Sindicato com a política. Chegando a citar o Partido Solidariedade que tem como base o “Sindicato”.
 
Veja o vídeo.
 

 

STF decide pela proibição das doações eleitorais por empresas

Ministros do STF julgam constitucionalidade de doações de empresas a campanhas eleitorais – Agência O Globo

 
BRASÍLIA – O Supremo Tribunal Federal (STF) proibiu na tarde desta quinta-feira que partidos e candidatos em campanha recebam doações de empresas. Por oito votos a três, os ministros consideraram inconstitucional a legislação em vigor, que permite a doação de pessoas jurídicas até o limite de 2% do faturamento bruto do ano anterior ao das eleições. Ficaram mantidas as doações de pessoas físicas, em valor correspondente a até 10% dos rendimentos do ano anterior, e também o Fundo Partidário — que financia parte das atividades dos partidos com dinheiro público. A decisão tem validade imediata e será aplicada a partir de 2016, nas eleições municipais.
 
A decisão do STF sepulta as expectativas do Congresso de validar as doações de empresas nas eleições. A lei que permite esse tipo de financiamento de empresas foi aprovada pela Câmara dos Deputados na semana passada. Agora, a presidente Dilma Rousseff, pode vetar ou sancionar a lei. Se a lei for vetada, fica válida a decisão do STF.
 
“PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS”
Se for sancionada, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) já está com ação pronta para ser ajuizada no STF, pedindo liminar para que a nova lei seja derrubada antes de 2 de outubro, um ano antes das eleições. Esse é o prazo que a Constituição dá para que uma nova regra eleitoral possa ser aplicada no pleito do ano seguinte. Nesta quinta-feira, apesar de o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) ter defendido uma solução legislativa para retomar as doações de empresas, ministros do STF garantiram que uma nova lei será declarada inconstitucional.
 
— O julgamento do Supremo baseou-se em princípios constitucionais. Baseou-se no princípio da igualdade de armas, no princípio da isonomia, no princípio da democracia, no princípio republicano, na normalidade das eleições. Então, qualquer lei que venha possivelmente a ser sancionada, ou aprovada futuramente, e que colida com esses princípios aos quais o Supremo se reportou, e com base nos quais considerou inconstitucional doação de pessoas jurídicas para campanhas políticas, evidentemente terá o mesmo destino — explicou o presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowski.
 
Luiz Fux, relator do processo movido pela OAB, concordou com o colega:
 
— O STF reconheceu a invalidade de doação de pessoa jurídica para campanha eleitoral. Então, qualquer iniciativa que viole essa decisão é considerada um atentado à dignidade da jurisdição. A lei (nova) vai ter o mesmo destino que teve essa. Se o Executivo sancionar, no meu modo de ver o caminho será o mesmo. Essa lei já traz em si o germe da inconstitucionalidade.
Fux deu a entender que, mesmo que o Congresso promulgue emenda constitucional, ela será derrubada no STF.
 
— Só relembro que o STF já declarou a inconstitucionalidade de emendas constitucionais. Eu relembro a última, que foi a dos precatórios — declarou.
 
O julgamento sobre a doação de empresas começou em 2013 e foi fatiado em quatro sessões. Votaram pela proibição das contribuições financeiras de pessoas jurídicas Luiz Fux, Joaquim Barbosa, atualmente aposentado; Dias Toffoli; Luís Roberto Barroso; Marco Aurélio Mello; Ricardo Lewandowski; Rosa Weber e Cármen Lúcia. Defenderam a legalidade das doações de empresas Teori Zavascki, Gilmar Mendes e Celso de Mello.
 
A OAB também questionava a regra que autoriza pessoas físicas a doar até 10% de seus rendimentos. Para a ordem, era preciso limitar um valor numérico como teto das contribuições de pessoas naturais, e não um percentual. Mas o STF manteve a regra atual.
 
O primeiro a se manifestar ontem foi Teori Zavascki, que resolveu fazer ajustes ao voto proferido anteriormente. Ele era totalmente a favor do financiamento de campanha por empresas. Ontem, estabeleceu condições para as doações. Para ele, deveriam ser proibidas de financiar campanhas pessoas jurídicas que mantiverem contratos com a administração pública. Ele também é contra a doação de empresas a candidatos que competem entre si.
 
Gilmar Mendes e Celso de Mello, que também são totalmente favoráveis às doações de empresas, concordaram com Zavascki. Para esses três ministros, não há proibição expressa na Constituição para a prática. Além disso, proibir a contribuição de empresas não diminuiria a corrupção nas eleições, porque seriam encontradas formas para burlar a lei. Um exemplo seria o partido receber dinheiro por caixa dois.
 
Rosa Weber e Cármen Lúcia defenderam proibir as doações por empresas.
 
— A influência do poder econômico culmina por transformar o processo eleitoral em jogo político de cartas marcadas, odiosa pantomima que faz do eleitor um fantoche, esboroando a um só tempo a cidadania, a democracia e a soberania popular — disse Rosa.
 
Venceu o argumento de que, pela Constituição, cabe aos cidadãos eleger seus governantes, e não a empresas. Portanto, pessoas jurídicas não teriam o direito de participar do processo eleitoral. A maioria dos ministros também afirmou que, sem poderem doar, as pessoas jurídicas deixam de ter tanta influência nas decisões políticas do país. Em tom irônico, Gilmar Mendes, que anteontem criticou duramente o PT pelos desvios na Petrobras, criticou a decisão:
 
— As empresas não amam, mas elas empregam as pessoas, permitem que elas amem, permite que elas tenham um emprego. As empresas não podem opinar (nas eleições)? Ora!
 
Ao fim do julgamento, os ministros consideraram desnecessário modular os efeitos da decisão — ou seja, declarar se ela tem efeitos imediatos. Antes, havia uma proposta de que o STF desse um prazo para o Congresso legislar.
 
Contrariado com a derrota, Gilmar anunciou que iria embora nessa parte da sessão, para tentar adiar a discussão para a próxima semana. Disse que tinha um compromisso. Lewandowski foi enfático ao dizer que a discussão terminaria naquele momento e não haveria possibilidade de reabrir o julgamento depois. O presidente do tribunal argumentou que a sessão foi marcada com antecedência e, por isso, não havia motivo para adiar o fim das discussões.
 
Após o julgamento, Fux disse que barrar as doações de empresas é incentivo ao caixa dois, como alertou Gilmar em seu voto, na quarta-feira:
 
— O sistema atual revela o quão arriscado é fazer um caixa dois e ser descoberto depois. Acho que há um desestímulo. Nas audiências públicas (realizadas no STF antes do julgamento), nós tivemos a informação de que tudo que as empresas querem é se ver livres dessa contribuição.

fonte: oglobo.com.br

Em Mané Garrincha lotado, Coritiba derrota o Flamengo

Divulgação / CR Flamengo

BRASÍLIA – O Flamengo teve sua série de vitórias no Campeonato Brasileiro quebrada nesta quinta-feira. Os rubro-negros foram derrotados por 2 a 0 pelo Coritiba, no Mané Garrincha, em Brasília, diante de 67 mil pessoas, novo recorde da competição. Com o resultado, os cariocas seguem com 41 pontos e caem para a quinta posição. Já os paranaenses conquistaram importante triunfo e saíram da zona de rebaixamento, com 30 pontos.
 
O Coritiba chegou ao resultado no primeiro tempo, marcando os dois gols de vantagem no placar, com gols de Kleber e Henrique Almeida. O Flamengo não teve boa atuação e pouco produziu no setor ofensivo.
 
Na próxima rodada, o Rubro-Negro terá pela frente o Atlético-MG, vice-líder do campeonato, em Belo Horizonte, no domingo. No mesmo dia, o Coritiba vai disputar o clássico paranaense contra o Atlético-PR, no Couto Pereira.
 
O confronto começou em alta velocidade, com as duas equipes buscando o ataque. O Flamengo teve a primeira chance de gol aos quatro minutos. Após cobrança de escanteio, Cesar Martins subiu sozinho, mas cabeceou para fora. A resposta do Coritiba veio quatro minutos depois. Em boa troca de passes, Henrique recebeu na área e chutou. A bola bateu no braço de Pará e o árbitro marcou pênalti. Kleber cobrou com categoria para abrir o placar no Mané Garrincha.
 
Mesmo depois do gol, o Coritiba não se intimidou e seguiu com a vocação ofensiva. O Flamengo sofria com os paranaenses, mas criou duas boas oportunidades de empatar. Primeiro, Everton recebeu passe na área, mas chutou fraco, em cima de Wilson. Depois, Kayke passou pelo marcador e finalizou próximo do travessão.
 
O panorama da partida permanecia o mesmo, com o Coritiba melhor em campo. Os visitantes chegaram ao segundo gol aos 24 minutos. Após cruzamento, Negueba escorou de cabeça para Henrique Almeida. O atacante tocou na saída de Paulo Victor para ampliar a vantagem dos paranaenses.
 
O segundo revés abalou o Flamengo, que ficou perdido em campo. Com isso, o Coritiba ampliou o domínio e desperdiçou chance incrível aos 34 minutos. Lúcio Flávio tocou para Henrique Almeida na área, mas o atacante demorou a chutar e foi bloqueado no momento da finalização.
 
Os rubro-negros só voltaram a criar boa chance aos 38 minutos. Alan Patrick recebeu a bola na entrada da área, mas finalizou para fora, próximo da trave de Wilson. O lance animou o Flamengo, que quase fez o primeiro aos 42. Após cobrança de escanteio, Cesar Martins cabeceou, mas Wilson fez grande defesa para salvar os paranaenses. Nos minutos finais, o Coritiba tratou de administrar a vantagem até o intervalo.
 
No segundo tempo, o Flamengo voltou disposto a buscar o resultado, mas seguia com problemas no setor de armação. Na melhor chance dos rubro-negros, Ederson aproveitou escanteio, mas cabeceou por cima do travessão. O Coritiba apenas explorava os contra-ataques, só que também não chegava com perigo ao gol de Paulo Victor.
 
Com o passar do tempo, o Flamengo conseguiu impor uma pressão forte sobre o Coritiba. Os paranaenses não conseguiam armar contra-ataques e apenas tiravam o perigo da área. Os rubro-negros abusavam dos cruzamentos, facilitando o trabalho da defesa dos visitantes.
 
Na parte final, os cariocas não conseguiram manter o ritmo e viram o Coritiba impedir qualquer boa jogada rubro-negra. Com isso, os paranaenses administraram o resultado até o apito final.

fonte: imirante.com.br

  • siga-nos no facebook

  • CONNECT PEDREIRAS

  • Óticas Diniz

  • Vice-prefeito de Pedreiras. Acesse nossa página no Facebook. Clique no Flyer

  • Para pessoas que buscam tranquilidade, conforto, bons serviços e clima agradável

  • Acesse nossa página. Clique no banner

  • Gráfica e Editora Mearim – (99) 3642-8006/98189-0190 – Pedreiars – MA

  • IESN /Matrículas abertas: Cursos técnicos, profissionalizantes e de aperfeiçoamento

  • Venha nos visitar!

  • Clique no flyer e acesse o site da FAESF

  • Uninter – Polo Pedreiras CE Franciscano Av. Dr. João Alberto, nº 5 Bairro Maria Rita Pedreiras-MA Fone: (99) 3642-1709 / (99) 981167237 – Mais informações clique no banner

  • Especialista em aplicativos, cartões digitais interativos e redes sociais. Clique no Banner e tenha mais informações

  • Loja Dois – Volta às aulas

  • LOJA DOIS PAPELARIA – Avenida Rio Branco – Centro – Pedreiras

  • Telefones Úteis

    WhatsApp da PM (99) 8156-5426 Tenente do Dia (99) 98174-3547 Sargento do Dia (99) 98140-4154
  • Clique Aqui