Pai chora a morte do cantor Cristiano Araújo: ‘Será que Deus existe?’

G1 – O
pai do cantor Cristiano Araújo, de 29 anos, lamentou a morte do filho após um
acidente de carro na BR-153, em Goiás. “É uma tristeza muito grande. Será
que Deus existe? Todos os dias faço uma oração pedindo que Deus acompanhe ele
nas viagens. Entro no carro ou no avião e faço uma oração. Eu não estava com
ele ontem? Será que Deus existe?”, disse ao G1 José Reis
de Araújo.



Irmã do cantor, Ana Cristina de Melo também falou
sobre a tragédia. “Não acredito nisso. Meu irmãozinho do coração”,
afirmou.
O acidente aconteceu na madrugada desta quarta-feira (24) na altura do km 614 da
rodovia, entre Morrinhos e o trevo de Pontalina, em Goiás. Além de Cristiano, a
namorada dele, Allana Moraes, de 19 anos, também não resistiu aos ferimentos e
morreu no local.
Cristiano
Araújo chegou a ser socorrido e encaminhado ao Hospital de Urgências de Goiânia
(Hugo), mas a informação da morte foi confirmada
por volta das 8h30. 
Chorando,
amigos e companheiros de banda do cantor tentavam se confortar na porta do
hospital.
A
assessoria de imprensa do cantor informou que o velório será realizado no
Ginásio GoiâniaArena, na capital. O horário ainda não
foi definido, pois depende da liberação do corpo do sertanejo.
O acidente

Segundo
o Corpo de Bombeiros, o sertanejo voltava de um show em Itumbiara, no sul do estado, por volta das
3h30, quando veículo em que ele estava, um Range Rover, saiu da pista e capotou.



Além do cantor e da namorada, outras duas pessoas estavam no carro, sendo outro
empresário e o motorista. Segundo os bombeiros, eles sofreram ferimentos leves
e também foram encaminhados a um hospital na capital.



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que as causas do acidente ainda são
apuradas. “Fizemos um levantamento no veículo, que é do ano de 2015, e ele
estava em perfeitas condições. A suspeita inicial é que o motorista tenha
dormido ao volante, mas tudo isso ainda é devidamente apurado”, afirmou o
inspetor Newton Moraes.
Segundo
o empresário do cantor Antônio Pereira dos Santos, o sertanejo costumava viajar
com um motorista particular para que “pudesse dormir após o show e não
precisasse dirigir”. Ele ressaltou, ainda, que o condutor “é
experiente e acostumado a guiar de madrugada”.
Shows

Na última terça-feira (23), o cantor publicou em
sua página no Instagram uma mensagem dizendo que estava partindo da Bahia, ao
lado na namorada, com destino a Itumbiara. Após o acidente, muitos fãs comentaram na imagem sobre o ocorrido e
mandam mensagens de solidariedade ao cantor.




O próximo show de Cristiano Araújo estava
marcadado para acontecer na noite desta quarta-feira em Caruaru, em Pernambuco.
No sábado (27), ele se apresentaria na Praia de Iracema, em Fortaleza, no Ceará.
Cristiano Araújo
Trajetória

O goiano foi “cantor por natureza” já que a música está há
quatro gerações na sua família, desde seus bisavós, avós, pais e tios. 
Segundo o perfil de seu site oficial, aos seis
anos ele ganhou seu primeiro violão, no qual fez seus primeiros acordes, e aos
nove, começou a se apresentar em público.



Aos 10 anos fez sua primeira composição e aos 13,
gravou seu primeiro CD com cinco músicas. Continuou com sua carreira solo até
os 17 anos, quando resolveu cantar em duplas, em um período que durou cerca de
seis anos.



Em 2010, resolveu seguir de fato carreira solo,
preparando a gravação de CD e DVD com participações de vários artistas. Em
janeiro de 2011, o projeto foi concretizado, com a ajuda de grandes cantores e
amigos, como Jorge (da dupla Jorge e Mateus), Gusttavo Lima, Humberto e
Ronaldo, entre outros. Foi aí que ele estourou em 2011, com a música
“Efeitos”, gravada com o também sertanejo Jorge, da dupla Jorge e
Matheus.

Professores de Pedreiras Continuam sem Receber o Piso Nacional

Ana Roberta – Pres. do SINDSERP
O piso
salarial do magistério foi reajustado em 13,01%  em janeiro de 2015,
conforme determina o artigo 5º da Lei nº 11.738, de 16 de julho de 2008. O
valor do piso para  2015 é de R$ 1.917,78.
O piso
salarial foi criado em cumprimento ao que estabelece a Constituição Federal, no
artigo 60, inciso III, alínea e do Ato das Disposições Constitucionais
Transitórias.
Conforme
a legislação vigente, a correção reflete a variação ocorrida no valor anual
mínimo por aluno definido nacionalmente no Fundo de Manutenção e
Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da
Educação (Fundeb) de 2014, em relação ao valor de 2013. 
O vencimento inicial
dos profissionais do magistério público da educação básica, com formação de
nível médio modalidade normal,  com jornada de 40 horas semanais, em 2015
é de  R$ 1.917,78  passou a valer desde o dia 1º de janeiro.
Enquanto
em outros municípios estão valorizando a categoria, aqui em Pedreiras os
professores continuam sendo desvalorizados, mas se depender do SINDSERP
(Sindicato dos Servidores Municipais de Pedreiras), essa luta vai continuar,
até que os educadores sejam realmente reconhecidos pela administração
municipal. Foi o que disse em entrevista concedida ao blog, a presidenta Ana
Roberta.
Ela disse
que vai continuar aguardando a “boa vontade” do Prefeito Totonho Chicote e da
Secretária de Educação para que tudo isso seja resolvido o mais rápido
possível. 
Segundo Ana Roberta, os gestores alegam a questão da
proporcionalidade da carga horária que é de 40 horas trabalhada, e o município
trabalha com uma jornada de apenas 20 horas, mas, ela Ana Roberta e toda
diretoria do sindicato entendem de forma diferente, por que a lei diz até
quarenta horas, Foi o que disse a presidenta.
Enquanto
o SINDSERP luta para que os educadores sejam reconhecidos conforme a lei do
FUNDEB, o sindicato continua a luta para não deixar cair no esquecimento o
rateio, que é outro problema que os profissionais da área de educação
enfrentam. Ana Roberta disse que já aconteceram duas reuniões com a Secretária
de Educação de Pedreiras Iaciara Rios, o procurador do município Sr. Paulo, o
contador Sr. Ivanir, os advogados Adalberto defensor do município, e do sindicato
Almino Lima, que discutiram o rateio ainda referente a 2014. Hoje, inclusive
acontecerá a terceira reunião, que Ana Roberta acredita ser a última, uma vez
que ela cobrou a apresentação de documentos, que após avaliação possam entrar
em um denominador comum e, que sejam também respeitado esse rateio. 
Após essa
terceira reunião com a Secretária Iaciara Rios e todos os envolvidos, o
sindicato realizará uma assembléia para discutir o que for decido, com os
professores. Quanto ao rateio referente ao ano de 2013, Ana Roberta afirmou que
o processo está nas mãos do juiz Marco Adriano, incluindo duas ações; o rateio
do FUNDEB e o piso salarial do magistério. O primeiro, segundo Ana Roberta que
vem acompanhado o processo pelo site do TJMA, já está concluso.
Professor
em Pedreiras já vem sofrendo há muito tempo nas garras dos administradores que
não tiveram compromisso com a categoria, e, com esse não é diferente. Parece
que a cartilha é apenas repassada para o próximo.

Será que
um dia isso mudará?

Bacabal perdeu para Codó e está fora da Copa Regional Intermunicipal de Pedreiras

Seleção Codoense
Polozi – Téc. de Codó 

A seleção codoense representada pelo Santana Futebol Clube desbancou nesta terça-feira, (23/06), no estádio “Pilizão”, a seleção de Bacabal comandada pelo ex-atleta Djalma, pelo placar de 2 x 0. Os gols foram marcados no primeiro e segundo tempos.

Seleção de Bacabal

Aos 48 minutos do primeiro tempo Fabiano fez 1 x 0, e aos 7 minutos do segundo, Testinha sagrou a vitória para Codó, 2 x 0, deixando o técnico Polozi, muito satisfeito. Bacabal perdeu um pênalti aos 37 minutos do segundo tempo, quando perdia por 2 x 0. 

Aranha – João Melo – César
Lance do jogo
Desportistas

A arbitragem foi por conta de joão Melo, auxiliado por; Aranha e César. A polícia militar esteve presente para garantir a segurança durante o jogo.

Torcida no Pilizão

A torcida não foi a esperada pela organização. Algumas figura estranhas apareceram durante o jogo, os sapos, segundo o presidente da liga Hermínio Veloso Júnior, em tom de brincadeira, disse que eles vieram no ônibus da delegação codoense.

Ao final do jogo, que já se tornou um ritual, Santaninha acendeu algumas velas e atravessou toda extensão do campo de joelhos de uma trave a outra. Se Codó é considerada a terra da macumba, acreditando ou não, as coisas estão dando certo, e a seleção já está na final da competição. Agora, é esperar o adversário que sai do jogo entre Lago da Pedra x Esperantinópolis.

Sapos no Pilizão
Santaninha e suas Crrenças

Governo conhece plano de expansão para o setor empresarial em Porto Franco

Governador Flávio Dino, ao lado do secretário Simplício Araújo titular da Seinc, recebe Murilo Sant’Anna, diretor-presidente da Algar Agro.
O governador Flávio Dino recebeu
empresários da Algar Agro para conhecer o projeto de ampliação do mercado de
soja na região de Porto Franco. O caminho da verticalização da industrialização
é apoiado pelo governador, que acredita ser este o rumo para diversificar as
matrizes econômicas do Estado. O governo apoia as iniciativas que promovam a
verticalização da produção local, com beneficiamento da matéria-prima existente
no estado.
O
interesse em continuar contribuindo com o município de Porto Franco, gerando
emprego e renda, foi um dos pontos destacados pelo representante do mercado de
soja local. “Queremos avançar na produção da soja com a expansão da rede de
armazenamento e ampliação da fábrica. Em todos os lugares estabelecemos
compromissos sociais com a população e continuará assim em Porto Franco”,
afirmou Murilo Sant’Anna, diretor-presidente da Algar Agro.

A
Secretaria de Indústria e Comércio (Seinc) tem ampliado o diálogo entre o poder
público e empresas que investem no Maranhão. “A geração de emprego e renda só
acontece com essa boa sintonia entre a classe empresarial e o poder público. A
ideia é continuar fortalecendo e estreitando esse diálogo para desenvolver o
nosso estado”, disse o secretário da pasta, Simplício Araújo. Para ele, no
Maranhão, existe hoje um novo ambiente institucional favorável ao empreendedor,
com o Governo do Estado provendo condições de investimento e crescimento para
empreendedores.

Maria Helena. A História viva de Dr. Lobato

Maria Helena de Sousa Lobato
Maria Helena de Sousa Lobato tem um sobrenome que faz parte
da história de Pedreiras. Ela é viúva do promotor de Justiça Dr. Antônio Carlos
Pereira Lobato. Pedreirense, Maria Helena, hoje, residindo em Brasília, sempre
quando pode visita sua terra natal, onde tem boas e inesquecíveis lembranças do
marido Dr. Lobato, que, segundo ela é quem realmente merece toda homenagem
pelos relevantes trabalhos realizados por Pedreiras.
Dr. Antônio Carlos Pereira Lobato

Para destacar algumas marcas do Dr. Lobato, em Pedreiras, Maria
Helena relacionou alguns feitos que ficaram para sempre na memória de todos que
o conheceram; entre eles, o brasão do município  com sua frase em latim “Honor ET Labor”, que
significa “honra e trabalho”. O desenho do obelisco da Praça do Cinquentenário,
conhecida “Praça da SUCAM”, a logo marca do Armazém Paraíba, que foi escolhida
durante um concurso realizado pela empresa,   a
planta da Igreja de Nossa Senhora das Graças, onde Dr. Lobato teria atendido um
pedido do então Padre Jacinto Brito, hoje, Arcebispo do Piauí, e foi o
compositor da letra do Hino de Pedreiras, que ao ouvir, segundo Maria Helena
ficou muito emocionada.

Brasão do Município de Pedreiras

De 1960 a 1974, já casada com Dr. Lobato, Maria Helena diz
ter outras recordações que conviveu com o marido, como por exemplo, a grande
enchente do Rio Mearim no ano de 1974, que naquele momento o casal era
proprietário de um posto de gasolina intitulado “Cabra Bom” no bairro Trizidela,
hoje, cidade de Trizidela do Vale, e as bombas todas foram roubadas, nesse
momento de agonia que viva a população naquela década. Revoltado com a
situação, a família deixou todos os projetos para trás, e foram morar em São
Luís, até o ano de 1984, ano que Dr. Lobato morreu vítima de acidente de avião.
Obelisco na Praça do Cinquentenário
Hoje, durante trinta anos sem voltar a Pedreiras, Maria
Helena disse que ficou impressionada com o tamanho da cidade, mas, também se
admirou com o grande número de motocicletas estacionadas na Avenida Rio Branco,
que chegou a pensar que os veículos estariam em exposição pra venda.  
Igreja de Nossa Senhora das Graças
Como, quem volta a Pedreiras não se esquece do legado de
artistas, Maria Helena ressaltou os poetas e escritores, lembrando que seu
esposo Antônio Carlos Pereira Lobato também era poeta, e frisou com ênfase que,
naquele tempo não havia essa grande quantidade, incluindo os poetas jovens,
como Samuel Barreto e Joaquim Ferreira Filho, mas, não se esqueceu dos
veteranos como Kleber Lago e  Filemon
Krause, do qual diz receber muitos livros dele.

Maria Helena fez questão de dizer que também foi professora
de matemática em Pedreiras, no colégio Bandeirantes, hoje, Oscar Galvão,
inclusive que já teria encontrado com alguns ex-alunos, que a reconhece, mas
ela não os reconheceu, e citou Riba de Alonso, que ficou na incumbência de
marcar um encontro com outros ex-alunos dela, para conversar com todos e matar
a saudade. Segundo, Helena, Dr. Lobato também foi professor de Francês e
Português.

O retorno a Pedreiras não foi por acaso, Maria Helena em
parceria com o poeta e escritor Samuel Barreto pretende publicar um livro de
poesias de autoria de Dr. Lobato, intitulado “Rios e Ventos” que, ele, inclusive
já deixou pronto. Duas das poesias foram musicadas pelo cantor Paulo Pirata e
serão incluídas no próximo cd do artista. 

A conversa com o blog não poderia acabar diferente. Maria
Helena encerrou declamando uma poesia de autoria do marido, ”Mãos”, que Dr.
Lobato homenageou a esposa.

Situação Precária no Bairro Parque Henrique Oliveira

Rua 08 – Parque Henrique/Pedreiras
Fica cada vez mais difícil trafegar por algumas ruas da cidade de Pedreiras. 
No bairro Parque Henrique Oliveira as ruas estão sem condições de tráfego, quem tenta enfrentar o problema, corre o sério risco de ficar no prejuízo. Buraco e lama tomaram conta das ruas. O proprietário de um veículo ficou indignado com a situação que ficou o carro, quando tentou circular pela rua 08.
Rua 08 – Parque Henrique/Pedreiras


Rua 08 – Parque Henrique/Pedreiras
Promessas de melhoria sempre existiram, mas até agora, tudo continua do mesmo jeito. Desde que o bairro passou à responsabilidade do município, os problemas só aumentaram. Sai secretário e entra secretário e ninguém faz nada para amenizar os problemas. 
Os moradores sentem a falta dos parlamentares que foram eleitos para defender os direitos da população e fiscalizar a administração municipal.   

PM de Lima Campos Prende Homem Por Porte ilegal de Arma

A polícia Militar de Lima Campos prendeu Bartolomeu Nunes Uchôa. Ele é acusado de portar um revólver calibre 38, com cinco cartuchos intactos. No momento da abordagem o acusado tentou se livrar da arma, jogando-a dentro de uma lixeira, mas os policiais observaram ação e apreenderam o revólver.
Bartolomeu Nunes – Acusado
Bartolomeu foi levado para a delegacia e autuado por porte ilegal de arma.

Art. 12 do código Penal Brasileiro. Possuir ou manter sob sua guarda arma de fogo, acessório ou munição, de uso permitido , em desacordo com determinação legal ou regulamentar, no interior e sua residência, ou dependência desta, ou, ainda no seu local de trabalho, desde que seja o titular ou responsável legal do estabelecimento ou empresa

Pena – detenção, de 1 (um) a 3 (três) anos, e multa. 

Conselheiros Estão Aptos a Concorrer Eleições em Outubro

Art. 6º Os 5 (cinco) candidatos
mais votados serão nomeados e empossados pelo Chefe do Poder Executivo
municipal ou do Distrito Federal e os demais candidatos seguintes serão
considerados suplentes, seguindo-se a ordem decrescente de votação. §1º O
mandato será de 4 (quatro) anos, permitida uma recondução, mediante novo
processo de escolha. §2º O conselheiro tutelar titular cargo por período
consecutivo superior a um mandato e meio não poderá participar do processo de que
tiver exercido o escolha subseqüente. 
Marcelo Cruz, Cicera de Maria e Ary Pereira – Conselheiros tutelar
Baseados neste artigo da resolução do CONANDA (Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente), os conselheiros Marcelo Sousa da Cruz, Ary Pereira Almeida e Cicera de Maria Alves Lopes decidiram que serão candidatos nas próximas eleições do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, em outubro deste ano, em Pedreiras.
Eles adquiriram esse direito através de uma liminar, do Juiz titular da 1ª Vara da comarca de Pedreiras, Marco Adriano. A candidatura dos três tinha sido indeferida pelo CMDCA, 
O coordenador do conselho, Marcelo Cruz, disse que os conselheiros não tem dois mandatos, muito menos, um e meio. Afirmou que ainda estão no primeiro ano,  prorrogado. Eles foram eleitos e empossados em 2009, para um mandato de três anos. Como em 2012 coincidiu com as eleições municipais, seria impossível a realização da nova eleição do conselho.

Marcelo Cruz disse que após indeferida a candidatura, eles entraram com um mandado de segurança reivindicando o direito de participar desse processo de escolha, na alegação, que a resolução do CONANDA, não prejudica eles, conselheiros. 
Após tomar conhecimento da decisão judicial o presidente do CMDCA de Pedreiras incluiu os nomes dos três conselheiros que irão concorrer as eleições deste ano. As duas conselheiras Jaqueline e Zenaíde, que formam o grupo de cinco conselheiros decidiram não concorrer à recondução do cargo.
A partir de agora, segundo o Art. 132.  Em cada Município e em cada Região Administrativa do Distrito Federal haverá, no mínimo, 1 (um) Conselho Tutelar como órgão integrante da administração pública local, composto de 5 (cinco) membros, escolhidos pela população local para mandato de 4 (quatro) anos, permitida 1 (uma) recondução, mediante novo processo de escolha. (Redação dada pela Lei nº 12.696, de 2012)