Romário já conta 15 quilos a menos após cirurgia contra diabetes

Reprodução | Agência O Globo

Romário já emagreceu 15 quilos em decorrência da cirurgia que fez em dezembro para controlar a diabetes. A perda de peso, no entanto, não o tem preocupado. No sábado, o senador jogou futevôlei normalmente e tirou foto com fãs.

Fonte: Lauro Jardim – O globo

Receita lança serviço para atualizar dados do CPF pela internet

Receita lança serviço para atualizar dados do CPF pela internet

A Receita Federal vai disponibilizar a partir de segunda-feira (16) serviço em seu site para atualizar informações cadastrais do CPF —como nome, endereço, telefone.

Para a atualização, o contribuinte precisará preencher o formulário eletrônico no endereço receita.fazenda.gov.br.

O serviço presencial continuará disponível em unidades dos Correios, do Banco do Brasil e da Caixa, com tarifa de até R$ 7.

Novos modelos de Comprovantes CPF com QR Code

A Receita também apresenta novos modelos de comprovantes de inscrição e de situação cadastral no CPF por meio de QR Code.

De acordo com a instituição, a leitura por meio de código no celular permite simplificar o processo de verificação da autenticidade do comprovante.

Fonte: Folha de São Paulo

Mãe e padrasto são presos por matar filho homossexual

A mãe do jovem, Tatiana Lozano Pereira, e o marido, Alex Pereira (Foto: Reprodução)

CRAVINHOS – Mais um caso triste de homofobia foi registrado nesta última quarta-feira (11), quando uma gerente de supermercado identificada como Tatiana Lozano Pereira, 32 anos, foi presa após confessar ter assassinado o próprio filho a facadas, na cidade de Cravinhos, São Paulo.

Segundo a Polícia, Tatiana disse em depoimento que seu filho, Itaberli Lozano,17 anos, estava envolvido com drogas, o que motivou o crime.

Após o homicídio, ela e seu atual marido levaram o corpo até um canavial e atearam fogo. O homem, Alex Pereira, 30 anos, também foi preso. O crime aconteceu no fim de 2016.

Desaparecimento

Dias depois de Itaberli ter sido morto, uma avó registrou um boletim de ocorrência e avisou as autoridades que o jovem estava desaparecido. Os policiais localizaram os restos mortais da vítima em uma área próxima da Fazenda das Flores, em Cravinhos. Junto ao corpo foi encontrado uma pulseira que era utilizada por Itaberli.

Foto: Reprodução

Homossexualidade

O tio paterno do adolescente disse que a mãe não aceitava a homossexualidade dele. “A mãe dele não aceitava e a gente já desconfiava, porque ela não quis prestar queixa. Acho que a mãe tem que cuidar do filho e não fazer o que ela fez. Ele era um rapaz que trabalhava, era educado, era um menino, mas estava na fase de trabalhador”, disse Dario Rosa.

Ainda segundo Dario. o adolescente discutia muito com a mãe e esse motivo o levou morar com a avó paterna, em 27 de dezembro de 2016. Itaberli ficou na casa da avó até a noite de 29 de dezembro, quando voltou para casa após receber uma ligação da mãe no celular. A partir daí o jovem não foi mais visto pelos familiares.

“Chegou um carro em casa, ele entrou e saíram. Depois disso, minha mãe foi até a casa dele e perguntou. A mãe [Tatiana] disse que não sabia e falou que ele poderia estar morando na casa de algum amigo, tentando desviar a investigação”, contou o tio.

Prisão

Tatiana foi levada para a Cadeia Feminina de Cajuru (SP), enquanto Alex foi encaminhado para a Cadeia de Santa Rosa de Viterbo. Nenhum dos dois possuía passagens pela polícia.

Pelas redes sociais, amigos e familiares do rapaz prestaram homenagens e lamentaram a morte.

Fonte: imirante.com

Brasil: Piso dos professores tem reajuste de 7,64% e vai para R$ 2.298

Ministro Mendonça Filho disse que o reajuste é acima da inflação, “cumprindo a legislação. É algo importante porque significa a valorização do professor” José Cruz/Agência Brasil

O piso salarial dos professores em 2017 terá um reajuste de 7,64%. Com isso, o menor salário a ser pago a professores da educação básica da rede pública deve passar dos atuais R$ 2.135,64 para 2.298,80. O anúncio foi feito hoje (12) pelo Ministério da Educação (MEC).

O piso salarial dos docentes é reajustado anualmente, seguindo as regras da Lei 11.738/2008, a chamada Lei do Piso, que define o mínimo a ser pago a profissionais em início de carreira, com formação de nível médio e carga horária de 40 horas semanais.

O ajuste deste ano é menor que o do ano passado, que foi de 11,36%. O valor representa um aumento real, acima da inflação de 2016, que fechou em 6,29%. O novo valor começa a valer a partir deste mês.

“Significa um reajuste acima da inflação, cumprindo a legislação”, disse o ministro da Educação, Mendonça Filho. “É algo importante porque significa, na prática, a valorização do papel do professor, que é central na garantia de uma boa qualidade da educação. Não se pode ter uma educação de qualidade se não tivermos professores bem remunerados e motivados”, acrescenta.

A lei vincula o aumento à variação ocorrida no valor anual mínimo por aluno definido no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Pela lei, os demais níveis da carreira não recebem necessariamente o mesmo aumento, o que é negociado em cada unidade federativa.

Aumento de R$ 5,083 bilhões nos gastos municipais

Em um cenário de crise, o reajuste preocupa estados e municípios. Estudo divulgado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) mostra que o reajuste do piso salarial dos professores vai gerar um aumento de R$ 5,083 bilhões nos gastos municipais.

De acordo com a CNM, de 2009 a 2016 os gastos com a folha de magistério tiveram uma expansão de R$ 41,829 bilhões. O valor já cresceu 241,9%, muito acima da inflação relativa ao período e maior do que o próprio aumento das receitas do Fundeb.

O Fundeb é formado, na quase totalidade, por recursos provenientes dos impostos e transferências dos estados, Distrito Federal e municípios, vinculados à educação. Além desses recursos, ainda compõe o Fundeb, a título de complementação, uma parcela de recursos federais. Pelo menos 60% desses recursos devem ser destinados a pagamento de pessoal.

Segundo a CNM, atualmente, os municípios comprometem, em média, 78,4% dos recursos do Fundeb apenas com a folha de pagamento desses profissionais, de acordo com dados do Sistema de Informação sobre Orçamentos Públicos em Educação (Siope).
Em 2015, mais de 70 Municípios já comprometiam 100% desses recursos.

O ministro da Educação ressaltou que, ao final do ano passado, o governo antecipou o repasse de R$ 1,25 bilhão do Fundeb. “O pagamento foi honrado ainda dentro do exercício de 2016, o que não ocorria. O prazo para que o repasse fosse feito é até abril do ano subsequente”, disse.

Ele acrescenta que, em 2017, os repasses aos estados e municípios serão mensais, “o que vai totalizar R$ 1,3 bilhão e ajudará o fôlego dos estados e municípios e suas respectivas folhas”, finalizou.

Fonte: Agência Brasil

Pastor Valdemiro Santiago sofre tentativa de assassinato

Foto: Reprodução do vídeo

SÃO PAULO – O pastor Valdemiro Santiago sofreu uma tentativa de assassinato na manhã deste domingo (8), durante o culto na Igreja Mundial do Poder de Deus, que fica localizada no bairro do Brás, zona sul da cidade de São Paulo.

O homem aproveitou o momento em que o pastor estava concentrado e conseguiu esfaqueá-lo por duas vezes no pescoço.

O atentado foi por volta das 8 horas da manhã e o culto tinha transmissão ao vivo para todo o Brasil.

O pastor Valdemiro Santiago foi logo encaminhado para um hospital, onde passou por uma cirurgia de emergência.

O pastor gravou um vídeo no hospital, ao lado de sua esposa, tranquilizando os fiéis e dizendo: “Que Deus abençoe vocês e eu perdoo a pessoa que fez isso, não sei quem é, mas ela carece de perdão”.

Fonte: imirante.com.br

Preso passa por cirurgia para retirada de celular do estômago

Um preso da penitenciária de Mairinque (SP) passou por uma cirurgia no Hospital Regional, em Sorocaba (SP), neste sábado (7), para a retirada de um celular no estômago. Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária, um exame de raio X comprovou o aparelho.

Raio X comprovou celular no estômago de detento (Foto: Reprodução/TV TEM)

A descoberta foi durante uma revista nas celas esta semana. Ele passou pelo procedimento e está hospitalizado.A secretaria informou que tinha uma denúncia de celulares na cela mas não encontrou nada. Só que o comportamento estranho dos presos chamou a atenção e alguns foram levados para o hospital para exames de radiografia.

Fonte: G1

INSS retoma pente-fino no próximo dia 16 de janeiro

Foto: Arquivo/Agência Brasil

BRASIL – A partir do dia 16 de janeiro, reinicia o pente-fino dos benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). No total, serão chamados 530 mil beneficiários com auxílio-doença que estão há mais de dois anos sem perícia. A convocação será feita por meio de carta com aviso de recebimento.

O Programa de Revisão dos Benefícios por Incapacidade foi autorizado pela Medida Provisória 767, publicada nessa sexta-feira (6) em edição extra do Diário Oficial da União.

Já na próxima semana, será realizado o levantamento dos dados dos segurados cujos benefícios serão revisados e reconfigurado o agendamento das perícias nas agências da Previdência Social.

Após receber o comunicado, o segurado terá cinco dias úteis para agendar a perícia pelo número 135. O beneficiário que não atender a convocação ou não comparecer na data agendada terá o benefício suspenso. Para reativar o auxílio, ele deverá procurar o INSS e agendar a perícia.

Na data marcada para a realização da avaliação, o segurado deve levar toda a documentação médica como atestados, laudos, receitas e exames.

O processo estava interrompido pelo vencimento da MP 739, de julho de 2016, e pela não votação do PL 6427/2016 pelo Congresso Nacional.

A nova medida estabelece os mesmos termos e critérios tratados na MP de 2016, com destaque ao Bônus Especial de Desempenho Institucional por Perícia Médica em Benefícios por Incapacidade, que será pago aos médicos peritos. O valor permanece o mesmo: R$ 60,00 por perícia realizada.

Economia

Na avaliação do secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), Alberto Beltrame, o pente-fino é uma ação primordial para redirecionar os recursos previdenciários para quem realmente precisa. “Essa medida contribui para melhor governança e gestão de recursos públicos, contribuindo com o esforço do governo federal para equilibrar as contas”, afirma.

O pente-fino já gerou uma economia de R$ 220 milhões para o Fundo da Previdência. Até 31 de outubro de 2016, foram realizadas quase 21 mil perícias. Desse total, 16.782 (80,05%) benefícios foram cessados na data de realização do exame; 304 (1,45%) foram cessados, mas houve concessão de auxílio-acidente; 1.520 (7,25%) tiveram data remarcada para cessação; 954 (4,55%) foram encaminhados para reabilitação profissional e 1.289 (6,15%), transformados em aposentadoria por invalidez.

Dívida dos estados com o Tesouro Nacional soma quase R$ 470 bilhões

Foto: Reprodução
Fabíola Sinimbú – Repórter da Agência Brasil

O endividamento dos estados com a União soma hoje quase R$ 470 bilhões, de acordo com levantamento exclusivo feito pela Agência Brasil, com base em dados disponibilizados pelo Banco Central. As dívidas junto à administração direta são de quase R$ 464 bilhões e o restante se refere a débitos em aberto junto autarquias que dependem financeiramente da União, o que exclui os bancos públicos desta conta.

Atualmente, São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro são os principais devedores do Tesouro Nacional. Juntos, eles somam mais da metade do endividamento dos estados, com dívidas que somam R$ 350 bilhões. Já Tocantins, Rio Grande do Norte e Amapá são os estados menos endividados.

Fonte: Agência Brasil

Salário mínimo sobe para R$ 937 a partir de janeiro

Salário mínimo sobe para R$ 937 a partir de janeiro – Divulgação

BRASÍLIA – O novo valor do salário mínimo — que passará a valer em 1º de janeiro — será de R$ 937, sem ganho real, apenas com a reposição da inflação (o INPC). Hoje, o mínimo está em R$ 880. Na proposta orçamentaria de 2017, a previsão para o piso nacional era de R$ 945, mas o valor ficou abaixo por conta de a inflação apurada ter sido menor do que o previsto.

A estimativa para o índice de preços em 2016 era de 7,5%, mas esse indicador deverá fechar o ano em 6,75% (até novembro era de 6,43%). Com isso, o governo deixará de gastar R$ 2,1 bilhões, sobretudo com pagamento dos benefícios previdenciários, segundo uma fonte da equipe econômica.

Desde o governo Lula, a regra para reajuste do salário mínimo é a mesma: o piso é corrigido pela inflação mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes. Em 2015, houve retração na economia de 3,8%. Nesse caso, o efeito é zero e, por isso, se corrige só a inflação. O decreto com o novo salário mínimo deverá ser publicada no Diário Oficial da União amanhã.

Em nota, o Ministério do Planejamento disse que a elevação do valor do mínimo para R$ 937 resultará “no incremento de R$ 38,6 bilhões da massa salarial em 2017, ou 0,62% do PIB, com efeitos positivos na retomada do consumo e do crescimento econômico ao longo do ano”. A nota cita lei que trata da política da valorização do mínimo e diz que o governo aplicou a regra contida na legislação.

No início da noite, o Planejamento chegou a anunciar que soltaria nova nota com uma correção no valor do salário mínimo. O texto enviado uma hora depois, porém, fez só uma ressalva sobre a forma de cálculo.

“Aplicando-se esta regra o salário mínimo, a partir de 1º de janeiro de 2017, será de R$ 937. Considera crescimento real zero, tendo em vista que a variação real do PIB auferida pelo IBGE em 2015 foi negativa (-3,77%) e, pela regra estabelecida na lei, quanto o PIB for negativo deve-se considerar zero para a determinação do salário mínimo”, diz a nota.

O ministério informou ainda que a estimativa para o INPC em 2016 é de 6,74%, calculada pelo Ministério da Fazenda, menor do que a previsão de 7,5% feita em outubro, quando foi enviada a Lei Orçamentária Anual de 2017. “No acumulado do ano, até novembro, o INPC está em 6,43%”, justifica a nota.

Fonte: oglobo.com.br

Hoje é o último dia de funcionamento das agências bancárias em 2016

Da Agência Brasil
CEF/BB/Pedreiras/Foto: Arquivo do Blog

Hoje (29) é último dia de funcionamento das agências bancárias para atendimento ao público. A partir de amanhã (30) as agências ficam fechadas e só abrem no próximo dia útil, dia 2 de janeiro. Por isso, as pessoas que precisam resolver questões bancárias este ano precisam fazê-lo até hoje.

Vale lembrar que todas as contas com vencimento nos dias em que as agências estiverem fechadas podem ser pagas no primeiro dia útil após o vencimento sem incidência de multa. Do dia 30/12/2016 até 01/01/2017, os clientes podem realizar operações bancárias nos caixas eletrônicos, internet banking, mobile banking e banco por telefone.

Existem ainda os correspondentes bancários, que são casas lotéricas, agências dos Correios, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais credenciados. Eles também podem realizar operações bancárias, mas o cliente precisa verificar os horários de funcionamento de cada um, que são independentes dos bancos.