Logo

Pedreiras: Novas instalações da Recicle Informática foram inauguradas com mais conforto e opções

Foto: Sandro Vagner

Foram reinauguradas, na manhã desta segunda-feira (17), as novas instalações da Recicle Informática, agora com mais uma opção aos clientes, seção de papelaria. A novidade, segundo o gerente proprietário, Gustavo Lopes, toda estrutura trouxe mais comodidade para todos.

Muito mais dos serviços prestados, que tange a parte de informática, outras opções estão à disposição dos clientes. Modernos smartphones, iphones, notebooks, impressoras e serviço de assistência técnica com profissionais capacitados.

Foto: Sandro Vagner

Como o mercado merece mais opções, a Recicle Informática complementou suas dependências com um grande número de material de papelaria, que vão desde cadernos, tintas, mochilas e outros produtos da área.

Fotos: Sandro Vagner

Depois de ter passado por um incêndio que atingiu toda estrutura do teto, os proprietários não desanimaram, foram à luta, e como forma de mostrar que sempre “após uma tempestade vem a bonança”, o novo projeto já é certeza de sucesso, tudo isso, graças a clientela que aguardou por alguns meses com a expectativa de bons negócios, e eles já estão acontecendo.

Fotos: Sandro Vagner

O cineasta e ator Woody Alen, já dizia: “90% do sucesso se baseia simplesmente em insistir”.

Parabéns aos empresários Gustavo Lopes e Cleudiane Vale!

Visite a Recicle Informática e Papelaria.

Lagoa Grande do MA: Corpo de um homem identificado como “Grandão” foi para o IML de Timon

Foto: Reprodução de vídeo – PM

A Polícia Militar de Lagoa Grande, que tem à frente o Sargento Araújo, foi comunicada por populares sobre o achado de um corpo de um homem no povoado “Aterrado””, próximo ao Catitu (nas terras do vereador Cícero Amaro). Segundo informações,  o corpo apresentava cortes e perfurações na região do pescoço.

O corpo, a princípio, segundo a PM, teria sido encontrado por trabalhadores da Fazenda, bem como, relataram que a vítima se encontrava na noite de quinta-feira (13), na companhia de dois indivíduos forasteiros. Na manhã seguinte, os suspeitos não amanheceram no rancho e não foram mais vistos na região.

Foto: PM de Lagoa Grande do Maranhão

Devido as fortes chuvas que caíram, a Polícia Militar, com apoio da prefeitura, juntamente com o IML, foi ao local indicado por  populares, no dia seguinte, e encontraram o corpo enterrado em uma cova rasa.

“Grandão”, como era conhecido, não tinha documentos nem parentes conhecidos na região.

O corpo foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Timon. 

O caso está à cargo da Polícia Civil, que já iniciou as investigações.  Até agora ninguém sabe o motivo do assassinato.

fonte: DPM de Lagoa Grande do Maranhão

Loteria: Mega acumula de novo e pode pagar R$ 48 mi na terça; confira os números

(foto: Caixa/Reprodução)

O prêmio da Mega-Sena acumulou pela segunda vez nesta semana. Na noite deste sábado (15/12), a Caixa realizou o concurso 2107 e os números sorteados foram: 08 – 38 – 44 – 50 -56 – 60. A próxima chance dos apostadores será na terça-feira (18/12), quando o prêmio total poderá chegar a R$ 48 milhões. 
Setenta e duas pessoas fizeram cinco pontos e levam para casa pouco mais de R$ 46 mil cada. Quem fez a quadra irá receber R$ 885. 
A aposta mínima, de 6 números, custa R$ 3,50. Quanto mais números marcar, maior o preço da aposta e maiores as chances de faturar o prêmio mais cobiçado do país.

Brasília: CNJ deve aprovar nesta terça a recriação do auxílio-moradia para juízes

O ministro do STF Luiz Fux, que revogou o auxílio-moradia no fim de novembro; benefício agora pode voltar Foto: Ailton de Freitas / Agência O Globo

O Conselho Nacional de Justiça ( CNJ ) deve aprovar nesta terça-feira, na última sessão do ano, uma proposta de recriação do auxílio-moradia para magistrados. O benefício deverá ser pago a partir de critérios mais rígidos em comparação ao cenário anterior, quando todos os juízes recebiam o dinheiro extra indistintamente. A ideia agora é autorizar o pagamento apenas a quem atender a uma série de requisitos cumulativos. Não há informação sobre quantos magistrados se encaixariam nos novos parâmetros.

Pela proposta que será votada, teria direito ao auxílio-moradia quem for transferido para uma cidade em que não tenha imóvel funcional disponível. O juiz também não pode ser dono de imóvel no local. Não será possível receber o benefício se o magistrado for casado com quem já o recebe. E, acima de tudo, o juiz vai precisar apresentar um recibo do aluguel que paga todo mês. O auxílio-moradia será um ressarcimento do gasto.

No dia 26 de novembro, o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), revogou o pagamento do benefício para o Judiciário e o Ministério Público, mas determinou que o CNJ e o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) regulamentassem novamente o pagamento do auxílio, com regras iguais para as duas carreiras. A proposta que será votada amanhã no CNJ será depois replicada pelo CNMP.

Na decisão de novembro, Fux deixou um caminho aberto para a volta do benefício. Ele proibiu o pagamento do penduricalho em todo o país com o argumento de que não havia recursos públicos para arcar com o gasto, já que o Judiciário receberia reajuste salarial de 16,38% a partir de 2019. Mas em nenhum momento declarou a inconstitucionalidade do auxílio-moradia.

O benefício está previsto na Lei Orgânica da Magistratura Nacional (Loman), editada em 1979 pelo então presidente Ernesto Geisel. Como essa norma não foi considera inconstitucional, nada impede que o auxílio volte a ser pago. A Loman estabelece “ajuda de custo, para moradia, nas localidades em que não houver residência oficial à disposição do magistrado”.

A brecha criada por Fux só foi possível porque a decisão foi tomada individualmente. No STF, ministros avaliam que, se o pagamento do auxílio-moradia fosse levado ao plenário do STF, a tendência seria o benefício ser considerado inconstitucional. Neste caso, não seria possível que ele fosse retomado pelo CNJ, a não ser que o Congresso Nacional aprovasse outra lei prevendo isso. No atual cenário político e econômico, essa possibilidade seria praticamente nula.

A decisão de Fux estabelecia que o auxílio-moradia deixaria de ser pago aos juízes assim que o reajuste entrasse em vigor, a partir de janeiro de 2019. A nova regra aprovada pelo CNJ deve ter validade também a partir de janeiro de 2019. Com isso, juízes que atenderem a todos os requisitos estabelecidos pelo conselho vão acumular o reajuste salarial e o auxílio-moradia. O CNJ poderá estabelecer limite para o valor a ser pago como ressarcimento do aluguel. Não há informações sobre o impacto que o benefício terá nos cofres públicos.

Na decisão de novembro, Fux declarou que o pagamento do benefício estava vedado sem exceções, atingindo inclusive a magistratura estadual. Ele também escreveu que gestores podem responder por improbidade se descumprirem a decisão, tomada no mesmo dia em que o presidente Michel Temer sancionou o reajuste dos ministros do STF. A correção dos salários será implementada a partir de 2019 e terá repercussão nos vencimentos de juízes de todo o país.

fonte: oglobo.globo.com

Brasil: Receita paga hoje as restituições do último lote do IRPF 2018

A Receita Federal paga hoje (17) as restituições referentes ao sétimo e último lote do Imposto de Renda de Pessoas Físicas (IRPF) de 2018. Este lote contempla também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2017. As consultas foram liberadas no último dia 10. Quem não estiver neste lote é porque está na malha fina.

O crédito bancário é destinado a 151.248 contribuintes e soma mais de R$ 319 milhões. Desse total, R$ 127.393.752,50 referem-se ao quantitativo de contribuintes que têm prioridade no recebimento: idosos acima de 80 anos, 19.081 contribuintes entre 60 e 79 anos, 3.157 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou doença grave e 9.297 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá ir pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Malha fina

A Receita informa ainda que concluído o processamento dos formulários de 2018, 628 mil declarações ainda estavam retidas na malha fina até o último dia 10, devido a inconsistências nas informações prestadas.

A quantidade de documentos retidos até aquela data correspondia a 2% do total de 31.435.539 declarações do IRPF 2018 apresentadas este ano. “Desse conjunto de declarações retidas, 70,35% registra imposto a restituir, 25,88% tem imposto a pagar e 3,77% não apresenta imposto a restituir ou a pagar”.

Para saber se estão na malha fina, os contribuintes podem acessar o Extrato de Processamento da DIRPF na página da Receita na internet. Para acessar o extrato da declaração, é necessário usar o código de acesso gerado na própria página do Fisco ou certificado digital emitido por autoridade habilitada.

“Ao acessar o extrato, é importante prestar atenção na seção ‘Pendências de malha’. É nessa seção que o contribuinte pode identificar se a declaração está retida em malha fiscal, ou se há alguma outra pendência que possa ser regularizada por ele mesmo”.

Segundo a Receita, se a declaração estiver na malha fiscal, nessa seção, “o contribuinte encontrará links para verificar com detalhes o motivo da retenção e consultar orientações de procedimentos. Constatando erro na declaração apresentada, o contribuinte pode regularizar sua situação apresentando declaração retificadora”.

“Inexistindo erro na declaração apresentada e estando de posse de todos os documentos comprobatórios, o contribuinte pode optar por aguardar intimação ou agendar pela internet uma data e local para apresentar os documentos e antecipar a análise de sua declaração pela Receita Federal. O agendamento para declarações do exercício 2018 começa a partir de janeiro de 2019”, informa ainda a Receita Federal.

fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

Capinzal do Norte: Um assaltante morreu e outro ficou ferido durante confronto com a Polícia Militar

Foto: Reprodução câmera de segurança

Dois elementos que praticaram um assalto à mão armada ao Posto Joyce, no povoado Califórnia, zona rural de Capinzal do Norte, dia 14 de dezembro, por volta das 16:30h, após serem abordados por policiais militares que estariam de folga, para que os mesmos se entregassem, começaram a atirar contra os PM’s. Durante o confronto um meliante veio a óbito e o outro foi ferido.

Foto: Policia Militar de Capinzal do Norte – MA

“Pedro” que era morador da cidade de Caxias-MA, e não portava documentos, morreu durante o confronto. O elemento Francisco Emanuel Barbosa Gonçalves, 34 anos de idade, natural de Caxias-MA, conhecido como Manuelzinho, foi prontamente encaminhado para o hospital local, São José, mas depois teve que ser transferido para o hospital regional de Peritoró.

Foto: Policia Militar de Capinzal do Norte – MA

Material encontrado com os assaltantes (relatório da PM)

Foto: Policia Militar de Capinzal do Norte – MA

Durante as buscas foram encontrados na posse de “Pedro” um revolver calibre 32, numeração: 342907 com três estojos deflagrados e uma munição rebatida; quatro celulares provenientes de assalto; a quantia de R$ 1.618,00 reais referente ao assalto ao posto Joyce, de algumas vítimas. E em posse de Manuelzinho, um veiculo Honda, placa PTH-1585 tomado de assalto na cidade de Codó-MA, relatado assim pelo mesmo.

Os materiais foram apresentados na Delegacia de Policia Civil de Capinzal do Norte – Maranhão.

*  Com a colaboração do Repórter Sena Freitas (Codó)

Goiânia: João de Deus pode ser indiciado por estupro e posse sexual mediante fraude

João de Deus deixa delegacia onde prestou depoimento em Goiânia Foto: Daniel Marenco / Agência O Globo

Durante um interrogatório que durou cerca de quatro horas, na Delegacia de Investigações Criminais (Deic), o médium João de Deus negou todas as acusações de abuso sexual. O delegado geral da Polícia Civil de Goiás, André Fernandes, não ficou convencido com os argumentos do acusado e pretende indiciar o líder espiritual por pelo menos dois crimes: estupro e posse sexual mediante fraude.

João de Deus já chegou ao Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, onde dividirá uma cela de 16 metros quadrados com três detentos e, segundo o G1, só poderá receber visitas daqui a 30 dias.

Segundo o delegado, a polícia leva em consideração na investigação o fato de João de Deus ter explorado a fé das pessoas que o procuraram para obter benefício sexuais.

Foram abertos 15 inquéritos pela Polícia Civil de Goiás  para investigar o líder religioso. Cada inquérito trata do caso de cada vítima já registrado pelos policiais. O número pode aumentar com os relatos recebidos pelo Ministério Público.

De acordo com o delegado, uma reunião vai acontecer nesta segunda-feira, no período da tarde, com Polícia Civil e o Ministério Público de Goiás, para definir como se dará o prosseguimento das investigações. Como base nos “novos depoimentos que estão chegando, novos inquéritos serão abertos”, afirma o delegado.

Fernandes afirmou que, no depoimento, João de Deus não confirmou os abusos:

— Ele não vai confirmar (os abusos). Ele apresenta a versão dele dos fatos.

O delegado não deu garantias de que João de Deus ficará numa cela isolado no centro penitenciário de Aparecida de Goiânia, para onde foi levado.

O advogado Alberto Toron, que defende o médium, disse que João de Deus respondeu a todas as perguntas do interrogatório. E fez acusações contra uma das mulheres que declararam ter sido abusadas por João de Deus.

fonte: oglobo.globo.com

Goiás: João de Deus entrega-se à polícia em área rural de Abadiânia

O médium João de Deus, que é acusado de abuso sexual – Marcelo Camargo/Arquivo/Agência Brasil

O médium João Teixeira de Faria, internacionalmente conhecido como João de Deus, entregou-se às autoridades policiais de Goiás, neste domingo (16), por volta das 16h30, em área rural nas  proximidades de Abadiânia, na região central do estado. Um dos responsáveis pela rendição, o delegado-geral da Polícia Civil de Goiás, André Fernandes, disse que João de Deus não apresentou resistência e que a prisão é preventiva, ou seja, sem prazo para terminar.

João de Deus, que estava acompanhado pelos advogados de defesa, apresentou-se ao delegado titular da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), Valdemir Pereira da Silva, e o delegado-geral da Polícia Civil de Goiás, André Fernandes. A rendição teve um longo período de negociação, disse Fernandes.

João de Deus é acusado e suspeito de ter abusado sexualmente de mais de 300 mulheres que o procuraram para cirurgias espirituais. As denúncias vieram de todo o país e também do exterior, após o programa Conversa com Bial, da TV Globo, que entrevistou mulheres que se disseram molestadas pelo médium.

Força-tarefa continua

O Ministério Público de Goiás (MPGO) divulgou nota informando que a força-tarefa formada para atuar no caso do médium João de Deus continuará com seus trabalhos.

“A força-tarefa que atua no caso de Abadiânia confirma o cumprimento, por parte da Polícia Civil, do mandado de prisão do médium João de Deus ocorrido no final da tarde deste domingo (16). Os promotores e promotoras intormam que os trabalhos da força-tarefa seguem normalmente nos próximos dias, no intuito de continuar realizando as oitivas das vítimas e produzir as denúncias a serem oferecidas”, diz a nota.

fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

Lima Campos: Acidente fatal com duas vítimas na MA – 122

Motocicleta envolvida no acidente/Foto: Reprodução WhatasApp

Na noite deste sábado (15), por volta das 20:30h, dois homens morreram durante um acidente na MA – 122, próximo a uma ponte no povoado São Pedro, zona rural de Lima Campos. Os ocupantes, que estavam em uma motocicleta Bros, colidiram de frente com um carro que vinha sentido a Pedreiras, e a dupla estaria indo com destino a Independência.

Os corpos foram levados pela ambulância ao hospital de Lima Campos. Antônio Santana Rodrigues e Fábio Maciel Nogueira trabalhavam para uma empresa da cidade.

Hospital Municipal de Lima Campos/Foto: Marcos Lima

A polícia esteve no local, e segundo informações, o condutor de uma L200 Triton, evadiu-se do local.

Carro dentro do mato/Foto: Reprodução de WhatsApp

Com o impacto, o motorista perdeu o controle e o veículo desceu o aterro.

Estamos aguardando mais informações, através das autoridades competentes.

*colaboração do blogueiro Marcos Lima (Lima Campos)

Pará: Líder de assentamentos é assassinado a tiros no portão de casa

Foto de Gilson Maria em banner da Associação dos Agricultores Nova Aliança — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Gilson Maria Temponi, líder de assentamentos em Placas, na região da Transamazônica, no Pará, foi assassinado na manhã deste sábado (15), em Rurópolis, no sudoeste do estado. Conhecido como Mineiro, de 43 anos, ele foi atingido a tiros no portão de casa. Dois homens suspeitos do crime conseguiram fugir.

A esposa da vítima compareceu à delegacia de Polícia Civil de Rurópolis para registrar o caso. Ela disse à polícia que era por volta de 8h quando os dois homens chegaram de moto na casa e bateram na porta. A esposa disse ainda que Gilson decidiu atender e na hora de abrir o portão, e acabou sendo alvejado com três tiros.

A esposa também disse que Gilson ainda conseguiu fechar o portão, entrar em casa e pedir ajuda, mas desmaiou nos braços dela. Vizinhos ouviram pedidos de socorro e levaram a vítima ao hospital da cidade, onde morreu pouco tempo depois. A Polícia Civil já abriu um inquérito para investigar o crime.

Vítima sofria ameaças

Gilson Maria Temponi era presidente da Associação dos Agricultores Nova Aliança, dos assentamentos “PDS Castanheiro”, “Arthur Faleiro” e “Avelino Ribeiro”. A associação reúne cerca de 600 famílias, que vivem de forma precária, aguardando decisão do Incra sobre a regularização fundiária.

Desde 2008, Gilson lutava pela regularização de terras junto ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Segundo as investigações, a vítima já vinha sofrendo ameaças de pistoleiros. Há cerca de um ano, ele se mudou do município de Placas para Rurópolis, temendo pela vida da família.

fonte: g1.globo.com/pa

  • siga-nos no facebook

  • Mensagem do vereador Robson Rios e Família

  • Clínica Leão XIII – Fone: (99) 3642-7578/98190-5654

  • Mensagem do vereador Bruno Curvina e Família

  • Não Percam!

  • Mensagem do Prefeito Fred Maia e Família

  • IESN /Matrículas abertas: Cursos técnicos, profissionalizantes e de aperfeiçoamento

  • Mensagem do vereador Adonias Quineiro e Família

  • Gráfica e Editora Mearim – (99) 3642-8006/98189-0190 – Pedreiars – MA

  • Mensagem Chico da TV

  • Clique no flyer e acesse o site da FAESF

  • Mensagem do vereador Sérgio Profírio e Família

  • MX.com – Av. Rio Branco/99 3642-5844/ Fale com Marcílio Ximenes

  • Mensagem do Vereador Jotinha e Família

  • Para pessoas que buscam tranquilidade, conforto, bons serviços e clima agradável

  • Mensagem da vereadora Ceiça Feitosa e Família

  • CONNECT PEDREIRAS

  • Óticas Diniz

  • LOJA DOIS PAPELARIA – Avenida Rio Branco – Centro – Pedreiras

  • Uninter – Polo Pedreiras CE Franciscano Av. Dr. João Alberto, nº 5 Bairro Maria Rita Pedreiras-MA Fone: (99) 3642-1709 / (99) 981167237 – Mais informações clique no banner

  • Acesse nossa página no Facebook clicando no banner

  • Prefeitura de Trizidela do Vale. Clique no banner e acesse o site do Município

  • Especialista em aplicativos, cartões digitais interativos e redes sociais. Clique no Banner e tenha mais informações

  • Publicidade

  • Loteamento Monte Carlo – Pedreiras – MA, venha morar aqui!

  • Mídia

  • Telefones Úteis

    WhatsApp da PM (99) 8156-5426 Tenente do Dia (99) 98174-3547 Sargento do Dia (99) 98140-4154