Codó: Um homem foi assassinado com vários golpes de faca

Com a colaboração do repórter Sena Freitas (Codó)

Valdeci – Suspeito/Foto: Polícia Militar de Codó

Um homicídio foi registrado ontem (17) em Codó, por volta das 20:46h, na rua Três Maria, no bairro Codó Novo. A vítima, Devanir da Anunciação, 44 anos, foi morto a golpes de arma branca, com cortes e perfurações em todo o corpo.

O suspeito também ficou ferido com um tiro no peito, durante a luta entre os dois. Segundo informações de parentes, vítima e acusado tinham desavênças há muito tempo, por questões pessoais, e, ontem segundo os vizinhos, a vítima vinha parando na porta do suspeito por várias vezes.

O acusado foi levado para o hospital, passou por uma cirurgia, e passa bem. Ele foi identificado como Valdeci do Rosário, 43 anos de idade.

Brasília: Apesar de esforços de Temer, mais dois tucanos declaram voto contra presidente

O presidente Michel Temer – Jorge William / Agência O Globo / 11-7-17

Apesar das investidas do presidente Michel Temer para distensionar a relação com o PSDB, novos deputados tucanos se posicionaram, na segunda-feira, a favor da denúncia contra o peemedebista. Agora, já são 21 deputados do PSDB declaradamente favoráveis às investigações contra o presidente, de uma bancada de 46 deputados. Outros 10 são contra, enquanto 15 se disseram indecisos ou não responderam à enquete realizada pelo GLOBO.

TERMÔMETRO DA DENÚNCIA: A intenção de votos dos deputados

Os mais recentes deputados tucanos a se declararem a favor da denúncia foram Pedro Vilela (PSDB-AL) e João Paulo Papa (PSDB-SP). Por outro lado, em partidos do chamado Centrão, Temer ganhou dois votos. Foram os dos deputados Herculano Passos (PSD-SP) e Takayama (PSC-PR).

A ofensiva lançada por Temer sobre o PSDB tem por objetivo aumentar sua margem de votos para tentar barrar a denúncia de que é alvo. Ao longo do fim de semana, o presidente ligou para ministros tucanos para abafar o incômodo provocado por especulações de que poderia tirá-los do cargo e ontem recebeu no Palácio do Planalto o ministro das Cidades, Bruno Araújo, que vinha sinalizando a possibilidade de pedir para deixar o governo. O discurso feito aos tucanos foi de pacificação, e os ministros foram avisados de que, ao menos antes de votada a denúncia em plenário, não há previsão de alterações no primeiro escalão.

Nas últimas semanas, tem se intensificado a pressão pelo desembarque do governo por parte de uma ala tucana, composta principalmente pelos chamados “cabeças pretas” e por alguns caciques do partido, como os senadores Tasso Jereissati (CE) e Cássio Cunha lima (PB). O PSDB votou, majoritariamente, contra Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), dando cinco votos a favor da denúncia, e apenas dois contra.

Após a votação na CCJ, integrantes do Centrão passaram a cobrar, de forma enfática, que os quatro ministérios hoje ocupados pelo PSDB sejam redistribuídos àqueles partidos que demonstraram fidelidade na comissão. Mas, o governo já sinalizou que pretende manter os tucanos nos cargos, ao menos até a votação da denúncia no plenário da Câmara, prevista para o dia 02 de agosto. Desta forma, Temer espera não perder mais votos entre os deputados do PSDB e escapar da denúncia.

Fonte: oglobo.com.br

Pedreiras: Presidente da APAC fala sobre a participação no VIII Congresso das APAC’s

Foto: André Gustavo Sacramento – Recuperando

As APAC’s do Brasil e de alguns países do mundo se reuniram em seu 8º Congresso, nesses dias 13, 14, 15 e 16 de Julho na histórica cidade de São João Del Rei – MG, com o tema: “Somos todos recuperandos”.

No evento, além da APAC’s de Minas Gerais e outros estados, estiveram presentes as representações do Maranhão, inclusive a nossa estimada APAC PEDREIRAS.

Sob o olhar e apoio do Secretário de Estado da Administração Penitenciária do Maranhão – Dr. Murilo Andrade Oliveira, o projeto das APAC’s nesse estado têm superado as expectativas e tem se mostrado de fato, eficaz e extremamente promissor, sendo pois que a expansão da metodologia no Maranhão é um dos grandes objetivos de sua gestão.

Dr. Mário Otoboni – Fundador/Idealizador do Método APAC/Foto: Haroldo Lopes Jr – Recuperando

Dr. Mário Otobboni – Fundador/Idealizador do Método APAC – apresenta-se no Congresso com a humildade de quem já caminhou demais no rumo certo, e mostra-se realizado e feliz com o que já conquistou, contudo, impulsiona o seu exército do bem a ir além e a fazer da sua obra prima, a resolução dos problemas carcerários do Brasil e do mundo inteiro.

As APAC’s se expandem ao mundo com a certeza de que “matar o criminoso” é a grande missão de seu trabalho: “Matar o criminoso e fazer renascer o homem”, uma vez que percorremos o caminho tortuoso do sistema prisional, mas que ao final, se resume na inequívoca realidade, de que no processo natural da vida: Somos todos recuperandos!

Dr. Mário Otoboni e Enoque Barreto/Foto: Rafaela Cristina 

Como responsável direto pela APAC de Pedreiras, agradeço a oportunidade de fazer parte de um método tão solidário e revolucionário, e saliento a importância de relevante projeto à sociedade brasileira. Diante de tudo o que foi visto e apreciado durante esses dias, onde todos os olhares se dirigiam ao que se faz com relação ao recuperando e sua reinserção na sociedade, ‘não podemos descansar (Valdecir Ferreira), pois embora já tenhamos avançado muito, a realidade ainda é muito dura, e nossa presença no sistema penitenciário ainda é uma pequena gota no imenso oceano que é esse falido sistema. A APAC de Pedreiras, por sua vez, também caminha rumo à excelência na execução do Método, e ainda diante de todo o reconhecimento ao nosso trabalho – que nos lisonjeia – na fala do Dr. Murilo Andrade, quando nos agracia no termo de um CRS Modelo, reconhecemos que esse caminho é longo, cheio de grandes desafios, mas extremamente salutar. Me oportunizo ainda para agradecer a todos os colaboradores desse projeto: aos que estiveram aqui antes de nós, aos que estão nesse momento e aos que virão. Conto hoje, com uma equipe que merece ser lembrada, uma vez que somos todos corresponsáveis pelo desenvolvimento nessa aplicabilidade do Método APAC em Pedreiras.” Disse Enoque de Sá Barreto Filho, Presidente da APAC/Pedreiras.

Fizeram parte da comitiva da APAC de Pedreiras: Enoque Barreto (Presidente); Yure Cavalcante (Vice-presidente da APAC);Dr. Haroldo Dias (Tesoureiro); Regilson Oliveira (Encarregado de segurança e disciplina); Luís Morais (Encarregado Administrativo) e Hilton Brandão (Encarregado financeiro).

Equipe da APAC de Pedreiras – MA

 

Fonte: Enoque Barreto – Presidente da APAC de Pedreiras – MA

Trizidela do Vale: Ruas continuam sendo recuperadas com asfalto

Rua de Trizidela do Vale sendo recuperada com asfalto/Foto: Tony Maranhão

A equipe da Secretaria de Infraestrutura continua com o trabalho de recuperação de várias ruas do Município, com camada asfáltica, que faz parte da Operação Tapa – Buracos. As ações tiveram início sexta-feira (14). O objetivo da administração municipal é amenizar os problemas que afetaram algumas ruas do centro e de alguns bairros de Trizidela do Vale.

Ruas de Trizidela do Vale sendo recuperadas com asfalto/Fotos: Tony Maranhão

Trechos mais críticos como Travessa Boa Vista e Rua da Boa Vista já foram contemplados com a operação. Segundo o prefeito Fred Maia, esse trabalho é necessário. “Daremos andamento, seguindo o planejamento que vai contemplar os demais bairros. Primeiro, nesse etapa inicial vamos resolver os pontos mais críticos, para facilitar a fluidez do trânsito nas vias de maior movimento“, comentou o prefeito.

Fonte: ASCOMTV

Brasil: Justiça manda madrasta de Isabella Nardoni para regime semiaberto

O casal Anna Carolina e Alexandre Nardoni são levados para presídio no interior de SP

A Justiça de São Paulo concedeu nesta segunda (17) a progressão de regime a Anna Carolina Trotta Jatobá, 33, condenada em 2010 a mais de 26 anos de prisão pela participação no assassinato de sua enteada, Isabella Nardoni, 5.

Jatobá, que hoje cumpre pena em regime fechado no complexo prisional de Tremembé (a 147 km de São Paulo), vai para o semiaberto. Ela poderá trabalhar fora da prisão e retornar ao presídio durante a noite, além de ter autorização para sair em datas especiais, como Dia das Mães, Natal e Ano Novo.

De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária, da gestão Geraldo Alckmin (PSDB), a direção do presídio onde Jatobá está “já solicitou a remoção para a ala de progressão, que fica na mesma unidade”. Como não há, por ora, informações de que ela trabalhará fora da prisão, “possivelmente a presa ficará trabalhando na parte interna da unidade”.

A decisão é da juíza Sueli Armani, da Vara de Execuções Criminais de Taubaté, e atende a pedido da defesa do casal Nardoni, para quem a ex-estudante de direito atingiu o tempo necessário para conseguir a progressão, tem bom comportamento na prisão e nunca teve outra condenação na vida.

“Ademais, foi submetida a exame criminológico e obteve resultado positivo pela unanimidade dos membros da Comissão Técnica de Classificação, os quais ressaltaram que a possibilidade de reincidência é nula atualmente”, afirma trecho da decisão da magistrada.

Armani também registra que, mesmo passados quase dez anos do crime, ocorrido em 29 de março de 2008 no apartamento do casal, na zona norte da capital, Anna Carolina Jatobá não “reconhece a culpa”. “Não assume a responsabilidade pelo delito perpetuado e declara-se inocente”, diz a juíza.

CONDENAÇÃO

A madrasta de Isabella foi condenada, em júri popular, a 26 anos e oito meses de prisão por homicídio triplamente qualificado, cometido contra menor de 14 anos.

O pai da menina, o bacharel em direito Alexandre Nardoni, 39, também está preso e nega ter cometido o crime. Ele foi condenado inicialmente a 31 anos, um mês e dez dias de prisão, mas depois teve a pena reduzida para 30 anos, dois meses e 20 dias.

O casal foi condenado ainda a oito meses em regime semiaberto por fraude processual (por ter alterado a cena do crime). Os jurados entenderam que a menina foi asfixiada e jogada do sexto andar do prédio onde eles moravam.

Fonte: folhadesaopaulo.com.br

Pedreiras: Homem está desaparecido e família pede informações

José Alvino Rodrigues – Desaparecido/Foto: Álbum de família (edição: Sandro Vagner)

José Alvino Rodrigues, morador do povoado Sítio Novo, em Pedreiras, estava acompanhando um motorista do Supermercado Saturnino. Quando os dois retornavam de São Paulo, ao pararem em um Posto de combustível, “Marajó”, em Colinas – TO, José teve uma crise de Surto Psicótico. Enquanto o amigo tentava ligar para parentes em Pedreiras, para pedir ajuda, ele desapareceu. O fato aconteceu na madrugada desta segunda-feira (17).

Segundo informações, a última vez que foi visto, ele estaria trajando uma bermuda e uma camisa cor cinza, e tinha em volta do pescoço uma tolha de cor vermelha.

José Alvino não é agressivo, em pouco tempo pode voltar ao normal. Qualquer informação sobre o paradeiro dele, entrar em a contato (a cobrar) pelo telefone: (99) 98189 – 2002

A família está muito apreensiva. Não passe trote, por favor.

Poção de Pedras – MPMA recomenda exoneração de servidores em situação de nepotismo

Arte – MPMA

O Ministério Público do Maranhão expediu Recomendação, em 11 de julho, ao prefeito de Poção de Pedras, Augusto Inácio Pinheiro Júnior, para que efetue a exoneração, no prazo de 10 dias, de todos os ocupantes de cargos comissionados e afins que estejam em situação de nepotismo na administração municipal.

A medida atinge também os servidores com função de confiança, função gratificada e contratos temporários que sejam cônjuges ou companheiros ou detenham relação de parentesco consanguíneo, até o terceiro grau, com o prefeito, vice-prefeito, secretários, chefe de gabinete, procurador-geral do município, vereadores ou de servidores detentores de cargos de direção, chefia ou assessoramento.

O gestor igualmente deve se abster de nomear, contratar e manter pessoas que se enquadrem nos referidos casos. A manifestação ministerial foi expedida pela promotora de justiça Raquel Madeira Reis.

Também foi recomendada a exoneração, no mesmo prazo, de ocupantes de cargos políticos em que não haja comprovação da qualificação técnica para o desempenho da função.

Augusto Inácio Pinheiro Júnior deve, ainda, remeter, no prazo de 10 dias, após o término dos prazos concedidos, cópias dos atos de exoneração e de rescisão contratual dos servidores que se enquadram nas hipóteses elencadas.

Em caso de não acatamento da Recomendação, o Ministério Público do Maranhão adotará as medidas legais necessárias para assegurar a implementação das providências sugeridas, inclusive o ajuizamento de Ação Civil Pública.

Redação: CCOM-MPMA

Pedreiras: Identificado o corpo de um jovem vítima de acidente

Corpo do jovem Lucas Santos (Foto autorizada pela direção do hospital, antes da identificação, acompanhado pelo enfermeiro Elimilton )/Foto: Sandro Vagner

Lucas Santos Farias, 18 anos de idade, natural de Pedreiras, morador do Angical I, morreu ontem (16), vítima de acidente envolvendo duas motocicletas na MA – 381, Rodovia João do Vale, nas proximidades do povoado Baixa Fria. O corpo de Lucas foi levado para o Hospital Geral, onde permaneceu até hoje (17), aguardando que alguém da família fizesse o reconhecimento.

Segundo informações, Lucas teria participado ontem (16) do aniversário de um Tio, passou rapidinho no local, e entregou a chave de casa ao Pai, o senhor José Silva de Faria, que fez o reconhecimento do corpo do filho, por volta do meio-dia, desta segunda-feira.

José Silva – Pai de Lucas/Foto: Sandro Vagner

O senhor José Silva, disse ao Blog, que Lucas tinha costume de sair para se divertir, e só voltar no outro dia, por isso, não tinha ficado preocupado com as informações sobre o corpo de um jovem no Hospital Geral de Pedreiras. Só ficou sabendo que era seu filho, através do senhor Raimundo Fotógrafo, que o reconheceu e foi informar à família.

A motocicleta, uma Pop, cor vermelha, OJL – 6302/Pedreiras, que se envolveu no acidente, foi encontrada hoje, por populares, próxima a um lago. O veículo pertencia ao patrão de Lucas, que trabalhava em uma horta. Antes, a Polícia Civil, através do investigador Portela, já havia encontrado o proprietário da moto, que teria dito que o veículo pertencia a outra pessoa, já o tinha vendido. A Polícia Civil chegou até ao novo dono, no povoado Angical I, que teria informado que o veículo tinha sido emprestado a uma pessoa que prestava serviço a ele, e acompanhou o investigador até a residência, onde foram recebidos pelo senhor José Silva, pai de Lucas, que ficou sabendo sobre a existência do corpo do filho no Hospital Geral de Pedreiras.

Lucas era um dos quatro filhos do casal José Silva e Maria Cleide. Os nossos sentimentos à família.

Lucas Santos/Foto: Facebook

Nossos agradecimentos a todos do Hospital Geral de Pedreiras, pela informações prestadas ao Blog, sobre essa tragédia.

Pedreiras: Acidente na MA – 381. Jovens sempre se arriscam em alta velocidade

MA – 381, local do acidente envolvendo dois jovens, um morreu/Foto: Sandro Vagner

O acidente aconteceu na MA – 381, por volta das 16h, após o povoado Angical I, em Pedreiras. Segundo informações de populares, os dois jovens envolvidos bateram de frente. Um dos condutores, que até o fechamento dessa matéria não tinha sido identificado, morreu na hora. O segundo envolvido que vinha do povoado São Raimundo, conhecido apenas como Marcelo, que pilotava uma Fan 150, teve que ser transferido para o Hospital Geral de Peritoró.

Nós estivemos no local do acidente, uma curva fechada que requer muito cuidado. Devido o mato que toma conta do acostamento, fica difícil a visibilidade de quem vem sentido Joselândia a Pedreiras. Sobre a motocicleta que ainda não tinha sido encontrada, muitos acreditam que o veículo pode ter caído dentro de um lago ao lado da MA.

José Siqueira Machado – Avô de Marcelo/Foto: Sandro Vagner

Encontramos o avô de Marcelo, que foi encaminhado para Peritoró, ele nos contou que já viu muita coisa acontecer na estrada. Sempre aconselhava o neto para ter cuidado. “Você sabe como é o jovem, gosta de correr. Ele sempre se arriscava nessa estrada. Agora recebemos essa notícia, mas temos fé em Deus que ele vai ficar bem“, disse o senhor José Siqueira Machado.

Outros acidentes já aconteceram na Rodovia João do Vale, segundo informações de alguns condutores de veículos que pararam no local, enquanto nossa equipe conversava com o senhor José. Eles pediram para que a Polícia Militar faça uma ronda, principalmente aos fins de semana, ela vai registrar muita imprudência.

No retorno à Pedreiras, testemunhamos vários condutores de motocicletas trafegando sem capacete, em alta velocidade, e outros com faróis apagados.

O Prefeito de Pedreiras, Antônio França, esteve em vários povoados ao longo da Rodovia João do Vale, de posse de uma foto do condutor que faleceu, na tentativa de encontrar algum parente, mas não obteve êxito.

Lima Campos: Polícia Militar recupera motocicleta tomada de assalto. Suspeitos reagiram com disparo de arma de fogo

Veículo recuperado pela Polícia Militar de Lima Campos – MA/Foto: Sargento J. Morais

Ontem (15), por volta das 15:15h, a Guarnição da Polícia Militar de Lima Campos foi acionada sobre uma ocorrência, onde uma motocicleta Bros, cor vermelha, teria sido tomada de assalto por dois indivíduos que conduziam uma moto Fan 150, cor preta, nas proximidades do povoado Vale, em Lima Campos. A vítima foi Adolfo Valério da Silva Filho.

Com algumas informações, a PM iniciou uma busca ao veículo, em São Luís Gonzaga e várias localidades do Município de Alto Alegre do Maranhão, onde os policiais ficaram sabendo por populares sobre a existência de um veículo com as característica da moto tomada de assalto que estaria dentro do mato. No povoado Maciel, segundo o sargento J. Morais, a Guarnição foi surpreendida com disparos de arma de fogo, e teve revido por parte dos policiais para se defenderem, mas os elementos conseguiram fugir.

O veículo foi recuperado e levado para o comando da PM, acompanhado de seu proprietário.

Fotos: Sargento J. Morais

Mais um trabalho da Policia Militar, que merece o reconhecimento da população, ao conseguir, em pouco tempo, recuperar outro veículo tomado de assalto em Lima Campos.

Guarnição: Sargento J. Morais, Sargento Lamark e GM Anacor