Pedreiras: Fiéis participam da Procissão e Missa de encerramento do festejo em Honra a Nossa Senhora de Aparecida

Procissão com a imagem de Nossa Senhora de Aparecida no Bairro Nova Pedreiras/Foto: Sandro Vagner

Católicos que fazem parte da comunidade do bairro Nova Pedreiras, participaram do encerramento do festejo em honra a Nossa Senhora de Aparecida, padroeira do Brasil. Durante nove dias de festejo, a programação foi bastante diversificada. Na manhã desta sexta-feira (12), por exemplo, foi celebrada uma Missa Solene na Igreja da Padroeira, que contou a participação do Padre Auricélio, filho do Município de Trizidela do Vale.

Foto: Sandro Vagner

Não diferente de anos anteriores, os fiéis participaram da procissão, que teve um percurso pequeno devido a alta temperatura, mas o suficiente parta levar a palavra de Deus aos lares. Por onde passou, a procissão foi bastante aplaudida.

Foto: Sandro Vagner

Em frente algumas casas, como de costume, moradores montaram seus pequenos altares com imagens de santos, uma forma de agradecimento por mais um festejo realizado com sucesso no bairro que tem como protetora a Mãe de Jesus.

Foto: Sandro Vagner

A Missa de encerramento foi marcada com a presença de centenas de pessoas. Pagadores de promessa, crianças vestidas como anjos e um público fiel, que acompanhou um grande sermão do Padre José Geraldo. Ele pediu a união da Igreja no que for preciso, principalmente pela paz no Brasil. Quanto a Maria, lembrou de uma passagem bíblica, quando ela pediu a Jesus que ajudasse no casamento, após o vinho ter terminado e, ela disse: “Fazeis tudo o que Ele vos disser” (João 2, 1-12). Finalizou pedindo uma salva de palmas à comunidade por ter realizado uma bonita festa em honra a Nossa Senhora Aparecida.

Padre José Geraldo – Reitor do Santuário de São Benedito/Foto: Sandro Vagner

Vamos pedir à padroeira do Brasil que nos livre de todos os perigos. Que nos livre de tudo aquilo que contraria a família e a dignidade do ser humano. Para nós, Maria é a Mãe de Jesus, para nós é a padroeira do Brasil; para nós o referencial de nossa fé; para nós, acima de tudo, a Mãe de nossa Pátria.” Disse o reitor do Santuário de São Benedito, Padre José Geraldo.

Fotos: Sandro Vagner

Após o encerramento de mais um festejo, os fiéis foram convidados para participar de uma quermesse com bastante comida, onde a renda será revertida em prol da paróquia.

Fotos: Sandro Vagner

Pedreiras: Sem justificativas seis vereadores não comparecem à única sessão da semana

Parlamentares que compareceram à Sessão ordinária: Vereadores: Gard Furtado, Totinho Sampaio, Ceiça, Didi Motos, Filemon Neto e Jotinha/Foto: Ruth Barreto

O poder Legislativo de Pedreiras é composto por 13 vereadores, e somente uma sessão é realizada ao longo de toda semana, mesmo assim, alguns se dão ao luxo de não comparecerem e comprometem a aprovação de Projetos e requerimentos importantes para o Município, como foi o caso de ontem (01), onde, segundo a pauta, por exemplo, estava previsto a aprovação do Projeto de Lei que criaria o dia Municipal de Combate ao Feminicídio.

Durante todo o dia, a Secretaria da Mulher, e a própria mídia da Câmara, se encarregaram de convocar o povo, através dos meios de comunicação, para comparecerem e acompanhar a votação desse tão brilhante Projeto de Lei. A população e representantes de algumas instituições, ao contrário dos seis representantes do povo que ficaram ausentes, compareceram. Dos sete que deixaram de ir à Sessão, apenas o presidente da casa, vereador Bruno Curvina, segundo a vice-presidente vereadora Conceição de Maria Feitosa Oliveira, “Ceiça”, justificou o motivo que o impediu de ir ao plenário.

Foto: Ruth Barreto

Buchichos entre os vereadores presentes soaram, que, alguns faltantes estariam em campanha eleitoral, sendo que, apenas um está concorrendo ao um cargo nestas eleições, o vereador Robson Rios.

Ninguém ficou satisfeito com esse fato, que não é isolado, outra sessão nessa nova legislatura já deixou de acontecer devido ausência de boa parte dos representantes do povo, sendo marcada uma extraordinária (sem ônus) pela mesa diretora. 

Dos 13 edis, apenas seis foram cumprir com seu papel, foram eles:

Vereadores: Gard Furtado, Totinho Sampaio, Ceiça, Didi Motos, Filemon Neto e Jotinha.

Foto: Ruth Barreto

Ao Blog, dois parlamentares se manifestaram sobre a não aprovação do Projeto de Lei, que criaria o Dia Municipal da Luta Contra o Feminicídio em Pedreiras.

O vereador Jotinha disse o seguinte:

“A gente entende, estamos em campanha política, não sei o motivo da falta de alguns deles, inclusive o Dr. Bruno justificou a sua ausência, mas eu creio que pela questão política, não vieram, e, a gente entende os nossos colegas, mas só temos a lamentar, por que muitas pessoas deixaram os seus a fazeres, pra vim à essa casa, e, a gente pede desculpas em nome de todos os vereadores, e em outra oportunidade, a gente irá fazer a sessão.”

Gard Furtado comentou o fato:

Viemos, fizemos a nossa parte, comparecemos à sessão ordinária dessa segunda-feira, mas infelizmente os vereadores não puderam estar presentes, a gente não sabe o motivo. Infelizmente faltou um vereador para que desse quórum necessário, para que se desse à sessão, e consequentemente a aprovação dessa Lei, tão importante que fala do Feminicídio, uma causa abraçada, hoje, em todo o Brasil, mas acredito que na próxima segunda-feira, vai dar quórum, e estaremos prontos para aprovar essa Lei.” 

Janne Glêb, Secretária da Mulher de Pedreiras, lamentou o acontecido.

Jane Gleb – Secretária Municipal da Mulher de Pedreiras/Foto: Ruth Barreto

É deselegante, a palavra que vou usar, me desculpe os nossos colegas, por que são todos os nosso colegas, vereadores. A gente é informado que hoje iria ser aprovada a Lei de Combate ao Feminicídio no Município, que é de extrema importância. Nós temos um olhar clínico pra essa situação. Vamos esperar pra próxima semana, e, esperar que haja quórum, até por que são várias pautas, e todas são de extremas importância. A gente se articula, convidas as instituições, convida a comunidade, por que é uma situação de todos. Poderiam ter um pouco mais de comprometimento e ter nos avisado antes, haja vista que nós fomos informados hoje da aprovação da Lei.” 

Foto: Ruth Barreto

Vamos aguardar a próxima semana, quem sabe, após a realização do primeiro turno das eleições, os faltosos possam cumprir com seu verdadeiro papel, representar e bem o seu eleitor.

(* matéria editada às 17h)

Após tomar conhecimento da matéria, o presidente da Câmara, vereador Bruno Curvina disse que haverá uma sessão extraordinária, sem ônus, para cumprir a meta das reuniões.

Sobre ausência da maioria, relatou o seguinte ao Blog:

Assim como os servidores do município que trabalham pro povo e costumam faltar bastante, nós temos nossa cota de faltas justificáveis prevista em nosso regimento interno, e sem justificativas, também.”

Pedreiras: Santuário de São Benedito vai festejar “Maria Passa na Frente”

A programação que vai festejar “Nossa Senhora Passa na Frente”, será realizada nesta quarta-feira (19), no Santuário de São Benedito, a partir das 19:30h, com uma Missa com os Romeiros de Pedreiras. O Padre José Geraldo acredita na grande participação dos fiéis, não só do Município, mas de outras cidades.

O evento religioso é mais uma iniciativa do Santuário, que acredita na boa vontade de todos os homens e mulheres humildes da Paróquia.

Diante ao momento mais esperado  por todos, o Padre José Geraldo, destacou o seguinte:

Queridos de Deus! Aproveito para uma reflexão: Nossa Senhora é uma das Santas mais aclamadas para resolver qualquer tipo de problema ou obstáculo que tenha na vida. Todos os que chamam por ela, temos a certeza que como nas bodas de Caná, ela intercede a Jesus. Maria Passa na Frente da Minha Vida e com a sua oração divina nos proteja de todos os males do mundo.”

Na oportunidade, segundo o Reitor do Santuário de São Benedito, mais um apostolado será criado no dia da festa em Honra a Nossa Senhora.

Padre José Geraldo – Reitor do Santuário de São Benedito/Foto: Sandro Vagner

Por esta razão, o Santuário de São Benedito cria o Apostolado de Nossa Senhora Passa na Frente. Dia 19, quarta-feira, às 19:30h, teremos a Missa com os Romeiros de nossa cidade. Aguardamos você e sua família. Posso partilhar que sempre que os caminhos estiverem bloqueados, suas forças já não existirem, seus desejos parecerem, ter virado pó, sua vida desmoronado, chame-a. Minha Fé diz que Maria a Mãe de Jesus vai abrir os caminhos da sua vida, irá mostrar a luz que antes parecia distante de alcançar e os problemas superar.”

Renovando o convite, Padre José Geraldo, aguarda você e a sua família  na noite desta quarta feira (19), as 19:30h no Santuário de São Benedito.

Participe!

Pedreiras: Desfile das Escolas foi apresentado em dois períodos

Foto: Sandro Vagner

Devido o grande número de Escolas em Pedreiras, incluindo zonas urbana e rural, o desfile cívico foi realizado em duas etapas. A primeira aconteceu pela manhã, segundo a organização, devido o horário, e com o tempo mais brando, desfilaram as crianças que integram as instituições. Tudo fez parte da programação que começou com a celebração da Santa Missa, seguido pelo hasteamento dos pavilhões Nacional, Estadual e Local, em frente ao Palácio Municipal, antiga prefeitura de Pedreiras.

Foto: Sandro Vagner

Na Avenida Rio Branco, local onde acontece o desfile, 10 (dez) instituições participaram da primeira etapa das apresentações, durante a manhã desta sexta-feira (7).

Autoridades presentes durante o desfile matutino/Foto: Sandro Vagner

Segunda Etapa do desfile das Escolas  

Conforme o previsto, seguindo a programação, o segundo período do desfile das Escolas de Pedreiras teve início às 17h, com a participação do Tiro de Guerra, Polícia Militar, Bombeiros, Capelões e outras instituições.

Foto: Sandro Vagner

Sobre o desfile, o prefeito de Pedreiras, Antônio França, disse o seguinte:

Foi surpreendente. Um momento muito importante. Ficamos felizes com diversas apresentações, mais feliz por termos recebido um público muito bom. Durante uma homenagem ao Yago, tivemos um momento de muita emoção. O que nós pudemos fazer pelas escolas, nós fizemos, todas foram amparadas para que tivessem condição de participar desse desfile, por mais simples possível, conforme foi apresentado, pra evitar gastos maiores.”

Foto: Sandro Vagner

A Secretária de Educação, professora Maria da Glória, disse que o importe foi alcançado, objetivando com os alunos, o desenvolvimento, ressuscitando a questão do patriotismo e o civismo dos alunos de Pedreiras. Segundo a secretária, o sucesso do evento foi um trabalho desenvolvido durante alguns meses, para apresentar à sociedade, os valores dos alunos, nesse dia tão importante.

Laryssa Lima, vencedora do concurso Miss Maranhão Infantil, esteve presente e agradeceu pelo convite em fazer parte do local de honra das autoridades que acompanharam o desfile em Pedreiras.

Maria da Glória (Secretária de Educação); Laryssa Lima (Miss Maranhão Juvenil) e Antônio França (Prefeito de Pedreiras)/Foto: Sandro Vagner

Fiquei muito feliz em ser convidada para participar desse momento, aproveito para agradecer a todos pela receptividade, após eu trazer esse título de Miss Maranhão Juvenil para Trizidela do Vale e Pedreiras.” Laryssa aproveitou para informar que irá participar do concurso Miss Brasil Juvenil.

Iluminação Precária

Conforme a expectativa da organização do desfile em Pedreiras, tudo saiu perfeito, menos a falta de iluminação, que deixou a desejar, dificultando o trabalho dos fotógrafos e cinegrafistas que foram registrar o evento. Os postes do canteiro central da Avenida Rio Branco, há semanas, estão com iluminação precária.

Foto: Sandro Vagner

Esperamos que aos olhos das autoridades, o problema seja solucionado o mais breve possível.

Veja mais fotos do desfile (matutino, vespertino e noturno).

Continue lendo

Brasil: STF pode decidir hoje sobre legalidade de ensino domiciliar

Estátua da Justiça em frente ao Supremo Tribunal Federal – José Cruz/Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) remarcou para a sessão desta quinta-feira (6) o julgamento sobre a possibilidade de pais darem aula a seus filhos em casa, sem matriculá-los numa escola, o que é conhecido também como homeschooling.

O processo sobre o assunto chegou a entrar na pauta de 30 de agosto, mas teve seu julgamento adiado pela presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, pois naquela data a sessão plenária acabou tomada pela discussão de outras ações.

Relatado pelo ministro Luís Roberto Barroso, o processo em discussão no Supremo deve estabelecer uma diretriz válida para todos os casos do tipo que tramitam na Justiça brasileira – a chamada repercussão geral.

Inconstitucional

A controvérsia opõe pais que desejam dar aulas aos próprios filhos e órgãos públicos que alegam que a prática é inconstitucional.

Desde 2015, o tema aguarda uma determinação do STF. A disputa coloca em lados opostos pais que desejam educar seus filhos em casa e o Poder Público, que defende a obrigatoriedade da matrícula e a frequência escolar de crianças e adolescentes.

De acordo com Associação Nacional de Educação Domiciliar (Aned), o número de famílias que optam pela educação em casa tem crescido no Brasil.

Em 2018, chegou a 7,5 mil famílias, mais que o dobro das 3,2 mil famílias identificadas em 2016. A estimativa é de que 15 mil crianças recebam educação domiciliar no país atualmente.

AGU é contra

A  Advocacia-Geral da União (AGU) se posicionou contrária à autorização desse modelo de educação. Para a AGU, as normas brasileiras estabelecem que a educação deve ser oferecida de forma gratuita e obrigatória pelo Poder Público.

A AGU entende que nenhum núcleo familiar será capaz de propiciar à criança ou ao adolescente o convívio com tamanha diversidade cultural, como é próprio dos ambientes escolares.

A Procuradoria-Geral da República considera que a educação familiar não encontra amparo na Constituição. Há oito anos, o Conselho Nacional de Educação (CNE) emitiu um parecer orientando que as crianças e os adolescentes sejam matriculados em escolas devidamente autorizadas.

A Aned e famílias que defendem o homeschooling argumentam que a educação domiciliar garante o direito à dignidade e ao respeito, assegurando uma educação mais individualizada e, portanto, mais efetiva. Dizem ainda que a própria Constituição dá margem para que os pais e responsáveis eduquem os filhos quando assegura a educação como direito de todos “e dever do Estado e da família”.

Entenda o caso

O caso que será julgado pelo STF e servirá de parâmetro para os demais foi levado ao Supremo pelo microempresário Moisés Dias e sua mulher, Neridiana Dias. Em 2011, o casal decidiu tirar a filha de 11 anos da escola pública em que estudava no município de Canela (RS), a aproximadamente 110 kms de Porto Alegre, e passar a educá-la por conta própria.

Os pais da menina alegaram que a metodologia da escola municipal não era adequada por misturar, na mesma sala, alunos de diferentes séries e idades, fugindo do que consideravam um “critério ideal de sociabilidade”. O casal disse que queria afastar sua filha de uma educação sexual antecipada por influência do convívio com colegas mais velhos.

A família argumentou ainda que, por ser cristã, acredita no criacionismo – crença segundo a qual o homem foi criado por Deus à sua semelhança – e, por isso, “não aceita viável ou crível que os homens tenham evoluído de um macaco, como diz a Teoria Evolucionista [de Charles Darwin]”, ensinada na escola.

Em resposta, recebeu um comunicado da Secretaria de Educação de Canela, ordenando a “imediata matrícula” da menina em uma escola. O Conselho Municipal de Educação também deu parecer contra o ensino domiciliar, “por não se encontrar regulamentado no Brasil”.

O casal recorreu à Justiça, mas teve negado um mandado de segurança em primeira e segunda instâncias.

Em sua sentença, o juiz Franklin de Oliveira Neto, titular da Comarca de Canela, escreveu que a escola é “ambiente de socialização essencial” e que privar uma criança do contato com as demais prejudica sua capacidade de convívio.

“O mundo não é feito de iguais”, disse o juiz. “Uma criança que venha a ser privada desse contato possivelmente terá dificuldades de aceitar o que lhe é diferente. Não terá tolerância com pensamentos e condutas distintos dos seus”, finalizou.

fonte: http://agenciabrasil.ebc.com.br

São Luiz Gonzaga: Bandidos explodem agência bancária e metralham viatura da PM

Foto: Reprodução

Bandidos fortemente armados, explodiram na madrugada desta quinta-feira (06), a agência do Banco do Brasil e metralharam uma viatura da Polícia Militar, no Município de São Luís Gonzaga. Segundo informações da PM, após a ação, os assaltantes saíram em um Jeep Renegade, e espalharam “miguelitos”, obstáculos que furaram pneus de uma viatura.

Foto: Reprodução

A Polícia Militar fechou várias entradas e saídas de diversos Municípios, por onde os bandidos deveriam passar. O 19° BPM de Pedreiras reforçou à operação na tentativa de prender alguns suspeitos .

Estamos aguardando mais informações sobre o caso.

Pedreiras: Polícia Civil prende dois suspeitos de matar uma adolescente que estava desaparecida

 Luzigleyson – Suspeito (Foto: Sandro Vagner) e Sandro Nazaré – Suspeito (Foto: Polícia Civil de Pedreiras – MA)

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, através da 14ª Delegacia Regional de Pedreiras/MA, conduziu dois indivíduos suspeitos pela morte de uma jovem que estava desaparecida desde o dia 31 de agosto, que, em companhia do companheiro, Luzigleyson de Sousa Nascimento, teria ido participar de uma pescaria, no Povoado Santa Maria, Trizidela do Vale, e após uma discussão por ciúmes, Adriana Santiago Gomes, segundo Luzigleydson, saiu sozinha dizendo que viria para casa, em Pedreiras.

Sábado (01/09), o tio da vítima, preocupado com o desaparecimento da sobrinha, registrou um Boletim de Ocorrência, dando Adriana como desaparecida. As buscas foram iniciadas pela família, incluindo o companheiro, mas sem sucesso. Mas para a surpresa de todos, um corpo já em avançado estado de putrefação foi encontrado na manhã desta quarta-feira (05), nas proximidades do lixão de Pedreiras, sendo reconhecido pelos familiares como o da jovem que estava desaparecida.  

A Polícia Civil esteve no local e deu início às investigações, que após algumas informações, e o recolhimento de um boné, o próprio companheiro passou a ser o principal suspeito de ter praticado o crime. Outro elemento, proprietário do boné que estava próximo ao corpo da vítima, Sandro Nazaré de Lima, também foi conduzido, e durante interrogatório confessou ter participado do assassinato da jovem, apontando o companheiro como cúmplice, Luzigleyson de Sousa Nascimento, que negou a participação dele no crime.

Agora, o fato está sob a responsabilidade da Delegada de Polícia Civil, Drª. Silvana Carvalho Prazeres, titular da Delegacia Especial da Mulher de Pedreiras.

Pedreiras: Júri popular condena homem a 20 anos de prisão

Foto: Jhonata Almeida

Foi condenado a vinte anos de prisão, em regime fechado, Mário Lúcio da Silva Cutrim, conhecido  como “Lucim”, por ter agredido a pauladas um jovem que morava  na Rua Hosana Barroso, no bairro Mutirão, em Pedreiras, Wanderson Santos, conhecido como Andim, que apos à agressão foi internado no Hospital de Presidente Dutra, e faleceu quatro dias depois.

O crime foi em maio de 2016. Segundo informações, tudo teria acontecido  por causa de uma dívida no valor de R$ 20,00 (vinte reais). Lucim teria ido cobrar a vítima, que não tinha dinheiro e ainda proferiu alguns palavrões ao cobrador. Minutos depois, Andim teria se armado com uma faca e o agressor com duas pedras, que arremessou a primeira não acertando a vítima, mas na segunda tentativa o alvejou nas  costas, quando Andim caiu, segundo os moradores, foi agredido por Lucim, com várias pauladas, o deixando em coma.

No júri presidido hoje (04), pela juíza Ana Gabriela Ewerton, Mário Lúcio foi condenado a vinte anos de prisão em regime fechado, como estava preso, vai cumprir apenas 17 anos e 06 meses, no presídio de Pedreiras.

JEM’s 2018: Pedreiras é ouro e prata mais uma vez

Foto: Reprodução

Após conquistar o ouro na modalidade Futsal Infantil, Pedreiras voltou ao pódio, mais uma vez, nos Jogos Escolares Maranhenses, que estão sendo realizados em São Luís. A modalidade do Badminton, através dos atletas Marcos Felipe Lima Alves, aluno da Colégio Batista Eleutério Rocha, que conquistou 03 (três) medalhas na modalidade; e Letycya Lima conseguiu conquistar 02 (duas) medalhas.

Na categoria Individual Masculina, Marcos Felipe conquistou a Medalha de Prata. E na categoria de dupla masculina, ficou com a medalha de Ouro. Conquistando, ainda, a medalha de bronze, ao participar da disputa de dupla mista.

Felipe Lima Alves – Atleta (Badminton)/Foto: Reprodução

Ao todo, o atleta Marcos Felipe conseguiu conquistar 03 (três) medalhas, ficando no segundo lugar na classificação geral.

Sobre a conquista, Márcio Felipe disse o seguinte:

Não foi fácil chegar onde cheguei, apesar de todas as dificuldades enfrentadas, jamais pensei em desistir do meu objetivo.Valeu a pena abrir mão de muita coisa, de cada suor derramado, cada puxão de orelha dos meus professores, cada investimento feito. Só tenho agradecer a Deus e as pessoas que me apoiaram. Obrigado a todos

Outra atleta que honrou, e, muito bem o nome do Município de Pedreiras,  Letycya Lima , aluna do Colégio Olindina Nunes Freire, ela conquistou 02 (duas) medalhas na modalidade Badminton.

Na Categoria Dupla Feminina conquistou a medalha de Prata. Já na categoria dupla mista, Letycya conquistou a medalha de Bronze. Letycya Lima conseguiu ficar na terceira colocação geral dos JEM’s

Letycya – Atleta (Badminton)/Foto: Reprodução

Emocionada, Letycya comentou sua participação nos jogos maranhenses.

Não foi fácil chegar onde cheguei, apesar da dificuldade que tive em jogar com o joelho machucado, consegui me superar e com ajuda daqueles que acreditaram em mim consegui mostrar tudo que aprendi e me sinto orgulhosa de ter chegado até aqui.  Valeu a pena abrir mão de muita coisa, de cada suor derramado, cada puxão de orelha dos meus professores Davi Costa e Nataniel Bastos. Só tenho agradecer a Deus e as pessoas que me apoiaram. Obrigado a todos.” Disse Letycya.

Feliz com as conquistas, os professores Davi e Nataniel, também se manifestaram.

Nesse Jem’s conseguimos realizar mais um objetivo, graças a Deus. Agradecer a todos que torceram por nós e pelo nosso trabalho. Não foi fácil, tivemos muitas dificuldades, ex: materiais para treinamento.
Mais é nas dificuldades que conseguimos as recompensas, e mais mais uma vez conseguimos mostrar que em todo esporte podemos fazer a diferença, basta querer e correr atras.” (Professor Davi)

“Agradecemos a pessoa do Heraldo que está sempre conosco nos apoiando. A Patricia , a professora Rai, que também tá sempre do nosso lado. Cada torcida e apoio nos dá mais motivação para cada dia correr mais e mais atrás de cada obstáculo. Estamos muito orgulhosos de nossos atletas e de toda nossa equipe.” (Professor Nataniel)

Parabéns aos nossos atletas pelas conquistas nesta competição. 

O Blog agradece as informações repassadas pelo Diretor de Esportes do Município de Pedreiras, Eraldo, e pelo Coordenador de Esportes, Irmão Isaac.

Trizidela do Vale: Mais uma Motocicleta foi recuperada pela Polícia Militar

Veículo que estava dentro do matagal/Foto: Polícia Militar de Trizidela do Vale

A Guarnição da Polícia Militar de Trizidela do Vale foi comunicada sobre uma motocicleta que estaria escondida dentro de um matagal, na estrada que dá acesso ao Povoado Lago da Onça. Segundo os policiais, após chegarem ao local, foram feitas várias incursões, onde a motocicleta foi encontrada debaixo de folhas e muita palha. Durante uma pesquisa no sistema, foi verificado que o veículo havia registro de roubo.  A motocicleta tinha sido tomado de assalto no mês de Junho, na Rua 1, do bairro Mutirão.

A vítima foi informada sobre a recuperação de seu veículo, que foi apresentado na 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Pedreiras, para providências cabíveis.

MATERIAL RECUPERADO
01 Motocicleta Honda Pop 110 de cor vermelha e sem placa

PELOTÃO DE TRIZIDELA
Tenente PM Neris e Soldado PM Araújo

VIATURA DE TRIZIDELA
Cabo PM André e Soldado PM Marcelo