O Imparcial Completa 90 Anos. Um Jornal Moderno e Cada Vez Mais Presente

 1_celio_4074__2_-270848
Dinâmico, moderno e nonagenário. O grupo O Imparcial, em seus noventa anos, continua se reinventando e apresenta um novo layout que proporciona uma leitura mais leve e ao mesmo tempo abrangente.
Com o surgimento das novas tecnologias, a informação passa a ser cada vez mais instantânea, devido ao mundo estar interligado pela internet. No formato impresso, o meio continua sendo o papel, mas a sua proposta repaginada traz uma ponte com o universo virtual para seus leitores.
“As principais mudanças no impresso é que a diagramação deixa de ser engessada em um padrão tradicional. A primeira página era a de Política, seguida da editoria de Negócios e pelo caderno de Urbano. O Imparcial rompe com essa hierarquia e passa a ter um novo conceito”, explica Celio Sergio, superintendente de produção e conteúdo e responsável pelo novo projeto gráfico do jornal.
Nova proposta
A página dois, que recebeu o nome Aconteceu, traz registros dos principais fatos que repercutiram no dia anterior, nas redes sociais, rádios, TV e portais de notícias. Já a página Três oferece algo sempre inusitado, exclusivo da mídia impressa, independente da editoria.
Celio ainda comenta que o novo formato de O Imparcial passa a ser uma ponte de uma mídia para outra, do papel para o meio digital e vice-versa.
“O jornal impresso está no presente e não mais no passado como antes. As notícias eram apresentadas com um lapso temporal da seguinte forma: ‘Veja o que aconteceu no jogo de ontem’, por exemplo. Agora O Imparcial quebra esse padrão propondo ao leitor, acompanhar, através de leituras de QR Code, as principais notícias de forma mais instantâneas, com um diálogo maior com nossas redes sociais ou por meio do nosso portal de notícias. Se pudéssemos, hoje, classificar o nosso jornal, ele com certeza seria um adolescente de noventa anos, super antenado”, ressaltou.
Mudanças
No segundo caderno, a proposta é evidenciar menos o factual da notícia pura e simples, e buscar dar maior notoriedade às pessoas que vivem o fato. O editorial de Urbano passa a se chamar Vida.
“Essa mudança é muito significativa. Vamos deixar de falar dos problemas para mostrar as pessoas que vivem esses problemas, buscando alternativas que possam resolvê-los. Em uma chacina, por exemplo, a preocupação não será divulgar a quantidade de vítimas e sim mostrar quem são essas pessoas, qual a perda para a sociedade gerada por esse acontecimento e o que deve ser feito para sanar esses problemas”, comenta.
O caderno Vida também propõe um elo maior com a comunidade. Ganha um espaço exclusivo para mostrar a rotina nos bairros como reuniões, comemorações e outros. Além de ser uma ferramenta para alertar o leitor para os pequenos fatos que compõem seu dia a dia, como a data para pagar o IPVA. Se for à praia, informamos a tábua de maré. É o jornal inserido no cotidiano do leitor.
O caderno Impar, que já é uma tradição, passa a oferecer as melhores dicas dos roteiros culturais da cidade.
“O jornal mantém as características de um jornal de papel, mas com elementos gráficos próximos ao formato digital. Ao acessar O Imparcial online, as formas e marcas são bem parecidas com a do impresso, proporcionando uma leitura dinâmica mais prazerosa, que atraia tanto os leitores mais tradicionais, quanto aos novos leitores”, finaliza Celio Sergio.
Experiência é credibilidade. Credibilidade gera respeito. Respeito é força. E para nós, força é informação. O Imparcial 90 anos.
Por Ítalo Lima, Especial para O Imparcial

Deixe uma resposta