Pedreiras: Padre José Geraldo diz “Não vou deixar de ser Padre para ser Prefeito”

Na noite desta segunda-feira (12), o Padre José Geraldo, Reitor do Santuário de São Benedito, esteve acompanhando a sessão ordinária dos vereadores, e, na oportunidade, segundo ele, foi à casa do povo, por duas razões: Primeira razão: Para estender o convite a todos os parlamentares sobre o festejo em Honra ao padroeiro São Benedito, que …

0

Pedreiras: Com a Palavra Samuel Barreto – “Política no Ar”

Política no ar

 

Samuel Barreto – Membro da APP – Academia Pedreirense de Letras

Sempre observo o processo político em Pedreiras de maneira muito cautelosa, fazendo minhas conjecturas e analisando a conjuntura, isso para não ser injusto nas minhas pacas análises. Para o atual mandato de gestor do nosso município, olhei que a equipe foi montada de acordo de como se transcorreu durante o curso da campanha e que findou na vitória do pleito eleitoral. Bem, ali estavam novas e experientes figuras da politicas da princesa do Mearim, era evidente que o mandato iria ser de enfrentamento dentro e fora do governo, isso pelas novas e velhas práticas que iriam se chocar, como de fato houve e continua havendo, ainda mais quando se mistura gestão pública como se fosse vontade de criador (não estou dizendo que Deus não seja importante, mas ele não assina por ninguém, pois cada um “tem a delícia de ser o que é”- com plena responsabilidades pelos seus atos). Lembro agora do meu filho, o Samuel Filho que gosta de usar essa frase para uma derrocada de alguém: “fulano pegou em fio pelado”- então me parece que desde o início do mandato, o prefeito Antônio França vem pegando em fio pelado, mas como o mesmo é eletricista de profissão, vem aguentando cada carga pesada e assim não sei quantas descargas ele ainda vai ter que suportar.

Não quero relatar caso por caso de rupturas dentro do mandato, mas lembro que o primeiro impasse foi com Cacimbão, criando assim um tremendo mal-estar, mas não ficou só nesses, pois as novas figuras do cenário político e que estavam como peças da máquina administrativa e que antes nunca tinham colocado suas caras a tapas (e bote tapas nisso), resolveram gritar e dizer que não mais queriam, como é o caso do Advogado Marcus Alexandre Marinho Assaiante, não farei comentário profundo, afinal não faço parte da estrutura governalmental. Cito também o professor Eluid Santos, este estava no comando das finanças e sua saída foi por discordar de algumas posições internas e principalmente do setor contábil (lembro que Eluid não é cara nova na política, já foi vereador e ocupou a CPL no governo de Lenoilson), o professor não saiu atirando e nem falando mal de gestão, mas enviou uma carta ao gestor explicando a sua retirada. Mesmo assim o França continou firme no seu propósito de tocar o seu governo, mas logo outro velho aliado pulou, o Dr Allan Roberto (ele que saiu e brigou tantas vezes na referida gestão, defendendo o seu ponto de vista no sentido de colocar o mandato nos trilhos), mas desta vez saiu definitivamente e ainda saiu dando suas rajadas de opinião.

O governo composto por Velosos, Rodrigues, aliados do prefeito e outras forças, é de fato uma gestão de colisão, tendo o mandatário que ter muito jogo de cintura para aguentar tanta pressão e jogo de interesses. Pois bem, quando vi a antecipação da eleição da mesa diretora da Câmara Municipal, pensei cá com os meus botões, aí tem algo errado no ar, e, fiquei mais pensativo ainda, já que o prefeito não tentou qualquer reação e viu o acontecido com muita serenidade, então cheguei a minha conclusão, o Antônio França ficará refém dentro da sua gestão, correndo um sério risco com os seus aliados, isso no sentido de sofrer uma derrota de não findar o seu mandato. Agora foi parafrasear Marx: Um espectro ronda o mandato do França, o espectro dos ex – aliados. É preciso que o gestor municipal tenha muito jogo de cintura e possa mudar a cara da sua gestão, sem essa de governar com o achismo de forças ocultas e governe de fato como Pedreiras merece!

Samuel Barrêto
Presidente da APL

Brasil: Moro aceita convite de Bolsonaro para assumir Ministério da Justiça e Segurança Pública

Moro sai da casa de Bolsonaro sem falar com a imprensa Foto: Reprodução TV Globo

O juiz Sergio Moro aceitou o convite do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) para assumir o Ministério da Justiça. O magistrado da Lava-Jato, participou de uma reunião de cerca de 1h30 na casa de Bolsonaro na manhã desta quinta-feira e deixou o local sem falar com a imprensa.

Antes das eleições de domingo, o economista Paulo Guedes já havia apresentado a Moro a proposta de transformar a Justiça em um superministério, agregando diferentes áreas do governo .

Desde a ocasião do encontro, que ocorreu na última semana, antes das eleições, Moro conversou com colegas na Justiça e também com integrantes da força-tarefa Lava-Jato sobre a hipótese de aceitar o convite. O foco principal do novo ministério será o combate ao crime organizado e à lavagem de dinheiro.

O pacote com 70 propostas de combate à corrupção produzido pela Transparência Internacional e a Fundação Getúlio Vargas (FGV), com o apoio de duas dezenas de especialistas, seria uma das plataformas de eventual gestão Moro.

Dividido em 12 temas, o pacote apresenta sugestões de políticas para enfrentar a questão a médio e longo prazo e foi apoiado por dezenas de entidades da sociedade civil, como o Instituto Ethos, o Cidade Democrática e o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE). O procurador da Lava-Jato, Deltan Dallagnol, foi um dos garotos-propaganda da iniciativa.

Leia a nota de Moro na íntegra:

Nota oficial: Fui convidado pelo sr. Presidente eleito para ser nomeado Ministro da Justiça e da Segurança Pública na próxima gestão. Após reunião pessoal na qual foram discutidas políticas para a pasta, aceitei o honrado convite. Fiz com certo pesar pois terei que abandonar 22 anos de magistratura. No entanto, a perspectiva de implementar uma forte agenda anticorrupção e anticrime organizado, com respeito a Constituição, a lei e aos direitos, levaram-me a tomar esta decisão. Na prática, significa consolidar os avanços contra o crime e a corrupção dos últimos anos e afastar riscos de retrocessos por um bem maior. A Operação Lava-Jato seguirá em Curitiba com os valorosos juízes locais. De todo modo, para evitar controvérsias desnecessárias, devo desde logo afastar-me de novas audiências. Na próxima semana, concederei entrevista coletiva com maiores detalhes.

fonte: oglobo.globo.com

Pirapemas: Dupla acusada de homicídio e pistoleiro contratado para matá-la foram presos pela Polícia Civil

Com a colaboração do repórter Sena Freitas (Codó)

Fotos: Polícia Civil de Pirapemas – MA

A Polícia Civil do Maranhão – Delegacia Regional de Itapecuru Mirim – Delegacia de Pirapemas, juntamente com a Polícia Militar de Pirapemas, prendeu em cumprimento de prisão preventiva, ontem, dia 31/10/18, em Pirapemas, os ciganos HILTON DA ROCHA, vulgo “Neguinho”, e ORMI DA ROCHA, vulgo “Zezé”, pelo crime de homicídio, cuja vítima era da Cidade de Chapadinha, local do crime. Os mesmos estavam escondidos em Pirapemas na casa de seus parentes. Apresentaram na Delegacia local uma revogação de prisão preventiva da própria Juíza que decretou, cuja representação foi feita pelo Delegado Regional de Chapadinha Dr. Jacqueson, fato que chamou a atenção dos Delegados Regionais, e em conversa com a Magistrada foi descoberta a falsificação, motivo pelo qual foram também autuados em flagrante delito.

Fotos: Polícia Civil de Pirapemas – MA

Consumando o excelente trabalho de Todos, ainda foi preso em flagrante delito pelo crime de porte ilegal de arma de fogo, do tipo revólver cal. 38 o indivíduo pistoleiro DOMINGOS CONCEIÇÃO DE SOUSA, que rondava as imediações, portando inclusive foto dos autuados acima citados. Confessou que foi contratado pela mãe da vitima de Chapadinha para vingar a morte do filho. Delegado Titular de Pirapemas Dr Valter e sua Equipe fizeram os levantamentos e atuaram de forma imprescindível para o sucesso da Operação.

Trizidela do Vale: Polícia Militar recupera moto que tinha sido roubada em Sinop – MT

Veículo recuperado/Foto: 19º BPM de Pedreiras – MA

A Polícia Militar, durante rondas nas proximidades da Rua da Salvação, em Trizidela do Vale, fez abordagem a um condutor que estava em uma motocicleta com placa de outro Estado, com caracteres parcialmente raspados. Ao averiguar sua procedência no sistema, foi identificado que se tratava de uma motocicleta roubada em Sinop – MT.

Segundo informações, Vanilson de Jesus Silva alegou ter comprado o veículo de um “conhecido”, no povoado Gavião, Trizidela do Vale, sem ter averiguado sua documentação nem procedência. Ele foi conduzido à 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Pedreiras.

MATERIAL APREENDIDO
01 Motocicleta Honda Fan 125 de cor preta; placa JYC 4793.

ESQUADRÃO ÁGUIA: Tenente Neris, Cabo Deivid, Soldado Bruno, Soldado Josephan e Soldado Túlio.

Viatura de apoio de Pedreiras: Soldado Lorran e Soldado Wallysson.

Esperantinópolis: Polícia Civil cumpriu mandado de prisão contra suspeito de tripo homicídio

Antônio Teixeira “Toin do Alto” – Suspeito/Foto: Reprodução TV Record

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, através da 14ª Delegacia Regional de Pedreiras/MA, deu cumprimento na data de hoje, 31/10/18, ao mandado de prisão preventiva exarado em desfavor de ANTÔNIO TEIXEIRA DE OLIVEIRA, conhecido como “TOIN DO ALTO”, em razão da prática de três homicídios ocorridos no dia 17/03/16, por volta das 19 horas, no Povoado Centro do Meio, zona rural do Município de Esperantinópolis/MA, que acabou por vitimar Manoel Alves de Souza, conhecido como “THOR”, Antônia Ramos Alves e a criança de iniciais M.K.A.L.

Desde a consumação do crime a Polícia Civil trabalhou no sentido de colher elementos informativos para subsidiar o inquérito policial e a futura ação penal.

Ainda no ano de 2016 o empresário ERISMAR LOPES DE SOUZA foi preso mediante cumprimento de mandado de prisão preventiva.

O referido empresário, supostamente, havia contratado FRANCISCO MESSIAS FILHO, conhecido como “MÃOZINHA”, e ANTÔNIO TEIXEIRA DE OLIVEIRA, conhecido como “TOIN DO ALTO”, para executar a vítima Manoel Alves de Souza, conhecido como “THOR”, entretanto, no dia do fato criminoso as três vítimas supramencionadas foram friamente executadas mediante disparos de arma de fogo.

ERISMAR LOPES DE SOUZA foi a júri popular e foi condenado a uma pena privativa de liberdade que totalizou 52 anos e 02 meses.

No mês de julho do corrente ano FRANCISCO MESSIAS FILHO, conhecido como “MÃOZINHA”, foi preso em cumprimento ao mandado de prisão preventiva, exarado em seu desfavor por conta das execuções, na cidade de Itinga após operação desencadeada pela Delegacia Regional de Açailândia e Delegacia Regional de Pedreiras.
Hoje o último coautor das execuções foi preso pela Polícia Civil e ficará à disposição do Poder Judiciário.

Participaram da operação os Delegados de Polícia Civil Diego Maciel Ferreira e Périkles da Fonseca Lima, além dos investigadores de polícia civil Arielton de Oliveira Visgueira, Maykon de Azevedo Almeida, Marcel Braga Borges, Robert Pereira da Silva Júnior e Johnny Silva dos Santos.

Brasil: DF e mais 13 estados terão óleo diesel reajustado em novembro

A partir de 1 de novembro preços de combustíveis a serem usados como o valor médio ao consumidor serão reajustados (Foto: Arquivo/Agência Brasil)

O Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) atualizou a tabela com os preços de combustíveis a serem usados como o valor médio ao consumidor a partir de quinta-feira (1). O chamado preço médio ponderado ao consumidor final (PMPF) do óleo diesel aumentou em 13 estados e no Distrito Federal. O ato da secretaria-executiva do Confaz foi publicado hoje (29) no Diário Oficial da União.

Os novos valores abrangem Alagoas, Amazonas, Amapá, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Rio Grande do Sul, São Paulo e o Distrito Federal. Os estados que efetivaram os maiores aumentos foram Ceará, de R$ 3,25 o litro para R$ 3,58 o litro, e Rio de Janeiro, de R$ 3,42 para R$ 3,67.

O PMPF serve de base para o recolhimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) feito pelas refinarias no ato da venda dos combustíveis aos postos de gasolina.

Em relação ao óleo diesel, apenas o Maranhão efetivou uma pequena redução nessa nova tabela, de R$ 3,53 o litro para R$ 3,52. Considerando todos os estados, o PMPF do óleo diesel vai variar de R$ 2,81 o litro, no Espírito Santo, a R$ 4,45, no Acre.

Em julho, o preço do óleo diesel caiu em vários estados como parte do acordo para encerrar a paralisação dos caminhoneiros no mês de maio. De lá para cá, muitos preços já recuperaram o patamar anterior, como é o caso do estado do Amazonas que, em julho, havia baixado o preço médio do diesel para R$ 3,36 o litro e, na nova tabela, foi para R$ 3,80. A Paraíba também chegou a reduzir o preço do diesel para R$ 3,23 e, agora, passou para R$ 3,67.

Gasolina

Considerando todos os estados, o preço médio da gasolina comum vai variar de R$ 4,30 o litro, no Paraná, a R$ 5,35, no Acre, a partir de 1º de novembro. O preço médio da gasolina comum aumentará em 14 estados: Alagoas, Amazonas, Ceará, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Rio Grande do Sul e São Paulo.

Os maiores aumentos foram no Ceará, de R$ 4,17 para R$ 4,60, e em Minas Gerais, de R$ 4,87 para R$ 5,09. No caso da gasolina, tiveram redução no preço médio ao consumidor o Amapá, de R$ 4,35 para R$ 4,34, e o Distrito Federal, de R$ 4,89 para R$ 4,84.

Além da gasolina comum e do óleo diesel, a tabela do PMPF traz os preços de referência da gasolina premium (aditivada), diesel S10, gás liquefeito de petróleo (GLP – gás de cozinha), querosene da aviação, álcool etílico hidratado combustível (etanol), gás natural veicular (GNV), gás natural industrial e óleo combustível.

Gás de cozinha

O gás de cozinha fica mais caro em sete estados e no Distrito Federal. Os aumentos mais expressivos foram em Minas Gerais, de R$ 5,52/kg para R$ 6,17/kg, e no Rio de Janeiro, de R$ 4,84/kg para R$ 5,41/kg. Mato Grosso e Roraima são os estados com o GLP mais caros do país, R$ 7,37/kg e R$ 7,07/kg, respectivamente.

Por outro lado, o gás de cozinha fica mais barato em cinco estados: Alagoas, Amazonas, Goiás, Maranhão e Rio Grande do Norte. Os estados com o GLP mais baratos são Espírito Santo (R$ 4,53/kg) e Sergipe (R$ 4,78/kg).

O Confaz é constituído pelos secretários de Fazenda, Finanças ou Tributação de cada estado e do Distrito Federal e presidido pelo ministro da Fazenda. O objetivo do conselho é adotar medidas para aperfeiçoar a política fiscal dos estados e torná-la compatível com as leis da federação.

A tabela do PMPF é atualizada a cada duas semanas e está disponível na página do Confaz.

fonte: agenciabrasil.ebc.com.br 

Bacabal: Após matar a ex-companheira, homem recorre ao suicídio

Francineide Francisca – Vítima/Foto: Reprodução WhatsApp

Na noite desta terça-feira (30), por volta das 22:40h, foi registrado mais um crime de feminicídio, em Bacabal. A vítima, Francineide Francisca Nascimento, 36 anos de idade, foi morta pelo ex-companheiro. Segundo informações, ele não aceitava o fim do relacionamento e teria ido à casa de Francineide, conversar, mas os dois começaram uma discussão. Francineide saiu caminhando, e foi alcançada pelo ex-companheiro, que lhe aplicou vários golpes de faca. Ela morreu no local. O assassinato aconteceu na Rua 11 de novembro, bairro Novo Bacabal.

Iramar Ferreira/Foto: Reprodução WhatsApp

Após tirar a vida da ex-companheira, Iramar Ferreira da Silva recorreu ao suicídio por enforcamento. O corpo foi encontrado pela Polícia Militar, que teria ido à casa do suspeito efetuar a prisão do mesmo.

Peritoró: Preso suspeito por crimes de extorsão e posse ilegal de arma

Felipe Cigano e as armas apreendidas/Fotos: Polícia Civil de Peritoró – MA

A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Delegacia de Polícia de Peritoró-MA, prendeu em flagrante, na manhã de hoje (30), FELIPE SANTOS LIMA, vulgo “FELIPE CIGANO” (45), pelos crimes de extorsão e posse ilegal de arma de fogo. O indiciado nos últimos dias exigia de um comerciante da cidade o pagamento de 15 mil reais como forma de ressarcir seu patrão de um suposto furto que este fora vítima e do qual o extorquido seria o receptador.

Por já investigar o indiciado por condutas semelhantes nesta cidade, equipe da Polícia Civil, ao tomar conhecimento de que a vítima foi alvo, na presente data, de mais uma exigência ilegal por parte do indiciado, diligenciou para capturar “FELIPE CIGANO”, no Povoado Independência.

Com o indiciado, foram encontrados um revólver calibre .38, municiado com 6 cartuchos, e uma espingarda calibre 20, com 4 cartuchos, utilizadas para as práticas de extorsão na cidade. O indiciado foi autuado e será transferido para a Unidade Prisional de Ressocialização de Coroatá, onde ficará à disposição da justiça.

Pedreiras: Mulher foi assassinada com treze tiros na porta de casa

Rosileide Granjeiro Souza  – Vítima/Foto: Reprodução WhatsApp

Rosileide Granjeiro Souza, 33 anos, que residia no bairro Novo Seringal, foi assassinada na porta de sua casa por volta das 06:30h, desta terça-feira (30), quando, segundo informações, estaria se preparando para levar a filha para a escola. Dois elementos que estavam em uma motocicleta, realizaram treze disparos de arma de fogo, Rosileide, que era conhecida como Lêda, morreu no local.

Residência da vítima, Rua Vicente Benigno – Novo Seringal – Pedreiras – MA/Foto: Raulison Silva

O ex-companheiro de Rosileide, que era conhecido como Taumaturgo, foi assassinado no dia 08 de abril de 2014, na entrada de Pedreiras, na Avenida João do Vale, quando, na oportunidade, Rosileide estava na garupa da moto que era conduzida por Taumaturgo.

A Polícia Civil já iniciou as investigações, inclusive,  buscando identificar os assassinos através de filmagens feita por câmeras de monitoramento, no percurso e nas proximidades do local do crime.

Pedreiras: Secretaria da Mulher se esfacela aos poucos. Nutricionista e Coordenadora de Projetos pede demissão

Ruth Barreto – Nutricionista

A decisão do pedido de demissão da Nutricionista e Coordenadora de Projetos da Secretaria de Políticas para Mulheres, Ruth de Sá Barreto, partiu, após a mesma saber que a Psicóloga da secretaria, Gessyca Saturnino, teria sido demitida hoje (29), deixando uma vacância num cargo tão importante na pasta.

Numa carta aberta ao público, Ruth Barreto, relata outros motivos que já vinham lhe incomodando, e, agora, foi a gota d’água.

Veja na íntegra a Carta Aberta ao Povo de Pedreiras.

         CARTA ABERTA AO POVO DE PEDREIRAS

Eu, Ruth de Sá Barreto dos Santos, venho a público comunicar a todos o meu desligamento voluntário da Secretaria Municipal de Políticas Para Mulheres de Pedreiras.

Não posso mais compactuar com um governo que não considera Políticas Públicas como essenciais. Já é do conhecimento de todos que a Secretaria da Mulher irá ser reduzida a departamento, o que diminui nossa capacidade de trabalho e autonomia, embasado em uma reforma administrativa sem embasamento algum.

Durante 02 anos trabalhei com atendimentos nutricionais, palestras, criação de projeto, etc. Me engajei na luta de todas Nós Mulheres, vi o sofrimento daquelas mais vulneráveis que precisam, sim, de acolhimento, de atendimento, de orientação, de proteção, pois, infelizmente, são vítimas de todas as agressões, físicas, psicológicas, sociais. Se isso não é essencial, o que mais seria?

A Secretaria da Mulher desempenha, muito bem, o que lhe compete, e até mais, pois tinha uma equipe capaz e unida, que amava o que fazia, pois era nossa bandeira de luta.

Realizamos seminários, mesas redondas, caminhadas, palestras, atendimentos, etc.

Estive a frente de vários projetos, e fiz por amor a causa e por entender que é preciso, sim, lutar todos os dias.

A Secretaria funciona sem a estrutura mínima, onde as mulheres não tem um local pra serem atendidas com dignidade, onde não se pode ser sigiloso. Onde o transporte destinado especificamente para a Secretaria não pode ser usado. Não temos o básico, mas tínhamos tudo, compromisso. Digo tínhamos, pois tomei essa decisão, após muita reflexão, da situação de trabalho e do ambiente em que se encontra alguns setores da atual gestão. Ambiente tenso, pais de família com medo de serem demitidos, contratados serem vistos como marionetes, e eu não sou Marionete, jamais serei.

Por fim, a minha decisão se consolida com a notícia que minha amiga Gessyca Saturnino, psicóloga de excelência, que deu a vida pelo trabalho, atendeu as mulheres com amor e profissionalismo, nunca mediu esforços, se arriscou, mas pra cortar gastos, foi demitida. Me solidarizo com você e lhe digo que não está só.

Agradeço ao prefeito pela oportunidade, me fez crescer muito, profissionalmente e como pessoa, mas eu acreditava em um governo do povo, votei, mas o que temos visto é descaso, e isso não condiz com a minha filosofia de vida.

Aprendi com um grande homem, meu avô, João de Sá Barreto, que o nosso caráter vale mais que qualquer coisa.

Desejo a todas as mulheres sorte, que a caminhada seja sempre longa, pois a luta é árdua.

Saio de cabeça erguida e com o coração cheio de esperança em dias melhores.

Ruth de Sá Barreto dos Santos