Pedreiras: Polícia Militar conduziu dois suspeitos de assaltos e cumpriu mandado de prisão

A Polícia Militar do Maranhão, através do 19º BPM de Pedreiras, realizou na noite deste sábado (18), por volta das 20:30h, uma perseguição a uma dupla que estava em uma motocicleta em atitudes suspeitas, na Travessa Edílson Branco, Goiabal, em Pedreiras. Ao avistarem a Guarnição do Esquadrão Águia, os dois empreenderam fuga. Durante o acompanhamento …

Comente

Situação Precária no Bairro Parque Henrique Oliveira

Rua 08 – Parque Henrique/Pedreiras
Fica cada vez mais difícil trafegar por algumas ruas da cidade de Pedreiras. 
No bairro Parque Henrique Oliveira as ruas estão sem condições de tráfego, quem tenta enfrentar o problema, corre o sério risco de ficar no prejuízo. Buraco e lama tomaram conta das ruas. O proprietário de um veículo ficou indignado com a situação que ficou o carro, quando tentou circular pela rua 08.
Rua 08 – Parque Henrique/Pedreiras


Rua 08 – Parque Henrique/Pedreiras
Promessas de melhoria sempre existiram, mas até agora, tudo continua do mesmo jeito. Desde que o bairro passou à responsabilidade do município, os problemas só aumentaram. Sai secretário e entra secretário e ninguém faz nada para amenizar os problemas. 
Os moradores sentem a falta dos parlamentares que foram eleitos para defender os direitos da população e fiscalizar a administração municipal.   

PM de Lima Campos Prende Homem Por Porte ilegal de Arma

A polícia Militar de Lima Campos prendeu Bartolomeu Nunes Uchôa. Ele é acusado de portar um revólver calibre 38, com cinco cartuchos intactos. No momento da abordagem o acusado tentou se livrar da arma, jogando-a dentro de uma lixeira, mas os policiais observaram ação e apreenderam o revólver.
Bartolomeu Nunes – Acusado
Bartolomeu foi levado para a delegacia e autuado por porte ilegal de arma.

Art. 12 do código Penal Brasileiro. Possuir ou manter sob sua guarda arma de fogo, acessório ou munição, de uso permitido , em desacordo com determinação legal ou regulamentar, no interior e sua residência, ou dependência desta, ou, ainda no seu local de trabalho, desde que seja o titular ou responsável legal do estabelecimento ou empresa

Pena – detenção, de 1 (um) a 3 (três) anos, e multa. 

Conselheiros Estão Aptos a Concorrer Eleições em Outubro

Art. 6º Os 5 (cinco) candidatos
mais votados serão nomeados e empossados pelo Chefe do Poder Executivo
municipal ou do Distrito Federal e os demais candidatos seguintes serão
considerados suplentes, seguindo-se a ordem decrescente de votação. §1º O
mandato será de 4 (quatro) anos, permitida uma recondução, mediante novo
processo de escolha. §2º O conselheiro tutelar titular cargo por período
consecutivo superior a um mandato e meio não poderá participar do processo de que
tiver exercido o escolha subseqüente. 
Marcelo Cruz, Cicera de Maria e Ary Pereira – Conselheiros tutelar
Baseados neste artigo da resolução do CONANDA (Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente), os conselheiros Marcelo Sousa da Cruz, Ary Pereira Almeida e Cicera de Maria Alves Lopes decidiram que serão candidatos nas próximas eleições do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, em outubro deste ano, em Pedreiras.
Eles adquiriram esse direito através de uma liminar, do Juiz titular da 1ª Vara da comarca de Pedreiras, Marco Adriano. A candidatura dos três tinha sido indeferida pelo CMDCA, 
O coordenador do conselho, Marcelo Cruz, disse que os conselheiros não tem dois mandatos, muito menos, um e meio. Afirmou que ainda estão no primeiro ano,  prorrogado. Eles foram eleitos e empossados em 2009, para um mandato de três anos. Como em 2012 coincidiu com as eleições municipais, seria impossível a realização da nova eleição do conselho.

Marcelo Cruz disse que após indeferida a candidatura, eles entraram com um mandado de segurança reivindicando o direito de participar desse processo de escolha, na alegação, que a resolução do CONANDA, não prejudica eles, conselheiros. 
Após tomar conhecimento da decisão judicial o presidente do CMDCA de Pedreiras incluiu os nomes dos três conselheiros que irão concorrer as eleições deste ano. As duas conselheiras Jaqueline e Zenaíde, que formam o grupo de cinco conselheiros decidiram não concorrer à recondução do cargo.
A partir de agora, segundo o Art. 132.  Em cada Município e em cada Região Administrativa do Distrito Federal haverá, no mínimo, 1 (um) Conselho Tutelar como órgão integrante da administração pública local, composto de 5 (cinco) membros, escolhidos pela população local para mandato de 4 (quatro) anos, permitida 1 (uma) recondução, mediante novo processo de escolha. (Redação dada pela Lei nº 12.696, de 2012)
      

Realizada Entrega de Certificados do I Curso de Formação Método APAC

Momento de descontração na APAC

Dinâmica, muita alegria, sorrisos, brincadeiras, orações e um pouco da história sobre o começo de tudo. Foi assim, durante a entrega dos certificados do I curso de Formação do Método APAC (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados), de Pedreiras. O evento aconteceu sábado. Durante todo o dia os condenados receberam visitas, inclusive de outras pessoas interessadas em implantar o sistema na cidade de Balsas.

Presente do pessoal de Balsas

A grande repercussão que tem a APAC de Pedreiras está servindo de exemplo, a outros municípios que pretendem, futuramente, desenvolver essa assistência a quem realmente quer e precisa.

O momento mais esperado pelos 35 (trinta e cinco) voluntários aconteceu de forma descontraída Cada um que recebeu seu certificado assumiu  sua responsabilidade com a Associação.

Cela da APAC
O Blog foi convidado a conhecer as instalações, e inclusive foi muito bem recebido pelos condenados, que fizeram questão de mostrar as celas, e, por falar em cela, nos deparamos com uma bastante organizada, mas em outra! um porquinho azul nos chamou à atenção. Indagado sobre aquele “animalzinho” pendurado na porta da cela; eis a explicação. “A cela mais desorganizada recebe essa punição, para, da próxima vez entrar no rol das demais, as organizadas”, disse Enoque Barreto 

Cela desorganizada

Entenda como funciona a APAC de Pedreiras.

Enoque Barreto – Presidente da APAC/Pedreiras-MA
Enoque Barreto Presidente da APAC – A APAC funciona sem o concurso de polícia, sem a presenças de agentes penitenciários ou de monitores. Quem fica com as chaves da prisão são os próprios recuperandos, embora, nós temos um quadro de funcionários, onde contempla as assistências, temos encarregados que são administrativos e financeiros e de segurança de disciplina, e os plantonistas, embora os presos tenham as chaves das celas, mas eles tem essa ajuda da APAC.
Blog – Quem pode participar do método APAC?

Enoque Barreto Presidente da APAC – Todos que querem. Pra está na APAC, basta querer. O recuperando, ou preso, do regime comum ele faz uma carta e envia pro Juiz, e a partir dessa carta a gente faz todo o processo de seleção pra poder vim pra APAC. Pra tá na APAC, às  vezes as pessoas pensam que é só pra preso bonzinho, isso é mito. Pra estar na APAC basta querer. Até preso de trinta anos de pena, 50 anos, basta ele querer e tem que agir de acordo com as regras daqui.
Blog – O que a APAC disponibiliza aos condenados?
Enoque Barreto Presidente da APAC – São assistências; saúde, religiosa, social, psicológica, laborterapia que é próprio do regime fechado. Hoje, nós trabalhamos com regime fechado, semi-aberto, entra-muro  e semi-aberto do extra-muro, são regimes distintos, nem um tem contato com outro, diferente do regime comum, que são presos misturados. Tem os cursos de; mecânica, de eletricidade, de bombeiro hidráulico, trabalho com a horta, também, e outras coisas a mais.


Blog – Hoje, quantos presos tem a APAC?
Enoque Barreto Presidente da APAC – Sessenta e sete (67), presos. Pela contabilidade são; trinta e quatro (34), no regime fechado, nove (09), no regime semi-aberto intra-muro, e o restante no regime extra-mura, ou seja, aqueles que trabalham durante o dia e voltam pra dormir, aqui na APAC.

Blogg – Que apoio tem hoje, a APAC em Pedreiras?


De certa forma é um apoio que poderia ser mais forte, a gente tem apoio, mas não o suficiente, eu, acho que a sociedade teria que se envolver mais, embora tem muita gente da sociedade que se envolve, mas é muito limitado, também, a participação da comunidade. Lembrando que a metodologia tem 12 (doze) passos, um dos elementos é a participação da comunidade, e a comunidade ela tem que participar, se envolver no processo. Até por que a questão da ressocialização é uma questão de segurança pública. A função da pena é; punir e recuperar, e se a comunidade se envolver, inclusive está na LEP – Lei de Execução Penal, a questão do envolvimento da comunidade, da sociedade. Eu, acredito que a sociedade de Pedreiras deveria se envolver um pouco mais, embora ela esteja presente em pequeno número.


Só Vai Ganhar Box no Mercado do Peixe Quem Trabalha na Lama e Tem Coberta de Papelão

Feira do peixe em Pedreiras

Quem vai à feira do peixe no mercado de Pedreiras encontra muita fartura, mas o descaso com os profissionais chega a ser maior. O novo mercado, que começou a ser construído na gestão municipal passada, parece que transferiu não só a responsabilidade ao atual governo, como também deu como troco o tal, “Esperar, que um dia chega”.

Feira do peixe em Pedreiras
Sob Sol e Chuva os vendedores de peixes, assim como outros profissionais que aguardam o novo local para trabalhar, apesar do tempo, ainda não se acostumaram com o tamanho da espera, que todos os meses ganha data diferente.
Aladim – vendedor de peixe

A última vez que os representantes da Prefeitura de Pedreiras estiveram na feira, disseram que o novo mercado seria inaugurado dia 15, deste mês. Falaram, bem; “seria”. O que se ver é um local sem a menor condição de atender aos clientes, que apesar de tudo continuam frequentando a feira.
Mercado do peixe. Esperando as eleições
Mesmo sem pagar uma taxa, também, seria impossível essa cobrança, já que a administração não oferece nenhum tipo de dignidade com aqueles profissionais. Basta olhar as bancas, que são improvisadas, assim, também como a coberta de papelão repleta de buracos, e quando chove é um Deus nos acuda.
Feira do peixe em Pedreiras
Quem tem um pouquinho a mais de condição que o outro, procura deixar o lugar com mais espaço para receber o cliente, mas diante esse pequeno investimento, quando perguntam se terão um box para trabalhar, são ameaçados verbalmente pela nova administração do mercado, que  diz o seguinte: “Rico Não Precisa Trabalhar”! Agora, imagine você, se ser rico é levantar todos os dias bem cedinho para ir vender peixes no mercado para sustentar a família! Então, a atual administradora não precisaria trabalhar, também, pois todos conhecem a situação da mesma. Mas, é assim, mesmo. O que não faz mil reais e pouco, e com direito a dois segurança!
O próximo mês está chegando, e com ele a certeza que virá mais uma promessa sobre a abertura do mercado, que, quando abrir suas portas terá que passar por uma reforma, ai, será mais verba que sai do bolso do consumidor.

Feira do peixe em Pedreiras

O próximo ano acontecerão eleições municipais, e o POVO do mercado será bem visitado por essa gente, que ainda pensa que pode enganar, ou, o POVO continua besta.

Cuidado! pois, ESTAMOS DE OLHO EM TUDO.      

Pedreiras Fight 4. A Emoção Continua

Uma noite que ficará mais um vez marcada na história do esporte pedreirense. Apesar dos obstáculos o responsável do Pedreiras Fight 4, Francisco de Assis Barbosa Costa, “Chiquinho”, foi o responsável pela realização de mais um evento com a marco do sucesso, no Global Club, através da Academia de Box MMA Top Team de Pedreiras, que faz parte da Federação Nova União, uma das mais bem conceituada no mundo. Ficou a cargo da empresa AtanohJ de propriedade de Jonatha Henrique, apenas a parte que competiu a divulgação do evento. 

Foram nove lutas que levaram os torcedores à loucura.
Participaram lutadores de Pedreiras, Lago da Pedra, São Luis, Teresina, Belém, e outros estados. Claro, como em todos os eventos houve um pequeno atraso, devido a falta de vaselina, mas nada que ofuscou o brilho do espetáculo. 

Começamos dando uma volta pelos bastidores. Fomos conhecer de perto as feras, que mais tarde estariam proporcionando um grande show, com cada luta de tirar o fôlego dos expetadores.

Como em todo bom ambiente e de acordo com o evento a música foi escolhida a dedo pelo DJ Walisson “o animal das pistas.

Como tinha muito que caminhar no octógono, flagramos o momento de descontração da garota “Ring Girl” Juliana.

Para uma boa e excelente cobertura muita gente boa da imprensa, incluindo blogueiros e TVs esteve presente clicando e filmando tudo sem perder um golpe.

A primeira luta foi entre Joelson x Henrique “pedreiro” que saiu como vencedor. 

Mauro Silva venceu Alan.

Francivaldo Menezes ganhou de Jonas.


Outra grande luta foi entre Eudes Carvalho x Macaco Branco vencendo até grande folga o oponente. 

De Lago da Pedra Barata lutou contra Luis “Brutamontes de Pedreiras, que venceu e levou a galera ao delírio.

Também de Pedreiras, Iago “Bruce Lee” venceu Luis, que havia pedido revanche.

A melhor luta da noite estava pra acontecer, envolvendo os lutadores Luis Felipe “Buda” de Teresina contra Sanderson de Belém. Quando todos pensavam que Sanderson estava derrotado, ele surpreendeu, no segundo round e com apoio da torcida de Pedreiras  conseguiu virar o jogo e venceu com muita garra após aplicar fortíssimos golpes contra “Buda”, que foi ao chão, mas continuou apanhando, até que o juiz Ivanilson, interferiu e encerrou a luta dando vitória por nocaute técnico a Sanderson.

A penúltima luta foi entre representantes dos estados do Pará e Piauí. Fabrício Matos o “Negão” venceu Gustavo, de Belém.

A luta principal ficou por conta das lutadoras Josiane “Pitbull” de São Luís e Érika “Criptonita” de Belém do Pará. Tratava-se de uma revanche pedida por Érika, mas o gosto da vitória ficou para o próximo combate.

  

Fotos: Paulo Samuel

19° BPM de Pedreiras Comemora o Aniversário de 179 anos da PMMA

19° Batalhão de Polícia Militar de Pedreiras

Convidados e Autoridades

A solenidade aconteceu no patio do 19° Batalhão de Polícia Militar de Pedreiras. Participaram do evento Autoridades políticas, eclesiásticas, delegados, imprensa, empresários, familiares dos PMs, comunidade, Secretário de Indústria e Comércio do Maranhão Simplício Araújo e o Cel. Marco Antônio Alves da Silva comandante geral da Policia Militar do Maranhão.

Sec. Simplício Araújo – Dep. Vinícius Louro e Marcílio Ximenes

O chefe de cerimônia foi Joaquim Ferreira Filho, iniciou as atividades anunciando a apresentação da tropa ao Coronel Alves, que foi apresentada através do subcomandante do 19° BPM Major Jean James Mendes Costa.

Pastor Augusto Cruz fez uma reflexão sobre o trabalho da PM, pedindo que o grupo fosse compreendido, às vezes pela população. O Pároco de Pedreiras Padre José Geraldo também deixou sua mensagem e agradeceu a Deus por esse momento de festa que vive a PM do Maranhão.

PMs do 19° BPM/Pedreiras
Major Maurício/Comandante 19° BPM/Pedreiras

Major Maurício agradeceu em primeiro lugar a Deus e em seguida, a todos que de uma forma ou e outra contribuem com a polícia militar do Maranhão, em especial com o 19° BPM de Pedreiras.

Coronel Alves fez questão de lembrar, que o governador Flávio Dino tem uma grande preocupação com a segurança do estado, por isso, já convocou mil policiais e abrirá concurso para fortalecer cada vez mais a segurança da população maranhense. Finalizou agradecendo a todos pela parceria com a polícia militar.

Coronel Alves/Comandante geral da PMMA

Rambo/Cel. Alves

Uma justa homenagem foi prestada ao Sr. Eufrasino de Oliveira Filho, mas conhecido como “rambo”, pelos relevantes serviços prestados voluntariamente que culminou na recuperação das instalações do Batalhão de Pedreiras.

Cel. Alves/Daniel (ciclista)
Sargento Pontes/Zandonaíde (ciclista de Codó)

Durante a solenidade o comando aproveitou e fez entrega das premiações aos vencedores da corrida ciclística. Daniel, de Pedreiras, e Zandonaíde, que recebeu os troféus representando os colegas da cidade de  Codó. A modalidade fez parte do evento esportivo pelo 179 anos da PMMA em Pedreiras.

Cel. Alves/Major Maurício

O Coronel Marco Antônio Alves também foi homenageado pelo Batalhão, e recebeu das mãos do Major Maurício Robson Carvalho uma placa comemorativa. Alguns policiais militares foram agraciados com a medalha “Brigadeiro Falcão”. 

Cel. Alves/Ianne Vitória

O BPM realizou como parte das festividades um concurso de redação voltado aos alunos de Pedreiras. A vencedora, a estudante Ianne Vitória Cruz Fernandes ficou em primeiro lugar. Ela fez a leitura da redação, que foi julgada por uma comissão formada pelo Juiz Marco Adriano, Subcomandante do 19° BPM Major Jean, e pelo presidente da subseção da OAB/Pedreiras, Adalberto Bezerra.

Força Tática

O encerramento da solenidade aconteceu com o desfile da tropa em continência ao comandante geral da PM do Maranhão, Coronel Alves.

PMs do 19° BPM/Pedreiras
Joaquim Filho – Chefe de cerimônia

Soldadinhos de chumbo
Imprensa de Pedreiras/Trizidela do Vale
Ex-Dep. Raimundo Louro e Pe. José Geraldo
Simplício Araújo – Sec de indústria e Comércio/MA

Flávio Dino e Simplício Araújo Instalam o Sistema “Empresa Fácil”

Apresentação do Empresa Fácil ao Governador Flávio Dino
O Secretário de Indústria e Comércio Simplício Araújo e o Presidente da Junta Comercial (JUCEMA), Sérgio Sombra, apresentaram ao Governador Flávio Dino, nessa quinta-feira (18), o Sistema “Empresa Fácil”, visando a instalação da rede Nacional para Simplificação do registro da Legalização de Empresas e Negócios (RedeSim) no Marnhão.
A informação sobre o novo fluxograma de atendimento, toda parte técnica do sistema e seu funcionamento, além dos formulários e suas funcionalidades, que estão contidos no site onde vão estar agregados os serviços do sistema, foram apresentados a empresários.
A RedeSim vai simplificar e diminuir o tempo e os custos para a abertura de empresas, além de compatibilizar e integrar procedimentos, evitando a duplicidade de exigências e gerando informações compartilhadas, entre outros benefícios.

De acordo com o Secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo, a implantação do RedeSim no Estado vai possibilitar a abertura de mais empresas, o que resulta na geração de emprego e renda.
Sérgio Sombra e Simplício Araújo
“Após a implantação da RedeSim vamos diminuir o tempo para quem vai abrir um empresa, o que gera emprego, renda e melhora a economia do Estado, atendendo desta forma, uma prerrogativa do Governador Flávio Dino, que é de fazer um ambiente favorável ao empresariado, afirmou Simplício.
Simplício e Sérgio Sombra
O Presidente da JUCEMA, Sérgio Sombra, ressaltou a importância de avançar em mais uma ação do coronograma. “Há um compromisso e um grande empenho da JUCEMA para que os maranhenses possam usufruir o mais breve possível dessa ferramenta que vai possibilitar um ambiente empresarial mais favorável ao nosso Estado. É um desafio que está sendo superado com muito êxito em cada uma das suas etapas”, garantiu o Presidente.