Pedreiras: Manifestação dos servidores municipais foi apenas um alerta

Manifestação dos servidores municipais em Pedreiras/Foto: Sandro Vagner

Na manhã desta quinta-feira (11), servidores da educação, aposentados e outras categorias foram às ruas reivindicar salário atrasado, principalmente dos seletivados que ainda não receberam os vencimentos de Novembro e Dezembro, apenas ouviram do secretário de finanças, que não tem previsão para resolver a situação. 

A manifestação pacífica percorreu toda Avenida Rio Branco, encerrando-se na Praça Corrêa de Araújo, onde manifestantes falaram em público, levando ao conhecimento de todos como o Município está se comprometendo em não honrar os pagamentos em dias com os professores, que só receberam o vencimento referente ao mês de novembro, no dia 04 de janeiro, ficando dezembro para ser repassado à categoria somente no dia 30 de janeiro, fato esse que foi anunciado pela secretaria de administração.

Foto: Sandro Vagner

Segundo a presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Pedreiras – SINDSERPE, Ana Roberta, se o pagamento de dezembro, não sair dia 30 de janeiro, conforme o governo anunciou, uma outra assembléia será convocada, onde todos deverão tomar outra decisão, provavelmente uma nova manifestação, sendo, que, desta vez, os professores, principalmente, só retornarão às aulas quando tudo for regularizado pela administração municipal.

Antônio França – Prefeito de Pedreiras/Foto: Arquivo do Blog

O Prefeito de Pedreiras, Antônio França, se pronunciou em rede social sobre a manifestação. Veja um dos trechos do pronunciamento.  

Vejo com naturalidade essa manifestação. É um direito que a Constituição Federal garante, e como foi falado, é uma manifestação de alerta. Eu fico observando e vejo que é um direito dos servidores de reivindicar seus salários, e nós sabemos que tudo o que podemos fazer, estamos fazendo para mantermos nosso município organizado. Tenho certeza que conseguiremos fazer isso, e eu como um servidor do Município, estou lutando para que possamos estar pagando em dia, como eu falei lá no início da minha gestão, até mesmo pagar ainda dentro do mês trabalhado. É uma vontade do gestor e da nossa administração, e temos certeza que conseguiremos isso. Esse momento difícil que estamos passando não é só Pedreiras, mas outros municípios estão também passando também, mas estou muito tranquilo e seguro de que iremos reverter essa situação. Quero dizer a todos os servidores, que esta manifestação é pertinente, vejo isso como uma forma democrática e nós não iremos nos esconder, nem nos furtar de buscar a solução para resolver estes problemas.”

Resta somente esperar para saber como tudo isso será resolvido, que ninguém fique no prejuízo, principalmente os servidores seletivados que estão há dois meses sem receber os salários referentes aos meses de Novembro e Dezembro de 2017.

Deixe uma resposta