Pedreiras: Mulher foi assassinada com treze tiros na porta de casa

Rosileide Granjeiro Souza  – Vítima/Foto: Reprodução WhatsApp

Rosileide Granjeiro Souza, 33 anos, que residia no bairro Novo Seringal, foi assassinada na porta de sua casa por volta das 06:30h, desta terça-feira (30), quando, segundo informações, estaria se preparando para levar a filha para a escola. Dois elementos que estavam em uma motocicleta, realizaram treze disparos de arma de fogo, Rosileide, que era conhecida como Lêda, morreu no local.

Residência da vítima, Rua Vicente Benigno – Novo Seringal – Pedreiras – MA/Foto: Raulison Silva

O ex-companheiro de Rosileide, que era conhecido como Taumaturgo, foi assassinado no dia 08 de abril de 2014, na entrada de Pedreiras, na Avenida João do Vale, quando, na oportunidade, Rosileide estava na garupa da moto que era conduzida por Taumaturgo.

A Polícia Civil já iniciou as investigações, inclusive,  buscando identificar os assassinos através de filmagens feita por câmeras de monitoramento, no percurso e nas proximidades do local do crime.

Deixe uma resposta