Pedreiras Vira a Cidade das Manifestações

 
 
 
“Marcha da Cidania Contra a Corrupção”. Mais um movimento que aconteceu ontem (30), em Pedreiras, que foi organizado pelo Movimento Fóruns e Rede de Cidadania, e contou com apoio do SINDSERP – Sindicato dos Servidores Municipais de Pedreiras. 
 
 
O objetivo principal foi levar ao conhecimento da população e das autoridades os desmandos que estão acontecendo a todo instante no município, e punição, que é bom, até agora nada. Os professores da rede municipal, que estão em greve, reforçaram a caminhada, e mais uma vez todos foram vestidos de preto, simbolizando luto.
 
 
Estava combinado que a caminhada iria passar em frente ao Fórum, Promotoria Pública, Câmara de Vereadores e Palácio Municipal, mas devido ao feriado do dia do servidor, ter sido comemorado ontem(30) em todo o Estado, as repartições não funcionaram.
 
 
Com a grande movimentação no comércio de Pedreiras, a manifestação passou por toda extensão da Avenida Rio Branco e terninou na Praça Corrêa de Araújo, local que os manifestantes queimaram uma cópia da decisão que voltou ao cargo o prefeito de Pedreiras Totonho Chicote, de autoria do Desembargador Jamil Gedeon.

One comment on “Pedreiras Vira a Cidade das Manifestações

  • Segundo o advogado, professor, escritor, jurista e membro do Instituto Brasileiro de Combate à Corrupção, Calil Simão, a corrupção é a incapacidade moral do homem assumir compromisso em benefício da coletividade, ou seja, o homem somente é capaz de fazer algo em troca de uma satisfação pessoal, um benefício imediato, principalmente financeiro. O mesmo autor afirma que a corrupção não é um fator apenas político, na verdade, a corrupção é uma prática social. Não existe corrupção estatal sem a existência de corrupção social, primeiro a Sociedade se corrompe para depois corromper o Estado. Joaquim Barbosa, ex-presidente do STF afirma que o Brasil é o país dos conchavos e que a corrupção está na base de funcionamento de quase todas as Instituições Públicas.

    Reply

Deixe uma resposta