São Luís: Governo Federal dá calote em maranhense vencedora de concurso

Estudantes vencedores do Construindo a Igualdade de Gênero (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS – A maranhense Henriqueta Evangeline Feitosa Rabelo, de 18 anos, é uma dos 24 estudantes do Ensino Médio que ganhou o concurso de redação do Governo Federal Construindo a Igualdade de Gênero e que não recebeu o prêmio anunciado: computadores e impressoras multifuncionais. Os ganhadores chegaram a participar de cerimônia em Brasília, em 2015, mas nunca nunca receberam a contrapartida prometida.

Quando participou do concurso, Henriqueta Evangeline era estudante do 2º ano do Ensino Médio. Hoje, a maranhense cursa o 3º semestre do curso de Direito da Universidade Federal do Maranhão. “Fomos até Brasília, tiramos fotos com a ex-ministra Eleonora Menicucci (da extinta Secretaria de Políticas para Mulheres – SPM), conhecemos e fizemos amizades com os outros vencedores, e recebemos a promessa de recompensa pública”,escreveu a universitária em sua página pessoal em rede social.

A estudante contou, ainda, que a informação que sempre foi passada aos vencedores era de as solicitações de compra dos computadores demorariam, e que em 120 dias, no máximo, eles entrariam em contato para eventuais dúvidas quanto ao endereço. “Tendo passado muito mais que 120, 366 dias, muitos telefonemas, e-mails, ‘tuitaços’ e ‘comentaços’ na página da SPM-PR e uma ameaça coletiva de entrarmos na Justiça”, publicou Henriqueta Evangeline.

Na época, o concurso teve 2.527 inscrições. A categoria que Henriqueta Evangeline participou teve 1.495 inscritos. Desses, 24 foram selecionados. As outras categorias foram para graduandos, mestrandos, doutorandos e escolas com projetos diferenciados. No casos destes, todos foram agraciados com a premiação prometida, segundo o governo.

Fonte: imirante.com

Deixe uma resposta