Logo

Brasil: Morre a cantora Ângela Maria, aos 89 anos, em São Paulo

A cantora Ângela Maria foi uma das rainhas da era de ouro do rádio brasileiro – Divulgação

Aos 89 anos, morreu em São Paulo, a cantora Ângela Maria. Ela estava internada há 34 dias, no Hospital Sancta Maggiore em decorrência de um quadro de infecção. O velório e o enterro ocorrerão hoje (30) no Cemitério Congonhas. De acordo com a família, foi um período de sofrimento para a artista.

A cantora morreu na noite deste sábado (29). Em um vídeo, publicado no Facebook, Daniel D’Angelo, marido da cantora, Alexandre, um dos quatro filhos adotivos do casal, e um assessor confirmaram a morte e pediram orações. Também afirmaram que jamais deixarão a estrela dela apagar.

Angela Maria, conhecida como a Sapoti, foi uma das rainhas do rádio e de estrondoso sucesso entre os anos de 1950 e 1960, em um vídeo no Facebook. “É com meu coração partido que eu comunico a vocês que a minha Abelim Maria da Cunha, a nossa Angela Maria, partiu, foi morar com Jesus”, disse Daniel D’Angelo.

Vida

Angela Maria, nasceu em Conceição de Macabu, no Rio de Janeiro. Foi operária e teve várias atividades profissionais, mas sempre quis seguir carreira artística. Mas jamais deixou de cantar.

A artista se consagrou na era dourada do rádio, tornando-se uma referência ao lado de Maysa, Nora Ney e Dolores Duran. Recentemente, a cantora disse que gravou 114 discos e vendeu aproximadamente 60 milhões de exemplares.

Em 2012, tentou seguir carreira política. Candidatou-se a vereadora da cidade de São Paulo, mas não se elegeu. Há três anos foi lançada a biografia “Angela Maria: a eterna cantora do Brasil”, escrita pelo jornalista Rodrigo Faour, que reuniu depoimentos e relatos da cantora.

Temer e Minc manifestam pesar

Por meio da rede social Twitter, o presidente Michel Temer expressou condolências. “Lamento a morte da cantora Ângela Maria, a nossa Rainha do Rádio, um dos ídolos que tanto influenciou grandes nomes da Música Popular Brasileira. Meus sentimentos à sua família e amigos”, postou Temer.

Em nota oficial, o Ministério da Cultura (Minc) citou alguns dos principais sucessos de Ângela Maria e também lamentou sua morte. “O Ministério da Cultura manifesta sinceros sentimentos de pesar à família, amigos, colegas e admiradores do trabalho da cantora, uma das maiores vozes da música brasileira”, mencionou a pasta.

fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

Trizidela do Vale: Prefeito ouve reivindicações de Agentes de Saúde e de Endemias

Prefeito Fred Maia em reunião com os Agentes de Saúde e de Endemias/Foto: Tony Maranhão

A reunião aconteceu na manhã de ontem (28), onde, na oportunidade, foi servido um café da manhã aos anfitriões. No início, o prefeito Fred Maia agradeceu a presença dos participantes e deu ênfase a importância que a categoria tem para o município.

Durante o encontro, os profissionais puderam expor suas maiores dificuldades encontradas e aproveitaram o momento para novas reivindicações, que venham somar com o trabalho dos mesmos.

“O objetivo desse encontro é ouvir as demandas dos agentes de saúde e endemias, através de suas representações sindicais”, destacou Fred Maia, que também disse que há 6 anos vem tendo um bom relacionamento com a categoria e ainda ressaltou que é um compromisso seu a cada dia trabalhar na valorização da categoria, pois, aos poucos, disse estar colocando a casa em ordem e que pretende dar continuidade a batalha pela valorização da classe além da melhoria das condições de trabalho dos agentes.

Lúcia Louro – Agente de Saúde/Foto: Tony Maranhão

Na oportunidade, a delegada dos agentes de saúde, Lúcia Louro, parabenizou a atenção que a administração tem dado ao grupo e disse que estará sempre a disposição da gestão em se tratando de colaborar com a saúde municipal. Ao decorrer do encontro, Fred Maia salientou os avanços da saúde como dos diversos atendimentos, reforma do hospital e disse que espera contar com o apoio dos agentes para a divulgação do número do SAMU local que é uma novidade na região e que irá atender as pessoas em situações de emergência, anunciou, ainda, a continuidade da pavimentação asfáltica na cidade, construção de um mercado modelo, entre outras ações.

Encerrando o encontro, Lúcia Louro disse em bom tom que a saúde municipal melhorou, e muito, e que todos os profissionais hoje realizam um trabalho eficaz, rápido e humano.

Assecom-Trizidela do Vale

Pedreiras: Novas fotos de assaltantes são divulgadas pela Polícia Civil (Caso da Lotérica)

Suspeitos

A Polícia Civil divulgou novas fotos de dois elementos que praticaram um assalto e realizaram disparos de arma de fogo em pleno centro comercial de Pedreiras. O crime aconteceu no dia 06 de setembro. Até agora nenhum suspeito foi preso, mas as investigações, segundo informou o delegado Jânio Pacheco, continuam.

Suspeitos

Com mais fotos liberadas à imprensa, o delegado espera que alguém possa fazer o reconhecimento dos bandidos.

Quem ajudar a polícia, terá sua identidade mantida em sigilo absoluto. Qualquer informação poderá ser enviada ao WhatasApp (98) 98409 – 3325.

Relembre o caso

Clique aqui

Eleições 2018: Pesquisa Datafolha para presidente: Bolsonaro, 28%; Haddad, 22%; Ciro, 11%; Alckmin, 10%; Marina, 5%

O Datafolha divulgou nesta sexta-feira (28) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. A pesquisa ouviu 9 mil eleitores entre quarta-feira (26) e sexta-feira (28).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes:

Em relação ao levantamento anterior do instituto , divulgado na quinta-feira (20):

Bolsonaro ficou estável com 28%;

Haddad subiu de 16% para 22%;

Ciro passou de 13% para 11%;

Alckmin oscilou de 9% para 10%;

Ciro Gomes e Alckmin estão tecnicamente empatados.

Marina passou de 7% para 5%;

Os indecisos se mantiveram em 5% e os brancos ou nulos, de 12% para 10%.

Rejeição

O Instituto também perguntou: “Em quais desses nomes ___________ você não votaria de jeito nenhum no primeiro turno da eleição para presidente deste ano ? E qual mais?“.

Neste levantamento, portanto, os entrevistados podem citar mais de um candidato. Por isso, os resultados somam mais de 100%.

Os resultados foram:

  • Bolsonaro: 46%
  • Haddad: 32%
  • Marina: 28%
  • Alckmin: 24%
  • Ciro: 21%
  • Vera: 18%
  • Cabo Daciolo: 17%
  • Eymael: 17%
  • Boulos: 17%
  • Meirelles: 16%
  • Alvaro Dias: 15%
  • Amoêdo: 14%
  • João Goulart Filho: 14%
  • Rejeita todos: 4%
  • Votaria em qualquer um: 2%
  • Não sabe/não respondeu: 4%

Simulações de segundo turno

  • Ciro 42% x 36% Alckmin (branco/nulo: 19%; não sabe: 3%)
  • Alckmin 45% x 38% Bolsonaro (branco/nulo: 16%; não sabe: 2%)
  • Ciro 48% x 38% Bolsonaro (branco/nulo: 12%; não sabe: 2%)
  • Haddad 39% x 39% Alckmin (branco/nulo: 19%; não sabe: 3%)
  • Haddad 45% x 39% Bolsonaro (branco/nulo: 13%; não sabe: 2%)
  • Ciro 41% x 35% Haddad (branco/nulo: 19%; não sabe: 3%)

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Entrevistados: 9 mil eleitores em 343 municípios
  • Quando a pesquisa foi feita: 26, 27 e 28 de setembro
  • Registro no TSE: BR-08687/2018
  • Nível de confiança: 95%
  • Contratantes da pesquisa: TV Globo e “Folha de S.Paulo”

fonte: g1.globo.com

Pedreiras: Motocicleta fica destruída durante acidente na MA – 122

Foto: Reprodução WhatsApp

Condutor de uma motocicleta Honda Pop, branca, placa PSN – 6428, se envolveu na manhã desta sexta-feira (28) em um acidente na MA – 122, que liga os Municípios de Pedreiras a Lima Campos, nas proximidades do cemitério.

Segundo informações do colaborador do Blog, Elimilton do Vale Castro, supervisor administrativo do Hospital Geral de Pedreiras, Alan Oliveira Silva, 22 anos, ficou bastante machucado, inclusive com fratura no buco maxilar, e será transferido para o hospital de Presidente Dutra.

Alan, chegou ao Hospital de Pedreiras, sangrando pela boca e nariz, e não conseguia falar. O caso é considerado grave.

A vítima, segundo sua ficha, reside no Povoado Barriguda do In Sono, Município de Pedreiras.

O outro veículo envolvido no acidente, até o fechamento da matéria, não tinha sido identificado. 

Vitorino Freire: Preso delegado acusado de matar homem durante festa na cidade de Vitorino Freire

O delegado Marcelo Magno Ferreira Sousa era titular da Delegacia de Vitorino Freire. (Foto: Divulgação)

Na tarde desta quinta-feira (27), o delegado de Polícia Civil Marcelo Magno Ferreira Sousa, acusado de assassinar um jovem a tiro, na cidade de Vitorino Freire, se entregou às autoridades policiais.

Segundo a polícia, o delegado Marcelo Magno, que era titular da Delegacia de Vitorino Freire, atirou em Jobert de Jesus Silva, de 36 anos, conhecido como “Billy Joe”, durante a festa de aniversário de Vitorino Freire, na última terça-feira (25).

Segundo informações do delegado Armando Pacheco, titular da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), na noite dessa quarta (26), Marcelo Magno se apresentou no Plantão Central das Cajazeiras, em São Luís, onde entregou a arma usada no homicídio. E, na tarde desta quinta, o delegado se entregou na sede da SPCI, também na capital maranhense.

Ainda de acordo com o superintendente da SPCI, o delegado Marcelo Magno afirmou, durante depoimento, que estava na festa de aniversário da cidade de Vitorino Freire, quando houve uma confusão. Jobert de Jesus Silva subiu no palco e não queria descer, mesmo após um dos seguranças da festa ter tentado retirá-lo à força.

Uma pessoa foi até o delegado e o informou do que estava acontecendo. Marcelo Magno se dirigiu até Jobert de Jesus e sacou a arma, na tentativa de conter o homem, foi quando teria efetuado um disparo acidental que atingiu Jobert de Jesus, o qual foi a óbito.

O delegado Marcelo Magno Ferreira Sousa foi encaminhado para a unidade carcerária da Cidade Operária, em São Luís, e está à disposição da Justiça. Segundo o delegado Armando Pacheco, a polícia vai investigar se, de fato, o disparo foi acidental.

fonte: imirante.com.br

Brasília: Morre em Brasília o ex-governador Joaquim Roriz

O ex-governador Joaquim Roriz – Antonio Cruz/Arquivo Agência Brasil

Morreu hoje (27), aos 82 anos, em Brasília, o ex-governador do Distrito Federal (DF) Joaquim Roriz. Ele estava internado no Hospital Brasília. A informação foi confirmada há pouco pela assessoria de sua filha, Liliane Roriz.

Roriz havia dado entrada no hospital no último dia 24 devido a uma pneumonia. Hoje, por volta das 7h50, ele faleceu em consequência de um infarto do miocárdio. A saúde de Roriz, que governou o DF por quatro vezes, vinha piorando desde 2017.

Legado

Joaquim Domingos Roriz teve o nome reconhecido nacionalmente ao governar o Distrito Federal por 14 anos. Ele sofria de doença renal crônica e diabetes. O quadro de saúde se agravou nos últimos anos. Em agosto de 2017, Roriz precisou amputar dois dedos do pé esquerdo, depois da complicação do diabetes. Alguns dias depois, precisou voltar ao hospital para amputar a perna direita na altura do joelho.

Roriz ficou conhecido por adotar medidas polêmicas, como a ampla distribuição de lotes e projetos de moradias populares que marcaram suas gestões. Nos discursos, havia expressões típicas do interior do país e um estilo popular, que o aproximava do eleitorado mais humilde do DF. As campanhas políticas e eventos públicos eram transformados em comícios, com direito a corpo a corpo constante e um tom religioso.

O ex-governador saiu da vida política em 2010, quando teve a candidatura questionada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que determinou a impugnação, com base na lei Ficha Limpa. Em 2006, ele se candidatou ao Senado e assumiu, em fevereiro de 2007. Cinco meses depois, renunciou ao mandato de senador em meio a denúncias de envolvimento em corrupção no governo do Distrito Federal. O caso ficou conhecido como o escândalo da Bezerra de Ouro. Foi o mandato de senador mais rápido da história.

A possível candidatura chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF). Temendo veredito desfavorável do STF, ele desistiu de concorrer ao cargo de governador. Na época, a poucos dias das eleições, lançou em seu lugar a esposa, Weslian Roriz, que nunca exerceu cargo político. Ela chegou ao segundo turno, mas perdeu a eleição para o candidato do PT, Agnelo Queiroz.

Política

Roriz começou a carreira política em 1962, como vereador em Luziânia (GO), onde nasceu. Em 1978, candidatou-se a deputado estadual por Goiás e venceu, sendo o candidato mais votado pelo MDB no estado.

Foi um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores (PT) em Luziânia, em 1980. Já no PMDB, foi eleito deputado federal em 1982. Em 1986 venceu a eleição para vice-governador de Goiás, na chapa do governador Henrique Santillo, já falecido.

 Roriz chegou ao governo do DF em 1988, indicado pelo então presidente José Sarney (MDB-AP). O Distrito Federal ainda não elegia seu governador por voto direto. Após quase 18 meses de mandato biônico, foi acusado pelos adversários de ter distribuído lotes para os eleitores, de olho nas eleições diretas que iriam ocorrer em outubro de 1990.

Entre 15 29 de março de 1990, Roriz foi ministro da Agricultura e Reforma Agrária no governo Collor, renunciando ao cargo para disputar o governo do DF. Venceu, sendo o primeiro mandatário eleito ao Palácio do Buriti e se manteve no cargo até 1994. Passou apenas um mandato fora. Em 1998, concorreu novamente e voltou a governar o Distrito Federal. Foi reeleito em 2002.

Roriz inaugurou a primeira linha de metrô da capital federal e foi o responsável pela construção da Ponte JK, um dos cartões postais do DF. Durante o quarto mandato como governador, deixou o Buriti para se candidatar ao Senado. Foi eleito, mas renunciou cinco meses depois de assumir o cargo, em julho de 2007, para evitar um processo por quebra de decoro parlamentar no Conselho de Ética da Casa.

O ex-governador nasceu em 4 de agosto de 1936, filho de Lucena Roriz e de Jerzuleta de Aguiar Roriz. Ele deixa viúva Weslian Roriz, com quem teve três filhas: Wesliane, Liliane e Jaqueline. As filhas também são conhecidas no cenário político brasiliense.

Denúncias

Juntamente com as vitórias eleitorais pesam sobre Roriz e seu governo muitas acusações. Em fevereiro deste ano, por decisão judicial, Roriz deixou de responder ao processo que trata de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro do edifício Monet, localizado em Águas Claras. Ele e suas três filhas, Jaqueline, Wesliane e Liliane, são acusados de terem sido beneficiadas com 12 apartamentos em troca de favores. Os imóveis teriam sido uma espécie de pagamento pela facilitação do empréstimo do Banco de Brasília (BRB) à construtora WRJ Engenharia, empreiteira que ergueu o prédio. O empréstimo ocorreu em 2006, quando Roriz ainda era governador.

fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

Pedreiras: Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra suspeito de estupro tentado

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, através da 14ª Delegacia Regional de Pedreiras/MA, deu cumprimento no dia de ontem (26) ao mandado de prisão preventiva exarado pelo juízo de direito da segunda vara da comarca de Pedreiras/MA, nos autos da ação penal nº 1832-37.2015.8.10.0051, em desfavor de RICARDO DA COSTA SOUZA, pela prática do crime estupro tentado.

O conduzido foi encaminhado para a Unidade de Ressocialização de Pedreiras onde ficará à disposição do Poder Judiciário

Maranhão: Concurso público deve preencher 28 vagas para professor no Instituto Federal do Maranhão

Provas do concurso para cargos de professor do IFMA serão apenas em São Luís — Foto: Flora Dolores/O Estado

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) está oferecendo 28 vagas em 14 campi para profissionais de Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT). Todas as provas do concurso serão realizadas em São Luís e, segundo o edital, há reserva de vagas para candidatos com deficiência e negros. As inscrições começam dia 8 de outubro e vão até dia 26 do mesmo mês, pelo site da Fundação Sousândrade, organizadora do certame.

As provas estão previstas para começarem a ser aplicadas no dia 9 de dezembro deste ano e a homologação do resultado deve ser até o dia 2 de abril de 2019.

A taxa de inscrição custa R$ 150 e quem quiser solicitar isenção deste pagamento tem de 8 a 12 de outubro para fazê-lo. Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail [email protected] e telefones (98) 3221 7266, 3221-2276 e 3232-2997.

Os salários divulgados variam de R$ 4.463,93 a R$ 9.600,92, além de auxílio-alimentação de R$ 458; auxílio pré-escolar de R$ 321 para filhos até seis anos; auxílio-saúde, e auxílio-transporte.

Os campi atendidos serão de Buriticupu, Bacabal, Barra do Corda, Carolina, Codó, Grajaú, Pedreiras, Pinheiro, Porto Franco, São Luís – Maracanã, São Raimundo das Mangabeiras, São João dos Patos, Viana e Zé Doca.

As vagas são para Biologia, Ciências Agrárias/Zootecnia, Contabilidade, Educação Física, Engenharia Ambiental, Engenharia Elétrica/Eletrônica, Engenharia Mecânica, História, Informática, Letras/Inglês, Letras/Português, Letras/Português/Libras e Zootecnia.

A prova é dividida em conhecimentos específicos, desempenho didático e avaliação de títulos.

fonte: g1.globo.com/ma/maranhao

Eleições 2018: Por 7 votos a 2, STF mantém cancelamento de títulos sem biometria

Por 7 votos a 2, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu ontem (26) rejeitar pedido de liminar feito pelo PSB para evitar o cancelamento dos títulos de eleitores que não realizaram o cadastramento por biometria nas localidades que foram escolhidas pela Justiça Eleitoral.

De acordo com a Justiça Eleitoral, cerca de 3,3 milhões de eleitores não vão votar nas eleições de outubro porque não compareceram aos cartórios eleitorais nos municípios em que houve o recadastramento para identificação biométrica e devido a outras restrições.

Na ação, o PSB alegou que são inconstitucionais as resoluções do TSE que disciplinaram o cancelamento do título como penalidade ao eleitor que não realizou o cadastro biométrico obrigatório dentro do prazo, porque resultaram no indevido cerceamento do direito de votar.

O PT e o PCdoB também participaram do processo. Segundo as legendas, o maior número de eleitores que não poderão votar está na Região Nordeste. Para os partidos, a maioria dos títulos cancelados é de cidadãos humildes que não tiveram acesso à informação para cumprir a formalidade.

Votos

A maioria dos ministros acompanhou voto proferido pelo relator, Luís Roberto Barroso. O ministro entendeu que não há inconstitucionalidade nas normas do TSE que disciplinaram as regras de alistamento eleitoral. Segundo o ministro, a atualização do cadastro de eleitores é necessária para manter a higidez das eleições.

“Não vejo inconstitucionalidade no modo como a legislação e o TSE disciplinaram a revisão eleitoral e o cancelamento do título em caso de não comparecimento para a sua renovação. Eu penso que o TSE demonstrou as dificuldades técnicas e o risco para as eleições há menos de duas semanas”, afirmou.

Após o voto do relator, Alexandre de Moraes também acompanhou o entendimento sobre a validade do cancelamento. Segundo o ministro, os eleitores que não compareceram ao recadastramento, não atingiram requisito básico, previsto na Constituição, para participar das eleições.

“Não estando alistado porque não compareceu ao recadastramento, falta um requisito constitucional”, disse Moraes.

Luiz Fux, que já ocupou o cargo de presidente do TSE, votou a favor do cancelamento e disse que a regulação da biometria pelo tribunal é feita para evitar fraudes, como duplicidade de títulos, votação em nome de pessoas falecidas.

“O TSE tem caminhado no sentido de manter a higidez e a moralidade do pleito eleitoral porque o passado condena as eleições brasileiras”, disse.

Também votaram no mesmo sentido Cármen Lúcia, Gilmar Mendes e o presidente Dias Toffoli.

Divergências

O ministro Ricardo Lewandowski votou para autorizar quem teve o título cancelado a votar. Segundo o ministro, o eleitor não pode ser impedido de votar porque não compareceu ao recadastramento biométrico.

“Concedo a liminar, com a experiência, sem falsa modéstia, de quem já foi presidente do TSE, e sei que isso é exequível, para que os eleitores que tiveram seus títulos cassados, caso comparecerem as respectivas zonas eleitorais no dia do primeiro turno das eleições, devidamente munidos com documento de identificação, possam votar manualmente, depositando seus votos em urna de lona”, disse.

O ministro Marco Aurélio também entendeu que o eleitor não pode ser impedido de votar por causa da falta da biometria.

Manifestações

Durante o julgamento, o advogado Daniel Sarmento, representante do PSB, disse que a legenda defende a inclusão política como forma indispensável para democracia. Segundo Sarmento, a imposição de entraves burocráticos não podem excluir o “eleitor pobre e que tem menos acesso à informação”. Ele negou que a ação tenha motivações políticas às vésperas das eleições.

“Se tem uma restrição gravíssima ao direito fundamental, que é central na ordem jurídica brasileira. A pessoa é simplesmente impossibilitada de votar e ser votada. É uma quantidade muito grande, 2,4% do eleitorado. Isso pode fazer diferença em pleitos, na eleição proporcional e para eleições majoritárias, como de presidente da República. As últimas eleições foram decididas por menos de 3,5 mil votos”, afirmou.

O PT e PCdoB também se manifestaram a favor da liberação do voto de quem não realizou a biometria dentro do prazo. De acordo com a advogada Maria Claudia Bucchianeri, representante do PCdoB, o número de 3,3 milhões de eleitores que tiveram o título cancelado representa 4% do eleitorado do Nordeste, região mais afetada.

AGU

A advogada-geral da União, ministra Gracie Mendonça, se manifestou a favor das restrições por entender que a segurança jurídica das eleições deve ser mantida. Segundo a ministra, os partidos querem afastar o cumprimento de regras das eleições, faltando 11 dias para o pleito.

“O mesmo custo, a mesma dificuldade que o eleitor vai enfrentar para votar, é exatamente a mesma dificuldade que ele teria para se dirigir e se submeter ao processo de revisão. Não se tem aí que a população mais desfavorecida estaria em prejuízo, a relação de custo é a mesma”, argumentou.

PGR

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, também defendeu a segurança jurídica e disse que, conforme a legislação, somente pode votar quem realizou a alistamento eleitoral prévio ou está apto para votar.

“O fato de alguém ter problemas para com seu alistamento eleitoral e, por isso, não votar, não coloca em perigo o sufrágio universal, pelo contrário, o protege.  O alistamento eleitoral cuidadoso e completo que garante higidez do cadastro de eleitores e assegura a universalidade do sufrágio”, disse Dodge.

fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

  • siga-nos no facebook

  • Mensagem do vereador Bruno Curvina e Família

  • Não Percam!

  • Mensagem do Prefeito Fred Maia e Família

  • IESN /Matrículas abertas: Cursos técnicos, profissionalizantes e de aperfeiçoamento

  • Clínica Leão XIII – Fone: (99) 3642-7578/98190-5654

  • Gráfica e Editora Mearim – (99) 3642-8006/98189-0190 – Pedreiars – MA

  • Clique no flyer e acesse o site da FAESF

  • MX.com – Av. Rio Branco/99 3642-5844/ Fale com Marcílio Ximenes

  • Para pessoas que buscam tranquilidade, conforto, bons serviços e clima agradável

  • Recicle Informática INFORMA!

  • CONNECT PEDREIRAS

  • Óticas Diniz

  • LOJA DOIS PAPELARIA – Avenida Rio Branco – Centro – Pedreiras

  • Uninter – Polo Pedreiras CE Franciscano Av. Dr. João Alberto, nº 5 Bairro Maria Rita Pedreiras-MA Fone: (99) 3642-1709 / (99) 981167237 – Mais informações clique no banner

  • Acesse nossa página no Facebook clicando no banner

  • Prefeitura de Trizidela do Vale. Clique no banner e acesse o site do Município

  • Especialista em aplicativos, cartões digitais interativos e redes sociais. Clique no Banner e tenha mais informações

  • Publicidade

  • Loteamento Monte Carlo – Pedreiras – MA, venha morar aqui!

  • Mídia

  • Telefones Úteis

    WhatsApp da PM (99) 8156-5426 Tenente do Dia (99) 98174-3547 Sargento do Dia (99) 98140-4154
  • Mensagem do vereador Adonias Quineiro e Família

  • Mensagem Chico da TV

  • Mensagem do vereador Sérgio Profírio e Família

  • Mensagem do Vereador Jotinha e Família

  • Mensagem do vereador Robson Rios e Família

  • Mensagem da vereadora Ceiça Feitosa e Família