Reprodução

Um caso suspeito do novo coronavírus na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Vinhais foi descartado. A paciente, de 49 anos, que chegou da Itália, permanece em monitoramento no Hospital Dr. Carlos Macieira, com o diagnóstico confirmado para Influenza A.

Uma outra paciente, de 22 anos, que estava no Japão, se encontra em isolamento com a suspeita de coronavírus e está sendo monitorada na Unidade de pronto atendimento (UPA) do Itaqui-Bacanga.

O Laboratório Central de Saúde Pública do Maranhão (LACEN- MA) após coletar amostra para exame, enviou o material coletado ao instituto Adolfo Lutz, em São Paulo.

“A paciente chegou em São Luís há quatro dias e apresenta sintomas como dispneia e tosse seca. Por não apresentar quadro clínico com necessidade de internação, permanecerá em isolamento na unidade de pronto atendimento”, disse a secretaria.

Segundo a Secretária de Estado da Saúde, a rede estadual está preparada e com protocolos de atendimentos definidos para o novo cononavírus. A firmou ainda que até o momento só possuí um caso suspeito no Maranhão.

Cuidados

O Ministério da Saúde está considerando como casos suspeitos o de pessoas que apresentarem febre, tosse e dificuldades para respirar, sintomas semelhantes ao de um resfriado e tiveram passagem ou contato com alguém que esteve nos últimos 14 dias na Alemanha, Austrália, Emirados Árabes, Filipinas, França, Irã, Itália, Malásia, Japão, Singapura, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Tailândia, Vietnã e Camboja, além da China.

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

Caso manifeste algum desses sintomas, a pessoa deve procurar atendimento médico imediatamente na unidade de saúde mais próxima.

fonte: oimparcial.com.br