Logo

Pedreiras: Prefeito empossa o mais novo Controlador do Município

Reginaldo Ferreira Pinto (Controlador do Município), Antônio França (Prefeito de Pedreiras) e Josué Oliveira (Secretário de Administração)/Foto: ASCOM – Pedreiras

Pedreiras se destaca pela forma com que está tratando a transparência de gestão, sendo um dos poucos municípios do Maranhão a ter em seus quadros um controlador efetivado através de concurso púbico, o que denota mais responsabilidade e compromisso com a população e respeito com os gastos públicos.

Já tendo o controlador Geral do Município, Ítalo Bruno Barbosa, que vem atuando com muita responsabilidade e seriedade, o prefeito Antônio França, acompanhado do secretário Municipal de Administração, Josué Oliveira, deu posse nesta sexta-feira (29/05) a mais um controlador aprovado em concurso público, Reginaldo Ferreira Pinto, cumprindo assim sentença judicial e agregando mais um profissional de controladoria para atuar em Pedreiras.

A Controladoria Geral do Município, devidamente inserida na estrutura organizacional do Município por força de lei, tem poder de fiscalizar os atos de quaisquer agentes responsáveis por bens ou dinheiro público.

Controladoria Geral do Município atua para prevenir e combater a corrupção na gestão municipal, garantir a defesa do patrimônio público, promover a transparência e a participação social e contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços públicos.

fonte: pedreirasoficial.blogspot.com

Brasília: Volta às aulas em debate: propostas vão de ‘apagar’ primeiro semestre a corte de carga horária

Após fechamento de escolas, especialistas discutem como reduzir desigualdades do ensino remoto: entre propostas, está transferir parte dos conteúdos para o ano que vem Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo

Após o adiamento do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), já começaram os debates no país sobre o que acontecerá com o calendário letivo. Corte de 25% da carga horária de 2020, reinício em agosto e aproveitamento de horas não presenciais são algumas das opções colocadas na mesa. O dilema entre especialistas é conseguir reduzir ao máximo as desigualdades potencializadas pelo ensino remoto emergencial, que não abrange todos os estudantes brasileiros.

— O alcance do ensino remoto é limitado e a efetividade é ainda mais restrita. É impossível, por exemplo, alfabetizar — afirma João Marcelo Borges, diretor de Estratégia Política do Todos Pela Educação. — Ele foi elaborado às pressas em uma situação de enorme estresse mental, sanitário, social e econômico. Se o Brasil passasse dois anos se preparando para iniciar aulas remotas em 2023, haveria soluções testadas, professores capacitados e materiais produzidos, condições que não existem atualmente.

— Esse ano letivo iria mais ou menos de agosto a março, e o Enem aconteceria pouco antes do ano letivo acabar, o que já acontece no modelo atual — explica.

A Câmara dos Deputados realizou, na última semana, uma audiência para debater o retorno do calendário. Nela, o secretário estadual de Educação de Pernambuco, Fred Amâncio, que é vice-presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação, defendeu uma redução de até 25% da carga horária mínima exigida, que é de 800 horas. Na avaliação do gestor, é preciso, no entanto, garantir a aprendizagem dos conteúdos transferindo uma parte deles para 2021.

— No cenário mais otimista, serão quatro meses sem aulas e depois ainda passaremos por um período de adaptação, possivelmente com salas reduzidas e rodízios de turmas — disse ele ao GLOBO. — As possibilidades de reposição têm limitações. Não tem como obrigar o professor a dar aula o dia todo, no sábado e no domingo. Tem que saber priorizar as principais aprendizagens e pensar em um planejamento que envolva o ano letivo do ano que vem.

O encontro da Câmara foi promovido pela deputada Luísa Canziani (PTB-PR). Ela é responsável pelas discussões da medida provisória que suspendeu a obrigatoriedade de 200 dias letivos. A norma do Ministério da Educação, no entanto, mantém as 800 horas letivas.

No fim de abril, o Conselho Nacional de Educação (CNE) publicou um parecer orientando a volta às aulas. O texto esclarece que a decisão fica a cargo dos sistemas de ensino e que ele não precisa corresponder ao calendário civil — ou seja, pode, sem problemas, terminar em 2021.

Os sistemas de ensino são formados por um órgão normativo, um executivo e a rede. O federal é formado pelo Conselho Nacional de Educação, o Ministério da Educação e as redes pública e privada de ensino superior. Há ainda os sistemas estaduais, formado pelos conselhos estaduais, pelas secretarias e as redes pública e privada de ensino médio. Os municipais cuidam da educação fundamental e infantil.

O parecer do CNE ainda aponta alternativas já previstas na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira (LDB). Entre eles, estão reposição presencial das aulas ao fim da pandemia; realização de atividades pedagógicas não presenciais enquanto persistirem restrições sanitárias; e a ampliação da carga horária diária com a realização de atividades pedagógicas não presenciais após a volta dos estudantes às escolas.

Integração excepcional

O texto ainda sugere que, em caráter excepcional, é possível planejar o ano letivo de 2020 integrado com o de 2021. “Pode-se reordenar a programação curricular, aumentando, por exemplo, os dias letivos e a carga horária do ano letivo de 2021, para cumprir, de modo contínuo, os objetivos de aprendizagem e desenvolvimento previstos no ano letivo anterior. Seria uma espécie de ciclo emergencial”, diz o parecer.

— É mais fácil a gente recuperar só os que não tiveram acesso ao ensino remoto do que apagar o primeiro semestre de 2020. Suponho que as redes não poderão voltar com todos os alunos de uma vez. Ela podem, então, voltar primeiro com esses estudantes que não tiveram acesso — aponta.

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

Já o doutor em Educação Gregório Grisa avalia que a imprevisibilidade da duração da suspensão das atividades presenciais dificulta o planejamento da retomada. Segundo ele, o ensino remoto precisará ser contabilizado na contagem de aulas dadas em 2020.

— Podemos pensar em continuar de onde paramos a partir de julho ou agosto, conforme os protocolos vão amadurecendo. A flexibilidade para contar as atividades remotas é fundamental.<EP,1>Ainda de acordo com Grisa, propor uma solução homogênea é impossível, já que há realidades muito diversas no Brasil.<EP,1>— O calendário escolar, o registro, são meios para alcançar um fim, que é a aprendizagem. Forçar o cumprimento de horas, de forma improvisada para atender a burocracia é uma ação na qual nos enganamos todos. O desafio é ler o momento atípico e buscar alternativas — avalia.

fonte: oglobo.globo.com

Brasília: Rádio Nacional de Brasília completa 62 anos no ar neste domingo

Foto: Agência Brasil

Rádio Nacional de Brasília (AM 980 kHz) comemora 62 anos neste domingo (31) sendo testemunha da história da capital federal e da evolução da cidade ao longo dos anos. Para celebrar a data, serão transmitidas mensagens de agradecimento aos ouvintes e depoimentos de artistas, dos profissionais que trabalham na emissora, do público e de pioneiros da construção de Brasília.

Veículo da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), a Rádio Nacional de Brasília mantém o propósito de levar informação de qualidade e utilidade pública aos cidadãos, além de conteúdo educativo, cultural e de uma programação musical diversificada.

A programação também dedicará espaço para homenagens de colegas de trabalho ao operador de áudio Willians Mar da Silva, mais conhecido como Peruca, que morreu neste sábado (30), vítima de infarto. Peruca trabalhava na empresa desde 1977.

Inaugurada em 1958, a Rádio Nacional uniu todo o país com o noticiário da construção de Brasília. A emissora funcionou como um meio de comunicação para os trabalhadores recém-chegados na cidade e contribuiu para a integração de Brasília ao Brasil.

Discurso do presidente Juscelino kubitschek durante a inauguração da Nacional, em 31/5/1958

O auditório da Rádio Nacional, montado inicialmente em um grande galpão na Quadra 507 Sul, foi palco de diversos eventos e nele se apresentaram grandes nomes da MPB, além de talentos da música regional e local. Dois anos depois, a emissora foi transferida para a 701 Sul e passou a formar rede com a Rádio Nacional do Rio de Janeiro.

Na década de 1970, a Nacional de Brasília foi integrada à Radiobras e teve sua capacidade de transmissão aumentada, diversificando sua programação e investindo na prestação de serviços ao cidadão e no noticiário, sem abrir mão dos programas musicais e de variedades.

Com participação ativa na vida cultural e social da cidade, a Rádio Nacional de Brasília realizou eventos e comemorações populares durante estes 62 anos. Foi uma das primeiras emissoras a disponibilizar um serviço gratuito de atendimento ao ouvinte e a realizar transmissões via satélite.

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

Você também pode ouvir a Rádio Nacional de Brasília por meio do site das Rádios EBC e de aplicativo para Android e iOS.

Reveja também o especial da Agência Brasil publicado em razão dos 61 anos da Rádio Nacional de Brasília, em 2019.

fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

Brasília: Covid-19: Brasil tem quase 500 mil casos confirmados e 28.834 mortes

Foto: REUTERS/Agustin Marcarian

O Brasil registrou 956 novas mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 28.834. O resultado representou um aumento de 3,4% em relação a ontem (29), quando foram contabilizados 27.878 óbitos provocados pela doença. Os números foram divulgados, no início da noite de hoje (30), no balanço do Ministério da Saúde.

Foram incluídas nas estatísticas 33.274 novas pessoas infectadas com o novo coronavírus, somando 498.440 casos confirmados. O resultado marcou um acréscimo de 7,2% em relação a ontem, quando o número de pessoas infectadas estava em 465.166.

Do total de casos confirmados, 268.714 (53,9%) estão em acompanhamento e 200.892 (40,3%) pacientes se recuperaram. Há ainda 3.862 óbitos sendo analisados.

São Paulo se mantém como epicentro da pandemia no país, concentrando o maior número de mortes (7.532). O estado é seguido pelo Rio de Janeiro (5.277), Ceará (2.956), Pará (2.900) e Pernambuco (2.740).

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

Além disso, foram registradas mortes no Amazonas (2.047), Maranhão (932), Bahia (638), Espírito Santo (583), Alagoas (424), Paraíba (347), Rio Grande do Norte (305), Minas Gerais (263), Rio Grande do Sul (218), Amapá (215), Paraná (181), Piauí (157), Rondônia (151), Distrito Federal (162), Santa Catarina (136), Sergipe (149), Acre (142), Goiás (122), Roraima (110), Tocantins (71), Mato Grosso (57) e Mato Grosso do Sul (19).

Já em número de casos confirmados, aparecem nas primeiras posições do ranking São Paulo (107.642), Rio de Janeiro (52.420), Ceará (46.056), Amazonas (40.560) e Pará (37.296). Entre as unidades da federação com mais pessoas infectadas estão ainda Pernambuco (33.427), Maranhão (32.620), Bahia (17.626), Espírito Santo (13.437) e Paraíba (12.862).

fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

Pedreiras: Como será a Projeção de infectados pela Covid-19 nos Municípios de Pedreiras e Trizidela do Vale?

Professor Mailson Feitosa/Foto: Perfil WhatsApp

Em contato com o Blog, o professor Mailson Feitosa (Mestrando em Física – UFPI – Prof. de Física na UFPI. – Ex-Prof. de Física do Instituto Federal Catarinense – IFC.) se mostrou preocupado com os números da Covid-19 que avançam nos Municípios de Pedreiras e em Trizidela do Vale.

Para manter todos informados de forma simples e objetiva, o professor, com exclusividade, fez um levantamento que é de interesse de todos. Fiquem atentos à projeção.

Por professor Mailson Feirosa

Projeções matemáticas apontam tendências de total de infectados, número de óbitos, data do pico, assim como término da pandemia nos referidos municípios.

Desde o primeiro caso de Covid-19 em nosso país, têm-se observado o potencial gigantesco de contágio da patologia no Estado do Maranhão. Com registros de 26145 infectados e 853 óbitos, até às 23h44min de 27/05/2020, ocupando a 5ª posição no país em número de infectados e óbitos.

Na região do Médio Mearim, mais especificamente em Pedreiras e Trizidela do Vale, centenas de munícipes tem testado positivo para a Covid-19, o que traz seríssimas preocupações, tanto pelo potencial de cobertura da rede de saúde (pública e privada), como também do funerário, tendo em vista que o Ministério Público Estadual –MPE enviou documento em que alerta os gestores municipais quanto ao planejamento de funerárias e sepultamento. A velocidade em que Covid-19 avança nas duas cidades, requer um planejamento e atenção da sociedade de modo geral e dos gestores e suas equipes, visando minimizar os danos que a mesma pode causar, no que se refere aos aspectos de saúde pública e econômicos.

Este presente artigo traz algumas projeções e dados para melhor entendimento e acompanhamento de como a doença se intensifica nas cidades. Traz alguns detalhes técnicos atrelados a um modelo epidemiológico e matemático que será apresentado na sequência.

Este estudo se baseia no modelo epidemiológico SIR (Suscetíveis, Infectados e Removidos). Este modelo compartimental se baseia em compartimentos. Cada indivíduo fica inserido em um compartimento, sendo eles: o do Suscetível, indivíduo que está saudável e que tem possibilidade de ser infectado; o Infectado, indivíduo infectado que pode transmitir a outro indivíduo; os Removidos, esse compartimento está divido entre os recuperados e os que morreram pela doença.

É um modelo bastante aplicado ao estudo de projeção de casos (cálculos de futuros infectados) durante uma epidemia. Este modelo tem sido aplicado para estudos dos números produzidos pela Covid-19 no Brasil. Logo, utilizamos o mesmo para o estudo das realidades locais dos municípios em questão.

Lembrando que esse estudo teve como referência os dados de casos confirmados (positivos) e de óbitos, todos coletados no Instagram dos municípios.

Veja a íntegra do estudo

Projeção de infectados de Pedreiras e Trizidela do Vale. – resumo

São Luís: Aulas devem ser retomadas de forma gradual a partir do dia 15 de junho

Divulgação

Uma outra medida anunciada durante a coletiva do governador Flávio Dino que ocorreu na manhã desta sexta (29), foi o retorno de forma gradativa das aulas no dia 15 de junho e deve seguir até o mês de agosto.

Inicialmente, a proposta é que a volta será iniciada pelos adultos, com turmas de graduação e pós-graduação até chegar ao ensino fundamental e infantil. Flávio Dino explicou que a ideia de retorno às aulas iniciada pelos adultos se dá em razão das medidas sanitárias que devem ser adotadas, onde supõe-se que as crianças teriam mais dificuldades.

Ainda na coletiva, o governador informou que a ideia é que haja uma combinação de atividades presenciais e não presenciais, com redução obrigatória no número de alunos em salas de aula e horários intercalados de entrada para evitar aglomerações.

O governador enfatizou ainda que no decreto que será editado ainda hoje (29), será obrigatória a redução do número de alunos por sala de aula e horários intercalados, na rede pública e privada, para evitar aglomerações.

Setores comerciais

Flávio Dino anunciou que ainda hoje (29) estará disponível a íntegra da portaria editada pelo chefe da Casa Civil, informando o protocolo sanitário e quais atividades econômicas e estarão autorizadas a funcionar nesta segunda-feira (1).

“As medidas estão sujeitas a antecipação se os indicadores epidemiológicos permitirem, ou postergação se o indicadores determinarem”, enfatizou.

O processo de reabertura gradual das atividades econômicas no Maranhão começou nesta segunda-feira (25). Após anúncio feito pelo governador no último dia 20 de maio.

Coronavírus no Maranhão

Maranhão já contabiliza 30482 casos do novo coronavírus. Dos 3216 testes realizados, mais 2.503 casos atestaram positivo para a doença. O estado registrou 911 óbitos em decorrência do novo coronavírus. A informação foi divulgada no último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde na noite desta quinta-feira (28). Destas, 24 foram confirmadas nas últimas 24h.

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

Os dados revelam ainda que 577 das vítimas eram homens, 63% do total; 37% eram mulheres, o que contabiliza 334 pessoas. Mais de 440 vítimas da Covid-19 possuíam mais de 70 anos. Do total de óbitos, 113 pessoas não apresentavam nenhum tipo de comorbidades.

A SES informou também que mais 7117 pessoas obtiveram a recuperação e estão de alta da quarentena, desses, 74 são profissionais da saúde. Agora, em todo o estado são 8064 os casos que tiveram total recuperação do quadro.

fonte: oimparcial.com.br 

Rio: PIB do Brasil cai 1,5% no 1º trimestre, início da pandemia, segundo IBGE

O PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil caiu 1,5% no primeiro trimestre de 2020 na comparação com os três meses anteriores, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (29) pelo IBGE. Essa é a maior queda desde a retração de 2,1% no segundo trimestre de 2015.

Em relação ao mesmo período de 2019, o PIB caiu 0,3%. No acumulado em 12 meses, houve expansão de 0,9%. Analistas consultados pela agência Bloomberg projetavam retração de 1,5% na comparação com o trimestre anterior e -0,3% em relação ao mesmo período do ano passado.

O período foi marcado pelo início das medidas de distanciamento social no país, adotadas a partir da última quinzena do trimestre. Antes disso, a pandemia já impactava outros países, com reflexos também sobre a economia brasileira.

Com o fechamento de lojas, shoppings, bares e restaurantes, o setor de serviços, responsável por 65% do PIB brasileiro, recuou 1,6% no trimestre. Sem conseguir vender seus produtos, a indústria encolheu 1,4%, puxada pela queda na produção de automóveis e vestuário, por exemplo.

“Os serviços foram os mais afetados, como aconteceu com outros países do mundo”, afirmou Rebeca Palis, coordenadora de Contas Nacionais do IBGE. Com serviços fechados e desemprego aumentando, as famílias reduziram seu consumo.

“É uma crise completamente diferente das anteriores”, comentou ela, ressaltando que desta vez, há tanto choque de oferta quanto de demanda. No racionamento de 2001, por exemplo, houve choque de oferta de energia. Na recessão de 2014, choque de demanda pelo aumento de desemprego.

Com a queda no trimestre, o PIB brasileiro volta ao mesmo patamar do segundo trimestre de 2012 e está 4,2% menor do que o pico atingido no quarto trimestre de 2014, antes do início da recessão.

Palis lembrou que o isolamento social no exterior começou antes do que no Brasil e, já em fevereiro, afetava a indústria. “Pela questão dos insumos, a cadeia de produção já tinha sido prejudicada em fevereiro. O efeito da pandemia aconteceu antes em outros países, afetando a demanda externa pelos nossos produtos.”

Entre as principais economias mundiais, a China foi a que registrou a maior queda no PIB trimestral, de 9,8%. O país asiático foi o primeiro foco do coronavírus. Na Zona do Euro, segundo foco da crise internacional, houve retração de 3,3%. Até mesmo a Suécia, país que não adotou o isolamento, viu o PIB encolher no período (-0,3%).

Países nos quais a circulação do vírus começou mais tarde, como o Brasil, foram menos atingidos economicamente. Nos EUA, o PIB recuou 1,2% no trimestre.

Segundo dados compilados pela OCDE, entre as 50 economias mais relevantes, apenas duas registraram crescimento no trimestre. A Finlândia cresceu apenas 0,1%. O Chile avançou 3% no período, mas o resultado desse último se deve à base de comparação, pois a economia chilena teve o pior desempenho para o quarto trimestre de 2019 entre os países selecionados.

O PIB é uma medida da produção de bens e serviços do país em um determinado período, e o seu aumento é utilizado como sinônimo de crescimento da economia.

O Brasil vem de um período de três anos de fraco crescimento econômico. A expectativa dos analistas é que, no segundo trimestre deste ano, marcado por dois meses quase completos de isolamento social na maior parte do país, a economia apresente retração ainda maior.

A coordenadora de Contas Nacionais do IBGE evitou projeções para o segundo trimestre, alegando que o instituto ainda não divulgou indicadores de produção e venda referentes ao período. A taxa de desemprego, divulgada nesta quinta (27), trouxe redução recorde no número de postos de trabalho no país.

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

“Temos que ver os dados mais para frente para saber como [a economia] vai se comportar”, disse Palis. “Mas o mercado de trabalho não costuma se recuperar tão rápido”, completou.

De acordo com análise publicada pelo economista Marcel Balassiano, da área de Economia Aplicada do Ibre (Instituto Brasileiro de Economia da FGV), 82% dos países acompanhados pelo FMI (Fundo Monetário Internacional) devem apresentar desempenho melhor da economia do que o Brasil no biênio 2020/2021.

Segundo a Economist Intelligence Unit, o Brasil deve ser a economia mais afetada pela Covid-19 em uma amostra de 19 países, quando se compara a previsão para o PIB em 2020 antes e depois da pandemia.

Saiba quais os principais componentes do PIB e como ele é calculado

fonte: folha.uol.com.br

Lima Campos: Prefeito sanciona Decreto que antecipa feriados no Município

O prefeito de Lima Campos, Jailson Fausto Alves, sancionou o projeto de lei que permite a antecipação de feriados municipais na cidade de Lima Campos. O decreto foi publicado nesta sexta-feira (29).

O texto foi enviado à Câmara na quarta (27) e aprovado pelos vereadores em votação realizada nesta sexta (29). O projeto foi aprovado por unanimidade entre os vereadores presentes.

O objetivo da proposta enviada pelo prefeito Jailson Fausto (PL) é aumentar o isolamento social por meio de um “feriadão” para a próxima semana.

Jailson afirmou que o feriado prolongado será desta segunda-feira (1º) até quarta-feira (3). Para isso, os feriados da padroeira da cidade – Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (27 de junho), de São Pedro (29 de junho) e Dia do Evangélico em Lima Campos (31 de outubro) serão antecipados para a próxima segunda, terça e quarta. “Sei que é um sacrifício que todos estamos fazendo, mas o fruto será o melhor possível para todos. Agradeço ao padre e aos pastores por estarem sempre juntos com a administração em prol do bem da nossa população. Com ajuda de Deus, vamos vencer” – destacou o prefeito, mostrando-se grato pela cidade inteira apoiar as medidas tomadas para o combate à disseminação do coronavírus no território limacampense.

O COMÉRCIO FICARÁ TOTALMENTE FECHADO!
APENAS FARMÁCIAS E POSTOS DE COMBUSTÍVEIS PODERÃO FUNCIONAR ESSES DIAS.

Por Jackson Borges – Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Lima Campos

Rio: Moro: para proteger Flávio, Bolsonaro não vetou pontos do projeto anticrime

O ex-ministro Sergio Moro durante coletiva de imprensa em que anunciou sua demissão do governo Bolsonaro Foto: Pablo Jacob/Agência O Globo

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro afirmou, em entrevista à revista “Crusoé” veiculada nesta sexta-feira, que o presidente Jair Bolsonaro não vetou dois pontos do projeto anticrime para proteger o filho, o senador Flávio Bolsonaro. Segundo o ex-juiz da Lava-Jato em Curitiba, as restrições à decretação de prisão preventiva e a acordos de colaboração premiada batem de frente com o discurso contra a corrupção e a impunidade adotados por Bolsonaro na campanha eleitoral.

“Me chamou a atenção um fato quando o projeto anticrime foi aprovado pelo Congresso. Infelizmente houve algumas alterações no texto que acho que não favorecem a atuação da Justiça criminal. Tirando a questão do juiz de garantias, houve restrições à decretação de prisão preventiva e também restrições a acordos de colaboração premiada. Propusemos vetos, e me chamou a atenção o presidente não ter acolhido essas propostas de veto, especialmente se levarmos em conta o discurso dele tão incisivo contra a corrupção e a impunidade. Limitar acordos e prisão preventiva bate de frente com esse discurso. Isso aconteceu em dezembro de 2019, mesmo mês em que foram feitas buscas relacionadas ao filho do presidente”, afirmou Moro à Crusoé.

Questionado sobre a suposta existência de uma “Abin paralela”, em referência à Agência Brasileira de Informação, ele disse que foram solicitados, no início do governo, “talvez” cinco policiais federais para atuar diretamente no Palácio do Planalto, sem ser externado o motivo. O pedido foi feito, segundo ele, informalmente, mas depois foi abortado.

“Isso nunca me foi colocado nesses detalhes. O que houve no começo do governo, no início de 2019, foram solicitações informais para que nós cedêssemos um número até significativo de policiais federais para atuar diretamente no Palácio do Planalto. Mas essa ideia, como foi revelado pelo falecido Gustavo Bebianno, foi abortada. Isso foi cortado. Isso não evoluiu.”

O ex-ministro diz ainda que o presidente é incoerente com o discurso de campanha ao fazer alianças com parlamentares do centrão, “que não se destacam exatamente pela imagem de probidade”. Segundo Moro, a aliança tem como barrar um pedido de impeachment no Congresso.

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

“No que se refere à agenda anticorrupção, de fortalecimento das instituições e aprimoramento da lei para tanto, sim, e já faz algum tempo. No que se refere às alianças políticas, o discurso do presidente era muito claro no sentido de que ele não faria alianças políticas com o Centrão e agora ele está fazendo. E a culpa por isso não pode ser posta em mim, dizendo: “Olha, foi preciso fazer aliança com o Centrão cpor causa da saída do Moro”. Não, isso precedeu a minha saída. Começou antes, pelo receio do presidente de sofrer um impeachment. A motivação principal da aliança é essa”, diz o ex-juiz.

fonte: oglobo.globo.com

Pedreiras: Vigilância Sanitária encontra comércios abertos fora do horário previsto no Decreto Municipal

Divulgação

Desde a última segunda-feira (25/05), entrou em vigor o Decreto Municipal 025/2020, permitindo a abertura do comércio e serviços de Pedreiras por meio período (das 12 às 18 horas), visando minimizar os impactos econômicos provocados pela pandemia da Covid-19, que afetou todo o mundo.

É uma medida que busca amenizar as perdas da classe empresarial, mas sem descuidar das medidas necessárias para evitar ainda mais casos de Coronavírus no município, o que requer os cuidados sanitários e a compreensão de todos: comerciantes, clientes e sociedade em geral.

Após várias denúncias de que comerciantes estavam burlando o decreto e abrindo também no horário da manhã, a Vigilância Sanitária, com o apoio da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal, deflagrou ações de fiscalização para coibir tais práticas.

Na manhã desta quinta-feira (28), as equipes de fiscalização visitaram o centro comercial, constatando que de fato, alguns estavam abrindo o comércio de forma disfarçada e colocando os clientes para dentro, em horário de atendimento não permitido, sendo que os mesmos foram autuados e deverão prestar esclarecimentos posteriores aos agentes públicos.

Divulgação

“É uma das diversas ações que Pedreiras- incansavelmente luta no combate covid-19. Agradecemos a Polícia Militar, nossa Guarda Municipal, aos bombeiros que sempre também estão a disposição e as guerreiras da Vigilância Sanitária. Todos executado seu trabalho perante a sociedade com muita honra e trabalho”, ressalta o secretário Municipal de Administração, Josué Oliveira.

A ação foi de advertência e de informação, mas também já foi feita a interdição de estabelecimentos, e o trabalho continuará em todo o município, em várias outras fiscalizações que contará agora também com a participação do Procon.

fonte: pedreirasoficial.blogspot.com

  • siga-nos no facebook

  • Alexandre Assaiante – PT

  • Vanessa Maia – SOLIDARIEDADE

  • Dr. Humberto – PSC

  • Pastor Odaias – PODEMOS

  • Antônio França – DEM

  • Vitorino Net

  • FEMAF – Visite o site. Clique no banner

  • Connect Pedreiras

  • Acesse nossa página. Clique no banner

  • LOJA DOIS PAPELARIA O MAIOR MIX DE PAPELARIA DE PEDREIRAS – AV. RIO BRANCO – CENTRO

  • Venha nos visitar!

  • Vice-prefeito de Pedreiras. Acesse nossa página no Facebook. Clique no Flyer

  • Clique no flyer e acesse o site da FAESF

  • Pedreiras Grand’ Hotel – Para pessoas que buscam tranquilidade, conforto, bons serviços e clima agradável

  • Telefones Úteis

    WhatsApp da PM (99) 8156-5426 Tenente do Dia (99) 98174-3547 Sargento do Dia (99) 98140-4154
  • Google Adsense

  • downloadfilmterbaru.xyz nomortogel.xyz malayporntube.xyz