Logo

Pedreiras: Polícia Militar prende homem por ameaça e disparo de arma de fogo em via pública

19º BPM de Pedreiras/Foto: Sandro Vagner

Um homem das inicias J.L.F foi preso na tarde deste domingo (28), segundo a PM, por ameaçar três pessoas, inclusive tendo realizado um disparo de arma de fogo em via pública. As ameaças foram registradas em três endereços: Rua Frei Serafim (Morro Santa Cruz “antigo morro do calango”), Rua São Francisco e na Rua Antônio Ferreira (Vila das Palmeiras).

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

Após a prisão de J.L.F. as vítimas confirmaram as ameaças. Segundo a Guarnição da Policia Militar, a suposta arma do crime não foi encontrada.

MATERIAL APRESENTADO:
– 01 (um) relógio de pulso, cor prata;
– R$ 30,00 (trinta reais)

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

O conduzido foi entregue na 14ª Delegacia Regional de Pedreiras – MA, sem lesões corporais, para que fossem tomadas as medidas que o caso requer.

Participaram da ação:

GU PM PEDREIRAS
1º TEN JOSÉ ANTONIO
3 Sgt PM J. MORAIS
CB PM S. LIMA

Pedreiras: Polícia Militar apreende arma de fogo durante abordagem no Mutirão

Foto: Polícia Militar de Pedreiras

A Polícia Militar de Pedreiras, ao comando do Tenente-coronel Miguel, através da Força Tática, durante rondas ostensivas na Avenida Marly Boueres (bairro Mutirão), na noite de ontem (27), fez uma abordagem a dois ocupantes de uma moto Honda de cor vermelha (Bros), e após uma busca pessoal foi encontrado com o condutor do veículo um revólver calibre .32

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

Segundo a PM, o condutor (Mototaxista), assumiu que a arma era dele. Ele foi conduzido e apresentado na 14ª Delegacia Regional de Policia Civil de Pedreiras, sem lesões corporais. O garupa foi liberado.

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

MATERIAL APRESENTADO:
– 01 (um) revólver calibre .32;
– 03 (três) munições calibre .32 intactas;
– 01 (uma) moto Honda/NXR 150 Bros, cor vermelha, placa OJA-9456;
– 01 (um) capacete preto.

GU Força ⚡ Tática
3 Sgt PM J. Sousa
CB PM L. Sousa
Sd PM Bruno
Sd PM Oscar

A LEI É PARA TODOS E CONTINUA EM VIGOR.

Brasília: Banco do Brasil ajuda estados e municípios a cobrar impostos via Pix

© Marcelo Camargo/Agência Brasil

Contribuintes de pelo menos três estados e cinco municípios podem começar a pagar impostos via Pix. Com auxílio de uma tecnologia desenvolvida pelo Banco do Brasil (BB), os governos locais começam a cobrar tributos por meio do sistema instantâneo de pagamentos desenvolvido pelo Banco Central.

Segundo o Banco do Brasil, os governos do Acre, do Piauí e de São Paulo iniciaram a integração à nova tecnologia, que permite gerar um código QR (versão avançada do código de barras) que pode ser fotografado com a câmera do celular para pagar impostos por meio do Pix. Os municípios de Eusébio (CE), Linhares (ES), São José dos Campos (SP), Uberlândia (MG) e Vila Velha (ES) também estão aderindo a solução.

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

Desde dezembro, as empresas que declaram débitos e créditos tributários podem quitar as contas com a Receita Federal pelo Pix. Os empregadores domésticos também podem pagar as guias do eSocial por meio do novo sistema.

No estado de São Paulo, o convênio entre o Banco do Brasil e a Secretaria Estadual de Fazenda permitirá o recolhimento via Pix de valores por meio do Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais (Dare) e o pagamento do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Multas e custas judiciais também poderão ser pagas pelo novo sistema.

A primeira cidade a arrecadar tributos pelo Pix foi Eusébio (CE), na região metropolitana de Fortaleza. Os contribuintes podem quitar o boleto do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2021 por meio da nova modalidade.

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

Para pagar os impostos, o contribuinte deve abrir o aplicativo de qualquer banco ou instituição financeira participante do Pix e apontar a câmera do celular para o Código QR. A transação é concluída em até 15 segundos.

Bancos diferentes

Em funcionamento desde novembro, o Pix permite pagamentos e transferências por pessoas ou empresas 24 horas por dia, sete dias por semana. As operações são instantâneas e podem ser feitas entre bancos diferentes.

Os clientes do Banco do Brasil podem usar o Whatsapp para cadastrarem chaves Pix e fazerem pagamentos e recebimentos pelo sistema. No caso dos pagamentos, basta o correntista enviar a foto do código QR ao aplicativo de mensagens. O assistente virtual do BB lê a imagem e completa a transação.

A tecnologia desenvolvida pelo Banco do Brasil também está sendo usada pelo grupo Energisa, que atende a consumidores de 11 estados. As distribuidoras estão incluindo gradualmente o código QR nas contas de luz. Em três meses, a novidade deve chegar a todos os 8 milhões de clientes do grupo.

Edição: Aline Leal

Brasília: Satélite brasileiro será lançado na madrugada deste domingo

© ISRO (Organização Indiana de Pesquisa Espacial)

Será lançado no início da madrugada deste domingo (28) o foguete que levará, consigo, o Amazonia 1 – o primeiro satélite de observação da Terra totalmente projetado, integrado, testado e operado pelo Brasil. O lançamento, previsto para ocorrer à 1h54 (horário de Brasília), será transmitido ao vivo pela Agência Brasil e pela TV Brasil.

O Amazonia 1 será colocado em órbita pela missão PSLV-C51, da agência espacial indiana Indian Space Research Organisation (ISRO). Com seis quilômetros de fios e 14 mil conexões elétricas, o satélite integra a Missão Amazonia 1, que tem, por objetivo, fornecer dados de sensoriamento remoto para observar e monitorar o desmatamento, especialmente na região amazônica, além de monitorar a agricultura no país.

“O satélite Amazonia 1, que é de sensoriamento remoto óptico, vai dar autonomia ao Brasil para melhor monitorar seus diversos biomas, seus mares e todos os alvos de interesses que temos, porque é um satélite que estará sob domínio completo do Brasil”, explica o presidente da Agência Espacial Brasileira, Carlos Moura, que acompanha comitiva na Índia. “O momento de um lançamento como esse é o coroamento de esforços que duram muitos anos, às vezes dezenas de anos. Para alguns profissionais, é o desafio da carreira. O Amazonia 1 coroa esse esforço do Brasil que vem lá de 1979, 1980, com a Missão Espacial Brasileira, de o país ser capaz de desenvolver o satélite próprio de sensoriamento remoto óptico”, disse Carlos Moura.

O satélite 100% brasileiro ainda no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, antes de embarcar para a Índia . – INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais

O Amazonia 1 vai gerar imagens do planeta a cada 5 dias. Sob demanda, poderá fornecer dados de um ponto específico em 2 dias – o que, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), ajudará na fiscalização de áreas que estejam sendo desmatadas, bem como na captura de imagens onde haja maior ocorrência de nuvens. De acordo com o instituto, o novo satélite possibilitará também o monitoramento da região costeira, de reservatórios de água e de florestas (naturais e cultivadas). Há, ainda, a possibilidade de uso para observações de possíveis desastres ambientais.

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

Olhar para dentro

Segundo o presidente da Agência Espacial Brasileira, tanto as missões que miram o ambiente terrestre como as que miram outros corpos celestes são de grande importância. “Os sistemas espaciais – os satélites que observam a Terra a partir de um ponto de vista privilegiado – nos permitem conhecer melhor os nossos oceanos, os nossos biomas, a nossa atmosfera, compreender melhor esse conjunto de fatores que fazem com que este planeta, até onde se saiba, seja o que contém as melhores condições de vida na forma como nós a conhecemos”, disse. “[Também é importante] se projetar para outros corpos celestes, tentando entender melhor como eles evoluíram e o que acontece com eles. Existem missões que procuram entender como ocorreu a evolução de outros corpos, se houve vida ou não, se eles têm componentes materiais que podem ser úteis para humanidade ou não”, acrescentou.

Missão Amazonia e Plataforma Multimissão

A Missão Amazônia pretende lançar, em data a ser definida, mais dois satélites de sensoriamento remoto: o Amazônia 1B e o Amazonia 2. “Os satélites da série Amazonia serão formados por dois módulos independentes: um módulo de serviço – que é a Plataforma Multimissão (PMM) – e um módulo de carga útil, que abriga câmeras e equipamentos de gravação e transmissão de dados de imagens”, detalha o Inpe.

Além de ajudar no monitoramento do meio ambiente, a missão ajudará na validação da Plataforma Multimissão como base modular para diversos tipos de satélites. Essa plataforma representa, segundo o Inpe, “um conceito moderno de arquitetura de satélites, que tem o propósito de reunir em uma única plataforma todos os equipamentos que desempenham funções necessárias à sobrevivência de um satélite, independentemente do tipo de órbita.”

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

Entre as funções executadas pela plataforma estão as de geração de energia, controle térmico, gerenciamento de dados e telecomunicação de serviço – o que possibilitará a adaptação a diferentes cargas úteis, além de reduzir custos e prazos no desenvolvimento de novas missões.

“Essa competência global em engenharia de sistemas e em gerenciamento de projetos coloca o país em um novo patamar científico e tecnológico para missões espaciais. A partir do lançamento do satélite Amazonia 1 e da validação em voo da PMM, o Brasil terá dominado o ciclo de vida de fabricação de sistemas espaciais para satélites estabilizados em três eixos”, informa o Inpe.

Entre os ganhos tecnológicos que a missão deverá render ao país, o Inpe destaca, além da validação da PMM, a consolidação do conhecimento do país no ciclo completo de desenvolvimento de satélites; o desenvolvimento da indústria nacional dos mecanismos de abertura de painéis solares, o desenvolvimento da propulsão do subsistema de controle de atitude e órbita na indústria nacional e a consolidação de conhecimentos na campanha de lançamento de satélites de maior complexidade.

Edição: Aline Leal

fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

Pedreiras: O que diz o ex-prefeito Antônio França sobre salário atrasado dos contratados?

Antônio França de Sousa – Ex-prefeito de Pedreiras/Foto: Sandro Vagner

Ontem (25), o secretário de administração de Pedreiras, Damião Felipe, se pronunciou sobre o salário atrasado dos contratados, referente ao mês de dezembro de 2020, deixado pela gestão do ex-prefeito Antônio França.

Sempre presando pela nossa credibilidade, procuramos o ex-prefeito e a ex-secretária de finanças, Alyne Lima, para que os mesmos declaressem suas versões.

Ontem (25) à noite, os dois voltaram a falar com o Blog.

Veja como foi a conversa com o ex-prefeito Antônio França.

O senhor ouviu a entrevista do secretário, que providências já foram tomadas?

Obrigado por sua contribuição, que sempre tem nos ajudado com a divulgação, independente de cargo. Pra nós, Sandro, eu já conversei com os nossos contadores e vamos passar um relatório da atual situação, E é assim, independente de ser gestão passada, o débito, ele é do Município, as pessoas não podem pagar por um erro do gestor, que é erro da minha parte, mas ele (Município) está assumindo. E também irei dar apoio para que eles também possam receber seus direitos. Quando eu assumi, lá em 2017, ficaram salários atrasados, mas eu não olhei pra questão “gestão passada”, olhei pras pessoas que trabalharam e que tem seus direitos a receber. Então, a contabilidade está me orientando como vai ser feito, pras pessoas receberem esse recurso.”

O senhor deixou ou não deixou esse recurso pra pagar os salários dos contratados referente a dezembro?

Sandro, é por isso que eu quero um relatório da contabilidade, por que o que eles me disseram hoje, é que os recursos que ficaram dava pra pagar todos os empenhos que não foram cancelados, pois tem uns empenhos que foram cancelados, que é uma forma técnica que a contabilidade usa, pra eles é uma técnica normal, pra eles, pelas orientações que eles me deram, é que os que não ficaram recursos, ficaram cancelados. Vou pegar esse relatório pra que eu fique fundamentado. Que dizem é que a gente sempre pagava no dia 30, 31, no caso, e dia 10, o que me falam é que dia 10/01-2021, é direito  da minha gestão, ainda. Se era da minha gestão, então o recurso caia dia 10, as folhas ficaram empenhadas de acordo com esse recurso, é isso que eu entendo, mas eu preciso ter embasamento fundamentado.”

Perguntado sobre um possível relatório que teria sido entregue à nova gestão, o prefeito disse que isso era pra ter sido feito, mas que iria falar com ex-secretária de finanças, Alyne Lima, pra saber se foi realizado.

Antônio França disse ainda que teria conhecimento dos valores que ficaram na sua gestão, quando deixou a prefeitura, mas em número, só quando recebesse da ex-secretária.

Quanto ao relatório que a ex-secretária de finanças, Alyne Lima, entregaria à gestão da prefeita Vanessa Maia, por mensagem ao Blog, Alyne disse o seguinte:

Na época, foi acordado que a gente ia fazer um protocolo pra entregar. Eu fiz o protocolo, porém, a pessoa que ficou pra receber a sala, na minha mão, que é o Felipe, que hoje ele é responsável pelo setor de RH, ele não foi comigo, nem no dia 31 de dezembro, nem foi no dia 1º de janeiro, que foi feriado, e a gente marcou até mesmo depois da posse, mas ele não compareceu. Todo tempo ficou dizendo que ia falar com a Vanessa (Prefeita), mas não conseguia falar, por que só iria receber com a autorização dela. Enfim, ele não foi! Acabou que eles assumiram lá do jeito que estava, mas na sala que eu trabalhava tinha uma menina que era efetiva, mas não sei se o processo foi protocolado ou não.”

Alyne disse ainda que teve uma reunião com Damião Felipe e com o Jânio Luiz Marques Fernandes “Bob”, secretário de finanças, e prestou todos os esclarecimentos que foram necessários, chegando a ir falar com o Bob, por duas vezes. “Depois disso, algumas vezes, o Bob entrou em contato comigo por telefone e eu o orientei sobre o que poderia ser feito. Eu não entendendo que confusão é essa“. Disse a ex-secretária.

Ainda há muito o que explicar, tanto da gestão passada como da atual, sobre esse pagamento dos contratados referente a dezembro de 2020, deixado pelo ex-prefeito, Antônio França.

Tentamos hoje (26), saber do ex-prefeito se ele já teria o valor real do que ficou nas contas da prefeitura, mas o mesmo disse que ainda não tinha obtido as informações da ex-secretária de finanças, Alyne Lima. Disse também que na próxima segunda-feira (01/03), vai ao programa Tribuna 101, na rádio Cidade FM, e até lá, já poderia ter mais informações a respeito da situação.

Brasília: Bancadas estaduais terão R$ 241 milhões para emendas impositivas em 2021 Fonte: Agência Senado

A senadora Zenaide Maia e a presidente da CMO, Flávia Arruda, na reunião desta quinta
Leopoldo Silva/Agência Senado
Fonte: Agência Senado

As 26 bancadas estaduais e a do Distrito Federal poderão oferecer emendas parlamentares impositivas à proposta orçamentária para 2021 no valor total de R$ 241,46 milhões. Esse montante poderá ser dividido entre 15 a 20 sugestões.

A determinação consta de instrução normativa aprovada nesta quinta-feira (25) pela Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso Nacional. O texto foi apresentado pela presidente do colegiado, deputada Flávia Arruda (PL-DF).

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

As emendas de bancada estadual devem corresponder atualmente, conforme disposto na Constituição, a 1% da Receita Corrente Líquida (RCL) apurada no ano anterior àquele da vigência da Lei Orçamentária Anual (LOA).

Na versão enviada pelo Poder Executivo (PLN 28/2020), em agosto do ano passado, cada bancada estadual teria direito a emendas no valor total de R$ 247.193.166 ao Orçamento de 2021, conforme a RCL estimada na época.

Estimativa divulgada em dezembro passado pelo Tesouro Nacional indica uma RCL de R$ 651,9 bilhões no ano passado. Foi com base no dado mais novo que Flávia Arruda sugeriu o ajuste nas emendas das bancadas estaduais e do DF.

A instrução normativa aprovada determina que o total de R$ 241.460.468 de cada bancada, de execução obrigatória, será considerado resultado primário  (receitas menos despesas antes do pagamento dos juros da dívida pública).

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

Audiências

A CMO aprovou requerimentos para audiências públicas com os ministros Paulo Guedes (Economia), Eduardo Pazuello (Saúde) e Milton Ribeiro (Educação). A ideia é que apresentem os gastos realizados em 2020 e as previsões para 2021.

Vices eleitos

Nesta quinta, a CMO também elegeu a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) como 1ª vice-presidente e o deputado Lucas Vergilio (Solidariedade-GO) como 2º vice. A representação do Senado na CMO ainda indicará nome para a 3ª vice.

Da Agência Câmara de Notícias

fonte: senado.leg.br

São Luís: Primeira dose de vacinas no Maranhão atinge 88% do público-alvo

Reprodução

Atualmente, 108.938 pessoas foram vacinadas com a primeira dose da CoronaVac em todo estado. O percentual de cobertura da primeira dose é de 88,37% do público-alvo, de acordo  com o Governo do Estado. Na manhã de ontem, profissionais da Secretaria de Estado da Saúde comunicaram a chegada de 49.500 doses da vacina de Oxford/AstraZeneca. Neste novo lote, segundo a SES, serão vacinados 8% dos trabalhadores da saúde e idosos de 85 a 89 anos. O secretário Estadual de Saúde, Carlos Lula, anunciou, no fim da tarde de ontem, a chegada de mais 29 mil doses da CoronaVac, que desembarcam hoje na Grande Ilha.

O município de São Luís, segundo a  Secretaria Municipal de Saúde (Semus), recebeu 10.360 novas doses da vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butatan. Nesta semana estão sendo aplicadas a segunda dose nos profissionais de saúde, no Centro de Vacinação, no Cohafuma, e a primeira em idosos acamados. Há 10.360 doses para a segunda aplicação e 460 para a primeira.  No total foram aplicas 51.257 doses de vacinas, sendo 38.594 para a primeira dose e 12.662 para a segunda.

No último dia 17, a Prefeitura de São Luís anunciou a suspensão da vacinação de idosos no sistema Drive Thru, até então realizada no campus da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). A vacinação está suspensa até a chegada de novas doses de vacina na capital maranhense. As doses ainda disponíveis estão programadas para a vacinação dos idosos acamados, que será reforçada nos próximos dias. A retomada da vacinação dos idosos no Drive Thru (UFMA), seguindo a faixa etária, será com a chegada das novas doses.

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

O município de São Luís informou que recebeu 52.282 doses de vacina contra a Covid-19, até o momento. Enquanto um novo lote de doses de vacina não chega, a Semus informa que prossegue com a vacinação da segunda dose dos profissionais de Saúde que já receberam a primeira dose.

Com o recebimento do lote de ontem da Astrazeneca, o Maranhão contabiliza cinco lotes de vacina, sendo três da Coronavac e duas Astrazeneca. Até a terça-feira (23) 249.904 foram distribuídas aos 217 municípios maranhenses, e 167.669 doses aplicadas, com um percentual de 79.63% de cobertura. Sendo 123.277 vacinas da Coronav distribuídas entre 88.618 para primeira dose e 36.673 na segunda dose. As 48.500 doses da Astrazeneca foram aplicadas em primeira dose. O estado ocupa os últimos lugares do país em cobertura vacinal.

De acordo com o Portal Covid do Governo do Estado, 216.647 casos foram confirmados no estado, com 4.962 vidas perdidas e 9.336 casos ativos. A taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos Covid-19 está de 91,39% na Grande Ilha; e a taxa de ocupação de leitos clínicos exclusivos Covid-19 está de 55,37%. 103 novos casos foram registrados em São Luís, 56 em Imperatriz e 278 nas demais regiões.

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

No Brasil, até então, foram aplicadas 6.188.281 doses de vacina contra a Covid-19. Pessoas vacinadas na primeira dose, 5.071.779; Pessoas vacinadas na segunda dose, 1.116.512. De acordo com o painel de vacinas do Governo Federal, no quadro geral de doses aplicada de vacinas contra Covid, segundo os estados, o Maranhão fica em 10º com 167.262, sendo 126.171 da Coronavac, e 41.091, da Astrazeneca.

Com esse lote que chegou ontem ao Maranhão, o Ministério da Saúde contabiliza mais de 15 milhões de doses distribuídas aos estados e Distrito Federal. A previsão é de que até julho sejam enviados mais de 200 milhões de doses que vão imunizar 50% da população.

Distribuição

A segunda dose da vacina CoronaVac para os municípios maranhenses está sendo distribuída nesta semana. São mais de  46 mil doses que devem chegar a 43 municípios das regionais de saúde da Região Metropolitana de São Luís, Chapadinha, Rosário e Itapecuru, para o público-alvo já vacinado pelos municípios com a primeira dose: profissionais da saúde e idosos com 90 anos ou mais.

fonte: oimparcial.com.br

Brasília: Insumos para 12 milhões de doses de vacina devem chegar ao Brasil

© Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, confirmou hoje (25) a chegada de insumos para a produção da vacina contra covid-19, a Covishield, desenvolvida pela universidade de Oxford, em parceria com a farmacêutica britânica AstraZeneca, e produzida no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). “O volume desembarcado deve gerar produção de mais de 12 milhões de doses”, escreveu em publicação nas redes sociais.

De acordo com o Ministério das Comunicações, os insumos virão da China com previsão de chegada ao Brasil no próximo domingo (28). Segundo a pasta, a medida faz parte “do esforço do governo federal” para garantir a imunização da população. Em viagem à Suécia no início deste mês, Faria conversou com o sócio majoritário da AstraZeneca, Marcus Wallenberg, e pediu que a empresa acelere o envio de insumos e vacinas para o combate da covid-19 no Brasil.

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

O acordo de cooperação da Fiocruz com a AstraZeneca prevê a produção e entrega 210,4 milhões de doses da Covishield até o final deste ano, sendo 110,4 milhões até julho. Para isso, serão enviados 14 lotes do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) da vacina. Esse será o segundo lote desses insumos enviado pelo laboratório chinês Wuxi Biologics, contratado pela farmacêutica AstraZeneca. O primeiro lote, que chegou no dia 6 de fevereiro, possibilitará a produção de mais 2,8 milhões de doses da vacina.

A previsão é que a primeira entrega dessas vacinas ao Ministério da Saúde, com 1 milhão de doses, ocorra na segunda quinzena de março.

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

No segundo semestre não será mais necessária a importação do IFA da vacina, que passará a ser produzido no laboratório Bio-Manguinhos da Fiocruz, após a conclusão da transferência de tecnologia pela AstraZeneca. De agosto a dezembro serão mais 110 milhões de doses de vacinas produzidas inteiramente na instituição.

Paralelamente a isso, o governo brasileiro também está recebendo doses prontas da Covishield, produzidas pelo Instituto Serum, da Índia, também parceiro da AstraZeneca.

fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

Pedreiras: “Contratados podem procurar meio judicial”. Disse Damião Felipe sobre o pagamento de dezembro dos contratados

Finalmente alguém do Governo “Tempo de Reconstruir” se pronunciou sobre a situação dos contratados pela Prefeitura de Pedreiras, que ficaram sem receber pagamento referente ao mês de dezembro da gestão do ex-prefeito, Antônio França.

Damião Felipe, secretário de administração, esteve na manhã desta quinta-feira (25), no programa Tribuna 101, na Rádio Cidade FM, e ao ser entrevistado por Klebinho Branco, disse que os contratados que não receberam o pagamento referente a dezembro do ano passado, devem procurar a justiça. Não é competência da prefeita Vanessa Maia, essa situação.

Os contratados podem, podem, é… procurar o meio jurídico, meio judicial, né, se a justiça determinar que o Município de Pedreiras, né, pague, o Município é obrigado a pagar, mas do jeito que está, do jeito que ficou, sem o devido empenho legal, sem dizer aonde está o dinheiro, aí ele tem que deixar o empenho, segundo informações, foram empenhados e foram cancelados, informações extra oficiais, eu não posso lhe dizer porque, porque a gestão não nos passou.” Disse o secretário, Damião Felipe.

Segundo Damião, o dinheiro que foi encontrado é referente ao FUNDEB R$ 670.000,00 (seiscentos e setenta mil reais), que foi utilizado para pagar os aposentados e os pensionistas, o décimo terceiro. Afirmou, ainda, que o dinheiro que foi entrando, a gestora determinou que pagasse os funcionários, no dia 10 de janeiro, devido o jurídico ter entendido que o valor teria sido arrecadado no ano de 2020, da gestão anterior, mesmo assim, segundo Damião Felipe, não deu pra pagar tudo. Mas por determinação da prefeita Vanessa Maia, fizeram o pagamento nos dias 20 e 30 de janeiro de 2021.

Sobre essa situação, o Blog entrou em contato com a ex-secretária de finanças, Alyne Lima. “Sobre os contratados foram todos empenhados“. Disse ela.

Também entramos em contato com o ex-prefeito, Antônio França. O mesmo disse ao Blog que ainda hoje (25), irá se pronunciar com algumas respostas, no momento estaria em uma reunião.

Ainda durante a entrevista, tivemos participação e perguntamos ao secretário se na gestão atual não tem contratados, só comissionados. Veja o que ele respondeu:

Nós temos cargos comissionados e tem alguns contratados. Nós temos alguns contratados que não são comissionados; por exemplo, médicos, médicos são contratados, enfermeiros são contratados. A gestão tá vendo primeiro a NECESSIDADE, nós estamos terminando o recadastramento, pra que realmente a gente saiba, realmente onde estão, primeiro os efetivos, PRIMEIRO OS EFETIVOS, pra “relotar” quem não estava lotado, a gente vai lotar, e quem não estava lotado, se não atender a necessidade do Município, permanecerão, se não, não permanecerão, essas permutas, tá. Aquele que tiver dentro da legalidade, dentro da lei, vai continuar. O que não tiver, não vai, mas nós temos sim, médicos e enfermeiro contratados sim.”

Pelo visto, essa novela terá novos e tenebrosos capítulos!

Aguardem!

Pedreiras: Ano letivo terá início dia 08 de março. Modalidade híbrida

Diante do quadro de pandemia do coronavírus, a Rede Municipal de Ensino de Pedreiras adiou um pouco o retorno às aulas. O ano letivo terá início no dia 8 de março, na modalidade híbrida, com 50 %dos alunos em sala presencial e 50% de forma remota.

Maria do Amparo, secretária de Educação do município chama atenção para o prazo de rematrícula (alunos veteranos) e matrículas (alunos novatos).

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

É importante que que já é aluno da rede municipal, compareça a sua escola para efetuar a rematrícula e garantir sua vaga. Já os alunos novatos devem procurar a escola mais próxima de sua casa e garantir sua matrícula“, diz.

A Secretaria de Educação está realizando algumas ações com vistas ao bem estar dos alunos no retorno às aulas, como limpeza, manutenção e reparos nas escolas, além de implantar todas as medidas sanitárias necessárias para garantir a segurança dos estudantes.

As salas estarão com carteiras de 1 metro de distância, professores todos de máscaras, os pais deixarão seus filhos no portão da escola, onde serão recebidos pela equipe da escola para higienização com álcool em gel.

CONTINUA DEPOIS DOS COMERCIAIS

A merenda escolar será servida na própria sala e os horários de entrada e saída serão diferenciados por turno.

Os pais receberão um manual feito pela escola com orientações que os alunos.

fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Pedreiras

  • siga-nos no facebook

  • Prefeitura de Lima Campos – Clique no banner e visite nossa página

  • Pedreiras Grand’ Hotel – Para pessoas que buscam tranquilidade, conforto, bons serviços e clima agradável

  • Clique no flyer e acesse o site da FAESF

  • Clínica CardioMais – Excelência em Tudo/Rua Maneco Rêgo, 854 – Pedreiras/(99)99182-4989

  • Connect Pedreiras

  • Clique na logo e visite nossa página

  • Venha nos visitar!

  • Vitorino Net

  • LOJA DOIS PAPELARIA O MAIOR MIX DE PAPELARIA DE PEDREIRAS – AV. RIO BRANCO – CENTRO

  • Telefones Úteis

    WhatsApp da PM (99) 8156-5426 Tenente do Dia (99) 98174-3547 Sargento do Dia (99) 98140-4154
  • downloadfilmterbaru.xyz nomortogel.xyz malayporntube.xyz