Logo

Brasília: Às vésperas da votação da denúncia, 40% dos deputados ainda não declararam voto, mostra enquete

A leitura da denúncia contra o presidente para um plenário esvaziado – Reprodução/TV Câmara

BRASÍLIA — Faltando pouco mais de 24h para o começo da sessão que votará pela aceitação ou rejeição da denúncia que investiga o presidente Michel Temer por corrupção passiva, cerca de 40% dos deputados continuam declarando estar indecisos ou não querem divulgar como pretendem votar, de acordo com enquete realizada pelo GLOBO.

Membro da bancada do PSDB, um dos principais partidos da base aliada do governo, o deputado Caio Narcio (MG), acredita que os deputados já tiveram tempo suficiente para decidir sobre como votar, porém, por ser uma pauta de grande impacto para os rumos do país, muitos não querem declarar seu voto. É o caso do próprio parlamentar:

— Acho que é um tema muito relevante e tem um impacto muito grande para o país. Muitos parlamentares que estão se colocando indecisos, talvez tenham decidido e só não querem se manifestar. Eu já decidi meu voto, mas prefiro não me manifestar para não gerar instabilidade — declarou Caio Narcio.

Colega de bancada de Narcio, a também tucana Bruna Furlan (SP), disse estar indecisa, mas que, independente de seu voto amanhã, acha Temer deveria ser investigado, seja agora depois que terminar seu mandato:

— A gente vê que a popularidade do presidente não é boa e que as pessoas não estão satisfeitas, mas por outro lado tem uma série de reformas que estão quase para ir ao plenário e afastar um presidente nesse momento talvez não seja a solução para a crise. Estou indecisa, mas independente da maneira que eu resolva votar, eu acho que o presidente Temer tem que ser investigado, seja agora ou no começo de 2019 — afirmou a deputada.

A posição dos deputados tucanos tem sido observada com cautela pelo governo, por ser uma das maiores bancadas da Casa que compõem a base aliada. Conforme apurado pelo GLOBO, dos 46 deputados do PSDB, 23 já declararam ser a favor da aceitação da denúncia, 10 dizem ser contrários e o restante se declarou indeciso ou não quis responder.

O deputado Vitor Lippi (PSDB-SP) está entre os tucanos que votará a favor da denúncia. Lippi declarou seu voto ao GLOBO nesta segunda-feira argumentando que, se “há algo que precisa ser investigado, que seja investigado”.

Alguns parlamentares devem decidir seu voto poucas horas antes de começar a sessão, marcada para às 9h desta quarta-feira. É o caso da bancada do Podemos, que se reunirá em um café da manhã, antes de ir ao plenário. Segundo o deputado Ademir Camilo (PODE-MG), que também se declara indeciso, a eminência de uma nova denúncia contra o presidente Temer é uma preocupação para ele e alguns de seus correligionários:

— O que me preocupa é se teremos uma nova denúncia. Na minha avaliação, eu acho que a Procuradoria pode vir com uma segunda denúncia mais consistente, aí eu acho que é algo a se considerar.

Apesar da indecisão, o parlamentar declarou que seguirá o voto da maioria de sua bancada.

Fonte: oglobo.com

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

  • siga-nos no facebook

  • Clique no flyer e acesse o site da FAESF

  • Vitorino Net

  • LOJA DOIS PAPELARIA O MAIOR MIX DE PAPELARIA DE PEDREIRAS – AV. RIO BRANCO – CENTRO

  • Prefeitura de Lima Campos – Clique no banner e visite nossa página

  • Pedreiras Grand’ Hotel – Para pessoas que buscam tranquilidade, conforto, bons serviços e clima agradável

  • Connect Pedreiras

  • Venha nos visitar!

  • Clique na logo e visite nossa página

  • Clínica CardioMais – Excelência em Tudo/Rua Maneco Rêgo, 854 – Pedreiras/(99)99182-4989

  • Telefones Úteis

    WhatsApp da PM (99) 8156-5426 Tenente do Dia (99) 98174-3547 Sargento do Dia (99) 98140-4154
  • downloadfilmterbaru.xyz nomortogel.xyz malayporntube.xyz