Estado Afasta Servidora Sem Prejuízo de Remuneração Para Ela Participar de Um Curso no Paraguai. Mas o Município de Pedreiras quer Exonerá-la

A denúncia chegou ao Blog, pela própria servidora Maria Clenis Silva M. Fonseca, que participará de um curso de Doutorado em Ciências da Educação, ofertado pelo Instituto Daniel de La Touche em convênio com a Universidade Del Sol (UNADES), no Paraguai.
Junto ao Estado onde exerce a função de Professor III, referência I, Classe A, ela foi apenas afastada sem nenhum prejuízo junto à sua remuneração. O Documento foi publicado no Diário Oficial do Estado.
Clenis disse ao Blog, que procurou o município de Pedreiras com o mesmo propósito, mas não obteve êxito. Ao contrário do entendimento do Estado, segundo ela, terá que ser exonerada da Secretaria de Educação de Pedreiras, ficando fora do quadro de servidores da educação.
O Blog tentou, via WhatsApp, conversar com a Secretária de Educação do Município, Iaciara Rios, na tentativa de saber o por que da exoneração da servidora, se o Estado não tomou tal atitude que pretende a secretaria municipal, mas não obtivemos resposta, até o fechamento dessa matéria.
Vamos continuar aguardando a Secretária de Educação de Pedreiras Iaciara Rios se manifestar sobre a denúncia. 

Minutos após a publicação da matéria, a Secretária Iaciara Rios disse que irá conversar com o Blog.

One comment on “Estado Afasta Servidora Sem Prejuízo de Remuneração Para Ela Participar de Um Curso no Paraguai. Mas o Município de Pedreiras quer Exonerá-la

  • Péssimo esse entendimento aqui em Pedreiras.
    Se o Estado autorizou, patente o INTERESSE PÚBLICO na capacitação dos professores.
    É claro e evidente o benefício a todos da sociedade quanto a um curso de Doutorado.
    A servidora poderá, inclusive, acionar a Justiça por meio de um MANDADO DE SEGURANÇA ou pela via ordinária.

    Reply

Deixe uma resposta