Logo

Maranhão já tem Registrados 32 Casos de Microcefalia

O Ministério da Saúde mudou de 33 cm para 32cm a medida parâmetro do Perímetro Cefálico (PC)O Ministério da Saúde mudou de 33 cm para 32cm a medida parâmetro do Perímetro Cefálico (PC) (Foto: Divulgação)

Um novo relatório de monitoramento dos casos de Microcefalia no Brasil aponta que até o último sábado (5) houve 1.761 casos suspeitos em 422 municípios de 14 estados. Os números do Ministério da Saúde dizem que o Maranhão teve 37 casos registrados. A Secretaria Estadual de Saúde (SES), por sua vez, divulgou ontem dados atualizados, nos quais estão registrados 32 casos de microcefalia no estado – dos 38 levantados pela Secretaria Estadual de Saúde, seis foram descartados por causa das novas orientações para medida do Perímetro Cefálico (PC).
O Ministério da Saúde mudou os critérios que classificam uma criança como tendo microcefalia. Até o dia 7 de dezembro, bebês com circunferência da cabeça igual ou menor a 33 cm tinham a malformação. O novo parâmetro passa a apontar microcefalia em crianças com cabeça medindo 32 cm ou menos de circunferência. Dessa forma, seis casos foram descartados pela SES no estado, quatro em São Luís e dois em Imperatriz.
Casos
A maior quantidade de casos segue no estado de Pernambuco, com 804, seguido da Paraíba (316) e Bahia (180). Até o momento foram registrados 19 óbitos: Rio Grande do Norte, Sergipe, Rio de Janeiro, Maranhão, Bahia, Ceará, Paraíba e Piauí. A suspeita é de que todos esses bebês com microcefalia estavam infectados pelo vírus Zika. O óbito no Maranhão ocorreu na cidade de São José de Ribamar.
No dia 28 de novembro, o Ministério da Saúde confirmou que existe relação entre o vírus Zika e os casos de microcefalia na Região Nordeste. Segundo nota divulgada, exames feitos em um bebê nascido no Ceará com microcefalia e outras malformações congênitas revelaram a presença do vírus em amostras de sangue e tecidos. No Maranhão, dos 32 casos confirmados pela SES, nove mães tiveram Zika durante a gestação.
No último dia 5, foi lançado o Plano Nacional de Enfrentamento à Microcefalia. A grande mobilização nacional envolve diferentes ministérios e órgãos do Governo Federal, em parceria com estados e municípios, para conter novos casos da doença relacionados ao vírus Zika. Desde o mês passado, o país está em Situação de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional, por conta do surto.
Anvisa aprova o primeiro larvicida para uso doméstico
Em meio aos crescentes registros de infecção do Zika vírus, transmitido pelo mosquito Aedes Aegypti, confirmado como o principal causador do surto de microcefalia no país, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o primeiro larvicida biológico do Brasil para uso doméstico. O Biovech é resultado de 10 anos de estudos e pesquisas da empresa de biotecnologia e nanotecnologia Neovech, do Grupo FK Biotecnologia.
“Estamos há muito tempo pesquisando uma fórmula que combata o Aedes Aegypti na origem, mas sem impactar o meio ambiente. Nosso foco era desenvolver soluções para auxiliar no combate a epidemia de dengue. Chegamos a uma fórmula que pode ser usada diretamente pelas famílias, no uso doméstico”, disse Fernando Kreutz, diretor-presidente do Grupo FK-Biotec.
Evolução da microcefalia no Maranhão
8 de dezembro – 32 casos
5 de dezembro – 38 casos
30 de novembro – 16 casos
26 de novembro – 10 casos

Casos no Maranhão 
São Luís – 7 casos
Buriticupu – 4 casos
Santa Inês – 2 casos
Imperatriz – 2 casos

Coroatá, São Francisco do Brejão, São José de Ribamar, Barra do Corda, Dom Pedro, Caxias, Chapadinha, Urbano Santos, Açailândia, Davinópolis, São João dos Patos, Codó, São Domingos do Azeitão, Axixá, Pio XII, Santa Rita e Dom Elizeu (PA)* – 1 caso
* O município de Dom Elizeu fica no Estado do Pará, porém a criança nasceu em Imperatriz. Portanto, o bebê entra no quantitativo de casos maranhenses.
Fonte: SES, dados de 8 de dezembro
Fonte: imirante.com.br

1 Comentário

  1. Anônimo disse:

    Esses casos de microcefalia são bastante preocupante,porem não precisamos fazer esse ALARDE todo,até porque,nem todos os casos de microcefalia registrados no mundo podem ser atribuídos ao zica vírus,tem n casos de dessa doença que são de origem genética,toxoplasmose etc.

Deixe o seu comentário!

  • siga-nos no facebook

  • Prefeitura de Lima Campos – Clique no banner e visite nossa página

  • Pedreiras Grand’ Hotel – Para pessoas que buscam tranquilidade, conforto, bons serviços e clima agradável

  • Clique no flyer e acesse o site da FAESF

  • Clínica CardioMais – Excelência em Tudo/Rua Maneco Rêgo, 854 – Pedreiras/(99)99182-4989

  • Connect Pedreiras

  • Clique na logo e visite nossa página

  • Venha nos visitar!

  • Vitorino Net

  • LOJA DOIS PAPELARIA O MAIOR MIX DE PAPELARIA DE PEDREIRAS – AV. RIO BRANCO – CENTRO

  • Telefones Úteis

    WhatsApp da PM (99) 8156-5426 Tenente do Dia (99) 98174-3547 Sargento do Dia (99) 98140-4154
  • downloadfilmterbaru.xyz nomortogel.xyz malayporntube.xyz