Maranhão: Morre mais um candidato do concurso da PM após Teste de Aptidão Física

O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) e está sendo velado no bairro Vila Esperança, em São Luís (Foto: Reprodução / Facebook)

Morreu na madrugada deste sábado (3) mais um candidato do concurso da Polícia Militar do Maranhão (PMMA). A vítima, identificada como Marcone Ferreira Cordeiro, de 29 anos, era cirurgião-dentista e concorria a uma das vagas de nível superior.

LEIA TAMBÉM:

Candidata a policial militar morre durante teste de aptidão física em São Luís

As primeiras informações dão conta de que após passar mal em um Teste de Aptidão Física (TAF), de uma das etapas do concurso, a vítima foi levada de ambulância para a UPA do Bacanga. Segundo a família de Marcone Ferreira, o problema teria se agravado, pois a ambulância não teria oxigênio para o socorro.

De acordo com o tio da vítima, identificado como Raimundo José de Sousa Ferreira, Marcone se sentiu mal após completar o teste realizado nessa sexta-feira (2) no campus do Bacanga da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). A vítima deu entrada na UPA ainda na tarde de sexta-feira e foi medicado durante todo o dia, mas não resistiu e morreu.

O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) e está sendo velado no bairro Vila Esperança, em São Luís

Imirante.com entrou em contato com a assessoria de comunicação do Governo do Estado, mas, até o momento, não obteve resposta para obter mais informações sobre o caso.

Fonte: imirante.com

Deixe uma resposta