Logo

Moradores espancam assaltante até a morte em São Luís do Maranhão

Cleydenilson Pereira Silva – Acusado
Moradores
do bairro São Cristóvão, em São Luís amarraram e espancaram um assaltante que
havia acabado de roubar uma loja na região. Cleydenilson Pereira Silva, 29
anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Segundo a Polícia Civil, o
homem teve o tronco, as mãos e as pernas imobilizadas antes de ser agredido com
pedradas e garrafadas, além de socos e chutes. Um adolescente, que também
participou do assalto, na tarde de segunda, foi apreendido.
Foto: Biné Morais


Os responsáveis pelo linchamento do assaltante
Cleidenilson Pereira da Silva, de 29 anos, que aconteceu na tarde de
segunda-feira, dia 6, no Jardim São Cristóvão, em São Luís, vão responder pelo
crime de homicídio doloso qualificado. Ele morreu depois de ser brutalmente
espancado pelos moradores, após uma tentativa frustrada de assalto.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de
Homicídios (DH) em conjunto com o 11º Distrito Policial (11º DP). De acordo com
o delegado Jeffrey Furtado, que esteve no local do crime, pelo menos duas
pessoas que teriam participado do linchamento já foram identificadas e, caso
efetivamente seja comprovada a participação delas no delito, elas responderão
pelo crime de homicídio. A polícia procura identificar outros responsáveis pelo
linchamento.
“Nós encontramos sangue nas portas e nas maçanetas das residências dessas
pessoas. Elas estão sendo ouvidas agora e vão ter que explicar por que esse
sangue estava nesses locais”, explicou o delegado Jeffrey Furtado, da Delegacia
de Homicídios.
O delegado ressaltou que, pelo fato de Cleidenilson Pereira ter praticado um
assalto, isso não dá o direito de outras pessoas o matarem. Ele afirmou também
que crimes como esses rementem a situações vividas na Idade Média, por exemplo.

“As pessoas identificadas pelo crime serão autuadas por homicídio doloso
qualificado, pois a vítima não teve chance nenhuma de defesa, pois foi amarrada
com uma corda no poste. É como se um policial prendesse um bandido, o algemasse
e depois o matasse. Isso não pode acontecer em hipótese nenhuma. Independente
de ele ter cometido um crime, isso não exime da pena as pessoas que cometerem o
homicídio”, disse o delegado.

Fonte: correiobraziliense.com.br/oestadodomaranhao

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

  • siga-nos no facebook

  • Prefeitura de Lima Campos – Clique no banner e visite nossa página

  • Pedreiras Grand’ Hotel – Para pessoas que buscam tranquilidade, conforto, bons serviços e clima agradável

  • Clique no flyer e acesse o site da FAESF

  • Clínica CardioMais – Excelência em Tudo/Rua Maneco Rêgo, 854 – Pedreiras/(99)99182-4989

  • Connect Pedreiras

  • Clique na logo e visite nossa página

  • Venha nos visitar!

  • Vitorino Net

  • LOJA DOIS PAPELARIA O MAIOR MIX DE PAPELARIA DE PEDREIRAS – AV. RIO BRANCO – CENTRO

  • Telefones Úteis

    WhatsApp da PM (99) 8156-5426 Tenente do Dia (99) 98174-3547 Sargento do Dia (99) 98140-4154
  • downloadfilmterbaru.xyz nomortogel.xyz malayporntube.xyz