Pedreiras: Educadores, sindicalistas, secretários e representantes de entidades foram às ruas contra a reforma da Previdência

Manifestação em Pedreiras/Foto: Sandro Vagner

Contra a reforma da Previdência, manifestantes foram hoje (15) às ruas de Trizidela do Vale e Pedreiras. Eles empunharam faixas, cartazes e usaram um carro de som para levar ao conhecimento de todos, o motivo da caminhada pelas ruas e avenidas dos Municípios.

O Dia Nacional de Mobilização e Paralisação contra a Reforma da Previdência, é uma resposta contra o governo Temer, sobre a perda de direitos e os retrocessos promovidos em seu governo, que pretende aprovar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287, de reforma da Previdência. Durante o movimento em Pedreiras, professores e trabalhadores da educação, convocados pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), pediram o cumprimento do piso salarial da categoria.

Gisele Leal (Simproesemma) e João por Deus (STTR)/Foto: Sandro Vagner
Manifestação em Pedreiras/Foto: Sandro Vagner

João por Deus, presidente do STTR – Sindicato dos Trabalhadores (as) Rurais de Pedreiras, questionou a presença de Vereadores e dos Deputados Estaduais e Federais apoiados por eles, que não foram acompanhar a manifestação.

Alguns Secretários de Pedreiras, estiveram presentes: Fifa (Agricultura), Francinete Braga(FUP) e Jane Glêb (Mulher).

Manifestação em Pedreiras/Foto: Sandro Vagner
Manifestação em Pedreiras/Foto: Sandro Vagner

O ato público terminou em frente às agências bancárias de Pedreiras, na avenida Rio Branco, com uma panfletagem, onde agentes de trânsito controlaram o fluxo de veículos.

Manifestação em Pedreiras/Foto: Sandro Vagner

Deixe uma resposta