Pedreiras: Há onze anos perdíamos o Poeta do “O Lixo” João Barrêto

João de Sá Barrêto

João de Sá Barrêto, Poeta por natureza e contador por profissão, foi também boêmio, seresteiro e, além de tudo um grande amigo e excelente pai da família.

Casado com Ceci Ana de Jesus, pai dos filhos: Antonio de Sá Barrêto; José de Sá Barrêto; Maria do Socorro de Sá Barrêto (in memoriam); Samuel de Sá Barreto (in memoriam); Ester de Sá Barrêto; Ruth de Sá Barrêto (in memoriam); Sara de Sá Barrêto e Raira Maria Jaci de Sá Barrêto, a caçula.

Conhecido nacionalmente por seus Poemas polêmicos, mas realistas, João de Sá Barrêto deixou um legado que foi seguido por seu filho Samuel de Sá Barrêto, outro, que também via nas palavras escritas o seu jeito de criticar, elogiar, concordar ou discordar dos fatos rotineiros, muitos escritos aos longos dos anos, mas que retratam exatamente o dia de hoje.

O “Lixo” Poema escrito por João de Sá Barrêto, é atualizadíssimo para os nossos dias, principalmente se tratando da politica, em seus diversos setores, tanto estadual como em nível municipal.

Vítima de um Ataque cardíaco Fulminante, João de Sá Barrêto nos deixou no dia 11 de abril de 2011. Apesar de ser uma data muito triste para todos, é importante ressaltar que o bom jamais poderá ser esquedico, somente assim poderemos lembrar desse grande homem, que de uma forma direta ou indireta, também contribuiu com o Município de Pedreiras.

Leia O Poema “O Lixo”

O LIXO – João de Sá Barrêto

Fotos: Arquivo da família

Deixe uma resposta