Tragédia Mais Que Anunciada – Por Allan Roberto

Allan Roberto – Médico
Imagino que a maioria da população de Pedreiras hoje deva ter passado o dia contabilizando os prejuízos da tragédia de ontem. Seja limpando a lama da calçada, da casa, jogando os móveis estragados no lixo, reaproveitando o possível; os comerciantes descartando os produtos destruídos de suas lojas etc, etc, etc.
Serei muito justo e dessa vez não esperem que eu, mesmo adversário, saia botando a culpa de tudo no prefeito Totonho Chicote.  Dessa tragédia toda, de todos, na minha opinião, ele talvez seja o mais inocente. Analisemos e vejamos. 
Comecemos por nós, cidadãos pedreirenses. Nós que jogamos o nosso lixo na rua, nos igarapés. Que tomamos a água mineral e descartamos a garrafa no chão de onde estamos ou comemos o salgadinho e jogamos o saco no solo onde lanchamos. Pois assim é a população de Pedreiras. Eu conheço meu povo. E esse lixo é o grande responsável por essas enchentes repentinas, pois ele é que entope os bueiros, esgotos, igarapés e escoadouros de água de chuva, que quando cai em grande quantidade e em pouco tempo como ontem, enche rápido, transborda e alaga tudo, pois seu curso natural está obstruído e a água procura cursos colaterais. Esse mesmo cidadão constrói às beiras dos igarapés e do Mearim, em locais proibidos, na ânsia de se dar bem e muitas vezes de ganhar dinheiro. Para mim está aí o maior culpado: o cidadão.
Nessa de ganhar dinheiro, temos como maior exemplo os loteamentos. Existem vários em nossa cidade. Nenhum dos existentes respeita o Código de Postura do Município nem as leis de zoneamento urbano nem a legislação ambiental. Para serem construídos, desmataram e destruíram nascentes naturais, córregos e pequenos igarapés. Areais são destruídos na venda de areia na busca do ganho fácil. Isto é, em nossa cidade o meio ambiente não é respeitado — é destruído escancaradamente. E temos como maior exemplo o nosso Rio Mearim, que está no território geográfico de Pedreiras e Trizidela com suas margens desmatadas, assoreado, quase morto. Lá em São Mateus, Arari e Vitória do Mearim o mesmo Mearim é caudaloso e pujante, de margens lindas e verdejantes, leito caudaloso e largo, piscoso e bravo. 
Por isso volto a afirmar: o cidadão é o maior culpado dessa tragédia.
Depois dessa explanação, aí, sim, vou chegar ao Poder Público. Na culpa da Prefeitura, que em sua função de cuidar da infraestrutura da cidade não investe em saneamento básico e na manutenção e limpeza de esgotos, bueiros e igarapés. Na Secretaria Municipal do Meio Ambiente, que é mais cartorial do que diligente e não fiscaliza e não atua de fato nos crimes ambientais que presenciamos, apesar de ter um secretário técnica e pessoalmente capaz; e no próprio Ministério Público, órgão defensor da sociedade, que devia sair mais, juntamente com a Secretaria retrocitada, dos gabinetes e diligenciar no sentido de coibir e punir os agravos ao meio ambiente que presenciamos às escâncaras em nossa cidade e região.
Imagens surrealistas como aquelas de ontem à noite com jacarés em pleno asfalto de avenida, sucuri de mais de 04 metros na Praça do Jardim e correntezas fortíssimas em plena avenida principal da cidade, onde a água chegou a dar na cintura de um homem de estatura mediana, só mesmo para uma população que vive no surreal, achando que tratar a cidade e a natureza que temos dessa forma não trará consequências desastrosas. 
Não adianta vir querer culpar o poder público, pois o maior culpado disso tudo é o próprio homem – maior vítima de seus próprios erros!

Allan Roberto Costa Silva, médico, ex-Vereador-Presidente da Câmara Municipal de Pedreiras, membro da Academia Pedreirense de Letras-APL e da Associação de Poetas e Escritores de Pedreiras-APOESP. E-mail arcs.rob@hotmail.com

9 comments on “Tragédia Mais Que Anunciada – Por Allan Roberto

  • Concordo plenamente com o Dr. Allan pois eu jovem Pedreirense professor e licenciado em Informática pelo Ifma de Codó posso ser mais um cidadão assim como o honroso Dr acima fala, não é culpa do gestor municipal e sim de cada cidadão Pedreirense que não zela não tem educação para com o nosso lixo e joga em qualquer lugar e sem ter a noção que aquilo que atinge hoje a natureza voltará amanhã contra nós e não deu outra está ai a prova, cidades suja. Lojas encharcadas, padarias, hospital, hotéis enfim a cidade toda cheia de lama e ainda sentiremos mais a revolta da natureza pius está apenas começando o inverno em nossaprincesa. Conscientizemos ou sofreremos a cada ano isso entrará e sairá prefeito e será a mesma coisa.
    Edmilson Lima professor.

    Reply
  • Esse homi tem coragem de mamar em onça. Só verdade dura.
    Gostei. Nunca tinha pensado por esse lado.
    Dr. Allan devia ser era nosso prefeito.

    Reply
  • Verdade, enquanto a sociedade não se conscientizar que a devastação é problema de todos.
    Só assim teremos uma resposta positiva da natureza.

    Reply
  • SIM O DR PODE TER DITO A VERDADE A RESPEITO DE JOGAREM LIXO NO IGARAPÉ,MAIS O PREFEITO TEM CULPA SIM, ELE É O NOSSO GESTOR,ELE TEM O DIREITO DE ZELAR TBEM PELA NOSSA CIDADE,PQ ELE NÃO MANDA LIMPAR OS IGARAPÉS? NUNCA MANDOU,CULPA DELE TBEM

    Reply
  • SIM O DR PODE TER DITO A VERDADE A RESPEITO DE JOGAREM LIXO NO IGARAPÉ,MAIS O PREFEITO TEM CULPA SIM, ELE É O NOSSO GESTOR,ELE TEM O DIREITO DE ZELAR TBEM PELA NOSSA CIDADE,PQ ELE NÃO MANDA LIMPAR OS IGARAPÉS? NUNCA MANDOU,CULPA DELE TBEM

    Reply
  • Em nosso entender, o Município é o responsável.
    O povo tem culpa. Em parte.
    Mas quem gere, administra e deve fiscalizar?
    Quem deve promover campanhas educativas de conscientização ambiental?
    Quem deve limpar os igarapes?
    Quem deve fornecer lixeiras públicas, coletar e tratar o lixo?
    Quem deve fiscalizar o bom uso de nossos recursos fluviais e punir quem os polui?
    Quem tem poder de Polícia administrativa?
    Respondendo essas questões, observamos o maior culpado. Nosso Município.
    Nosso povo pedreirense, tão sofrido, tão onerado pela alta carga tributária, caro Allan Roberto, merece viver em município mais bem cuidado. Não achas?
    Agora o povo, indiretamente, tem culpa pq elege mal os políticos.
    TROCAR voto por dinheiro, por uma receita, medicamento, um favor, é jogar a cidadania no lixo.
    Devemos jogar outras coisas no lixo. Não o nosso voto.
    Espero, por amor a essa terra, que isso mude. O mais rápido possível.

    Reply
  • CONCORDO EM PARTE COM O DOUTOR, ENTRETANTO SE O PODER PÚBLICO TIVESSE FEITO A PARTE DELE, LIMPANDO OS IGARAPÉS E DESINTUPINDO AS BOCAS DE LOBO, CERTAMENTE OS PREJUIZOS SERIAM MENORES A SOCIEDADE. A BEM DA VERDADE HÁ ANOS QUE OS IGARAPES PRECISAM DE UM APROFUNDAMENTO PARA MINIMIZAR ESSAS ENXURRADAS

    Reply

Deixe uma resposta