Pedreiras – Polícia Civil apreende suspeito de matar “Vein” no Parque Henrique

Suspeito – J.P.A.D.S

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, através do 1º Distrito Policial de Pedreiras/MA, pertencente à 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil, elucidou o crime de homicídio praticado em desfavor de Francisco de Jesus Sousa, conhecido como “VEIN”, mediante disparos de arma de fogo desferidos contra o pescoço e cabeça da vítima, no dia 03/06/2024, por volta das 19h, fato ocorrido nas imediações da rua Carvalho Branco, bairro Parque Henrique, município de Pedreiras/MA.

Após intensa investigação foi possível identificar e localizar o suspeito de ter praticado o fato em tela, como sendo o adolescente de iniciais J.P.A.D.S., nascido em 13/8/2006, natural de Dom Pedro/MA, que estaria vivendo em união estável com Maria Aparecida Cruz Cortez, conhecida como “MARIA DO ZUCA”, nascida em 14/2/1982, que estava foragida da justiça, desde o ano de 2018, pela prática do crime de homicídio tentado, fato ocorrido no ano de 2006 no município de Pedreiras/MA.

Diante do conjunto de elementos informativos produzidos foi feita representação criminal ao Juízo de Direito da 2ª Vara da Comarca de Pedreiras pela expedição de mandado de busca e apreensão domiciliar do casal, bem como a decretação da internação provisória do adolescente.

Ontem (17) por volta das 6h20min, foram dados cumprimentos aos mandados, oportunidade em que foi possível apreender a roupa, o tênis e a arma de fogo (revólver calibre .38) utilizados pelo adolescente no dia do crime.

Ambos estão sendo autuados pela posse irregular de arma de fogo, e a conduzida além do crime mencionado está sendo autuada pela corrupção de menor e tendo o mandado de prisão preventiva cumprido.

Fotos/Polícia Civil de Pedreiras

Após as formalidades legais o adolescente será encaminhado para a Unidade de Internação Provisória e a conduzida será encaminhada para a Penitenciária Regional de Pedreiras.

fonte: 14ª DRPC-Pedreiras

Maranhão – Câmara de vereadores de Pedreiras se destaca em 1º lugar com a maior nota no Estado pelo TCE-MA

Gard Furtado – Pres. da Câmara de vereadores de Pedreiras/Foto – Sandro Vagner

Uma boa notícia que era aguardada há muito tempo, finalmente chegou. Saiu o resultado da fiscalização do ranking de transparência, realizado no primeiro semestre deste ano, que destaca a Câmara de Vereadores de Pedreiras como a primeira no estado do Maranhão, alcançando o total de 9,84, ficando no nível “A”.

A notícia da transparência do Poder Legislativo de Pedreiras, deixou o presidente da Câmara, vereador Gard Furtado, bastante satisfeito. Segundo o parlamentar, esse resultado só aumenta, cada vez mais, o compromisso de uma gestão séria diante à Câmara de Pedreiras.

“Vamos continuar com esse trabalho transparente durante a minha gestão como presidente da Câmara de Vereadores de Pedreiras. Esse empenho eleva ainda mais a confiança em nós, depositada pela população de Pedreiras, que me deu essa grande responsabilidade de mostrar que é sim, fazer o melhor para o nosso município, e o resultado está aí.” Destacou o vereadora e presidente da Câmara, Gard Furtado.

Esse ano, a gestão do vereador Gard Furtado já tinha tirado a Câmara do nível “B”, elevando para a categoria “A”.

Veja a matéria no link abaixo:

Pedreiras: Gestão Gard Furtado eleva a Câmara da categoria B para A. Ficando entre as melhores do Maranhão | Portal Sandro Vagner

Mundo – “Eu deveria estar morto”, diz Donald Trump após atentado nos EUA

Reprodução

Em entrevista concedida ao jornal New York Post, Donald Trump elogiou os agentes do serviço secreto que mataram o jovem atirador que tentou assassiná-lo durante um comício na Pensilvânia, nos Estados Unidos (EUA), na tarde do último sábado (13/7). “Eu deveria estar morto”, disse o ex-presidente.

Trump descreveu a experiência como “muito surreal” e comentou: “Você nunca sabe como vai reagir até que algo assim aconteça. Eu não deveria estar aqui, eu deveria estar morto”.

Segundo Trump, os agentes “atiraram nele entre os olhos” e fizeram um “trabalho fantástico”. O ex-presidente destacou que o ocorrido foi “surreal para todos nós”.

A entrevista ocorreu a bordo do avião que levava Trump para a convenção do Partido Republicano em Milwaukee, que começa nesta segunda-feira (15/7).

Trump explicou que o discurso que faria na convenção, onde deve ser oficialmente nomeado como candidato do Partido Republicano, foi modificado após o atentado. Originalmente, o foco da fala seria no sentido de criticar o presidente Joe Biden.

“Quero tentar unir nosso país, mas não sei se isso é possível. As pessoas estão muito divididas. Esta é uma chance de unir todo o país, até mesmo o mundo inteiro. O discurso será muito diferente do que seria dois dias atrás”, disse o republicano.

Quem é o homem que atirou em Trump?

atirador foi identificado como Thomas Matthew Crooks, de 20 anos, registrado como eleitor republicano, conforme os dados de eleitores da Pensilvânia. Os registros correspondem ao nome, à idade e ao endereço dele. Segundo o FBI, o rapaz agiu sozinho.

Reprodução

Segundo a imprensa norte-americana, Crooks residia no subúrbio de Bethel Park, em Pittsburgh, a cerca de 56 Km ao sul do comício de Trump, e se formou na Bethel Park High School, em 2022.

Atirador foi abatido

De acordo com o serviço secreto dos EUA, os tiros foram disparados de um telhado. Em um comunicado, o órgão informou que uma pessoa disparou várias vezes em direção ao palco a partir de uma “posição elevada”, fora do local do comício.

O atirador e um apoiador de Trump morreram no local, conforme divulgado pelas autoridades americanas.

Durante o atentado, Trump foi atingido de raspão na orelha direita, enquanto um apoiador perdeu a vida na plateia. O sniper foi abatido pelos agentes de segurança presentes.

fonte: metropoles.com.br

Maranhão – Veículos usados no assassinato de Pacovan pertencem a um dos suspeitos que está preso, diz polícia

Fernanda Costa e Francisco Heydyne do Nascimento, conhecido como “Cearense”. Foto: Reprodução / redes sociais

Francisco Heydyne do Nascimento, um dos suspeitos de mandar matar o empresário Josival Cavalcanti da Silva, conhecido como ‘Pacovan’, foi identificado, pela Polícia Civil, como proprietário de um Siena e de uma Hilux, veículos usados pelos assassinos do empresário.

Pacovan foi assassinado a tiros, no dia 14 de junho deste ano, em um posto de combustível que pertencia a ele, na cidade de Zé Doca, no Maranhão. Francisco Heydyne, conhecido como “Cearense”, e a namorada dele, Fernanda Costa, que é ex-sócia de Pacovan, foram presos em um hotel na avenida Litorânea, em São Luís, nessa quarta-feira (10), em cumprimento a um mandado de prisão temporária.

De acordo com informações da Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SSP-MA), o casal é suspeito de mandar matar Pacovan por causa de uma dívida.

A Polícia Civil chegou aos suspeitos após identificar uma transação via pix de R$ 11 mil, por meio da qual Francisco Heydyne comprou o carro usado pelos assassinos na hora do crime. O veículo era um Siena preto, com placas da cidade de Fortaleza, no Ceará.

Pacovan já tinha condenação por crimes contra a ordem tributária, lavagem de dinheiro e formação de organização criminosa no Maranhão. / Foto: Divulgação.

Imagens registradas por câmera de segurança mostraram que, no momento do assassinato, os autores do crime chegam ao local no Siena. Horas depois do homicídio, o mesmo carro foi encontrado incendiado em uma estrada vicinal de Zé Doca.

As investigações apontam que Francisco é dono de outro carro, uma Hilux, que foi usada para dar fuga aos dois atiradores, logo após o veículo Siena ser queimado.

Veículo usado pelos assassinos de Pacovan é encontrado em chamas em Zé Doca. / Foto: Divulgação.

“Teve um carro, uma Hilux preta, que foi utilizada para resgatar os executores após o crime, porque o veículo utilizado na execução ele foi queimado. No entanto, a perícia conseguiu os caracteres do veículo e foi possível identificar que não era um veículo nem clonado, nem roubado. Isso aí também foi uma informação muito importante. E a gente conseguiu também identificar o veículo que deu fuga aos executores, que também está em nome do indivíduo que foi preso”, explicou o delegado George Marques, que é superintendente da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).

A Polícia Civil do Maranhão também afirma que há provas de que Fernanda e o namorado sejam mentores da morte de Pacovan. Segundo as investigações, Fernanda devia dinheiro ao ex-chefe, sendo que Pacovan estaria cobrando dela o pagamento de valores desviados de uma de suas empresas.

“Não vai passar nada sem averiguar, só que no momento a gente foca na identificação dos autores, na questão da motivação desse crime, para que a gente feche a nossa investigação e possa encaminhar para o poder judiciário, possa ocorrer normalmente o processo penal”, destacou o delegado-geral da PC-MA, Manoel Almeida Neto.

fonte: imirante.com

Pedreiras – Irmãs morrem em acidente de moto quando retornavam de uma festa

Foto/Reprodução da Polícia Civil de Pedreiras

Um acidente trágico aconteceu na manhã deste domingo (07), na estrada vicinal, após o Povoado Barreiros (zona rural de Pedreiras).

Segundo informações do delegado regional de Polícia Civil de Pedreiras, Diego Maciel Ferreira, as vítimas tinham participado de uma festa no Parque Maratá, que está realizando uma vaquejada, no momento que retornavam para casa, não observaram o buraco e a motocicleta, uma Pop branca, se chocou com uma das paredes, onde já existiu uma ponte.

Após ouvir o médico, informalmente, pois está aguardando o resultado do exame cadavérico, o delegado de Polícia Civil disse que uma das vítimas teria morrido por consequência de uma lesão, e a outra irmã, provavelmente teria desmaiado no momento da queda, e pode ter morrido afogada.

Foto: Reprodução do Blog do Ricardo Farias

Elas foram identificadas como Gorete Palmeira e Lília Palmeira, que moravam no Povoado Baixão do Mesquita (zona rural de Santo Antônio dos Lopes).

Nesta segunda-feira, o delegado regional, Diego Maciel Ferreira, que está no plantão policial, irá se pronunciar sobre o trágico acidente.

Nossos sentimentos aos familiares e amigos das vítimas.

Pedreiras – Pastoral Catequética e Liturgia Mirim participam da Missa Especial com a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima

Foto/Sandro Vagner

No terceiro domingo de cada mês, é celebrada uma Missa para os Catequizandos, Crismandos, Pais e  Padrinhos, da catequese de Pedreiras. Momento de encontro que reúne também toda família dos setores da paróquia de São Benedito.

Padre Jeferson – Foto/Sandro Vagner

Ontem (06), a Missa celebrada pelo Padre Jeferson, que veio da diocese de Coroatá, foi mais que especial. Uma ilustre visitante, a imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima, que veio de Portugal, e passou alguns dias em Pedreiras, deixou a Missa mais emocionante.

 

Guardiã Vitória e Clara Maria – Foto/Sandro Vagner

A coroa de Nossa Senhora de Fátima foi levada por Clara Maria, neta da coordenadora Geral de catequese, Ester Barrêto. Clara Maria foi acompanhada da Guardiã Vitória, uma das cuidadoras da imagem.

Foto/Sandro Vagner

Esperada por todos, a coroação da imagem de Nossa de Fátima, foi marcada com aplausos emocionados dos fiéis, que lotaram a Igreja Matriz de São Benedito. Momentos marcantes que serão eternizados para sempre.

Chegada da imagem, dia 05 – Foto/Sandro Vagner

Pedreiras viveu três dias de muita demonstração de fé, desde a chegada da imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima, no dia 05, até hoje, onde ela deixou o município e foi com destino a Capinzal do Norte.

Igreja Nossa Senhora das Graças – Foto/Sandro Vagner

Essa foi a quarta vez a imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima passou por Pedreiras.

 

Momento da coroação da imagem de Nossa Senhora de Fatima – Foto/Sandro Vagner

O Reitor do Santuário de São Benedito, Padre José Geraldo, no momento que imagem chegava a Pedreiras, ressaltou a importância da visita. “Momento de alegria e de expressão divina na vinda a Pedreiras.

Veja mais fotos da visita da imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima, a Pedreiras.

Fotos/Sandro Vagner
Fotos/Sandro Vagner
Fotos/Sandro Vagner
Fotos/Sandro Vagner
Fotos/Sandro Vagner
Fotos/Sandro Vagner

Codó: Ela X Eles. Cenário político codoense ganha a presença da Mulher

Fotos: Reprodução via internet

Em ano de eleições tudo pode acontecer, a começar por aquele pré-candidato que se diz o salvador da pátria. Outro que desiste antes do tempo, porque assim acha que pode ajudar melhor o “povo”, isso, quando não surgem rumores de duvidosas articulações, como dizem, por baixo dos panos.

Codó, minha terra natal, onde já presenciei inúmeras eleições municipais, desde a era dos Araújo, Salem, Murad, Reis, Zaidan, Archer, Figueiredo e outros nomes de famílias tradicionais na política codoense, é um solo de políticos que iam à luta sempre com o objetivo de contribuir com o desenvolvimento do município, e pelo visto essa tradição ainda tem muita história pra contar.

As décadas foram ficando para trás e as renovações políticas no cenário codoense começaram identificar outras lideranças, como, por exemplo, Zito Rolim, cria de Reinaldo Zaidan, onde administrou por dois mandatos a cidade de Codó.  Depois veio a juventude de Francisco Nagib, que até tentou a reeleição, mas desistiu, isso já é uma outra história. Se é pra renovar, outro nome que apareceu com cara de mudança foi o médico Dr. Zé Francisco, esse, por sua vez, ainda conseguiu reunir muita gente das gestões passadas, e deu, sem sombra de dúvida, o pulo do gato, já que o caminho tinha sido trilhado há muito tempo, porém, sua reeleição parece que não vai acontecer, longe de mim, querer dizer que o homem não tem competência para tal, mas acontece que quando uma gestão logo no seu primeiro mandato não vai bem das pernas, o resultado todo mundo já conhece.

Diante de toda especulação da atual gestão codoense, outros nomes começaram a ganhar os quatro cantos da cidade, como, por exemplo, do empresário Chiquinho FC, quem tive o prazer de conhecer desde quando comprava Coco em um apertado armazém na Av. Augusto Teixeira, por trás de uma simples mesa e à frente dois tamboretes, onde recebia os amigos, e eu fui um deles, quando fazia programa esportivo na Rádio Eldorado de Codó! Bom, como o filho, Francisco Nagib, atual deputado estadual, o pai que já apoiara outros nomes, desta vez resolveu trocar de partido e se lançou como mais uma opção ao eleitorado codoense, e agora com a desistência de Zito Rolim, que declarou apoio ao empresário Chiquinho do Coco, deve ter ganhado um reforço individual político de nome, mas o eleitor será que vai seguir os rumos de Zito Rolim?

Como forma de saber sempre como está a política em Codó, fui surpreendido com mais um nome, olha que desta vez é de uma mulher, até porque a classe feminina na política ainda tem muito que caminhar e lutar para conseguir o seu reconhecimento e mostrar que pode sim ser uma boa administradora, não só na política, mas em outras áreas, assim como temos conhecimento de vários municípios serem comandados por mulheres, aqui mesmo onde estou residindo, há 36 anos, em Pedreiras, a atual gestora, Vanessa Maia, segundo as pesquisas, deverá ser reeleita, pela determinação do trabalho que prestou aos seus munícipes.

Então, através de alguns meios de comunicação, fiquei sabendo que o novo nome que deve ser colocado à disposição da população codoense, trata de uma professora, Rosina Benvindo, que segundo as informações, tem uma carreira brilhante como educadora e, talvez, sendo mulher, já que Codó nunca teve uma prefeita, o público feminino, em especial, teria uma grande vantagem, se de fato estiver buscando por renovação. Mas como eleição é uma caixinha de surpresa, onde tudo pode acontecer, a professora Rosina Benvindo, acreditando nessa oportunidade, decidiu colocar seu nome à disposição, mesmo sabendo que irá lutar contra tudo e contra todos, afinal o caminho é longo e luta é árdua.

Então, senhoras e senhores o  jogo está aberto, opções não faltam. E experimentar o novo nunca fez mal a ninguém, não é mesmo? Bem que nesse caso o novo também tem seu outro lado, o empresário Chiquinho FC.

Com os nomes do atual prefeito, Dr. Zé Francisco, do ex-prefeito, Biné Figueiredo, também pretenso pré-candidato, Chiquinho FC e da professora Rosina Benvindo, será uma disputa das grandes, ou seja, será Ela contras Eles!

Ah, fiquei sabendo que com a desistência de Zito Rolim, dificilmente a maioria de seus eleitores não o acompanhará, segundo comentários, pode chegar a 70%, uma força a mais para a pré-candidata Rosina Benvindo, que mesmo ligada a Zito, não vai trilhar o caminho do seu correligionário.

Lembre-se, eleitor é bicho vingativo.

Uma coisa é certa: voto não se transfere! Entenderam?

Façam suas apostas.

Por Sandro Vagner

Pedreiras: Vereadores aprovam Projeto de Resolução que Institui a Medalha do Mérito Cultural Poeta Samuel de Sá Barreto

Foto: Sandro Vagner

Na sessão ordinária dessa terça-feira (02), na câmara municipal de vereadores de Pedreiras, no prédio Vicente Benigno, os parlamentares aprovaram um Projeto de Resolução de autoria do vereador Jotinha Oliveira, que Institui a Medalha do Mérito Cultural Poeta Samuel de Sá Barreto.

Familiares e amigos do Poeta Samuel Barrêto estiveram presentes na galeria e aplaudiram os vereadores após a aprovação.

A Medalha do Mérito Cultural Poeta Samuel de Sá Barrêto, segundo o vereador Jotinha Oliveira, será mais uma honraria que irá homenagear Poetas de Pedreiras, do Maranhão e de todo o Brasil. Disse o parlamentar durante entrevista na sessão passada ao Portal Notícias.

Jotinha Oliveira – Vereador autor do Projeto de Resolução/Foto: Sandro Vagner

O autor da matéria, vereador Jotinha Oliveira não participou desse momento importante para a cultura de Pedreiras, por problemas de saúde.

Foto: Sandro Vagner

De autoria do Poder Executivo, foi aprovado o projeto de lei que autoriza a abertura de Crédito Adicional Especial, em favor do Fundo Municipal de Cultura, no valor de R$ 284.432,46 (duzentos e oitenta e quatro mil, quatrocentos e trinta e dois reais e quarenta e seis centavos), amparado pela Lei Nº 14.399, de 8 de julho de 2022 (Institui a Política Nacional Aldir Blanc de Fomento à Cultura).

A presidente da FUP – Fundação Pedreirense de Cultura, Francisca Almeida “Kika” avaliou de forma positiva a aprovação. Segundo ela, o próximo passo é continuar com o processo para que seja feito o repasse aos fazedores de movimentos culturais. Segundo a presidente, o valor já está na conta.

Vereador Gard Furtado/Foto: Sandro Vagner

O vereadora Gard Furtado, presidente da câmara, ficou satisfeito com as duas aprovações em plenário, aproveitou e destacou uma importante notícia aos moradores da zona rural que moram às margens da MA-381 – Rodovia João do Vale, sobre o trabalho de recuperação de estradas vicinais que teve início na manhã dessa terça-feira (02). Marianópolis, Pacas e Alto de Areia serão alguns povoados que também receberão o serviço de infraestrutura, pedido esse que vinha sendo feito pelo vereador Gard Furtado, reforçado por outros colegas na câmara.

Fotos: Sandro Vagner

Mais informações sobre a Ordem do Dia, acesse o link abaixo.

ORDEM DO DIA 02.07.2024

Maranhão: Justiça suspende cobrança de parcelas de empréstimos não pagas durante a pandemia

Segundo Martins, essa conduta viola os princípios fundamentais de proteção ao consumidor, incluindo o dever de informação e a boa-fé nas relações de consumo.
foto/divulgação:

A Justiça condenou o Banco do Brasil e o Banco Bradesco a suspender a cobrança das parcelas dos empréstimos consignados não pagas durante o período de vigência da Lei Estadual nº 11.274/2020, que suspendeu as parcelas dos empréstimos de trabalhadores públicos e privados do Maranhão, durante a pandemia.

Os bancos devem cancelar os refinanciamentos já efetivados e realocar as parcelas não pagas para o final do contrato sem a incidência de juros e multas; e, ainda, efetuar o pagamento de indenização por danos morais coletivos no valor de R$ 1 milhão , cada réu, ao Fundo Estadual de Direitos Difusos.

A decisão colheu pedidos do PROCON (Instituto de Promoção e Defesa do Consumidor do Maranhão) e Defensoria Pública estadual, em ação na qual relataram denúncias de supostas práticas abusivas quanto à cobrança de parcelas de empréstimos consignados que não foram pagas durante a pandemia, que estavam sob a proteção da lei 11.274/2020.

CONDUTAS ABUSIVAS

Na ação, o PROCON e a Defensoria Pública sustentam que, com a suspensão da lei, os bancos começaram a praticar condutas abusivas, tais como descontar automaticamente as parcelas paralisadas ou a fazer a renegociação impositiva, quando deveriam realocar as parcelas suspensas para o final do contrato.

Com isso, os correntistas estariam sendo obrigados a pagar supostos juros sobre juros e, ainda, que a modalidade de CDC oferecida possui juros mais altos do que os da modalidade do empréstimo consignado.

Em sua defesa, o Banco do Brasil alegou que devido à suspensão da Lei Estadual 11.274/2020 pelo Supremo Tribunal Federal, ofereceu alternativas de pagamento e  apresentou aos seus clientes opções semelhantes às recomendadas pelo Ministério Público.

O Banco Bradesco argumentou que, por cautela, não teria efetuado os descontos das parcelas dos empréstimos consignados nos meses de junho e julho de 2020, quando a Lei Estadual nº 11.274/2020 foi publicada.

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO

Na decisão, o juiz Doulgas de Melo Martins, titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos Comarca da Ilha de São Luís, informa a Lei Estadual nº 11.274/2020 suspendeu as parcelas de empréstimos consignados feitos por servidores públicos por 90  dias e estabeleceu as medidas que as instituições financeiras deveriam adotar após esse período.

Conforme a lei, após o fim do prazo de três meses ou estado de pandemia, os bancos deveriam oferecer condições facilitadas para o pagamento das parcelas vencidas durante o período de suspensão. As parcelas suspensas seriam incorporadas ao final de cada contrato, e sem a cobrança de juros de mora, multa ou correção monetária sobre o valor das parcelas suspensas.

Ocorre que essa lei foi temporariamente suspensa por meio de uma decisão liminar (provisória) na Ação Direta de Inconstitucionalidade em após, no mérito (definitiva), em 17/05/2021, pelo Supremo Tribunal Federal, declarando a inconstitucionalidade das Leis nº 11.274/2020 e 11.298/2020.

PROTEÇÃO DO CONSUMIDOR

Na análise do caso, o juiz verificou que após essa decisão, os bancos réus começaram a impor aos servidores/consumidores um refinanciamento, sem aviso prévio, e a cobrar juros sobre juros.

Segundo Martins, essa conduta viola os princípios fundamentais de proteção ao consumidor, incluindo o dever de informação e a boa-fé nas relações de consumo. “Nesse sentido, é inegável que as regras do Código de Defesa do Consumidor se aplicam aos empréstimos consignados, uma vez que se trata de relação de consumo’”, afirma a sentença.

“Na hipótese dos autos, restaram comprovadas as práticas relatadas na inicial, quais sejam, imposição de refinanciamento, cobrança de juros sobre juros e desconto das parcelas suspensas sem aviso prévio na conta dos servidores, o que representa uma clara violação dos direitos dos consumidores’, concluiu o juiz.

Trizidela do Vale: Vereadores aprovam importantes projetos antes do recesso parlamentar

Vereadora Edinalva Pedro – Vereador Corró e o o Vereador Hamilton do Gás/Foto: Sandro Vagner

Os vereadores (as) de Trizidela do Vale aprovaram na manhã dessa quarta-feira (26), três importantes projetos que estavam em pauta, antes de saírem em recesso parlamentar. A sessão ordinária foi a última do 1º semestre, apenas o vereador Ricardo Maia e a vereadora Lúcia da Farmácia não estiveram presentes, com ausências justificadas.

Do Poder Executivo, foi aprovado o Projeto que trata da LDO – Lei de Diretrizes Orçamentárias, que teve o parecer da comissão aprovado por todos em plenário.

Dina Selma – Secretária da Mulher e a Vereadora Edinalva Pedro/Foto: Sandro Vagner

Foi aprovado o Projeto, de autoria da vereadora Edinalva Pedro, que trata da prevenção e do combate ao turismo sexual no município. Segundo ela, envolve crianças, adolescentes e as mulheres, que contará ainda com apoio da secretaria da Mulher em Trizidela do Vale.

Vereadores Irmão Sival, Naldo do Morro e a Vereadora Márcia Maia/Foto: Sandro Vagner

Procuradora da Mulher, Márcia Maia, apresentou um Projeto, que também foi aprovado, que vai beneficiar as mulheres que vivem em situação de risco de violência doméstica, que não tenham onde morar, com isso, toda construção de casas oriundas do governo federal, 8% das residências serão destinadas a esse grupo de mulheres.

A secretária da Mulher, Dina Selma, disse que ficou satisfeita com as aprovações dos Projetos que são de proteção às mulheres. Finalizou dizendo que isso mostra que o trabalho realizado pela secretaria da Mulher está sendo compreendido.

Vereadores Corró e Hamilton do Gás/Foto: Sandro Vagner

Presidente da Câmara, o vereador Francisco Martins Pereira, “Corró”, destacou todos os Projetos que foram aprovados na última sessão do semestre, mas fez questão de frisar que os trabalhos internos terão continuidade. Agradeceu a todos os colegas de parlamento e também a imprensa pela parceria.

Fotos: Sandro Vagner