Minas Gerais: Família de Trizidela do Vale doa órgãos e Patos de Minas tem a primeira captação de coração e outros órgãos do ano

A família de um jovem de Trizidela do Vale, vítima de um grave acidente em São Gotardo praticou um gesto de nobre solidariedade ontem quinta-feira (18). A família de Carlos Alberto de Araújo Filho, 29 anos, doou todos os órgãos do jovem. A doação mobilizou profissionais de várias áreas para fazer a captação e um …

Comente

Minas Gerais: Família de Trizidela do Vale doa órgãos e Patos de Minas tem a primeira captação de coração e outros órgãos do ano

Carlos Alberto de Araújo – Vítima/Foto: Arquivo família

A família de um jovem de Trizidela do Vale, vítima de um grave acidente em São Gotardo praticou um gesto de nobre solidariedade ontem quinta-feira (18). A família de Carlos Alberto de Araújo Filho, 29 anos, doou todos os órgãos do jovem. A doação mobilizou profissionais de várias áreas para fazer a captação e um avião de Belo Horizonte veio até Patos de Minas para fazer o transporte. 

O avião do Governo Estadual aterrissou no aeroporto municipal por volta das 15h00. Depois disso, começou uma luta contra o tempo. A Polícia Militar foi acionada e fechou o trânsito para reduzir o tempo da locomoção. Médicos do Hospital das Clínicas e da Santa Casa, ambos de Belo Horizonte, foram escoltados até o Hospital Regional.

O trabalho durou cerca de 3 horas. Os profissionais captaram tanto o coração que é o mais sensível podendo ficar poucas horas fora do corpo bem como rins, fígado e córneas. Os órgãos foram transportados para Belo Horizonte em caixas térmicas com gelo. A bela atitude da família serve de exemplo. Mesmo enlutada pela perda do familiar, ajudará diversas pessoas.
A doação mobilizou profissionais de várias áreas para fazer a captação.

E essa solidariedade precisa ser mais difundida.  Estimativa atual mostra que 32 mil pessoas estão à espera de um transplante de órgãos no Brasil. Dados recentes também informam que há somente 36,6 possíveis doadores para cada 1 milhão de pessoas, mas o número de pacientes que realmente tiveram seus órgãos doados foi de 16,2 a cada 1 milhão de pessoas. Muitas pessoas acabam perdendo a vida por falta da doação. Nesse caso, a família ajudou a melhorar estes renúmeros e ajudar vários desconhecidos que sonham em continuar vivendo.

Fonte: patoshoje.com.br)

Segundo informações do trizidelense Dionata Almeida, popularmente conhecido como Dionata Maia, Carlos Alberto de Araújo, era filho da senhora Marlene de Lima Rodrigues Araújo, moradora da Rua do Campos, 147, em Trizidela do Vale. Diante a situação, o prefeito Fred Maia, custeou todas as despesas para o translado do corpo.

Dionata e a senhora Marlene/Foto: Reprodução

Via WhatsApp, Dionata disse como tudo aconteceu.

 

O Prefeito Fred Maia parabenizou à família pelo belo ato de solidariedade.

Peritoró: Cigano preso em Peritoró era foragido de Goiás

Fotos: Polícia Civil de Peritoró – MA

Na manhã de hoje (19), a Delegacia de Polícia de Peritoró-MA foi informada pela Polícia Civil do Estado de Goiás que um dos ciganos presos na quarta-feira (17), até então identificado por Luciano de Alem, na verdade chama-se Elias Alves Bispo, nascido em Maceió-AL, e fugiu do Estado de Goiás após cometer um homicídio na cidade de Goianira-GO.

O foragido Elias Alves Bispo estava escondido no Povoado Caxuxa, em Alto Alegre-MA, e estava com documentos falsos no Maranhão, razão pela qual foi preso em Peritoró-MA, tentando aplicar um golpe na agência do Banco do Brasil.

A Polícia Civil de Peritoró-MA deu o cumprimento formal ao mandado de prisão expedido pela justiça de Goiás, devendo o preso ficar temporariamente no Presídio de Coroatá-MA até a sua transferência.

Fotos: Polícia Civil de Peritoró – MA

As investigações prosseguem para se buscar ainda mais informações sobre os dois ciganos presos.

Com informações do Delegado de Polícia Civil de Peritoró, Dr. Fábio Cordeiro

Rio: Morre bebê de 8 meses ferido em acidente na orla de Copacabana

Maria Louise, bebê de oito meses morta em acidente – Arquivo Pessoal

Um bebê de 8 meses, ferido durante um atropelamento na orla de Copacabana, na Zona Sul do Rio, na noite desta quinta-feira, não resistiu e morreu na UPA do bairro. A menina, de nome Maria Louise, é uma das 17 vítimas do acidente, ocorrido na Avenida Atlântica.

Por volta das 20h30m, um carro desgovernado subiu o calçadão, atravessou a ciclovia e invadiu a areia da praia. O atropelamento aconteceu numa noite de intenso calor, quando a orla ainda estava cheia, e provocou pânico e desespero. Diante da cena de pessoas caídas, algumas gravemente feridas, moradores do bairro, banhistas e turistas que estavam nas imediações correram para socorrer as vítimas.

Pai da bebê morta em acidente em Copacabana – Antonio Scorza / Antonio Scorza

Daria Iasmar, de 40 anos, fez um relato dramático sobre sua tentativa de salvar a vida de Maria Louise. Ela disse ter recebido a criança de oito meses, desacordada, dos braços da avó e a levou, junto com guardas municipais, para a UPA de Copacabana. O bebê morreu após tentativas de ressuscitação.

— Primeiro, encontrei a mãe que parecia estar com a perna quebrada repetindo “meu bebê, meu bebê”. Perguntei se ela estava grávida, mas ela disse que não. De repente, a avó chegou com a criança desmaiada. Peguei no colo e segui para a UPA num carro da Guarda. Depois de 50 minutos de tentativas de ressuscitá-lo, ele não suportou. Muito triste — contou Daria, chorando.

Das 17 vítimas, nove foram levadas para o Hospital Miguel Couto, na Gávea, e outras sete para o Hospital Souza Aguiar, no Centro. Os feridos foram levados para os hospitais Miguel Couto, na Gávea, e Souza Aguiar, no Centro. O motorista, Antônio de Almeida Anaquim, de 41 anos, alegou ter sofrido um ataque epilético.

LEIA MAIS: Motorista perde controle e atropela diversas pessoas em Copacabana

A grande confusão que se formou na altura da Rua Figueiredo de Magalhães levou o Centro de Operações da prefeitura a interditar as duas pistas da Avenida Atlântica. Policias militares atuaram junto com bombeiros e guardas municipais. Mesmo com a ajuda de voluntários, uma hora depois do atropelamento ainda havia feridos em todo o trecho da praia. Duas ambulâncias foram mobilizadas, mas houve queixas de demora no socorro.

Várias pessoas foram atingidas pelo veículo desgovernado, na altura da Rua Figueiredo de Magalhães – Antonio Scorza / Agência O Globo

Sérgio Serpa e Patrícia Fonseca disseram que, na hora do acidente, estavam na praia com o filho de 8 anos. A mãe da criança comparou a situação a um pesadelo:

— Do nada, o carro invadiu a areia. Eu me desesperei e caí. Por pouco, não fui atingida. Graças a Deus, não aconteceu nada com meu filho — disse Patrícia, acrescentando que o marido foi atropelado e teve escoriações.

Segundo a Polícia Militar, o motorista alegou ter sofrido um ataque epilético ao volante.

A promotora de vendas Cristiane Lima, de 45 anos, também estava na orla no momento em que o carro perdeu o controle. Ela contou que muitas crianças que passeavam no calçadão.

— Eu estava a 10 metros do local do acidente. O impacto foi muito grande. O carro veio do nada e pegou muitas crianças que estavam na orla. Quase pegou o quiosque que fica na orla. Tinham muitas crianças gritando e chorando. Foi desesperador — disse Cristiane.

Antônio de Almeida Anaquim, na delegacia – Uanderson Fernandes / Agência O Globo

Policiais evitaram que o motorista fosse linchado. Ele seria professor de informática e morador do Leblon. Segundo o comandante do 19º BPM (Copacabana), coronel Murilo Sérgio Angelotti, e o delegado Gabriel Ferrando, da 12ª DP, Antônio alegou ter sofrido um ataque epilético.

Dentro do carro, havia uma caixa de remédio para convulsões. No IML, o motorista seria submetido a testes de alcoolemia. Há dois anos, Antônio se envolveu em outro acidente: ele pilotava uma moto que bateu na traseira de uma van, no Leblon.

Fonte: oglobo.com.br

Brasil: FPM: segundo repasse deste mês é de R$ 1,47 bilhão

Foto: Reprodução

Na sexta-feira, 19 de janeiro, as prefeituras brasileiras receberão um novo repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Com valor bruto de R$ 1,47 bilhão, o montante faz referência ao segundo decêndio do mês. Quando descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), o FPM totaliza R$ 1,18 bilhão.

A equipe de estudos técnicos da Confederação Nacional de Municípios (CNM) acompanha frequentemente as variações do Fundo. Dados coletados revelam que o segundo repasse de janeiro de 2018 teve um crescimento de 13,07%, quando comparado com o mesmo período do ano passado. O percentual não considera os efeitos da inflação.

Já a soma dos dois decêndios de janeiro deste ano registrou elevação de 11,48%. Enquanto em 2017, as prefeituras brasileiras receberam R$ 4,26 bilhões, o valor chegou a R$ 4,75 bilhões neste ano, aponta a entidade. Se a inflação for levada em conta, esses percentuais caem para 10,25% e 8,7%, respectivamente. 

O segundo repasse de janeiro é 14,08% maior do que a estimativa publicada pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) para o período. Entretanto, a Confederação recomenda cautela aos gestores municipais com as finanças, sobretudo nos primeiros meses do ano, tendo em vista que o cenário político e econômico brasileiro ainda se demonstra instável.

Acesse os valores do FPM para o seu Município aqui 

Fonte: cnm.org.br

Pedreiras: Delegado do 2º DP relata prisão do acusado de assassinar uma mulher no Mutirão

Leandro Caio Lima Damasceno- Acusado/Foto: Polícia Civil de Pedreiras – MA

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, através da 14ª Delegacia Regional de Pedreiras/MA, deu cumprimento na data de ontem, (17), ao mandado de prisão preventiva exarado em desfavor de Leandro Caio Lima Damasceno em razão do homicídio praticado contra Maria de Jesus, conhecida como Mariazinha, no dia (16), que gerou grande comoção social em toda a região de Pedreiras.

Desde a consumação do crime a Polícia Civil trabalha na colheita de elementos informativos para subsidiar o inquérito policial e, ontem (17), ofereceu representação pela prisão preventiva de Leandro Caio Lima Damasceno. O suspeito estava sendo monitorado pelas equipes da Polícia Civil e ontem o mesmo resolveu se entregar.

O acusado foi interrogado e confessou a prática criminosa. Alegou que a infração foi motivada por uma discussão com a vítima dias antes do fato criminoso, por conta do suspeito ter separado uma briga entre dois adolescentes que ocorrera dias antes.

Vale ressaltar que até o presente momento a Polícia Civil não possui qualquer elemento que indique que se trata de crime de Feminicídio, uma vez que o fato criminoso não foi motivado por qualquer razão da condição de sexo feminino da vítima, ou seja, não foi praticado no contexto de violência doméstica e familiar, nem por conta de menosprezo ou discriminação à condição de mulher.

Tudo indica que a situação versa sobre Femicídio , ou seja, homicídio praticado contra mulher.

Impende registrar que o suspeito não deverá ficar impune, haja vista que poderá ser indiciado por homicídio qualificado pelo motivo torpe, motivo fútil e com emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima, nos moldes do art. 121, § 2º, incisos I, II e IV, do Código Penal Brasileiro além da crime de furto, previsto no art. 155 do Código Penal, uma vez que o suspeito ainda subtraiu a motocicleta da vítima para poder fugir do distrito de culpa.

Coordenaram as operações os Delegados de Polícia Civil Dr. Diego Maciel Ferreira, Lucas de Carvalho Smith e Jânio José Aragão.

Por fim, a Polícia Civil solicita a toda população que informe acerca da localização da motocicleta da vítima. A identidade do informante será resguardada.

Pedreiras: Sem mencionarem obras paradas e salários atrasados, Secretários e Assessores prestaram contas das ações municipais

Foto: Sandro Vagner

Onze integrantes do governo Honra e Trabalho, incluindo Secretários, Assessores, Diretores de Departamentos, Prefeito e Vice-prefeito, detalharam a prestação de contas das ações do Governo Honra e Trabalho, referente ao primeiro ano da gestão Antônio França. O cerimonialista Nilton Lee, disse no início, como seria desenvolvida a Audiência Pública, realizada ontem (17), na Câmara de Vereadores; após as apresentações das ações, no final, o público presente iria fazer intervenção, mas devido a demora na apresentação, a segunda parte não aconteceu, ficando apenas, as informações repassadas através de slides e verbais, onde alguns secretários, além de sua pasta, também apresentou a prestação de outra competência, como por exemplo: a Secretária de Saúde, Karen Cynthia Santos, defendeu a Secretaria de Saúde e a Secretaria da Mulher, que tem como titular Jane Glêb; Conceição Cunha (Secretária de Educação), também fez a prestação de contas da FUP (titular Francinete Braga); José Wilson “Fifa”, além de prestar contas da Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Pesca, levou ao conhecimento do público as ações da Secretaria de Meio Ambiente (titular Simão Reis); Habnyesley Carvalho, Secretário de Planejamento, foi mais um que fez apresentação de outras secretarias, de Finanças (titular Eliud Santos) e administração (titular Paulo Henrique); Katyane Leite, Assessora de Comunicação do Município, prestou contas pela sua secretaria e da Infraestrutura (titular Francisco Sérgio); Phellipe Figueiredo, Secretário de Juventude, foi outro que apresentou as ações de outra secretaria, a de Esportes (titular Raimundo Nonato “Natim”) e o advogado Vinícius da Costa Silva, fez apresentação das ações da Assessoria Jurídica e do setor de contabilidade.

Luciana de Souza Castro – Diretora do IMPP/Foto: Sandro Vagner

Individualmente, a advogada Luciana de Sousa Castro, apresentou um diagnóstico de como encontrou o IMPP – Instituto Municipal de Previdência de Pedreiras, onde enumerou um déficit de R$ 214.533.175,77, mas, também assim como os demais destacou as metas para 2018, que inclui o recadastramento de aposentados duas vezes ao ano.

Foto: Sandro Vagner

Todas as prestações de contas dos secretários, diretores de departamentos e assessores fizeram um demonstrativo baseado no que foi encontrado quando assumiram as pastas, no que fizeram durante o ano passado e quais as metas para 2018.

Receitas e despesas não foram apresentadas durante a audiência pública, ficando a cargo da prestação de contas referente ao exercício financeiro de 2017, que será encaminhada à Câmara de Vereadores de Pedreiras. Segundo o prefeito Antônio França, quem quiser e tiver dúvida sobre o que entrou e o que saiu em sua gestão, é só procurar legalmente a secretaria de finanças da prefeitura ou acessar o Portal da Transparência do Município, que encontrará toda prestação de contas do financeiro do governo Honra e Trabalho.

Antônio França (Prefeito de Pedreiras) e Éverson Farias (Vice-prefeito de Pedreiras)/Foto: Sandro Vagner

A convite do prefeito Antônio França, o vice-prefeito, Éverson Farias, se manifestou e parabenizou todos os servidores do Município, segundo ele, pelo belo trabalho apresentado durante a prestação de contas das ações de cada secretaria. Aproveitou e disse a todos, que, para acabar de vez com os comentários negativos sobre um possível afastamento dele da gestão, foi taxativo em afirmar que tudo entre ele e o prefeito Antônio França estava bem. Manifestou confiança na gestão do prefeito de Pedreiras, e disse ter certeza que dias melhores virão para o Município.

Foto: Sandro Vagner

Em nenhum momento foi relatado pelos responsáveis pelas pastas, a situação das obras que começaram e não tiveram sequências (calçadão e bosque Seringal),  e nada sobre o hospital municipal de Pedreiras, que atualmente funciona em um prédio alugado, mas, para não deixar ninguém desinformado sobre essas duas situações, o Blog  ouviu o prefeito de Pedreiras, Antônio França.

Público presente na galeria da Câmara de Vereadores/Foto: Sandro Vagner

Com pouco tempo para tantos projetos, o maquinista deste trem terá que ter cautela para não deixar passageiros esquecidos em certas estações.

Peritoró: Presa uma dupla que tentava aplicar golpes no Banco do Brasil

Suspeitos/Foto: Polícia Civil de Peritoró – MA

A Polícia Civil de Peritoró-MA prendeu nesta manhã (17) uma dupla que tentava aplicar golpes no Banco do Brasil. Os indivíduos até agora identificados como Neri Reis Montenegro dos Santos e Luciano de Alem são ciganos baseados em Alto Alegre-MA e abriram uma conta corrente com documentos falsos em nome do agricultor Valdmilson Povoas Rodrigues, morador da zona rural de Vargem Grande-MA.

No momento da abordagem policial, Neri se apresentou como João da Costa Lima, apresentando outro documento falso para o Delegado, sendo dada voz de prisão ao mesmo. Já Luciano usou os documentos mediante uma procuração conferida a ele pelo falso Valdmilson Povoas Rodrigues, lavrada em cartório de Alto Alegre-MA. Ambos estão a pouco tempo na região vindos de Presidente Dutra-MA e a Polícia Civil já investiga outras fraudes em abertura de contas bancárias com documentos falsos por parte da dupla.

Documentos falsos/Foto: Polícia Civil de Peritoró – MA

Os dois foram autuados pelo crime de uso de documento público falso e serão transferidos ao Presídio de Coroatá-MA.

Com informações do Delegado de Peritoró, Dr. Fábio Cordeiro.

Brasil: Tarifa de energia deve permanecer na bandeira verde até março, diz ministro

Luciano Nascimento – Repórter da Agência Brasil

Foto: Reprodução

A tarifa de energia elétrica deve permanecer na bandeira verde (sem custo adicional nas contas) até o fim do primeiro trimestre deste ano, afirmou hoje (16) o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho. Segundo o ministro, o volume de chuvas acima da média no fim do ano contribui para a permanência da tarifa.

O cenário já vinha sendo sinalizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que anunciou, no fim de dezembro, que janeiro terá  bandeira verde.

Coelho Filho disse, durante visita à Usina Hidrelétrica de Itaipu, em Foz do Iguaçu (PR), que as as precipitações têm permitido a recuperação dos reservatórios das principais usinas do país. 

“O sistema [elétrico nacional] é interligado, e a gente veio de cinco ou seis anos de chuvas abaixo da média nos maiores reservatórios, mas os resultados de novembro e dezembro e dos primeiros dias de janeiro têm sido muito animadores”, disse o ministro.

Em dezembro, vigorou a bandeira vermelha para o Patamar 1, quando são cobrados R$ 3 a cada 100 kWh.

Nos meses de outubro e novembro, vigorou a tarifa vermelha, no Patamar 2, o que implicou a cobrança adicional de R$ 5 para cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos.

A justificativa para a cobrança extra deve-se ao acionamento de usinas termelétricas que apresentam custo maior para a produção de energia. De acordo com a Aneel, com a chegada do período chuvoso, houve acréscimo no nível dos reservatórios, diminuindo a necessidade de acionamento das térmicas.

“O acionamento dessa cor indica condições favoráveis de geração hidrelétrica no Sistema Interligado Nacional. Mesmo com a bandeira verde, é importante manter as ações relacionadas ao uso consciente e combate ao desperdício de energia elétrica”, disse a Aneel, em nota no fim de dezembro.

Durante a visita a Itaipu, Coelho Filho participou da inauguração oficial do Centro de Inovação em Mobilidade Elétrica (CI-MES) e da assinatura de um acordo de cooperação, entre Itaipu e Ministério do Meio Ambiente, para a implantação do Programa de Mobilidade Sustentável nos Ministérios.

A iniciativa visa atender ao compromisso assumido pelo Brasil na 21ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças do Clima (COP-21), realizada em 2015, em Paris, de reduzir as emissões em 37%, para até 2025, e de 43% até 2030.

O programa será coordenado pelo de Minas e Energia e terá suporte técnico de Itaipu. Pelo menos 10 veículos elétricos da binacional serão cedidos para uso nos ministérios. Hoje, apenas o ministério conta com um modelo elétrico de Itaipu. “O meu carro oficial em Brasília é um veículo elétrico de Itaipu”, afirmou o ministro.

Fonte: agenciabrasil.com.br

Trizidela do Vale: Encontrado corpo do jovem que morreu afogado no Rio Mearim

Rio Mearim – Local onde o grupo teria pulado dentro d´água, fugindo da PM/Foto: Sandro Vagner

Marcos Vinnícius de Lima Barros, 16 anos de idade, estava desaparecido desde domingo (14). Segundo informações da Polícia Militar, na noite que o jovem desapareceu nas águas do Rio Mearim, a Guarnição teria recebido uma informação que alguns jovens estariam armados com arma de fogo, nas proximidades de uma pizzaria, próxima à ponte. Os militares fizeram um cerco, e os jovens, na tentativa de fugir da abordagem, se jogaram dentro do Rio Mearim. Vinnícius, que aparentemente não sabia nadar, desapareceu. As buscas ao corpo iniciaram no dia seguinte, segunda (15), mas somente nesta terça-feira (16), após dois dias do acontecido, o corpo foi encontrado, em estado avançado de decomposição, no final da Rua São Joaquim, em Trizidela do Vale, onde o Rio Mearim faz uma curva.

Surgiram alguns comentários sobre supostos tiros por parte de policiais militares contra o grupo, por esse motivo, a pedido do Comandante do 19º Batalhão de Polícia Militar de Pedreiras, Major Ricardo, o corpo de Vinnícius será encaminhado ao IML, para exames específicos; e, depois, oficialmente a causa da morte será definitivamente esclarecida.

O corpo já foi encontrado, e não tem nenhuma perfuração de bala. Isso, me tranquiliza ainda mais. Pois, nenhum dos policiais que estavam na ação, realizou, sequer um disparo. Apenas os jovens tentando fugir da Guarnição, pularam no Rio, e, infelizmente aconteceu essa tragédia“. Disse o Major Ricardo, por telefone ao Blog, já que o mesmo encontra-se em São Luís – MA.

Pedreiras: Vítima de golpe de facão não resistiu e morreu

Mariazinha – Vítima/Foto: Facebook

Mariazinha que sofreu um golpe de facão, veio a óbito na ambulância que fazia a transferência dela para o HGU de Peritoró. As informações foram repassadas ao blog, pelo servidor do Hospital de Pedreiras, Elimilton, onde o corpo aguarda a presença de familiares para ser liberado.

O assassino, Leandro, 19 anos de idade, está foragido. Após o crime, ele fugiu na motocicleta de Marianzinha, uma Pop 100 preta, placa NXP 7382. Qualquer informação comunique a polícia. Sua identidade será mantida em sigilo absoluto.