Rio: Depois de sumiço temporário, Wassef promete voltar ao ataque

Frederick Wassef | Reuters

Frederick Wassef foi obrigado a submergir, mas garante que seus dias de sumiço estão contados. O ex-advogado de Jair e Flávio Bolsonaro tem dito que continua sob ataque e que desaparecer não serviu para nada. Wassef promete voltar aos holofotes em breve para “se defender” e, também, atacar. Suas manifestações recentes foram feitas apenas por meio de notas.

Os alvos continuam sendo os mesmos, como a advogada de Bolsonaro, Karina Kufa. Wassef atribui a ela o vazamento para a imprensa dos pagamentos que ele recebeu da JBS. A Procuradoria-Geral da República abriu uma investigação sobre o caso.

A apuração foi solicitada após a revista Crusoé revelar que Wassef teria recebido R$ 9 milhões da empresa e que o advogado teria se encontrado com um sub-procurador da República para defender a manutenção do acordo de delação do grupo.

fonte: oglobo.globo.com

Deixe uma resposta